1. Spirit Fanfics >
  2. O clube dos 27 >
  3. Missing

História O clube dos 27 - Capítulo 4



Capítulo 4 - Missing


Jinhwan achava engraçado o fato daqueles dois meninos estarem tão preocupados parados em seu tapete de entrada e soltou uma risada involuntariamente.

- Ele deve estar em algum bar qualquer por aí - falava com sua voz arrastada de sono enquanto bagunçava os fios negros do cabelo.

Dongbin e Donghyun se entreolharam preocupados. Pareciam inquietos e levavam realmente a sério o sumiço de Minhyun,como se pressentissem que algo de errado estava acontecendo.

-Mas hyung- ambos disseram desesperados.

- Olhem só. Se ele não aparecer em 24 horas é só irem a uma delegacia e façam um BO - " até porque eu não tenho nada a ver com isso " ,completou mentalmente.

- Ele desapareceu desde quando terminamos nossa apresentação ontem. Quando saímos do camarim não o encontramos e fomos embora de van. Quando amanheceu não conseguimos fazer contato. Fomos até o seu apartamento para verificar se estava tudo bem com ele e a porta estava destrancada, o lugar todo bagunçando. Para completar o porteiro disse que ele não voltava desde quando havia saído mais cedo para se apresentar conosco.

O homem já estava cansado daquela conversa . Não entendia o que ele tinha a ver com aquela situação. Na verdade , seria o primeiro a comemorar se Minhyun houvesse decido evaporar da face da Terra.

- Mas o que eu tenho a ver com isso? Os integrantes do seu grupo que são próximos dele.

- Minhyun hyung não parava de murmurar no camarim ontem , dizendo que precisava falar com você. Isso não foi feito, não é?

Aquilo pegou o rockeiro de surpresa. Minhyun teria desaparecido enquanto o esperava?
" Isso se ele realmente estivesse me esperando" ,pensou tentando afastar aqueles pensamentos da mente.
Com a cabeça doendo mandou os dois adolescentes embora , falando para não se preocuparem e que o idiota logo apareceria quando menos esperassem.

Rumou até à pequena cozinha e preparou uma xícara de café enquanto aquela conversa não saía de sua cabeça. A fumaça subindo à altura dos olhos desfocava a visão do rapaz ,enquanto lembrava da conversa que haviam tido no dia anterior. Minhyun tinha realmente algo importante para contar a ele?
Balançando a cabeça várias vezes , espantou aqueles pensamentos e se prendeu à hipótese de que o pervertido deveria estar em algum bar enchendo a cara e beijando quantas bocas pudesse.
Ele tentou não pensar muito naquele incidente durantes as horas extras que tinha em casa até a hora de cumprir a agenda da banda, mas o jeito como o idiota parecia estar preocupado e inquieto enquanto o entregava aquele papel martelava seus pensamentos. O jeito o qual Minhyun mexia no cabelo quando estava ansioso o lembrava de antigamente e aquilo o frustava. Ele não queria lembrar daquilo.
Andava pelo pequeno apartamento tentando não pensar naquele incidente até olhar no relógio e se apressar para chegar à empresa na hora da reunião que teria com o CEO. Deu partida em seu carro de luxo e foi em direção o prédio , sem perceber que um carro preto o seguiu aquele percurso inteiro. Nos corredores extensos do prédio da empresa o vocalista cumprimentava a todos que passavam , fazendo as estagiárias tímidas por estarem vendo uma artista importante todos os dias de trabalho . Ainda mais quando Jinhwan era conhecido como um dos artistas mais bonitos da atualidade com seus olhos castanhos como um gato.
Dento da sala de reuniões ,Dongbin o lançou um olhar preocupado e o líder o tranquilizou com um olhar quase materno. A banda discutiu alguns pontos importantes com o CEO e depois rumaram à van ,indo em direção à emissora. Durante o percurso Jaeyong e Kyunson conversavam animadamente enquanto os outros dois estavam calados ,com olhares inexpressivos no rosto.
Em frente à emissora as fãs da banda gritavam por eles , que faziam de tudo para pegarem as cartas escondidos dos staffs, acenando e conversando o máximo possível com elas, antes que entrassem. As fãs do Supernova já estavam ali mesmo que o grupo ainda não houvesse chegado e mal sabiam que algo estava errado estava acontecendo bem debaixo de seus narizes.
No corredor dos camarins , quando a banda já se arrumava para a sua vez de se apresentar , o grupo Supernova finalmente chegou , sem Minhyun , todos cabisbaixos enquanto o manager deles fazia uma ligação,tentando se comunicar com Minhyun, em vão.
Vendo aquela cena, o vocalista não pode deixar de imaginar como seria se o ídol não parecesse para a performance.

" Ele que arque com as consequências. Ninguém mandou sair para encher a cara" .
Era mais fácil para o Jung se prender na hipótese de que o pervertido deveria estar aproveitando a noitada do que cair na real e encarar a situação como um desaparecimento . Mas aquela atitude tinha uma explicação , já que o outro o dava motivos para a desconfiança.
Sem saber o porquê, Jinhwan pensou em como o cantor apareceria de volta ,com cheiro de soju e marcas de batom fazendo todos ali de idiotas , e socou a parede com força, assustando os outros integrantes da banda.

