História O começo de um acordo - Imagine Zico - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Block B, DEAN, Jay Park
Personagens DEAN, Jay Park, Zico
Tags Imagine Bias, Imagine Block B, Imagine Zico
Visualizações 92
Palavras 1.149
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 🙃

Capítulo 15 - - O começou de tudo -


Fanfic / Fanfiction O começo de um acordo - Imagine Zico - Capítulo 15 - - O começou de tudo -

Tínhamos gozado juntos, mais mesmo assim ele continuou dentro de mim e aos poucos foi parando.

Saiu de dentro de mim e caiu ao meu lado. Me puxou para seu braço e me beijou.

- Boa noite..- mordeu meu lábio e puxou de leve.

- Boa noite...

Dia Seguinte - 07:30 a.m 

Acordei com o Zico enchendo o saco.

- Vamos Sn! Acorda...- me balançou de leve.

- Hm? - resmuguei.

- Acorda!

- Tô acordada! - fui abrindo os olhos lentamente para me acostumar com a luz.

- Toma..

Quando abri totalmente meus olhos, vi um Zico com um copo na mão e um comprimido na outra. 

Ele vestia um terno preto e seus cabelos estavam devidamente arrumardos.

- Toma isso.

- Veneno? - perguntei e ele forçou uma risada.

- Não quero você grávida! - me deu o copo e o comprimido e foi pro banheiro, tomei e deitei de novo - vou sair - pegou o copo - Tchau.

Nem respondi...fechei meus olhos e dormir de novo.

(...)

Acordei e o Zico não tinha voltado ainda chegado. Como eu estava com saudades das meninas e me arrumei e fui lá. 

Assim que cheguei vi elas no bar.

- Bebendo a essa hora? 

Algumas delas fizeram festa ao me ver e outras não, nem se deram o trabalho de falar comigo e eu preferia assim.

Sook : - Depois que foi comprada nem vem visitar - me abraçou. 

- Claro que não! Eu fugi para vir.

Micha : - Quem é ele?

- Eu não posso falar...

Depois que sai da boate fui na casa da minha mãe. 

Bati na porta e meu irmão que atendeu, ficamos conversando e quando eu vi já era tarde.

Peguei um táxi e fui pra casa.

- Aqui..- lhe dei o dinheiro e desci do carro.

Entrei em casa e subi as escadas, abri a porta e encontrei o Zico sentado na cama.

- Onde você estava?

- Na casa da minha mãe..

- Tem certeza?

- Sim.

- Ae? - se levantou e veio até mim - Não é o que essas fotos mostram.

- Achei que você tinha parado de ir lá.

Ele riu e cruzou os braços.

- Eu pensei que você tinha parado de ir lá. O que foi fazer lá? Sentiu saudades de fica dando para um e para outro?

Deu um tapa bem forte em seu rosto.

- SAI DAQUI! - gritei apontando pra porta.

Ele saiu e bateu a porta com tudo.

Fui pro banheiro e enchi a banheira, tirei a roupa e entrei na banheira e relaxei.

(...)

Sai do banheiro e procurei uma lingerie. Vesti e fui procurar o vestido.

Toc Toc Toc

- Entra...

- Me desculpe...- disse colocando uma caixa em cima da cama - o Sr.Woo Jiho mandou entregar..- saiu do quarto.

Abri a caixa e tinha um vestido dentro, ele era bem sexy e bonito.

(...)

Desci as escadas e encontrei ele em frente as estantes de livros tomando whisky.

- Vamos?

Ele se virou e assentiu, foi pra cozinha e voltou sem o copo.

- Vamos em carro separado, quando você chegar mostre esse convite...- me entregou.

- Tá..

Ele se aproximou e selou nossos lábios. Quando nos separamos ele sussurrou um me desculpe.

- Tudo bem...

- Aliás...você está linda..- me beijou de novo - tchau..

- Tchau..

(...)

O lugar era bem bonito e chique. Paguei o taxista e entrei no lugar.

- Seu nome..

- Melanie Carter..

- Aqui está...Bem-vida.

