1. Spirit Fanfics >
  2. O Contrato - Park JiMin >
  3. Perfect Prey

História O Contrato - Park JiMin - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oiê de novo 💜💜
Espero que gostem desse capítulo é isso beijos 😘😘😘

Capítulo 2 - Perfect Prey


Fanfic / Fanfiction O Contrato - Park JiMin - Capítulo 2 - Perfect Prey

CHOI SN

Após ter saído do colégio, liguei imediatamente  para meu motorista, eu não queria ficar mais ali, queria sumir não queria nem ver Jung Hoseok e nem Park Jimin.

Chegado em casa não  comprimento ninguém, apenas subo pra meu quarto me trancando no mesmo, e bom irei explicar o por que de toda essa confusão.

•×• A algum tempo atrás assim que entrei no colégio conhecei  Park Jimin, um garoto tímido que não tinha amigos - Quer dizer tinha sim, mas só um -

Me aproximei dele apenas pra ser sua amiga o que não aconteceu. Depois de um tempo eu e Jimin  ficamos próximos muito próximo e sentimentos começaram a aparecer, então comecei a me distânciar  de Jimin e ele logo ficou preocupado.

- Ei, (S/N). O que está  acontecendo  com você? - Perguntou segurando meu braço direito

- Jimin... Eu não quero me magoar. - me soltei  virando em sua direção.

- Me conte o que está acontecendo com você. - Olhei em seus olhos, que transbordava tristeza

- Eu estou gostando... de você - Falei de uma vez, sem me preocupar com quem estava ali naquele mini jardim.

- (S/N)... (S/N)... Eu... eu não sei o que falar. - Coçou a nuca e variava seu olhar entre mim e a grama.

- Apenas vá embora... - Falei me virando pra sair dali, mas fui empedida por braços fortes.

- Jimin... - Falei sem entender.

- Eu não sei o que dizer porque também gosto de você.

Naquele momento meu coração  disparou eu não  sabia o que fazer ou que dizer pra ele naquele momento.

- Jimin...

- Apenas retribua meu abraço.

Sorri e abraçei  o moreno novamente e soltando um sorriso. Depois desse  dia eu e Jimin começamos a "Ficar", era Beijos aqui, abraços e carinhos ali e tudo mais então começamos um namoro, Jimin era um amor comigo sempre preocupado e atencioso  comigo, sempre me ajudando em tudo e me privando de pessoas ruins.

Até que em um passeio encontramos seu melhor amigo no centro.

- Jimin - Gritou alguém

- Hope, o que faz aqui? - Jimin se virou vendo seu amigo

- Vim visitar uns parentes e já estou voltando. - Disse comprimentando a mim e a Jimin.

- Nossa.. Venha tomar um café conosco - Sugeriu Jimin.

- Aceito e de lá já vou pra casa.

Assentimos e fomos para uma cafeteira  que tinha ali perto entramos e seguimos até  o segundo andar já  que o primeiro  estava lotado, me sentei ao lado de Jimin e seu amigo na minha frente.

- Hope, essa é Choi (S/N) minha namorada, e (S/N) esse é meu melhor amigo Jung Hoseok  ou como eu o chamo Hope. - Falou com um sorriso.

- Prazer em conhece-la - disse de um modo estranho.

- Prazer. - falei simples e enconstando em Jimin que passou seu braço pelo meu pescoço.

- Olá o que vão pedir?

- Bom eu quero um café normal apenas - Hoseok falou simplista.

- Eu vou querer um capuchinho e um bolo de chocolate. - Disse olhando o moço

- Qual o desenho?

- Um coração. - me olhou e beijou minha bochecha.

- E você moça? - o moço pergunta com um sorriso fofo.

- Um macchiato simples, com um pedaço de bolo de chocolate, cobertura de baunilha.

- Já trago. - Ele saiu e começamos a conversar.

- Mas quem veio ver aqui em Busan? - Perguntou o olhando.

- Vim ver uma tia minha que se mudou faz pouco tempo e a ajudei na mudança. - Falou e pegou o celular fazendo algo.

- Entendo - Nossos pedido chegaram e começámos a comer.

- Mas me diga Jiminnie,  como conheçeu sua namorada?

- Na escola, éramos amigos e começamos a fica próximos e acabamos por ter sentimentos e enfim namoramos.

- Entendo...

- Amor? -  Chamei Jimin.

- Sim? - Respondeu com um pedaço  de bolo na boca.

- Pai vai sair com minha mãe e eu vou ficar sozinha e...

- Fica na minha casa... - falou quase se engasgando.

- Eu ia pra casa da Yeeun.

- Não você vai pra minha casa, chama ela também.

- Ok. - Falei simples.

Terminamos de tomar café Hope fez questão  de pagar a conta, estávamos no ponto de ônibus quando Hoseok chama Jimin.

- Jiminnie?

- Sim?

- Posso ficar na sua casa só hoje? - Falou meio receoso

- Por quê? O que aconteceu? - falou preucupado

- Não tem mais passagens pra hoje apenas para amanhã de tarde. - Coçou a nuca e deu um sorriso amarelo. - Pode sim... Então vamos?

Concordamos e fomos pra casa.

Ao chegarmos em casa fui ligar pra Yeeun e pedi pra mesma vir ela concordou, falei que buscaria ela na casa dela já que eu tinha que pegar roupas pra mim.

- Eu vou indo Jiminnie..

- Cuidado - beijou minha testa - Te amo.

- Beijei sua bochecha - Também te amo.

