História O CHEFE • Chanyeol - Capítulo 36


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Kris Wu, Lu, Lu Han
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Exo Imagine, Imagine, Kai, Kpop, Kris, Lay, Luhan, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 249
Palavras 1.088
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Fluffy, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 36 - 36


Fanfic / Fanfiction O CHEFE • Chanyeol - Capítulo 36 - 36

[ AVISO : CONTEÚDO IMPRÓPRIO PARA MENORES DE 18 ANOS ]

Naquele dia Chanyeol foi dormir assim que os meninos foram embora.

Talvez ele tenha percebido que eu estava tensa, depois dele ter dito que havia escutado eu chama-lo a noite.

Havia acabado de reformular as papeladas da empresa e estava encarando o café em minha frente.

Havia se passado tanto tempo desde que eu conheci Chanyeol melhor.

Muitas coisas estão acontecendo e aconteceram...

Sehun irá casar, meu irmão irá casar, Jongdae está indo para China, eu havia perdido o contato com Luhan novamente.

Tudo estava acontecendo em um piscar de olhos.

Perdida em meus pensamentos, mal vejo quando Chanyeol adentrou a sala sorrindo.

"Olá meu anjo, iremos comprar nossas roupas hoje." Ele diz e eu o encaro.

"O aniversário do seu irmão, lembra?" Perguntou e eu sorri.

"Claro." Respondi sem graça. 

Era óbvio que eu havia esquecido.

"Então vamos." Ele diz e eu assenti e levantei.

Fomos até uma loja de roupas formais e compramos um terno para Chanyeol, e um vestido para mim.

Como seria um evento grande do qual minha família e muitas pessoas famosas se encontrariam, era necessário um traje desse estilo.

Logo em seguida fomos almoçar e voltamos para empresa.

Quando terminamos nosso trabalho, antes que eu pudesse levantar da cadeira, Chanyeol adentrou minha sala um tanto irritado e sentou-se em minha frente.

"O que aconteceu?" Perguntei enquanto desligava o computador.

"Vamos para casa." Ele diz e eu assenti.

Peguei os papéis em minha mesa e os coloquei na bolsa.

× QUEBRA DE TEMPO ×


Chegamos e Chanyeol foi direto para o sofá.


Com calma tirei meus sapatos e joguei a bolsa em um canto.


"O que foi?" Perguntei e me sentei ao lado de Chanyeol.


Ele deitou no sofá e descansou a cabeça em meu colo, me fazendo ficar cara a cara consigo.


"Baekhyun irá tomar conta da filial da empresa no Japão e meu irmão mais velho vira me ajudar aqui. Eu não preciso de ajuda." Ele diz emburrado como uma criança.


"Eu pensei que era algo mais sério. Seu bobinho, fique contente que verá seu irmão mais velho." Digo dando um peteleco em sua testa.


"Mas eu não gosto do meu irmão mais velho. Ele se acha o superior." Chanyeol diz e eu ri.


"Tente conversar melhor com seu pai e peça a Baek para estar junto, talvez dê certo." Digo e acaricio seus cabelos.


"Talvez dê certo." Ele diz enquanto olhava diretamente em meus olhos.


Com um movimento rápido, ele levanta e deposita um selinho em meus lábios.


"Te amo." Ele diz sorrindo.


"Você está bem?" Perguntou e eu assenti ainda envergonhada.

"Sabe, eu tenho pensado em tudo que está acontecendo recentemente." Digo enquanto passava a ponta de meus dedos sobre os fios de cabelo macios de Chanyeol.

"Obrigada por estar ao meu lado." Digo com um sorriso nos lábios e ele retribui.

"Sempre que quiser eu estarei com você." Ele diz e eu ri.

- ♣ -

Era quinta a tarde, devido ao feriado tivemos folga e estávamos em casa.

Chanyeol estava irritado falando ao celular com Baekhyun sobre seu irmão mais velho, enquanto eu preparava o almoço.