- Tá tudo bem cara? - Kyunson deu um tapinha no ombro esquerdo do amigo, preocupado.

- Vocês que percam seu tempo - Com raiva ,o homem de cabelos negros rumou para o palco.

Terminaram a apresentação e foram para o camarim novamente onde se preparariam para uma entrevista em uma estação  rádio assim que saíssem dali.
Supernova se apresentou sem o líder , dizendo para as fãs que Minhyun havia acordado indisposto e que era melhor para o ídolo descansar um pouco. Tudo mentira.
Os outros integrantes do grupo carregaram bem a performance , mas Jinhwan percebia os olhares preocupados deles e como o líder do grupo fazia falta na formação.

-Donghyun está muito preocupado - Dongbin dizia se aproximando do líder de sua banda.

- Eu já disse o que devem fazer se ele não aparecer nas próximas horas - ele respondeu secamente, logo se arrependendo de falar daquela forma com o mais novo - Aquele idiota deve estar em algum hotel se recuperando da ressaca.

Dongbin franziu o cenho. Ele nunca entendeu o porquê daquele ódio que os dois homens sentiam um pelo outro.

- Por que vocês se odeia tanto,hyung?

Antes que a situação piorasse Jaeyong e Kyunson chegaram a tempo de dar um tapinha no ombro do mais novo e o impediram de estressar o Jung.
Depois de cumprirem as coisas que tinham para fazer naquele dia,os quatro for para suas respetivas casas. E Jinhwan tentava descansar um pouco ,mas a voz de Minhyun não saía de sua cabeça, que pesava mais do que nunca.

"Eu preciso falar com você Jinhwan...Mas não tenho tempo "

-"Preciso" - o rockeiro repetia aquelas palavras em voz alta percebendo o peso que elas carregavam.

Minhyun precisava falar com ele. 

Fazer pouco caso daquilo era ridículo , tendo em vista que o ídol também evitava ao máximo conversar com o guitarrista. 

Ele não tinha tempo....
Juntando os pedaços do quebra cabeças,Jinhwan percebeu que o idiota deveria ter ciência de algo perigoso , como se soubesse que desapareceria depois daquela conversa.
Segurando o papel com o recado do dia anterior o rapaz o amassou, sentindo-se culpado pela primeira vez na vida por algo que tivesse relação com aquele idiota.

- Eu fui até lá , Minhyun, mas você não estava. - falava para o ar frio do seu quarto - O que você queria me dizer,seu idiota?


O rapaz dormiu com um mau pressentimento sobre os próximos dias, sonhando com algo que o fez acordar afoito e logo em seguida esquecendo totalmente o conteúdo do sonho.
Naquele manhã ensolarada , o líder da Black Hole dirigia para a empresa quando algo fez seu coração parar de bombear sangue por um instante. Em frente ao prédio onde Minhyun morava haviam duas viaturas da Polícia estacionadas.
Ele não havia aparecido após as 24 horas.
Indo contra seus principios, Jinhwan fez o retorno e estacionou em frente ao prédio, mentiu para o porteiro falando que era um amigo do morador e conseguiu acesso ao apartamento. Saindo do elevador viu porta aberta e alguns policias, que vasculhavam os pertences do ídol.

- O que você está fazendo aí? - um deles percebeu a presença do cantor em frente à porta e o intimidou.

Jinhwan fez sua melhor imitação de um amigo preocupado , sentindo seu intestino revirando.

- Eu vim ver o meu amigo. O que está acontecendo? - piscava várias vezes tentando ser convincente.


Os quatro policiais se entreolharam de forma suspeita e lançaram ao cantor um olhar de curiosidade.

-O morador desse apartamento está desaparecido.

O rapaz de olhos esguios deu um passo para trás. Metade dele fingia estar surpreso para a encenação e a outra metade estava realmente surpresa pela confirmação do desaparecimento.

- Como assim desaparecido?

Eles ignoraram aquela pergunta conforme um deles encontrou um pedaço de papel embaixo do tapete em frente à televisão. Nele haviam alguns símbolos estranhos que passavam longe de ser qualquer lingua conhecida. Furando a barreira, o Jung se aproximou rapidamente antes de ser empurrado para a saída. Olhava fixamente para o papel e aquilo chamou a atenção dos policiais.

- Você sabe o que é isso,rapaz?

- Não, senhor. Bom , os procurarei de novo para mais notícias - ele disse escondendo a pressa e entrou no elevador apertando os botões com força, sentindo algo estranho na garganta

Já no carro ele sentia o coração disparado e sua respiração estava irregular. Com uma expressão de raiva misturada com algo próximo à tristeza e deu um soco na buzina do carro,o qual balançou e o som chamou a atenção de todos na rua.

-Seu idiota.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...