1. Spirit Fanfics >
  2. O Certo e o Errado? (Lawlight) >
  3. Impulso

História O Certo e o Errado? (Lawlight) - Capítulo 7


Escrita por: StyxLahy

Notas do Autor


Hey hey hey!

Desculpem a demora pra postar minhas amoras, eu ando muito ocupada~

Mas enfim, no capítulo de hoje tem um pouco de Lawlight pra vocês, pra recompensar hehe~

Desculpem a capa do capítulo, eu ainda não tive tempo de fazer então só vou utilizar essa fanart por hora.

Enfim..

Boa leitura ^^

Capítulo 7 - Impulso


Fanfic / Fanfiction O Certo e o Errado? (Lawlight) - Capítulo 7 - Impulso

[Pov’s Light]  

 

O elevador para, revelando que chegou a cobertura, saio do mesmo olhando em volta.  

É basicamente um GRANDE terraço, a esquerda haviam assentos com uma grande mesa de madeira no centro com bebidas, petiscos entre outras coisas. Há direita havia um pequeno bar com várias variedades de bebidas, com uma churrasqueira e uma pequena cozinha do lado do mesmo. Se não viéssemos aqui para investigação diria que estamos tirando férias. Havia uma enorme piscina de hidromassagem perto dos assentos do lado esquerdo, e pequena escada com dois degraus se direcionando a parte da vista da cobertura, olhando para trás há um armazenamento grande que aparentemente está trancando, provavelmente guardam itens de construção, produtos extras ou algo do tipo.  

Vou em direção a parte da frente da cobertura, onde há uma grande “varanda”, olho de relance e percebo alguém no para-peito.  

 

~Ryuzaki?~ 

 

Fico o olhando de longe por alguns segundos... 

 

- Você vai ficar me observando daí a noite toda Light Yagami? – pergunta agora olhando em direção a mim 

- Só estava pensando o que você está fazendo aqui – digo indiferente indo em sua direção 

- Você é engraçado Light, agora a pouco você ficou um tanto incomodado com esse tipo de pergunta que fiz a você, e agora você está fazendo o mesmo comigo? Muito indelicado de sua parte. – diz sem nem ao menos olhar pra mim 

- Não é indelicado se você apenas pensar – digo já no para-peito.  

 

Por alguns longos minutos ficamos ali. Apenas apreciando a paisagem... O sol estava quase se pondo, ao longe dava pra ver os grandes prédios abandonados recebendo os últimos raios do sol. É uma cena fantástica de se observar, o Sol vai desaparecendo dando espaço para a Lua que estava cheia. E é assim, que entre uma estrela e vagalumes, o Sol se põe, abrindo espaço para vasta e sombria noite, sendo toda aquela paisagem apenas iluminada pela grande bola de cristal e seus brilhantes piscas-piscas. É tão.. sereno. Tão reconfortante... É como se eu estivesse navegando em um grande oceano galáctico, é tão bonito...  

Com toda aquela linda imagem, acabo dando um pequeno sorriso de tranquilidade.  

 

- Deveria sorrir mais vezes. – diz Ryuzaki ao meu lado fazendo eu dar um pequeno sobressalto. Eu esqueci que estava acompanhado... 

- É-é? Bom... Às vezes é bom você se desligar da realidade e dar espaço para as pequenas coisas que te deixam confortáveis... – digo o olhando de relance ao mesmo tempo voltando meu olhar para o céu.  

- Sabe, com esse pensamento, você nem parece ser o Kira, é por isso que às vezes entro em conflito comigo mesmo sobre esse assunto – diz ele, típico do Ryuzaki, nem por alguns minutos ele consegue não tocar nesse assunto 

- Hmm  

- Não vai tentar me contrariar por estar dizendo isso? - pergunta olhando de lado para mim  

- Sabe, isso seria o tipo de coisa que eu realmente faria, mas... Eu percebi que não adianta falar isso por mais que eu tente te convencer ao contrário, então, acho que a única forma de fazer isso é pondo um ponto final nessa investigação. Até lá, eu aguento suas suposições. – digo virando para ver o mesmo, dando um pequeno sorriso sincero. Por um momento até eu achei que esse sorriso era real... 

