1. Spirit Fanfics >
  2. O Clube da Núvem Vermelha >
  3. OVA- A história não contada!! O novo amigo improvável!!

História O Clube da Núvem Vermelha - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoal

A batalha (ou a surra) final vai ter que esperar mais um pouco

Por hora vamos ver outra parte do que houve cinco anos atrás, e como isso vai ditar os trilhos dessa historinha

Que o Flashback começe!!

Capítulo 9 - OVA- A história não contada!! O novo amigo improvável!!



Havia a pouco começado a chover, uma chuva fraca, assim como uma certa rosada estava.

Sakura havia chorado muito, seu pequeno rosto estava marcado pra provar isso, e como dito antes, já estava muito fraca para andar, ou pelo menos era isso o que ela sentia.

Já era início da noite, com a chuva o sol já havia ido embora a muito mais tempo do que acreditava, e os ventos estavam começando a esfriar


Mas para alguém na situação dela, até o frio parecia a consolar, uma companhia não muito legal, mas uma que não a abandonaria tão cedo...



Não como Sasuke...



-- O que eu...fiz? O que eu fiz de errado?....Devia ter esperado, droga droga droga!- Falava baixo o bastânte para só ela ouvir


Se bem que a essa altura, metade da Vila da Folha sabia, o que era muito pior que péssimo, uma informação no ouvido errado, principalmente no mundo shinobi, pode custar vidas. Sakura é muito ciente disso apesar dos seus 11 anos...


E torcia de todas as formas possíveis pra esse fato passar longe do distrito dos Uchihas, ou "estar encrencada" seria um eufemismo.

Ela sentia isso...


Mas não sentiu quando uma enorme poça de lama ficou no seu caminho, a derrubando e pintando sua roupa, incluindo seu vestido verde favorito, de marrom-terra.


-- Kami-sama...é pedir demais se puder...me levar pro mais longe possível daqui?- Sussurou com a voz começando a falhar, outra vez queria chorar, mas outra vez as lágrimas foram procurar outra criança infeliz. 



(Como um garoto moreno no País do Vento, enquanto seu irmão caçula o faz literalmente comer areia, enquanto a irmã mais velha gargalha bem alto e outro garoto ruivo termina o que parece ser uma perna de madeira.)




Sakura já podia se chamar de a garota mais azarada do mundo. Enquanto ela se levanta, nem percebe que está sendo observada de uma árvore acima de sua cabeça, por um ninja que, se não estivesse de máscara, se notaria seu olhar de pena sobre a garota.

Sem pensar mais que cinco vezes, o ninja pula do galho e pousa na frente da rosada, a ajudando a limpar o rosto, o que causa um espanto na garota, até ela notar suas roupas e máscara. Era um ninja sob ordens diretas do Hokage, ou um ANBU pra simplificar, o que a envergonhou ainda mais, não bastava o risco de Fugaku Uchiha descobrir seus sentimentos por seu filho mais novo, agora o Hokage em pessoa descobriria, mesmo essa sendo uma idéia mais reconfortânte, ainda a deixava com medo.


-- Você não devia andar assim no meio da chuva, já está anoitecendo, vai pegar um resfriado bem sério- O mascarado fala com preocupação evidênte na voz, o que a rosada não notou- Mas pela sua expressão, frio e resfriado são os menores dos seus problemas correto?


A rosada acena com a cabeça, confirmando os pensamentos do ninja mascarado, que tem um pequeno sorriso escondido escondido pela máscara.


-- Hoje...foi...o pior dia da minha vida...Só pedi pra Kami-sama me levar...embora, ou me deixar chorar sozinha...até eu...eu...- Sakura fala com as poucas forças que recuperara com o tempo no chão.

-- Algumas feridas não se curam, só esquecem de doer, eu sei bem disso- O mascarado sussura a última parte para sí- Vem, precisa se aquecer e deve estar faminta

A última frase do ninja mascarado fez o pequeno estômago da rosada roncar, de fato, sua última refeição fora a horas, o ninja então estendeu a mão para a pequena, mas mudou de idéia ao ver as pernas da mesma tremendo um pouco. Inconcientemente a carregou nos braços, Sakura não falou nada, era bom ter alguém se importando com ela depois do incidênte da manhã.




¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤




Sakura comia, ainda sem jeito, um dos peixes que o ninja havia pego em um rio com sua espada e assado em uma fogueira pequena, assim ela pôde se aquecer. Mas algo incomodava a curiosidade da garotinha...


O verdadeiro rosto do ninja que a ajudara, ele não removeu a máscara muitas vezes, e nas poucas vezes, não conseguiu ver seu rosto, na última tentativa havia visto um pouco do queixo pra cima, mas nada mais. 

Mas sem querer incomodar o mais velho, ela se limitou a comer e ficar a uma rasoável distância do fogo.


-- Espero que esteja bom, não sou exatamente o cozinheiro do ano da Vila da Folha- Falou com um tom mais leve, querendo acalmar mais a jovem

-- Já está muito bom moço, eu agradeço muito- Foi a resposta da pequena rosada, com um pouco de brilho de volta nos olhos, e no doce sorriso que deu ao seu "salvador" misterioso

-- Moço? Não, eu só tenho 12 anos- Retruca o ninja.

