1. Spirit Fanfics >
  2. O Chefe da Máfia e a Prostituta-Jeon Jungkook >
  3. Capitulo 54

História O Chefe da Máfia e a Prostituta-Jeon Jungkook - Capítulo 55


Escrita por: e ParkJiminNano


Capítulo 55 - Capitulo 54


–-Você esta linda Hade. – Joha disse emocionada.

Hadessa estava em frente a um enorme espelho na loja de vestido de noiva, estava fazendo a prova do vestido. Jiha e joha a acompanharam nessa missão.

Hadessa girou ficando de perfil, queria se ver de todos os ângulos possíveis, sua barriga estava bem proeminente e contrastava bastante em seu vestido. Era branco, assim como manda a tradição. Ela não era uma daquelas mulheres que achavam que branco era usado apenas em mulheres virgens. Nos dias de hoje isso era uma coisa muito difícil.

–-Você achavam mesmo que ficou bom? – Ela perguntou meio insegura.

–-Claro que esta linda, mas se você quiser podemos ir ver outros vestidos. – jiha disse, mas hadessa negou, Olhando-se melhor, aquele vestido era perfeito.

Os convites já haviam sido entregues aos seus respectivos convidados, mas haviam algumas pessoas que ela fazia questão de entregar em mãos. Queria ir até o seu antigo emprego. Havia pessoas lá porque ela tinha bastante consideração, inclusive Jhope. Ele podia ser um idiota as vezes, mas no fundo, bem lá no fundo ele era uma pessoa boa.

–-Eu quero esse. – Hadessa afirmou decidida quanto ao vestido.

–-Ok, o que vamos fazer em seguida?

–-Nós vamos a boate aonde eu trabalhava. Preciso entregar alguns convites.

–-OH! Eu nunca fui á uma boate de stripper. – Jiha disse animada batendo palmas.

Hadessa revirou os olhos e riu. Muitas pessoas achavam que esse era o trabalho mais fácil, achavam que lá era o paraíso. Era claro que, para quem via do lado de fora achava que era tudo um mar de rosas. Mas só quem sabia verdadeiramente como era quem trabalhava lá. Lá ia todos os tipos de homens. Desde de rapazes prontos para perderam a virgindade, até homens de idade avançada.

–-Jiha lá não é um lugar tão interessante assim. É melhor irmos logo lá. – hade disse indo até o biombo se trocar.

Depois de já estar vestida com suas roupas, hade e as meninas saíram da loja e entraram no carro que já estava a espera delas.

O carro dava varias voltas, até finalmente parar em frente a boate.

Hadessa ainda se lembrava da rotina. Durante o dia a boate ficava aberta para as meninas ensaiarem suas apresentações de dança, e a noite elas se apresentavam.

–-Olha lá é a Hadessa, e esta grávida. – As meninas sussurravam entre si.

–-Soube que ficou rica e que vai se casar. – Comentavam com inveja.

Hadessa sempre ignorava esses comentários e ainda mais agora. Elas sempre foram um bando de putas invejosas. Sempre foram.

–-Ignorem elas. – Hade disse para as cunhadas.

–-Muito interessante esse lugar. – Joha disse observando uma mulher descer no ferro de cabeça para baixo.

Hade andou até os fundos aonde ficava o escritório de Jhope.

–-Você não vai bater? – Jiha perguntou ao ver a hade com a mão na maçaneta.

Hadessa negou com cabeça. Ela tinha um sorriso sapeca. Ela abriu a porta sem bater, tomou um susto ao ver a cena que rolava ali dentro. Victoria estava sentada sob a mesa, com Jhope entre suas pernas. Os dois se beijavam fervorosamente. Jiha deu um grito assustando aos dois.

–-Mas que porra é essa?! – Jhope esbravejou contrariado.

Hadessa riu. Aquele canalha continuava o mesmo. Algumas coisas simplesmente não mudavam, nem com o tempo.

–-Olá Jhope, olá Vick. Desculpa interromper vocês.

–-É meio tarde para dizer isso, não é verdade? – Jhope disse irônico ajeitando suas roupas.