- Hmm, então vejo que te provocar com isso não irá mais funcionar tanto – diz ele em um tom brincalhão o que me faz.. Rir??? 

- É, talvez – digo meio sem graça – Faz um tempo que não tenho um momento assim sem tanto... Estresse – digo dando uma pequena risada – Desde pequeno eu amo ver o pôr-do-sol, mas, ultimamente eu não tenho dito tempo pra ver... 

- Sempre terá um pôr-do-sol esperando para ser visto, mas, se você sentir tanto por não ver o pôr-do-sol, você não vai se deixar ver a beleza das estrelas. – diz apontando para o céu completamente estrelado, o que ele disse foi tão aconchegante... 

 

Me aproximo dele, o que faz o mesmo olhar fixamente para mim. Toco em seus cabelos, tão negros e macios... Meus olhos vão imediatamente em direção a sua boca, que parecia ser tão pálida e desejável naquele momento, é como se seus lábios estivessem me chamando...  

Levo minha mão por trás de sua nuca e selo nossos lábios com um beijo leve e... 

 

~PERA, MAS QUE PORRA??!~ 

 

Me desfaço do beijo rapidamente percebendo em que situação eu estava, olho de relance para L percebendo que estava tão confuso quanto eu, ele fica me olhando com seus olhos escuros completamente arregalados pela surpresa e nem sequer fala uma palavra... 

 

- AI MEU DEUS!! ME DESCULPA! E-eu – digo, sem conseguir falar mais nem nada e nem sequer olhar nos olhos dele  

 

~QUE VERGONHA, QUE PORRA PASSOU PELA MINHA CABEÇA??!~  

 

- E-esquece t-tudo isso- E-eu- – digo em gaguejos, eu que sempre tinha uma boa resposta para tudo estava sem palavras naquele momento, meu rosto com certeza estava despido.  

 

Coloco as mãos em meu rosto afim de tentar esconder toda a minha vergonha, apesar de saber que nada mudaria o fato de ter feito algo tão absurdo.  

 

- E-eu t-tenho que i-ir – digo saindo em disparada para o elevador sem nem ao menos dar uma última olhada na espressão que Ryuzaki estava fazendo.  

 

Clico em qualquer andar, eu só queria sair dali o mesmo rápido possível, foi tudo tão rápido que nem percebi no que estava fazendo antes de fazer. Sério, o que deu em mim naquela hora?! Isso é tudo culpa da Misa! 

 

~AQUELA BARBIE VAGABUNDA!~ 

 

Ela que colocou essas coisas na minha cabeça, foi por causa dela que tudo isso aconteceu! Ah mas ela vai me ouvir!  

Clico novamente no interruptor, agora do andar onde Misa está hospedada. Essa vai ser uma looooonga noite. 

 

[Pov’s L]  

 

Estou completamente perplexo, imóvel. O QUE DIABOS ACABOU DE ACONTECER?!  

Light Yagami, filho prodígio, suspeito número 1 de ser Kira, acabou de ME BEIJAR?!  

Eu nem sei o que pensar sobre isso. Será mais um plano dele ou não? Antes, as chances de Light ser Kira estavam em 71%, agora aumentou para uns 80% devido a esse ocorrido. Não que eu tenha preconceito com sua... sexualidade?? Não sei o que formular. Mas por enquanto vou deixar esse seu ato como uma maneira fajuta de diminuir minhas suspeitas. Mesmo que esse não seja o caso e que ele sinta realmente algo por mim, não posso descartar o fato disso apenas ser mais um de seus joguinhos.  