Sai de casa e fui a caminho da casa de Yeeun. Ela é uma das minhas amigas preferidas, nós conhecemos em uma festa que Jimin deu eu praticamente cuidei dela porque ela bebeu de mais do que deveria e ficou muito mal, então tive de cuidar dela. Cheguei na casa dela e toquei a campainha e logo foi aberta por Hongseok meio irmão de Yeeun.

- Oi (S/N), entra aí. -  Falou dando espaço pra eu entrar

- Oi Seok, Cadê Yeeun? - perguntei olhando em volta

- Tô aqui vamos? - Desceu as escadas e me abraçou

- Sim, Tchau Seok.

Ele deu Tchau e saímos indo pra minha casa pegamos tudo o que precisava e fomos pra casa de Jimin.

- Eun, tem um amigo de Jimin  na casa dele. Falei com uma cara de poucos amigos.

- Já até sei quem é! - Falou com cara de deboche que só ela sabia fazer.

- Então fala quem é! - Retruquei rindo.

- Jung Hoseok.

- Nossa.

- Eu fiquei com ele na festa, me arrependo ele é um tremendo idiota. - Sentamos no ponto de ônibus e esperamos o mesmo

- Por quê? - Perguntei assim que entramos no ônibus e sentamos.

- Ele é um safado e só pensa no prazer dele.

- Credo. - Falei dando risada.

Rimos e fomos pra casa chegando na mesma Jimin e Hoseok ja nós esperava no mini jardim em frente a casa.

- Finalmente amor

- Desculpa o ônibus atrasou um pouco, mas estamos aqui.

- Vomos entrar então.

Entramos e fomos logo fazer algo pra comer, após preparar tudo nos sentamos na mesa e  começamos a comer entre risadas e conversas que Hoseok ou Jimin puxava.

- Bom Vomos fazer algo de interessante pessoal? - Perguntou Yeeun.

- Tipo o que? - Repondo

- Assistir um filme sei la.

Concordamos e assistir um filme qualquer que tinha ali na TV, depois de uns quatro filmes assistidos Yeeun dormiu e Jimin fez o mesmo, levantei e fui usar o banheiro, ao fazer tudo sai mas senti alguém  me agarrar tentava olhar mas tudo estava escuro demais.

- Sabe, dês de quando Jimin me apresentou você tive a certeza que estava apaixonado por você  e pelo seu corpo. - Sabia muito bem de quem era aquela voz "Jung Hoseok"

- Me larga, ou eu grito.

- Grita...Pode gritar bem alto que ninguém vai te ouvir. Jimin tem um sono pesado, e Yeeun é pior que pedra...

- ME LARGA! SOCORRO JIMIN!

Ele me empurrou com tudo pra parede, fazendo um som enorme e só não bati o rosto por que coloquei as mãos na frente, me virei e sentei no chão e começei a chorar.

- Ei, o que acontece aqui ? - Jimin  falou gritando - Amor por que esta chorando?

- Ela ficou presa no banheiro e eu a ajudei a sair. -  falou  cm a menor cara de pau

- Sério amor mas como? - disse me ajudando a levantar daquele chão

- Sim, a porta emperrou e  ele me ajudou.

- Ufa, Bom vamos dormir então.

Bom depois disso eu sempre evitava os mesmo lugares que Hoseok, e sempre junto de Jimin - agarrada em Jimin - Mas sempre tinha uma brecha e era nessas brechas que Hoseok usava pra me agarrar me beijar a força, e caso não retribui-se ele seria capaz de bater em mim como fez das outras vezes.

Naquele misseravel dia me arrumei e fui pra escola, Jimin estava estranho então me sentei na cadeira a sua frente e olhei pro mesmo.

- Mochi ta tudo bem? - Me sentei e toquei seus cabelos pretos

- Verdade que o Hoseok tem te agarrado? - Falou de cabeça baixa

- J-Jimim...- sussurei

- Verdade? - Levantou seu olhar. - E ele falou que você  ama os toques dele e que os meus não tem efeito algum.

- S-sim... eu tento evitar mas ele sempre... E Eu te amo, só você sabe do meu ponto fraco e eu ....

- Ei, fica calma ele me falou isso... E eu vim apenas saber.. - Passou a unha pela parte de tras do meu pescoço  me fazendo arrepiar.

Depois disso o dia passou normalmente até eu ser arrastada pra salinha de limpeza da escola, senti a respiração  quente e mãos apertarem minha coxa a pessoa que eu achava ser Jimin, não era, desci da mesa e me afastei mas "Jimin" me abraçou e me beijou novamente e eu cedi. A porta foi aberta e Jimin entrou.

Ao ver Jimin meu coração  parou,Hoseok ainda me agarrava, meu peito subia e descia.

-Como você pode fazer isso? C-como pode ficar com meu melhor amigo, com a pessoa que eu nunca achei que faria isso. Você me jurou que me amava e que não faria nada disso.

- Jimin foi o Hoseok!

- A Choi você retribuiu ao Beijo, não posso fazer nada. - O ruivou falou debochado

- Choi (S/N)...

- Jimin - Saímos dali e logo ele apertou meu braço

-Eu nunca mais quero ver sua cara Choi.

- Mas Jimin... Eu... Me perdoa.

- Some daqui Choi... - saiu correndo

- Seu idiota, olha o que você fez.

- (S/N), (S/N)... - agarrou meu queixo - Eu acabei com sua vida assim como Jimin acabou com minha quando tirou Mya de mim.

- O Jimin?

- Sim... Ele tirou ela de mim e eu tirei você dele.

- Hoseok... -Sorriu cínico e segurou meu queixo mais forte - Nos vemos por ai Gostosa - E saiu

E foi assim que eu perdi quem eu mais amava, por causa de uma vingança idiota.. •×•


Notas Finais


Bjus💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...