1. Spirit Fanfics >
  2. O Chefe da Máfia e a Prostituta-Jeon Jungkook >
  3. Capitulo 52

História O Chefe da Máfia e a Prostituta-Jeon Jungkook - Capítulo 53


Escrita por: e ParkJiminNano


Capítulo 53 - Capitulo 52



Duas semanas haviam se passado desde o pedido do casamento e a descoberta do sexo do bebê. Os preparativos do casamento já corriam a todo o vapor. Hadessa, junto com a sogra e as cunhadas já haviam resolvido toda a decoração. Hade também já estava tirando as medidas para o vestido.
Ela queria um vestido feito especialmente para ele, original como ela dizia, o casamento assim como a festa iria acontecer na casa de Monique. Hade achava o espaço perfeito. Principalmente a área de atrás.
O casamento e a gravidez de Hade já havia sido anunciados aos quatro ventos como destaque principal, a impressa queria a oportunidade de ter em primeira mão, uma entrevista com o futuro papai do ano, mas quem disse que Jungkook cedia?
Flashback.......

Jungkook e Hade estavam sentados á mesa tomando café. Jungkook sentado na cabeceira na mesa, com sua imagem de homem onipotente.
–-Aqui esta o jornal dessa manhã. Vocês dois estão na capa. – Suly comentou entregando o jormal.
Jungkook abriu o jornal, e lá estava fotos dele almoçando com Hade, ele e Hade saindo da loja de bebês e uma foto do anel de noivado de Hade. Haviam também uma noticia, era uma pagina inteira falando somente sobre seu suposto casamento. O titulo da noticia era: “Jeom jungkook, o homem de gelo, papai?!”. Aquilo parecia mais uma pergunta do quê uma afirmação.
Hadessa arrancou o jornal de sua mão e começou a ler em voz alta.
–-“O empresário Jeon Jungkook, foi fotografado no dia 28, em um shopping com sua namorada Hadessa Lins. Os dois acabavam de sair de uma loja de produtos infantis. Será que o grande empresário, com seu vasto império, aguarda um herdeiro? Uau. – Hade disse ao terminar de ler.
Jungkook revirou os olhos e continuou a bebericar seu café. A impressa parecia vê-lo como um rei ou coisa parecido. Sendo que, ele nem chegava perto disso.
–-Espera, Ainda tem mais alguma coisa, agora falando sobre o nosso casamento.
‘’Após o flagra do casal saindo da loja de artigos para bebês, Jungkook e Hadessa foram vistos em um restaurante demonstrando seu afeto publicamente. No dedo de Hadessa havia um lindo anel com uma enorme pedra branca. Parece que Jungkook já a pediu em casamento.....” – Hade terminou de ler e soltou uma gargalhada.
–-Agora eles vão cair matando em cima de nós. – Ela bebericou seu suco.
–-Bando de filhos da puta desocupados.
Flashback off....
Hadessa agora para qualquer lugar que ia havia um monte de repórteres querendo falar com ela. Mas sempre tinha vários seguranças ao seu redor, ordens expressas de Jungkook.
Por falar em Hade e no casamento, ela já havia ligado para Rebs e contou a novidades. Rebs ficou feliz quando descobriu que Hade iria se casar, e prometeu que estaria lá no dia. Hade aproveitou para ligar para o Bambam.
Ele seria seu padrinho de casamento e a levaria ao altar, e escolheu Leh-ju como sua madrinha. Jungkook também tinha que escolher seu padrinho e madrinha, mas isso ficava a critério dele. Ele estava com enormes problemas, já que tinha duas irmãs que queriam ser madrinhas.
Jungkook estava recebendo um carregamento de drogas. Os fornecedores eram uns italianos que Jungkook conhecia bem, mas mesmo assim não tinha confiança.
–-.Olá Jungkook– Um homem de cabelos grisalhos disse em italiano.
Jungkook ignorou completamente o cumprimento do homem. Nao estava ali para conversa mole. Queria logo suas drogas.
–- Cadê o meu carregamento? – Ele disse serio e frio.
Esse era o momento em que Jungkook deixava seu lado carinhoso de lado, e colocava a mascara de homem gelido.
–- Calma. Esta tudo ai como você pediu. Crack, maconha. – O homem disse com as maos levantadas em sinal de rendição.
–-Calma é o caralho, Yoongi confira logo isso, quero ir pra casa.
Yoongi conferiu toda a mercadoria. Estava tudo certo.
–-Esta tudo certo.
–-Acho bom mesmo estar tudo certo.
–-Você me conhece Jungkook, Sabe que eu te passaria para tras. – O homem disse.
–-Eu nao sei se você sabe, mas tem umas 20 armas sendo apontadas para você nesse exato momento, então, eu acho que você não seria tão imbecil Carlos.– Jungkook disse dando um sorriso.
O homem engoliu seco com isso. Estava no covil do caçador. Um delize, por menor que seja acabaria com sua misera e inutil vida num piscar de olhos. Além de respeito por jungkook, ele sentia medo. Carlos tinha quase o dobro da idade de Jungkook, mas parecia nesse exato momento,um menininho assustado.
–-Eu sei meu caro, conheço seu pai a muitos anos, eu nunca vacilei com ele, aonde esta minha grana?
