História O começo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Beijo, Lgbt, Romance, Teen
Visualizações 37
Palavras 652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Algo estranho


  Então ela mostra a língua para mim de forma brincalhona e eu começo a rir e corar ainda mais. O sinal toca e ela se levanta e sai da sala, uma sensação boa toma conta de mim e fico instigada.... Quem é essa menina?

12:00 PM, pátio da escola

Estava sentada em uma mesa circular sozinha comendo um sanduíche de atum, eu adoro atum mas no pão não fica lá uma maravilha porque ele acaba ficando meio molhado. Enquanto comia fiquei observando todos os outros alunos sentados em mesas cheias de amigos  e rindo, por um raio de segundo quis me inturmar e sentar com todos para não parecer uma estranha comendo um sanduíche de atum molhado sozinha, mas lembrei que interações sociais são muito cansativas e preferi continuar só. Quando já estava quase no final do meu incrível sanduíche de piscina de atum eu vejo a menina do início da aula, ela estava sentada encostada em um pilar, com um livro entre as mãos e muito focada na história, até que um menino chega perto dela, beija sua bochecha e em seguida vai embora, começo a me perguntar a razão dele ter feito isso, será o seu irmão? amigo? NAMORADO? Não que eu me importe.... Não sei porque estou pensando nisso eu nem conheço essa menina, não tem razão para ligar pra vida pessoal dela, eu nunca me importei com a vida pessoal de ninguém mesmo...

13:00 PM sala de aula 

-Bom queridos, na aula de hoje iremos falar sobre homossexualidade- diz a professora em um tom amigável- É importante nós sabermos que ela existe e deve ser respeitada. 

Começo a pensar sobre o assunto, é bem estranho me imaginar com uma mulher, na realidade com qualquer pessoa, não sou muito sociável então isso não é tão fácil quanto parece. 

-Eu adoro esse tema- diz em tom alto a menina dos cachos negros- É bom nos sentirmos representados e respeitado. 

Representados? Será que ela é.... Lésbica? Minha atenção voltou para ela e seu sorriso, como sempre ela fica sorrindo 24 hrs por dia, parece até uma boneca. 

A aula prosseguiu e eu continuei com essa garota na cabeça, qual seu Nome? da onde ela é? Minha esperança era que a professora fizesse chamada, porque nos outros horários ninguém fez, infelizmente.

-Bom, vamos a chamada - diz a professora- Por favor não falem durante a mesma. 

Era esse o momento em que eu iria descobrir seu nome. Como eu me chamo Anne, estava no início da chamada

-Presente- falo meio insegura com todos os olhares sobre mim, pois era a única falando- Estou aqui.

Volto a minha atenção na menina dos lindos chachos e fico esperando ela se manisfestar na chamada até que 

-Helena- a professora diz em um tom forte- a Helena esta presente? 

-Aqui professora- ela abre um sorriso caloroso- estou sim 

Helena... Finalmente descobri.. O seu nome combina bem com sua personalidade já que o significado é "raio de sol".

17:00 PM, casa anne 

Eu não consigo parar de pensar na Helena, queria saber mais sobre ela, então eu pego meu notebook e entro no site da escola que aparecem todos os alunos cadastrados no ano, cliquei em 2 ano e torço para ela já ter logado alguma vez no site, se não ela não iria aparecer. Isso! Ela estava lá! seu nome completo era Helena Bonfiolii Carvalho, abro correndo uma nova guia no google e entro no facebook, coloco seu nome e aguardo algum resultado... A internet estava uma completa merda, eu estava paciente apertando o enter freneticamente até que uma foto aparece na tela do computador, era ela! Um sorriso doce e seus cabelos ao vento, ta mas e agora? Eu mando uma solicitação? ou uma mensagem? Não, iria ser estranho demais, com certeza muito estranho. Eu fecho a tela do computador rapidamente e muito assustada com tantos pensamentos e questionamentos sobre uma completa estranha, que por algum motivo me prendeu e vou dormir.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...