História O Começo de Uma Nova História - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias La Casa de Papel
Personagens Denver, Helsinque, Mônica Gaztambide, Nairobi, Professor, Raquel Murillo, Rio, Tókyo
Visualizações 21
Palavras 333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Amor falso


Fanfic / Fanfiction O Começo de Uma Nova História - Capítulo 3 - Amor falso

O engano era achar que a polícia iria deixar por isso mesmo​. Mas como dizem, o amor é cego. Como imaginariamos que alguém tão racional como o Professor, iria se deixar levar pelos sentimentos?

Raquel recebe uma ligação misteriosa por parte da policia. Mas para sua sorte o Professor não está em casa.

Seria de se estranhar, uma comparça receber um telefonema desses.

— Tenha calma! Sérgio é muito desconfiado, ainda não posso abrir o jogo. Estamos perto de conseguir o queremos.

— Inspetora Raquel, entendo do porquê tanta caltela mas não temos tempo a perder. Por isso já reunimos todas as provas e mandamos policiais para prende-los.

— Está OK, creio que não vá arruinar o andamento do plano. O importante é que Sérgio não descubra nada!

— Até mais inspetora.

Para a surpresa dos policiais, o Professor já desconfiava, e ouviu a toda conversa. Porém não tinha o que fazer.

A sensação de ver seu inimigo um passo a sua frente não é nada boa. É como se tudo fosse em vão. Mas o que realmente importava era manter a calma e fazer de conta que não tinha conhecimento do plano.

— Chegou meu amor?

— Sim. Como vai?

— Bem.

— A quanto tempo está aí?

— Não muito. Por que?

— Por nada.

— O que quer comer para o jantar?

— O que você achar melhor.

— Está bem.

O Professor se prepara para fugir. Pois é muito melhor um "covarde" vivo que um corajoso preso, no caso. Porém não seria tão fácil assim. Raquel era atenta a todos os detalhes. Mas felizmente já era tarde.

Tinha que tentar manter a calma, muitas vezes somos movidos pela emoção e essa era a situação. Não acreditava que mais uma vez ele estava pronto para o que viesse. Mas isso não arruinaria o plano.

Tentar reunir novamente os assaltantes não seria fácil.​ Já era tarde.

E para infelicidade da policia, a cabeça de tudo estava livre, de novo. Mas é muito melhor um pássaro na mão do que dois voando. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...