Hadessa entrou no escritório com joha e jiha em seu encalço.

–-E quem são essas duas belezinhas? – Victória disse maliciosa se referindo á jiha e joha.

–-Essas são minhas cunhadas, joha e jiha.

–-Oi. – Joha disse fazendo um aceno com a mão.

–-Olá.

–-Victória por favor. Não é hora pra você dar seus ataques de lesbianismo. Deixe essas lindas e apetitosas moças em paz. – Jhope ralhou com ela.

Victória bufou, e saiu batendo a porta. Jhope se sentou em sua cadeira, cruzou os braços e se inclinou na mesa.

–-Resolveu voltar para boate? Quem sabe depois que você fizer um regime. – Ele disse fazendo humor, mas Hade não riu.

Ela estava grávida, será que ninguém entendia? Ela odiava quando alguém fazia piadinhas de mal gosto sobre seu peso. Ela sabia que estava gordinha, e não precisava que ninguém ficasse lembrando toda hora.

–-Rá, rá, rá. Eu só não meto minha mão na sua cara, porque eu vim em paz. Como você deve saber eu vou me casar, e quero que você esteja lá. Você e a Victória.

–-Uau... Nossa. Isso me deixa até emocionado. – Ele disse surpreso.

–-Só diga que vai ok? Aqui esta o convite. O casamento é daqui um mês.

–-Ok. Eu vou e arrasto Victória comigo. – Jhope disse e hade riu.

–-Obrigado. É melhor nós irmos. Bem, vejo vocês dois lá. – Hade se levantou da cadeira.

–-Parabéns Hadessa.

–-Obrigado. Tchau.

Elas saíram da boate. Por hoje não iriam mais ficar perambulando por ai. Hade já estava sentindo seus pés incharem, e isso não era um bom sinal. Se ficasse com os pés inchados Jungkook iria deixa-la de “castigo” e iria proibi-la de sair de casa por um bom tempo.

[...]

Hadessa chegou em casa procurando por jungkook. Ela subiu direto para o quarto, mas ele não estava lá. Então, com certeza ele iria estar no andar de baixo, enfurnado naquele escritório.

Jungkook não parava de trabalhar. Quando não era em sua “empresa” era em casa. Jungkook não tinha necessidade de ganhar mais dinheiro, porque isso ele já tinha o bastante. Tinha dinheiro para viver em pleno luxo até o fim de seus dias, mas ele queria mais e mais.

Hadessa então decidiu não atrapalha-lo por agora. Resolveu ir tomar um banho e trocar de roupa antes de ir ver Jungkook. Tomou banho e vestiu um short e uma blusinha. Ela desceu e foi até lá. Deu 3 batidinha de leve na porta e entrou. Ele terminava de falar ao telefone, enquanto guardava no cofre uns papeis muito importantes. Ele pareceu ficar nervoso assim que a viu. Ele finalizou a ligação e desligou o telefone.

–-Oi. – Ele disse se sentando na cadeira.

–-Jungkook que papeis eram aqueles que você guardou no cofre? – Hade perguntou curiosa.

–-Não é nada. apenas papeis sem importância. – Ele disse passando a mão pelos cabelos.

Hadessa ficou desconfiada. Jungkook estava escondendo alguma coisa ali dentro e, que ela não poderia saber. Ele mexia em seus cabelos os deixando ainda mais desalinhados. Ela resolveu mudar de assunto. Depois ela descobriria o que havia ali dentro.

–-Enfim, eu fiz outra prova do vestido, e com a barriga terei que fazer mais e mais ajustes.

–-Por mim nós nos casaríamos em Las Vegas.

–-Ok, e sua família nos mataria, porque nós estaríamos privando eles desse momento. – Hade disse distribuindo beijos pelo rosto dele.

–-Que tal se subíssemos? – Ele disse malicioso.

–-Gostei dessa ideia. – Hade disse no mesmo tom.

