História O Ceifador - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, Got7, Monsta X
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Joo Heon, Jungkook, Kai, Ki Hyun, Lay, Mark, Min Hyuk, Rap Monster, Sehun, Seungri, Show Nu, Suga, Suho, T.O.P, Taeyang, V, Won Ho, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 34
Palavras 710
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aaaaahhh tá acabando 😢
Quero muito agradecer a todos que leram que me apoiaram que deram muito amor a essa história maravilhosa.
Dêem amor a todas elas hahaha pois amo o que faço e tenham a certeza de que um dia vocês irão ler um dos meus livros em alguma livraria ❤❤❤❤

Bora la?

Capítulo 35 - O pedido de namoro...


Kai foi pra casa uma semana depois do acontecido. Wonho pediu pra pegar seu depoimento.

- Você conseguiu ver o rosto de algum dos dois?

- De um deles sim. Moreno da minha altura mais ou menos. Cabelo preto meio ondulado curto. Quando ele riu, vi algumas rugas perto dos olhos.

- Lembra de mais alguma coisa?

- Ele também é magro. Só isso não lembro de mais nada.

- Bom acho que é o bastante. Vou espalhar o retrato falado dele pela escola e todos os lugares. Obrigado Kai. Talvez agora eu consiga pegar esse safado.

- Sim. O jogue na cadeia e deixe-o mofar.

- Essa é a minha intenção. Melhoras pra você.

- Obrigado.

Wonho saiu do quarto de Kai e Tessa o esperava. – O que acha de contarmos ao meu pai agora?

- Por mim tudo bem. Vamos lá. Onde ele está?

- Na cozinha preparando o jantar.

Foram até a cozinha e Suho perguntou:

- Deu tudo certo com o depoimento do Kai?

- Sim. Vou espalhar o retrato falado do meliante. Dessa vez eu pego ele.

- Que bom. Janta conosco hoje?

- Sim. Irei avisar minha mãe que não precisa me esperar para o jantar então.

- Ok.

Wonho ligou pra casa enquanto pensava no que dizer para Suho a respeito do seu relacionamento com Tessa. Voltou para a cozinha e Suho lhe ofereceu uma taça de vinho. Primeiro conversaram sobre vários assuntos aleatórios, sobre a carreira de Wonho, a empresa que Suho comandava. Até que...

- Pai, tenho algo pra te contar.

Wonho interrompeu. – Temos algo pra te contar Suho.

- Vocês dois?

- Sim. Em primeiro lugar, quero dizer que eu gosto muito da sua filha. Ela é muito importante pra mim.

Suho entendeu o sentido daquele “gostar”. – Continue. – Falou sentando – se a mesa com eles.

- Eu gostaria de pedir sua permissão pra namorar a com a Tessa.

- Qual a sua idade Wonho?

- Tenho 26 anos.

- Exatos 8 a mais que minha filha.

- Sim.

Tessa, cheia de dúvidas, falou:

- O que tem a ver a idade dele pai?

- Tessa, uma coisa é ele ser meu amigo outra coisa é ele querer namorar minha filha. Wonho, você conhece o amigo legal, gente boa mas agora você vai conhecer o pai.

- Eu o respeito muito Suho e o que você disser irei acatar. Mesmo que não tenha a sua permissão. Mesmo amando a Tessa como eu amo, irei acatar o que você disser.

Suho pensou um pouco no que diria, levou a taça de vinho na boca e falou:

- Vou te dizer as mesmas palavras que disse pro Xiumin quando ele veio me pedir para namorar a Tessa.

- Sim. Diga.

- Você está mexendo na parte que mais dói em mim. Minha filha. Ela não teve chance de conhecer a mãe mas eu faço o papel dos dois muito bem.

- Eu não duvido. Tanto a Tessa quanto o Kai são excepcionais.

Tessa ouvia com atenção às recomendações do pai. Ele queria apenas proteger a filha. – Eu nunca tive problemas com o Xiumin em relação a Tessa.

- Pai! – Ela protestou. Não precisa dizer essas coisas.

- Tudo bem amor. Ele só quer proteger você e está certo em faze-lo. – Wonho acariciava as mãos de Tessa.

- Eu darei permissão pra vocês namorarem mas ela já conhece todas as regras daqui de casa. Nada de portas trancadas, nada de ficarem se esfregando pelos cantos. E nada de namorar todo dia.

- Pai!!! Eu tenho 18 anos tá. Não sou mais bebezinho.

Wonho riu, mas achou lindo( cara mesmo de Wonho achar tudo lindo kkkkkkkkkkk) a forma que Suho cuidava da filha.

- Você é quem manda Suho.

- Obrigado. E fico muito feliz por ela ter escolhido você. Sei que posso confiar.

 - Pai, foi ele quem me escolheu. – E Tessa sorriu pra Wonho. Brindaram e logo após jantaram. Tessa contou a novidade para Kai que ficou enciumado mas aceitou numa boa. Ele também sabia que podia confiar em Wonho. Ele daria sua vida para proteger sua irmã. Tessa contou para Hee Soo sobre a conversa com o pai e disse que deu tudo certo. Agora só faltava conversar com os amigos .


Notas Finais


Bye bye até o próximo capítulo e tem capítulo duplo que tal?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...