1. Spirit Fanfics >
  2. O começo >
  3. Começo 1

História O começo - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Bem vindo eu tentarei fazer ao máximo essa história ficar legal

Capítulo 2 - Começo 1


Prazer meu nome e Yuki inazuma(Raio de Coragem),mas meu nome aqui e João eu tiver que renasce,sim isso mesmo,por causa de uma guerra que aconteceu no meu mundo,sim também sou de outro planeta.

Meu planeta estava em guerra com inimigos muito poderosos

Apesar de nossa raça se a mais forte,nós apunhalaram pela costas estavamos comemorando minha coroação então ouvimos ruivos mais já era tarde demais pois já tava atirando bombas núcleares em nossa casa que fez meu planeta se-esfarela nas cinzas 

Então vim para nesse sem saber de nada,por cincos anos da minha vida vive como se-fosse normal ate um dia vi uns homens maltratando uma menina e essa menina era minha melhor amiga Sofia eu vi ela chorando, gritando e eu não pude fazer nada.

Desse dia pra frente começei a ter alucinações como eu matando as pessoas que fizeram isso com minha amiga.

No outro dia fui tomar café e liguei a tv foi quando vi os homens que eu sonhei matando mortos

Reporte: atenção quatro homens encontrados nesse sábado mortos eletrocutados.

Nesse momento ingasguei com o café,porque era da mesma forma que eu tinha sonhado

Mais fingi que era só raiva deles,ate certo dia que vi um garoto novo na escola.

Então fui falar com ele como sempre faço com garoto novo 

Ele era meio estranho pois tinha olhos meio avermelhados,mais deixei quieto falei:

Eu:Prazer vc e um garoto novo aqui ou só nunca veio

Falei isso porque vi garotos que nunca vieram pra escola e só foram pra pegar nota

Silêncio.....

Eu:esse garoto e muito estranho-pensei eu.

Mais ele simplesmente saio do lugar e foi ficar isolado não que eu seja diferente sempre fui isolado mais do mesmo jeito tentava arrumar algum amigo a única amiga que tenho e Sofia, então deixei ele.

Sempre sofri bullying por ser inteligente, mais nem eu sabia explicar por que eu era tão inteligente,parecia que vinha na minha cabeça,e eu respondia.

Então sempre fiquei isolado,só conheci a Sofia por que minha mãe e a mãe dela eram amigas. 

E elas sempre se encontravam,com o passar do tempo eu fui me deixando levar ate que viramos amigos,nossas mães sempre chipavam deixando a gente corados,por que éramos muito próximos (literalmente muitoooo próximos),tomavamos banho junto estudávamos junto saíamos juntos somos praticamente,um casal mais eu não entendia isso.

Com o passar do tempo eu fui perdendo essa inocência e ela também então paramos de ficar grudados um no outro.mais sempre saia com ela ate que um dia ela teve que viajar pra estudar fora por um tempo, então eu e minha mãe fomos levá-las pro aero porto 

E esse simplesmente foi o momento mais triste da minha vida pois eu tava me destançiando dela e por anos eu esperei ate que desisti 

Certo dia ela voltou e foi direto pra minha casa querendo matar a saudade eu quando a vi um sorriso invadiu minha cara eu larguei tudo que tava fazendo pra ir a abraçar e ela contou que voltou pra estudar aqui de novo pois ela não aguentava mais ficar longe de mim.

Voltando ao assunto

Nesse dia da escola no recreio eu estava conversando com sofia,uns muleques do 9 ano vinheram pushar brigar

Mlq 1: então os dois pombinhos estão apaixonados é.

Eu:por favor eu não quero arrumar brigar.

Nesse momento eu vi o garoto novo se aproximando 

Mlq 2:Calma aí vc acha que só tu tem o privilégio de ficar com essa putinha 

Nesse momento minha mente tava em chamas.

Mlq 3:e mano divid......-foi interrompido com eu colocando minha mão parecendo uma faca e enfiando na barriga dele 

Isso fez ele voar pra longe, então os dois muleques foram pra cima de mim então com uma rasteira eu derrubei os dois,me colocando de pé encima do muleque tinha chamado minha amiga de puta

Eu:Isso e pra vc aprender que tem muita gente melhor do que vc seu filha da puta-falei eu saindo de perto dele

Todos a minha volta ficaram surpresos pela minha reação,sempre fui pacífico e nunca causei mau a ninguém e nunca elevei minha voz então o menino novo riu

Eu:por que vc tá rindo?!-perguntei sério

Então ele me chamou pra conversar a sois ele me levou prós fundos da escola onde custumava a não ter ninguém e ter um lindo jardim.

Então perguntei

Eu:o que vc que?

Menino novo:começando meu nome e Thales.

Eu:sim mais oque vc que 

Thales:vc viu oque fez né

Eu: lógico que sim idiota

Thales:vc se comporta exatamente como antigamente

Eu fiquei sem entender 

Eu:tu e idiota e nunca te vi

Thales:pelo menos oque vc lembra

Então ele tocou na minha testa me fazendo lembra quase de tudo que havia acontecido.

Menos de uma pessoa que era muito próxima a mim a voz era muito parecida com alguém que eu conheço mais eu deixei pra lá e perguntei 

Oque vc fez comigo

Thales:eu fiz vc se lembrar de tudo oque aconteceu

Eu não tava acreditando no que tinha visto então fui perguntar oque era aquilo só que o sino bateu então ele correu pra sala e eu fui junto com ele fui pra minha sala na hora da saída eu fui fala com ele só que ele já tinha ido

Então fui pra casa.


Notas Finais


Mlq=muleque


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...