1. Spirit Fanfics >
  2. O contador (Malec, Sterek, Scisaac) >
  3. Eu preciso do Yen fen!

História O contador (Malec, Sterek, Scisaac) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Gente eu sei que na história é chamado Yin fen, mais aqui eu chamei Yen fen. E eu também sei que o “Yen fen” da série não é pó é tipo um gel, mais aqui na fic eu coloquei ele tipo um pó, ok? Ok. Mais vai ter um motivo pra eu ter colocado o Yen fen como um pó.

Nos vemos lá e baixo 👋

Capítulo 4 - Eu preciso do Yen fen!


Fanfic / Fanfiction O contador (Malec, Sterek, Scisaac) - Capítulo 4 - Eu preciso do Yen fen!

              • STILES STILINSKI • 


Todos nós estávamos sentados na enorme mesa. E o clima não é um dos melhores, na verdade o cima está horrível. Até Scott quebrar esse maldito silêncio.


– Cara isso aqui é demais. Um instituto de shedowhanters – diz Scott sorrindo olhando em volta

– Vocês nunca estiveram em um instituto antes? – pergunta uma mulher de cabelo de fogo

– Não, esse é a primeira vez – fala Scott olhando para a moça, mais seus olhos vão de encontro ao um homen loiro que estava do lado da garota de cabelo de fogo

– E qual o nome de vocês? – pergunta o homen com um Z no pescoço – Nós só conhecemos o seu amigo pelo nome de “O contador” ou “O intocável” – diz ele apontando pra min, que como não estou afim de olhar ninguém estou de cabeça baixa 

– Meu nome é Scott McCall, prazer – diz ele estendendo a mão para o shedowhanter do Z, que aceita o aperto de mão – E o nome dele é. . . – diz ele olhando pra min

– Miec, podem me chamar de Miec – digo agora olhando pras minhas mãos que estavam em cima da mesa 

– Miec? Que tipo de nome é Miec? – pergunta um homen pálido de terno debochado

– Miec é apenas um apelido. Eu não costumo falar meu nome de verdade para os meus clientes – digo olhando rápido para o homen pálido

– E presumo também que você não mostre o seu rosto, certo? – pergunta o cara do Z 

– Sim isso mesmo. E quem são vocês? Quer dizer eu sei que são aqueles ali – digo apontando pro vampiro, o lobisomem alpha e o feiticeiro – Mas vocês eu não conheço

– Eu sou Alec, diretor substituto do instituto – diz o cara com Z – Aquele dali são Jace e Clary – diz Alec apontando pro cara loiro e a mulher de fogo – E a minha irmã, Izzy – diz ele apontando pra mulher de cabelos negros

– Como assim você conhece eles? – pergunta Jace apontando pros três submundanos

– Por que eu moro em Nova York. Tive que pesquisar quais submundanos moravam aqui – digo como se fosse a coisa mais simples do mundo – Você é Derek Hale, Alpha da alcateia Hale, Raphael Santiago, líder do clã dos vampiros, e por fim o alto feiticeiro do Brooklyn, o magnífico Magnus Futriqueiro Bane – digo escutando uma risada vindo de Alec, Jace, Clary e Izzy 

– Como assim “Futriqueiro”? – pergunta Magnus

– É assim que o Ragnor te chama, certo? – pergunto olhando para as mãos mãos dele, que estavam em cima da mesa

– Você conhece o Ragnor? Como? – pergunta o feiticeiro me olhando

– Eu já estudei luta e várias outras coisas com o Ragnor e o Malcolm Fade, o alto feiticeiro de Los Angeles – digo ainda olhando para as mãos dele 

– Interessante, se você aprendeu com eles deve saber de muita coisa, estou certo? – pergunta Magnus

– Eu sei o bastante para me proteger e caçar – digo simples ainda olhando para as mãos do feiticeiro

– Então você vai nos ajudar? – pergunta Alec

– Sim, com uma condição – digo sério

– Qual condição? – pergunta

– Por mais que eu odei ter que me misturar com vocês shedowhanters. Eu e o Scott não temos nenhum lugar pra ficar, então a minha condição é. Nos deixe ficar aqui – digo cruzando os braços olhando pro chão

– Tudo bem, vocês dois podem ficar aqui. Mas primeiro eu vou ter que olhar dentro da sua bolsa – diz Alec apontando pra minha mochila de mão, na qual eu carregava meu equipamentos

– Por que? – pergunta Scott

– Como diretor do instituto eu tenho que verificar se o seu amigo está levando alguma coisa ilegal – diz Alec estendendo a mão. Ótimo agora sim estou encrencado!

– Ok – digo colocando minha mala/mochila na mesa. Abro a mesma e Alec começa a vasculhar dentro

– Como conseguiu isso? – pergunta Alec com minhas duas lâminas serafim em mãos

– Foi presente. O nome delas é Miguel – digo olhando para as lâminas

– Adagas com sangue de demônio, uma athame, uma kindjal. Você tem armas muito boas. Como conseguiu todas elas? – pergunta Alec desconfiado

– Umas eu roubei, outras foram meu pagamento, essas coisas – falo de braços cruzados

– Espera – exclama Magnus se aproximando da mochila

– Oque foi? – pergunta Alec sem entender nada

– Isso – fala Magnus tirando um frasco de Yen fen, no qual eu tinha escondido, de dentro da mochila junto com a minha Aegis

– Meu deus! Isso é Yen fen? – pergunta o Santiago surpreso

– E uma Aegis? – pergunta Jace horrorizado – Essa não é a arma protegida pelas irmãs de ferro, e que só podem ser solicitadas com um bom motivo? – pergunta ele com uma expressão de confuso imensa 

Todos olham pra min com cara de confusão e supressos. Fala sério até parece que estão vendo o anjo Raziel na frente deles. Raphael como curioso vai até minha mochila e começa a vasculhar dentro, logo achando os fracos de ferro abençoado, os pó e balas de prata e as estacas de carvalho e freixo e a água benta e começa a colocar tudo em vima da mesa, junto com as armas mundanas.

– Pode explicar isso? – pergunta Alec com uma expressão indescritível 

– Eu tenho isso para me proteger – digo simples olhando para minhas mãos

– Até ai tudo bem. Mais pra que você tem Yen fen? Você sabia que isso é proibido no submundo? – pergunta Jace de braços cruzados – E mais, como você conseguiu uma Aegis? Elas são protegidas pelas irmãs de ferro – pergunta ele fazendo cara de confuso

– Primeiro, eu tenho Yen fen porque eu preciso, e segundo, sim eu sei que isso é proibido – digo simples – E eu tenho uma Aegis por que eu tenho, simples assim – falo levantando e começo a guarda as coisas de volta na mochila

– Nós vamos confiscar o Yen fen e vamos devolver sua Aegis para as irmãs de ferro – diz Alec pegando a Aegis e o Yen fen. Como assim ele vai tirar o Yen fen e a Aegis de min?! Principalmente o Yen fen! Merda! 

– Você não pode! – exclamo surpreso finalmente o olhando nos olhos – Eu realmente preciso do Yen fen! – exclamo andando em passos apresados até ficar de frente para o Alec. E por mais que eu não queira eu o olho bem no fundo de seus olhos azuis

 


Notas Finais


Gente esse é o link do meu WhatsApp, to procurando amigos novos 🥰 Interessados, aqui 👇

https://api.whatsapp.com/send?phone=5512982992154


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...