História O Chantagista 2 temporada - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Acampamento, Comedia, Original, Romance, Yaoi
Visualizações 29
Palavras 691
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi povo lindo eu tô meio depre porque o site que uso pra ler mangá tá offline, então leiam ou sei lá

Capítulo 1 - Capítulo 1: Um novo começo


Ducy: on

- E como estarmos aqui, acho melhor terminámos - disse Ana olhando nos meus olhos.

- Não pensou em falar isso antes de começar a loucura de subir uma montanha? - pergunto me exaltando, mas acavo lembrando o que o Denis falara, então respiro fundo acalmando os meus nervos - tem certeza que não está tomando uma decisão precipitada?

- Tenho - confirma ela - o meu irmão te contou sobre o meu problema, né?

- Ele mencionou - digo mais calmo.

- Só para você saber eu tô tomando o remédio - disse Ana - e qual é a sua resposta?

- Faça o que te trás felicidade - respondo - por mais que isso me doa.

- Tô começando a lembrar o porquê, de ter gostado tanto de você - disse ela sorrindo - eu sinceramente espero que encontre alguém melhor que eu na próxima e amigos?

- Amigos - concordo.

  Com isso Ana se afasta indo de encontro ao seu, acho que namorado, sussurrando algo para o seu irmão que se a próxima de mim: - Sei que não preciso perguntar... Mas, como foi a conversa? - pergunta Denis com as mãos nos bolsos da calça.

- A sua irmã terminou comigo - respondo suspirando.

- Eu já esperava, desculpe Ducy eu tentei te contar - disse ele - mas não conseguir.

- Seria bom um aviso previo - concordo - mas acho que não mudaria muita coisa.

- Acho que sim - disse ele - olha eu conversei com a minha irmã ou melhor ela sugerio que voltássemos na frente.

- Mas a gente não veio aqui para trazer-la de volta? - pergunto confuso.

- A ideia era fazer isso se ela estivesse mal, mas pelo vusto a Ana não tá - responde Denis de braços cruzados - além disso a minha irmã volta semana que vem.

- Acho que essa viagem foi atoa - digo suspirando frustrado.

- Eu não diria isso - disse ele dando tapinhas no meu ombro anted de se afastar - nos tornamos amigos, não foi?

- Nos tornamos? - pergunto confuso.

- Sim, só não me faça me arrepender dessa decisão - disse Denis.

  Não sei bem o por quê, mas  aquilo fez eu me sentir melhor, finalmente tinha conseguido quebrar um pouco mais daquele gelo: - Vai ficar ai sorrindo ou vai vim? - pergunta ele.

Ducy: off

Denis: on

  Sinceramente a minha irmã não poderia ser mais previsível e o Ducy estava reagindo bem melhor do que eu esperava, no minimo pensei que sutaria um pouco, mas não, ele estava calmo, contido e um pouco afetado, claro, mas levando em conta que pegou a minha irmã beijando outro cara tava mais de boa que a maioria. Mas não era isso que eu deveria está pensando considerando o tamanho do problema que tenho por causa do meu ex, eu preciso urgentemente falar com a Ella sobre isso:

- Você tá bem? - pergunta Ducy olhando para mim enquanto estamos dentro do Uber a caminho do aeroporto.

- Eu que devia perguntar isso - digo - eu no seu lugar não fiquei tão calmo.

- Por falar nisso com quem o Rafael te traio? - pergunta ele.

- Não é com quem, é com quantos - digo um pouco irritado, mas rapidamente me acalmo - mas isso não importa muito, quando aconteceu eu já não gostava tanto dele, a paixão realmente é vencida pela rotina.

- E você não se interessou por mais ninguém depois? - pergunta Ducy.

- Me interessei - respondo sendo sincero.

- Eu conheço? - pergunta ele curioso.

  Quase rir com aquilo: - Claro que você conhece é você, quer que eu pegue o espelho? Ai eu te apresento - penso ironicamente.

- Pode se dizee que sim - digo olhando para a janela - diria até que são parecidos.

- Serio? - pergunta Ducy.

- Os dois são cabeças de vento - respondo sorrindo.

- Ainda com esse apelido? - pergunta ele - quando você vai parar com ele?

- Quando perder a graça - digo - ou quando você parar de ser um cabeça de vento, o que vie primeiro.

- Bem já que estamos voltando acho que devo voltar para a minha casa também - disse Ducy.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...