História O Começo e o Fim - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 6
Palavras 715
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem!!💕💖
Boa Leitura!😘

Capítulo 1 - The Begin


Fanfic / Fanfiction O Começo e o Fim - Capítulo 1 - The Begin

Hoje será um novo dia, um dia diferente, hoje finalmente minha vida começa.


Você deve estar se perguntando o porque, mas vamos começar do começo. Meu nome é Amanda, mas os meus amigos me chamam de Mandy ou Amy, temho 26 anos, pais e amigos incríveis, confesso que sentirei a vossa falta, mas eu preciso disso, preciso seguir meu sonho, mas prometo que conversarei com eles todos os dias, pois são muito especiais pra mim, são minha família.

Desde que era jovem eu semprei amei pintar e desde sempre meu sonho era ser uma pintora famosa e ter minha própria galeria de arte, e em breve será o meu primeiro dia na univerdade de Londres, atualmente moro na Califórnia, portanto estarei  milhares de km longe da minha família, mas eles sabem que apenas estou seguindo meu destino. Bom agora que você já sabe um pouco, vamos para o começo da minha jornada.
 

-Mãe, eu vou me atrasar, já nos despedimos 3 vezes.
-Eu sei é só que vou sentir muito sua falta.
-Eu sei mãe eu também vou, de todos vocês, é só que esse é o meu sonho e é muito importante pra mim, eu preciso disso...
-Eu sei. todos nós na verdade, tudo bem, vá ou vai se atrasar mesmo.
-Amo todos vocês! Tchau! Depois de me despedir da minha família e meus amigos, meu pai me deixou no aeroporto.
-Tchau pai, sentirei muito sua falta, prometo ligar todos os dias!
-Assim espero filha, boa sorte! Te amo!
-Eu também!

Assim que ele se despede e dá a partida no carro, uma lágrima escorre dos meus olhos, amo muito minha família e vai ser realmente difícil não tê-los por perto.

Mais ou menos 30min depois o avião embarca e eu chorro de novo, dizendo adeus para minha cidade, sentirei falta das poucas pessoas, do pequeno movimento e da tranquilidade,
mas pelo menos na cidade vizinha de Londres onde irei morar, é uma cidade pequena, parecida com a minha.

Mais ou menos 10 horas depois eu finalmente chego em Londres, era por volta das meia-noite, quando pedi um taxi e parei no primeiro hotel que vi, pois estava muito cansada.
Pela manhã acordo, era sabádo, liguei pra minha família, estavam todos bem, então paguei o hotel e fui em busca de um apartamento o mais rápido possível, trouxe muita coisa 
então provavelmente ficaria o domingo inteiro arrumando o apartamento e segunda já tinha minha primeira aula. 
Era por volta das 5h da tarde quando consegui as chaves do apartamento e vi que negócios realmente não são minha praia. Quando entrei só deixei as minha coisas e já fui
pro mercado abastecer a geladeira, pois estava com fome. 
Quando estava no mercado, em uma das prateleiras, acabo me destraindo, com um homem, alto e bonito, muito bonito, e acabo derrubando algo e ele ouve e olha pra mim, na
hora assustava fujo dali e torco pra ele não ter me visto, termino de pegar as coisas pago e volto pro apartamento.
Consegui arrumar algumas coisas mas ainda provavelmente passarei o dia todo de amanhã arrumando. Quando da 23h30 no relógio já estava exausta, então tomo um banho, escovo meus dentes
e vou pra cama.
Realmente passei todo o domingo, arrumando as coisas e só tive um tempinho pra ir na papelaria comprar os livros e materiais que a universade pedia. E claro que com a minha sorte
eu encontrei o bonitão do mercado, na papelaria, ele era relmente bonito, cabelos castanhos escuros enrolados, barba média, e um corpo escultural, mas infelizmente tinha uma aliança
em seu dedo. E o pior, ele pegou bem o meu livro favorito, o pequeno príncipe, isso só me fez sentir mais inveja de sua esposa, mas me lembrei de que estava lá para seguir meu sonho
não para encontrar o amor, mas isso passou despercebido quando eu derrubo um dos livros que eu estava na mão, e ele olha pra mim e me reconhece.


-Ó é você, a garota que derrubou as frutas no mercado.
Eu meio sem graça respondo,
-Ah, é é sim, sou eu, quer dizer, sim sou eu, acho que minha mão está meio solta haha.
-Sim provavelmente, haha, qual seu nome?

E eu sabia que depois daquele momento eu me apaixonaria duramente e partiria meu coração.


Notas Finais


Eai? Gostaram? Querem que eu continue? 🌹💖💟😘
Ps. Eu acabei inventando uma cidade na Inglaterra, por que fiquei sabendo que lá só tem cidades com população cheia e eu queria uma cidade interiorana, ideias pra nome?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...