- Obrigada.

Tinha vários homens e alguns deles estavam acompanhados por mulheres.

Fui procurar o tal homem que o Zico tinha me mostrado. Avistei o mesmo sentado no bar. Me sentei ao seu lado e pedi uma bebida.

- Está sozinha?

- Acho que sim..- sorri.

- Prazer sou Dylan...e você? - beijou minha mão.

- Melanie..

- É raro ver uma mulher... - me olhou de cima a baixo - igual a você..

- Igual a mim? - ri.

- Sim, sozinha em um lugar desses.

- Ah...- peguei minha bebida e antes de ir deu um sorriso.

Fui onde se concentrava metade dos homens, a mesa de jogos.

Fiz uma aposta bem alta, chamando atenção dos que estavam ali.

- Bela aposta...- disse atrás de mim, meu corpo se arrepiou todo.

Sorri pra ele e o mesmo se afastou indo para o outro lado da mesa.

Bebi um gole do whisky enquanto esperava o fim do jogo. As vezes eu trocava olhares com o Dylan.

Todo o dinheiro apostado era do Zico e por sorte eu ganhei.

Dean me ensinou muito bem a jogar em lugares como esse.

A noite toda foi assim, jogando e ganhando, jogando e ganhando, até uma hora que o Dylan segurou meu braço e me beijou. Eu não queria corresponder e por sorte ou não, Zico nos atrapalhou..

- Oh...me como sou desastrado..me desculpe...- sorriu "sem graça".

- Tudo bem...

A calça de Dylan tinha sujado com o líquido que continha no copo do Zico..

- Se quiser eu...- Zico foi interrompido.

- Não! Você pode me ajudar com isso bebê ? - me olhou.

Olhei discretamente para o Zico que assentiu lentamente.

- Sim...

Ele saiu me puxando, olhei pra trás e vi os movimentos dos lábios do Zico dizendo um "eu já estou indo".

Entramos em um quarto e ele foi pro banheiro.

- Vou beber um pouco de Whisky, você quer? - falei um pouco alto.

- Sim..

E lá se foi o pozinho que o Zico mandou colocar na bebida.

- Esse idiota! - falou saindo do banheiro e limpando a calça com um pano.

- Ele não deve ter visto...- beberiquei o whisky.

- Acho difícil...- revirou os olhos. 

Ele pegou o copo e bebeu só de uma vez.

Bem mais fácil do que eu pensei

- Você é muito linda..- começou a tirar a roupa..

Zico porra! Cadê você?! 

Ele cominhou na minha direção, apenas de cueca. Me fez deitar e deitou em cima de mim.

(...)

Quando Zico chegou o cara tinha desmaiado em cima. Zico o puxou de cima de mim e começou a mexer nas roupas do Dylan, que estava desacordado.

- Zico! Ele...ele está acordando! - segurei o braço dele.

- Fica calma..- segurou meu queixo e me beijou - ele não vai conseguir fazer nada.

O homem acordou e nos olhos, mas ele parecia confuso e perdido. 

(...)

Zico tinha pego uns cheques e um relógio de ouro e depois saímos para ir no banco, o Dylan sacou uma quantia bem alta em dinheiro e depois voltou pro carro. Era incrível como ele parecia um robô  fazendo tudo que o Zico mandava.

Depois o deixamos na casa dele.

- Temos que deixar o carro..

O carro era do Dylan, Zico dirigiu até uma esquina onde saiu do carro e pegou a mala de dinheiro. 

- Vamos...- pegou na minha mão. 

Antes de irmos embora ele passou um pano nas portas do carro.

- Zico..- travei.

- Hm? - me olhou. 

- Tô com medo..

Ele sorriu nasalado e me puxou para um selinho.

- Vai ficar tudo bem...- apertou minha coxa. 

(...)

Chegamos em casa e eu fui direto por meu quarto. Eu estava me sentindo muito ruim, deitei na cama e fiquei fitando o teto.

- Ei..- encostou no batente da porta - Está na hora de você ter sua própria arma....


Notas Finais


Hehehe....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...