Solto um longo suspiro colocando uma de minhas mãos em meu rosto. Vou em direção ao sofá que estava do meu lado esquerdo. Deito e por algum tempo fico apenas olhando as estrelas, sentindo o vento frio da noite balançar meus cabelos.  

Volto meus pensamentos para o ocorrido com Light. ~Aquilo foi tão.. Estranho.~ Estaria o mesmo tentando me distrair? Tentando diminuir minhas suspeitas de ser o Kira? Ou estaria simplesmente “flertando” comigo? Não.. Espera, ele não namorava a Misa? Então, será que eles terminaram por esse motivo? Será que Light realmente sente alguma coisa por mim? Mas.. Tem algo que ainda me incomoda, o pensamento.. O olhar dele depois do que ele havia feito.. ~O olhar~  

Mas não posso julgar uma pessoa só pelo olhar não é mesmo? Eu estava confuso no momento então nada pode ser da maneira que eu acho que foi. Eu nunca vi Light com uma garota, a não ser Misa, ele poderia está apenas escondendo seu verdadeiro eu? E se esse for o caso, Misa sabe sobre isso? Talvez eu devesse mencionar algo com ela depois só pra ver se dá em alguma coisa.  

 

~Ele é perfeito demais pra reparar em mim~ 

~Será que estou deixando escapar algo?~ 

 

Light Yagami, o menino perfeito, inteligente, que sabe sempre o que dizer, apaixonado por mim? Isso parece um tanto, impossível.  

Mas uma pergunta que até agora não sai da minha cabeça... 

 

Eu gostei daquele beijo? 

 

[Pov’s Light]  

 

Bato na porta do quarto de Misa, afim de conversar com ela sobre o que aconteceu.  

 

- JÁ VAI! – grita a mesma de dentro do quarto, após alguns segundos ela abre a porta. – Ah, Light, o que faz aqui?  

- Precisamos conversar. – digo entrando rapidamente em seu quarto, antes sequer dela ter tempo de falar. Eu tô nervoso, minhas mãos estão suando e estou muito inquieto 

- O que queria falar comigo? – perguntou trancando a porta e vindo em minha direção. 

- Eu – as palavras não querem sair da minha boca, e contar a Misa.. Eu devo ter realmente enlouquecido! – EU BEIJEI O L!  

- O QUEEEE???? – pergunta a mesma retoricamente levando suas mãos a boca em espanto. – QUANDO? POR QUE? ONDE? MAS- – ela sai fazendo perguntas, tantas que começo a ficar um pouco tonto.  

 

É, hoje realmente não é meu dia.  

Suspiro fundo tentando me acalmar, sento na casa de Misa para tentar melhorar toda aquela adrenalina que eu passei. Olho em volta do quarto de Misa e percebo que Rem não estava presente.  

 

- Cadê o Rem? – pergunto olhando de volta para a mesma que estava me olhando fixamente.  

- Ah, ele saiu, provavelmente foi fazer alguma coisa no mundo dos Shinigamis ou saiu com o Ryuk – diz a mesma um tanto eufórica com o que eu disse a segundos atrás – PARE DE MUDAR DE ASSUNTO E ME CONTE EXATAMENTE O QUE ACONTECEU! – grita como se estivesse me repreendendo. 

- Nem eu sei o que realmente, eu só- – dou uma pausa um tanto... dramática? – ISSO TUDO FOI CULPA SUA!! – grito com a mesma o que faz me olhar completamente confusa. 

- Minha?? MAS O QUE EU FIZ ORAS?! – grita cruzando os braços e fazendo bico 

- VOCÊ QUE PÔS ESSA MERDA DE DÚVIDA SOBRE MINHA SEXUALIDADE E MENCIONOU O L DEPOIS, NÃO SE LEMBRA?!  

 

No mesmo instante ela se recorda do que eu estava falando, colocando a mão em sua cabeça mexendo a os cabelos. 