Jungkook fez um sinal para que Jimin trouxesse a maleta com o dinheiro, aquelas drogas valiam muito dinheiro, mas com certeza nem fazia cócegas na fortuna de Jungkook.
–-Aqui esta, um milhão de dolares. – Jungkook disse abrindo a amelta prateada e mostrando as notas novinhas de cem dolares.
Os olhos de Carlos brilharam, Jungkook era bastante generoso com seus fornecedores, pagara sem mais do que a mercadoria valia, claro que o produto tinha que ser de boa qualidade.
Depois de fechar os negocios, Jungkook foi para a empresa. Lembrou-se que tinha alguns assuntos pendentes antes de retornar para casa, ainda era 13:00 h, hade havia saido com monique, jiha e joha. Ele não gostava de se intrometer muito nesses assuntos femininos, sua única obrigação era estar no altar e esperar por Hade, Isso ele tinha o prazer de fazer.
Assim que abriu a porta de seu escritório, ficou surpreso ao ver hade sentada em sua poltrona e a girava, quando ela o viu ali parado ela deu um sorriso, Hadessa já havia completado 5 meses a alguns dias atrás, ela havia engordado um pouco, suas bochechas estavam redondas e mais coradas, mas mesmo assim com essas modificações Jungkook a achava linda.
–-Oi. – Ela disse se levantando e indo até ele.
–-Oi. Você veio sozinha? – Ele perguntou lhe dando um selinho.
–-Não, sua mãe me trouxe até aqui. Aonde estava? – hade perguntou curiosa.
E a cada dia mais ela se tornava cada vez mais ciumenta, achava que estava ficando gorda, que seu corpo já não era mais o mesmo. Jungkook, pacificamente tentava contornar a situação, mas as vezes a situação com hade ficava irredutível.
Jungkook se sentou em sua cadeira com hade se colo, as pernas dela estavam enlaçadas na cintura dele.
–-Eu estava checando um carregamento que chegou hoje. – Ele respondeu passeando as mãos por debaixo do vestido dela.
–-Hummm.... – hade murmurou brincando com a gravata dele.
–-O que fizeram hoje?
–-Nós fomos ver o Buffet, Já esta quase tudo pronto, e depois fomos a loja de lingerie, jiha fez com que eu comprasse quase a loja toda.
Lingerie... Com essa palavra o pau de Jungkook já deu sinais de vida, e hade podia sentir, Já que ela estava sentada bem no alvo.
–-E com são essas lingeries? – Jungkook perguntou com a voz mais rouca do que o normal.
–-Umas são bem pequenininhas, tem transparentes, rendadas. Todas aquelas que você adora. – Hade sussurrou mordendo a orelha dele.
O clima esquentou ali, Hade estava fervendo, sentia um calor e uma certa umidade no meio de suas pernas, Jungkook deu um beijo nela de arrancar o fôlego, Hade se esfregava nele, e em certos momentos soltava gemidos alucinados.
–-Porra Hade. – Ele grunhiu excitado mordendo o pescoço dela.
As pequenas mãos de Hade foram parar no zíper na calça de Jungkoo, ela desabotoou o botão e a abriu, Estava fervilhando, as mãos ágeis e grandes de Jungkook passeavam pelas costas dela por debaixo da blusa, o fato dela estar de vestido só facilitou ainda mais as coisas. Não precisavam ficar nus e serem pegos em uma situação embaraçosa, Jungkook apenas afastou um pouco a calcinha de Hade para o lado, e a tocou, ela estava totalmente encharcada, a gravidez causava isso, seu apetite sexual ia as alturas.
–-Anda logo, me fode. – Ela dizia meio arfante.
Jungkook com muita pressa, retirou seu membro de dentro da cueca, e escorregou para dentro de Hade. Ela suspirou e mordeu o lábio, aquilo era muito convidativo para Jungkook, adorava quando ela fazia aquela cara de safada.
Hadessa por sua vez se movia com maestria em cima de Jungkook, aquela posição não era lá muito confortável, mas com certeza seria algo que ficaria marcado na mente de ambos.

Os movimentos de ambos so aceleraram, os gemidos de prazer aumentavam, os corpos se chocando fazendo as mentes alucinantes.
Logo Jungkook sentiu seu membro ser esmagado dentro de Hadessa. Ela se contorceu sob ele, e rapidamente seu orgasmo chegou. Com mais algumas estocadas fortes, Jungkook jorrou seu liquido dentro dela, pelo que ele sabia não haveria nenhum problema dele gozar dentro dela. O sexo entre eles havia se tornado algo com tanta intensidade. Os orgasmos chegavam explodir como mais uma bomba. Hade ficava com as pernas moles feito gelatinas, Jungkook, por muitas vezes tinha que segura-la, para que ela não fosse ao chão.
–-Você esta bem? – Ele perguntou enquanto retirava fios grudados de suor da testa dela.
–-Claro que estou.
–-Jungkook, eu preciso que você.... WOW... – Essa voz não poderia ser de ninguem mais que Yoongi.


Notas Finais


Entao ne, eu ia por 30 caps, mas, como n curti alguns comentários no pv, q foram de mal gosto, vai ate no maximo 20 caps ok?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...