1. Spirit Fanfics >
  2. O Clube de Ódio a Eric Chapman >
  3. Capítulo Único

História O Clube de Ódio a Eric Chapman - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


N/A : Como a sinopse indica esta não é uma história original mas sim uma fanfic, no entanto como o site não tem a categoria para séries de podcast, eu fui levada a acreditar pela administração que o adequado seria colocar na categoria "Originais" e sinalizar nas tags o nome da categoria.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Não era o primeiro encontro, já que de acordo com Eric ele e Rudyard estavam tendo encontros por cerca de dois meses nesse ponto. E Chapman tinha bem mais experiência com encontros, relacionamentos românticos e em geral ser uma pessoa do que Rudyard então ele provavelmente estava certo.

Mas era o primeiro encontro após o troço todo de beijos, e confissões de sentimentos e etc então Rudyard achava que ele tinha todo o direito de estar nervoso daquele jeito. E mesmo se ele não tivesse não mudaria o fato de que ele estava.

Madeline tinha ajudado ele a escolher suas roupas, e ela tentou ajeitar seu cabelo mas diferenças anatômicas óbvias fizeram tal atividade um tanto difícil demais ao ponto de Georgie intervir e dizendo que ela mesma ia fazer. Aparentemente ajeitar cabelos era outra coisa em que ela era ótima em fazer.

Ela só tinha dado algumas penteadas mas de alguma maneira tinha ficado bem melhor do que tinha ficado na meia hora que ele passou tentando ajeitar ele mesmo, ou que Madeleine tinha tentado com suas patinhas e boas intenções.

Agora ele parecia okay.

Ele olhou para Georgie que também estava olhando ele no espelho e sentiu uma pontada de culpa.

Mais até do que ele e Antigone, ele e Georgie que costumavam sentir como se eles estivessem no mesmo lado, os únicos dois que não tinham caído no feitiço que Eric Chapman tinha colocado sobre todos desde sua chegada a Piffling Vale, o pequeno clube de ódio a Eric Chapman consistido apenas de duas pessoas. E agora no fim ele era igual a todos os outros em Piffling Vale caindo de amores por Eric Chapman. E ele deixou ela sozinha.

“Qual o problema Rudyard ?” Georgie perguntou.

“Por favor me diga que ler mentes não é uma das coisas em que você é ótima”

“Não é. Mas eu acho que eu sou ótima em ler você”

“Eu não consigo te ler, eu não tenho idéia do que você está pensando”

“Você pode me perguntar o que eu estou pensando”

“Certo...Você está decepcionada comigo por cair no feitiço dele ?”

“Hum...você ainda consegue pensar em pelo menos uma coisa que você não gosta sobre Eric ?”

“Uma coisa ? Eu consigo pensar numa dúzia. Ele é um exibido, ele sempre arranja um jeito de contar histórias que fazem ele parecer ótimo no meio das conversas, mas quando você pede detalhes ele sempre evade as perguntas, ele vive mencionando pessoas famosas que ele conhece, ele tem uma necessidade quase compulsiva de fazer todo mundo gostar dele, ele exagera em tudo. Sabe o que ele fez ontem ? Quando nós nos beijamos pela primeira vez ? Ele soltou fogos de artifício, não depois, o que já seria estranho o suficiente, durante. Eu acho que ele apertou esse negócio no bolso dele e do nada havia luzes explodindo no céu, e sim foi bonito mas significa que ele em um ponto teve que comprar os fogos de artifício, colocar eles em algum lugar, armar um dispositivo que permitisse soltar ele de longe ou pior coordenar o horário inteiro da declaração dele, minha resposta e o beijo. Que tipo de esquisito faz algo assim ?”

“Um que realmente gosta de você. E eu não acho que você caiu no feitiço dele, você apenas se apaixonou por um sujeito meio esquisito que pode ser bem irritante as vezes”

“Ele também tem um gosto bem dúbio quando se trata de parceiros românticos”

“Ei! Não diga isso”

“Eu não estava falando sobre você Georgie, eu estava falando sobre Lady Templar, e de mim mesmo”

“É daí mesmo que o meu ei veio. Não sobre Lady Templar é claro. Mas honestamente eu acho que você consegue coisa melhor do que Eric Chapman mas eu sei que você não pode escolher essas coisas, então eu espero que dê certo” Georgie disse.

Ninguém no mundo pensaria que ele era bom demais para Eric Chapman exceto por Georgie. Ele realmente a amava por isso.

“Obrigada Georgie”

“E caso não dê e ele aja como um babaca com você eu vou acabar com ele”

“Você é ótima nisso eu assumo”

“Você sabe”


Notas Finais


Obrigada por ler, comentários são sempre apreciados.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...