Assim que terminei de fazer o molho para o macarrão, Chanyeol desligou o celular.

"Baekhyun disse que nosso irmão chegará na terça e quer vir se hospedar ou na casa dos nossos pais ou na de uma de nós." Park disse deixando o celular encima da mesa e vindo em minha direção.

"Por mim tudo bem, só não sei onde ele dormiria." Digo e o rapaz faz careta.

"Eu não quero o hyung aqui." Ele diz sério.

"Por que?" Perguntei terminando de colocar o molho na massa e tampando as panelas.

"Ele vai dar em cima de você." Chanyeol diz e eu ri.

"Pegue os pratos." Digo e coloco os tableres na mesa.

Enquanto almoçamos Chanyeol reclamou mais de seu irmão mais velho e citou todos os defeitos que ele lembrará do garoto.

Estávamos deitados no sofá assistindo a um filme quando de repente faltou energia. Com isso, os aquecedores desligaram e ficamos com frio.

Não demorou muito para que Chanyeol puxasse a coberta que estavamos dividindo mais para si.

"Ei, eu tô com frio." Reclamei puxando a coberta.

Acabamos por fazer um cabo de guerra, que resultou em beijo.

De um beijo as coisas começaram a esquentar. Chanyeol me puxou para seu colo e continuou com os beijos e as mãos bobas.

Quando percebi eu estava na mesma situação que Chanyeol, exitada e arfando.

Ele levantou ainda me segurando e fomos para o quarto.

Chanyeol me colocou gentilmente na cama e me olhou como se perguntasse se podia proceguir. Apenas assenti e ali ele já começou a me torturar.

Seus dedos brincavam em meio a minhas pernas e sua boca depositava beijos leves em meu pescoço.

Sem paciência eu comecei a me mexer na esperança que ele começasse a me masturbar, mas ele apenas riu.

"Ainda não." Ele disse com um sorriso extrovertido e me puxou para seu colo.

Sua ereção ficava rossando em minha intimidade, me fazendo ficar mais sem paciência e levantar de seu colo de um modo brusco.

Tratei de me livrar de minhas roupas o mais rápido possível e ele ri.

"Esta impaciente hoje." Chanyeol disse rindo e me puxou para seu colo.

"Não vai tirar?" Perguntei apontando para a calça que ele ainda vestia.

"Não." Disse rindo e eu revirei os olhos.

Comecei a me mexer em seu colo na esperança de o deixar impaciente também, mas Chanyeol parecia ainda mais calmo.

Voltando a beijar meu pescoço e a brincando com os dedos perto de clitóris.

Distraída com seus beijos, que acabaram por se tornar chupões que doíam, me surpreendi e acabei alterando a voz quando Chanyeol começou a me masturbar.

Vendo o estado que eu já estava ele ri outra vez e para do nada.

Tirou as roupas e me encarou.

"Eu prometo que agora eu vou fazer o que você quiser." Ele diz e eu ri envergonhada.

Estava tudo acontecendo tão rápido, no calor do momento...

Como o garoto já estava duro e eu já estava em um estado que não aguentava mais, ele não demorou para finalmente fazer o que queríamos.

Chanyeol foi mais paciente do que pensei no começo, mas logo os movimentos começaram mais e mais rápidos, me fazendo gritar seu nome é pedir por mais, assim como ele.

-------#---------#----------#-----------#

EU SEI, EU SEI.
DESCULPEM-ME!
Eu estava sem ideia para o que escrever e estava desanimada.
Eu queria fazer um capítulo antes da festa, mas não sabia o que...bem..ESPERO QUE NÃO QUEIRAM ME MATAR.
Eu não vou prometer nada sobre quando irei postar o próximo capítulo, mas vai demorar menos que esse ok? ❤️ Obrigada a todos que não desistiram dessa fanfic!!! eu amo vocês gente ❤️ desculpem se houver erros, irei revisar o cap amanhã ❤️



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...