História O chefão do morro - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Little_Crazy_

Postado
Categorias João Guilherme Ávila, Larissa Manoela, Maisa Silva
Personagens João Guilherme Ávila, Larissa Manoela, Personagens Originais
Tags Amor, Crime, Jolari, Morro, Morte
Visualizações 148
Palavras 647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Que porta de título é esse menina

Nu sei




Gente próximo cap deve sair amanhã

Capítulo 6 - Oi eu sou ...


No capítulo anterior




A única coisa que me lembro foi a bebida descer queimando pela minha garganta nessa hora sinto tudo escurecer e meu corpo começa a banbear a única coisa que vi antes de apagar foi os abraços fortes de João me í pegarem.



Nesse capítulo




LARI P.O.V


Acordo em um quarto olho em volta e vejo um televisão muito grande quase tampa a parede inteira olho para minhas roupas e continuo com as mesmas do dia anterior  tento me recordar do que aconteceu só que não consigo
lembrar só sei que eu estava sentada no barzinho e um tal de João Guilherme veio falar comigo e ele fez eu beber uma bebida rosa não sabia oque era mais mesmo
assim eu bebi, tenho que sair daqui não sei oque esse homem é de verdade quando me levanto escuto gritos de uma mulher e de um homem não me atrevo a ir lá e ver mas me aproximo da porta e escuto com mais facidade pois estavão  gritando mas nem tanto

-VOCÊ TEM QUE DEIXAR ELA IR IDIOTA (uma voz feminina fala)

-VOCÊ NÃO ENTENDE PORRA (agora a voz é masculina)

-OQUE QUE EU NÃO ENTENDO? QUE VOCÊ QUER MATAR ESSA GAROTA

-EU QUERO ELA PRA MIM EU A AMO (dava para perceber a ironia na sua voz)

-CLARO COMO VOCÊ AMAVA A  STHEFANY A SUELLEN A ROBERTA E PRINCIPALMENTE A DÉBORA SEM CONTAR COM AS OUTRAS QUE VOCÊ,  ESCUTOU BEM VOCÊ, MATOU

- VOCÊ NÃO MANDA EM MIM EU VOU FAZER OQUE QUISER COM ELA

-VOCÊ CONHECEU  ELA ONTEM CARA PARA COM ISSO

-ESCUTA BEM SE VOCÊ ENCHER MEU SACO EU TE MATO

-VEM ME MATA

-VOCÊ SABE QUE EU FAÇO

-VOCE TERIA CORAGEM DE MATAR SUA PRÓPRIA IRMÃ

- ........

-EU  SEI QUE NÃO POIS FOI A ÚNICA COISA QUE SEU PAI PEDIU ANTES DE MORRER COM O TIRO NO PEITO

-NÃO FALA DELE

-AFFS


Eu escuto passos em direção a porta eu corro para a cama e finjo dormir, eu abro os olhos e vejo uma mulher muito linda abrir a porta ela fecha devagar e vem em direção a cama e senta na berada .

-Oi eu sou Haku mais me chame de TW 

-Oi eu sou Lari...

-Eu sei quem você é

-Ata......eu sei que uma pergunta meio doida mas onde eu estou?

Ela sai correndo com uma cara péssima não entendo nada mais permaneço sentada, eu começo a  ficar com medo eu olho para uma janela que tinha no quarto vou até ela e vejo que não é alta eu sem pensar direito eu pulo ela meus pés não aguentam a queda e eu caio no chão mas levanto rapidamente e saio correndo pela rua eu fui tentar ver onde eu tava mas eu não sabia até que eu paro de correr eu vejo um morro vou descendo ele é paro em frente minha casa agora eu sei onde eu estava na casa do  João Guilherme eu entro rapidamente e vejo Mharessa correndo até mim e me abraçando.

-Desculpa ele não dei.....


-Ele quem gente


-Vo..Você não se lembra


-Do quê??


-Ele você você ele

-Fala logo mharessa  (já falo estressada)

-Eu estava dançando quando vi você no colo do dono do morro eu corri para ver oque tava acontecendo eu cheguei perto ele apontou uma arma para mim e mandou eu sair de perto mais você sabe que eu morro de medo de morrer eu preciso ficar adulta casar ter fi...


-Não tem problema 


-Onde você tava??


- Eu não sei eu acordei  (começo a contar tudo)  depois eu vi o morro desci correndo e estou aqui

-Uau que massa ficava um belo filme de ação

-Sossega

- Olha a mãe perguntou por você eu falei que você dormiu na casa de uma amiga ta?

- Ok

Nessa hora escutamos vários tiros e a porta de casa sendo arrombada









 


Notas Finais


Bjs para vcs

Vlw quebrada

Olha gente só temos 4 vagas para entrar na fic aproveitem


Nome
Idade
Conhece quem
Personalidade


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...