Jungkook e Hadessa subiram para o quarto e começaram sua intensa maratona de sexo. Bem, não tão intenso, mas a sanidade desses dois nao iria ajudar muito, porque Hade estava grávida de 5 meses, eles tinham que ser mais cuidadosos, sua barriga estava grande e dificultava. Então, eles tiveram que inventar coisas novas.

Ele a sentou na cama e ajudou ela tirar sua roupa, com toda calma do mundo para haver desconforto.

Suas mãos afastaram os joelhos e seu dedo deslizou em no sexo da Hadesa. Ela fechou seus olhos e arqueei meu corpo. Ele à beijou delicadamente, diretamente no seu clitóris e ela agarrei os lençóis, quase arrancando-os da cama. Movimentava-se lentamente dentro dela,quase fazendo ela ter um AVC. Então ele à lambeu e ela gritou. Lambia, mordia...e lambia novamente. E  cada vez que fazia isso ela sentia como se todo o ar fugisse dos seus pulmões. Jungkook mordiscou levemente seu clitóris e eu implorei, quase chorando. 

- jungkook...por favor...eu preciso de você......dentro.... 

Mas ele nem parecia me ouvir, continuou me chupando, mordendo....desceu pelas minhas coxas e depois cobriu meus seios com sua boca. Seus dedos deslizaram pra dentro dela. 

- Goza pra mim, amor. -aele começou a estocar nela lento, e ela começou enlouquece de prazer.

Graças aos céus......Ela explodi, estremecendo, prendendo seus dedos dentro dela. Ele ainda deu alguns beijos nos seios dela levantou, ao mesmo tempo ela  tremia de ansiedade, ela tremia de desejo, ele voltou com um gel e passou nela para ajudar na penetração, para não machucar na hora de voltarem a fazer sexo.

- Calmo amor Relaxe, vai ajudar a não doer. 

Sua boca mordeu de leve a orelha dela e ele sussurrou. 

- Eu não vou machucar você, e sei que vai gostar. 

Ela não preciso dizer  que se  molhou mais ainda. Jungkook percebeu, é claro, deu um riso baixo e levou a mão ao  sexo de Hadessa. 

- Não disse que gosta? Não imagina como está agora, hade. Está até brilhando de tão molhada que está. E confesso que não vejo a hora de me enfiar ai. 

Ela gemi alto. 

- Ah...jungkoon...por favor. 

- Vai implorar muito mais ainda, amor. Não garanto que é tão bom quanto o meu, mas...... 

Ela sentiu algo duro deslizando em sua bunda. E virou um pouco a cabeça para olhar, mas Jungkook à colocou de volta. Ele agora estava sobre a cama, ao coloca-la de lado e se deitar atras de seu corpo. Colocou alguns travesseiros sob sua cabeça e a frente do corpo, a bunda de hade ficou totalmente encostada nele e disponível. 

- Tão gostosa..... 

Lentamente algo foi penetrando seu sexo, e ela estremeceu e gemeu alto. 

- Jungkook...... 

- calma amor. 

Jungkook aprofundou um pouco mais e ela percebeu que de tanto ir de vagar o corpo dele encostou no dela. Ela gemi novamente e rebolou seus quadris. Seu orgasmo foi imediato. Ela gritei e rebolou mais seus quadris. Jungkook aumentou a velocidade e a intensidade. O seu pênis entrava e saia mais rápido de dentro dela, massageavam seu clitóris,ele levantou uma das pernas de hadessa, e voltou a penetra-lá, O corpo inteiro deles dois estavam suados e o corpo dela ja colado aos lençóis. Jungkook respirava com dificuldade, com mais algumas estocadas eles explodiram em gozo.

- amor esta tudo bem?- Ele pergunta preocupado, o corpo dela estava molinho.

- Eu confesso que não vejo a hora do bebê nascer, para isso ser mais a toda hora.

Ele sorriu e ajudou ela arrumar uma posição mais confortável, para relaxar seus corpos.

-Acho que vou precisar de ajuda no banho-Ela sussurra.

-Nao se preocupa amor, estou aqui por você pra você-Ele alisa a lateral do corpo dela, e a beija nas costas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...