 

- Ué, eu só perguntei, não disse pra você fazer nada Lightzinho – diz fazendo cara de boba  

- Bem, suas “perguntas” não saiam da minha cabeça, resutando em tudo.. ISSO! – digo me referindo a mim e meu ato 

- Calma Light, vamos respirar fundo e ver toda essa situação com calma. – diz ela inspirando e expirando – Tá, me conta exatamente como tudo ocorreu 

- Eu tinha ido na cozinha pegar uma maçã pro Ryuk, depois voltei para meu quarto. Ai, depois de um tempo eu decidi ir sair um pouco, então fui a cobertura do prédio, foi lá onde encontrei o Ryuzaki.- digo a olhando, pela primeira vez a Misa estava prestando atenção atentamente no que estava falando, cada detalhe parecia crucial para ela naquele momento – Eu me aproximei e começamos a conversar, de repente ele falou algo e DOS CONFINS DOS INFERNOS eu tive a BRILHANTE ideia de beijar o Ryuzaki! – digo olhando ela começando a suar novamente  

- Sobre o que conversaram? – pergunta a mesma olhando fixamente para mim 

- O QUE? E isso importa?! – pergunto 

- Claro de sim! Em uma investigação cada detalhe é crucial! Bem, é algo do tipo, lembro do L falar algo assim – diz a mesma levando sua mão ao queixo fazendo uma expressão de pensativa. POR QUE ELA NÃO É ASSIM QUANDO SE TRATA DO PLANO?!  

- Foi algo bem simples, estávamos falando sobre como é bom as vezes se desligar do mundo pra apreciar as pequenas coisas a nossa volta, daí ele falou algo como “Sempre terá um pôr-do-sol esperando para ser visto, mas, se você sentir tanto por não ver o pôr-do-sol, você não vai se deixar ver a beleza das estrelas” e depois eu acabei beijando-o – digo por fim colocando a mão em meu rosto por completa vergonha  

- Cara... QUE CLICHÊ E ROMÂNTICO! – diz a mesma dando pequenos saltos – Isso com certeza daria um bom yaoi – observa depois voltando seu olhar para mim 

- Eu estava completamente esperançoso de você está levando isso a sério, mas obvio É VOCÊ, como poderia? – digo o que faz a mesma ficar emburrada  

- O que irá fazer? - pergunta curiosa  

- Se eu soubesse não teria vindo aqui! – digo 

- Talvez devesse deixar de lado por enquanto, acabamos de nos mudar pra cá e isso seria um problema se o L considerasse como parte de seu plano. – diz o que faz até um pouco de sentido. 

- Talvez tenha razão. Só não sei como eu vou trabalhar com Ryuzaki amanhã depois disso – digo me levantando da cama da Misa 

- Bom, você pode fingir que nada aconteceu, na verdade essa é uma tática bem comum pra esse tipo de situação..  

- Pode ser, bom, obrigado pela “ajuda”, acho que vou indo pro meu quarto agora, tenho muito no que pensar – digo me direcionando a porta  

- Sim sim, sei bem sobre seus pensamentos – diz com uma cara maliciosa  

- Aquieta esse cu, sua Barbie fujoshi. – digo apontando meu dedo indicador no seu rosto em sinal de repreensão  

 

A mesma abre a porta dando uma pequena risada, saio de seu quarto e vou em direção ao elevador. 

 

- BOA NOITE LIGHT!! TENHA BONS SONHOS COM O L!! QUERO SABER DELES DEPOIS EIN!! – grita a mesma atrás de mim dando tchau

- VAI SE FUDER MISA!! – grito de volta dando dedo. 

 

O que será que vai acontecer amanhã? 


Notas Finais


Bom, foi isso!

Ai ai, esse Light ein...

Espero que tenham gostado! Prometo que vou tentar trazer os capítulos o mais rápido possível! ^^

Sayonara Amoras~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...