-- Um ANBU com 12 anos de idade?! Não se ouve sobre isso desde- 

-- Eu sei, parece loucura mas...é verdade, é meu segundo ano na ANBU 


Nesse momento a pequena Sakura começa a ligar os pontos, só havia um jovem que conhecia que conseguiu tal proeza


-- Por quê...cuidou tanto assim de mim?- Pergunta um pouco envergonhada.

-- Você me lembra o meu irmãozinho, detesto quando ele cai, sempre tenho medo de ele se machucar, além de ser meu dever como ninja da Vila da Folha

-- AHÁ!! pode tirar sua máscara, já sei quem está sob ela!- Falou com um largo sorriso


O ninja então removeu a máscara ANBU, mas para a surpresa de Sakura, aquele não era quem esperava. O garoto a sua frente tinha cabelos negros e lisos, pele clara típica de um determinado clã, e duas marcas nas laterais do rosto, partindo do nariz, e olhos negros familiares. Muito familiares.


-- D-Desculpa...


Antes que pudesse terminar, sentiu a mão do maior sobre a sua cabeça, fazendo-a corar um pouco


-- V-Você não está bravo?


-- Não, e você é fofa, lhe falta carinho- O maior fala, de fato, acariciando o mar de rosa na cabeça da garota.

-- S-Sakura...o meu nome é Sakura...

-- Um lindo nome, não podia esperar menos da filha dos Haruno


Essa fala fez o queixo da pequena desabar, como ele sabia? Do que mais ele sabia?! O medo começa a enevoar a mente da garotinha. 


Até que se lembra...



-- Disse...que tem um irmãozinho?


-- Uhum, ele estuda com você não é? O nome dele é Sasuke


A rosada sentiu um peso no peito só de ouvir o nome de seu (agora ex) melhor amigo, o que a faz segurar a mão do moreno sobre a sua pequena cabeça, pra esconder suas lágrimas que haviam voltado.


-- O que houve? Eu fiz algo erra-


-- Não é culpa sua...o Sasuke...eu...nós...


A rosada respirou fundo, e entre lágrimas contou toda a sua história, de como havia reunido toda a sua coragem para aquela manhã, e de como a pessoa que gritou ser seu amigo a todos que tivessem a dádiva de ouvir, jogara seu coração no chão e o esmagara com tamanho ódio. O moreno ouviu tudo em silêncio, com os punhos cerrados escondidos.


-- Eu...sinto muito Sakura- Foi tudo o que conseguiu dizer, sentia-se culpado por um erro que nem ele cometeu, mas sim a pessoa que carregara no colo quando ainda mal sabia falar.

-- Não é sua culpa, eu só me preocupo com a retalhação dos Uchihas- A rosada se encolhe um pouco pelo medo.

-- Os Uchihas nada farão de mal a você ou qualquer um por um motivo tão inocente

-- Você acha??- Pergunta transbordando esperança

-- Uhum


A rosada pula no moreno, o abraçando com toda a força de seus pequenos braços, sendo retribuida pelo maior, ela era um ponto rosa no preto e cinza do uniforme do moreno, apesar de ser só um ano mais velho, o moreno parecia ser bem mais velho, além de ser mais alto.


-- Eu...eu ainda não sei...o seu nome....




-- Itachi, meu nome é Itachi




¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤




Não muito depois, Itachi levou Sakura até o edifício do Hokage, a surpresa de ver aquele que outrora era chamado de o "deus shinobi" em pessoa, não foi maior do que ver seus pais ali, implorando para enviarem um batalhão atrás de sua filha, ao lado deles, outra celebridade da vila, Shisui Uchiha, que se preparava para sair. 


Ninguém comentou sobre o incidente com Sasuke, e em seu inconciênte, desejava isso mesmo, o esquecimento.


Concluiu isso recebendo mais um abraço do Uchiha que a salvara


-- Muito obrigado por tudo Itachi-sama

-- É pra isso que sirvo, proteger os aldeões

-- E...seus amigos?- A rosada estava receosa, acabou de perder seu melhor amigo, sentiu medo de uma segunda rejeição

-- Sim, e meus amigos



¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤



No dia seguinte, estranhou muito o estado de Sasuke, o jovem tinha um enorme curativo no lado esquerdo do rosto, a lembrança dos punhos cerrados de Itachi a fez se arrepiar até o último fio rosa de seu cabelo.


Após aquilo as coisas só pioraram entre eles, mas enquanto tinha o ódio de Sasuke, existia alguém cuja bondade nunca deixaria duas lembranças


Um nome pairando em sua mente...



Itachi Uchiha



¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤



-- Sasori, quero te pedir um favor, como amiga/aliada

-- Mal fundou sua equipe e já fazendo aliados? Ok, do que precisa?

-- Vou ser bem direta....






-- Quero que fale tudo o que sabe sobre Itachi Uchiha



Notas Finais


Eu disse, essa historinha ainda vai ditar muito o rumo da história principal

Em troca de uma grande dor, Sakura ganha um novo amigo, o laço deles estará intácto mesmo depois de tantos anos??

"Aliados"? O que nossa Sakura está planejando? Que equipe?

Meu conselho: se preparem!! Os verdadeiros conflitos e mistérios desta história ainda nem começaram!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...