História O contrato - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Thor
Personagens Darcy Lewis, Frigga, Jane Foster, Lady Sif, Loki, Odin, Personagens Originais, Thor
Visualizações 13
Palavras 1.386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - O início do inferno


Fanfic / Fanfiction O contrato - Capítulo 1 - O início do inferno

hoje acordei com os pássaros cantando para mim, a manhã era linda em Asgard, não importava quantas vezes acordava era sempre lindo, esquecia que de onde eu vim só havia neve e gelo. A cada dia eu crescia, eu amava a grama e as flores as rosas as que eu amava, eu me levantei daquela cama e uma criada veio me ajudar eu deste que cheguei  aqui sou muito acolhida é estranho mais me sinto segura aqui, eu sinto que aqui é a minha segunda casa, eu tomo um banho quente e a criada fez uma trança em meu cabelo toda vez é assim eu sou cuidada e fico linda para todos verem eu, mas é difícil para mim eu saí de casa e deixei a minha casa para vir para outra, o estranho é que quem governa na minha antiga casa é a mulher que matou a minha mãe eu não me sinto incomodada, eu tenho também dois meio irmãos uma menina que nunca nem vi e o théo que meu pai me disse, mas entre outros fatos nunca nem vi nenhum deles e nem tive contato. Eu desci as escadas com aquele vestido lindo verde, combinava com o meu cabelo ruivo uma coisa que herdei da minha mãe, antes de tudo acabar e ela me salvar, eu sinto as lagrimas no meu olho querendo sair, seguro elas já chorei de mais na sua morte não posso ser uma menina fraca e chorona, eu me sento ao lado da Lady Sif que conversava com Thor que exibia os dentes sorrindo com a conversa. Eu olho ao redor e meu olhar sempre para no mago de cabelos escuros e olhos verdes claros, seus olhos se encontram com o meu, ficamos se fitando o tempo suficiente minhas bochechas ficam coradas e eu desvio o meu olhar do dele, eu sempre tive uma queda pelo Loki mas muitos não sabiam disso, eu como e por fim eu vou até a biblioteca que virou o meu refugio para ver o Loki, muitas vezes eu já fui pega pensando nele nas aulas de português, eu passei muita vergonha ao ser chamada atenção pelos professores eu quase falo para a mãe do Loki que era afim dele, mas tive que engolir a verdade por trás dos dentes, creio que a Frigga já sabe pois ela sempre me manda para tomar um chá com ela e comer bolo de limão.

muito antes de eu conseguir formular alguma coisa sinto alguém me olhando eu tento ver mas não consigo é como se ele estivesse invisível, isso me irrita poder usar magia e eu não, eu ando um pouco mais rápido e chego na grande biblioteca que os guardas vigiam, eu pego um livro qualquer e jogo contra a pessoa por mais que eu não veja eu sinto onde ele está. 

- Théo: Isso é jeito de uma dama tratar o seu meio irmão?
- Elizabeth: eu o trato do jeito que achar necessário, e não sou sua irmã.
- Théo: ainda sou seu meio irmão gostando ou não meu pai se envolveu com a sua mãe, agora aceite o fato de eu ainda ser seu meio irmão.
- Elizabeth: Como assim ainda? Veio fazer o que aqui?
- Théo: vim lhe fazer uma proposta, eu vim aqui para lhe ajudar, e para você retornar para casa, case-se comigo. 
- Elizabeth: o que eu não posso  eu..... Isso é incesto, e eu não tenho idade.
- Théo: normalmente é sim permitido e não é incesto as famílias para manter a linhagem pura se casam entre si.
- Elziabeth: E se eu não aceitar?
- Théo: Caso não aceite eu irei trazer a guerra aos nove mundos, e creio que não é isso que quer?
- Elizabeth: Não mas não me caso com você.
- Théo:  Está bem se prepare para a guerra.


quando Théo saiu, eu esperei alguns minutos e corri para ver o pai de todos e avisar á ele, quando mais eu corria mais o meu sapato ardia em meus pés eu conseguir chegar e pedi aos guardas para abrir a porta.

- Elizabeth: Pai de todos eu fui visitada pelo meu meio irmão, ele propõe guerra contra os nove mundo.
- Odin: Se acalme criança, e me conte com calma.
- Elizabeth: ele chegou e começou a falar que eu sou a única que pode parar essa guerra se eu não me casar com ele.
- Odin: tolice, ele espera isso de você mas sei que fará a escolha correta princesa
- Elizabeth: eu sei mas,espera e se eu me casar com um dos seus filhos?
- Odin: Esta disposta a isso? 
- Elizabeth: Se for para manter a paz entre o meu reino e Asgard sim.
- Odin: Escolha um deles, mas tem que ser agora para não haver brigas.
- Elizabeth: sim, Loki.
- Odin: tem certeza criança?
- Elizabeth: sim se eu escolhesse o thor iriamos para guerra, mas loki não está pronto para ser rei, por isso ele irá aprender a ser dessa forma casando.
- Odin: está bem

Eu esperei junto com Odin o Loki vir, claro que eu sabia que teria problema esse casamento mas era melhor ele do que thor, eu creio que thor precisa aprender a se comportar como rei, ele é muito confiante não presta atenção nas consequências de uma guerra, já Loki ele ler e teve saber já disso o único problema é que ele nunca fala com ninguém e se fecha no seu mundo, isso irá ser difícil mas eu consigo eu não sou de desistir de um desafio, o quanto ele for difícil é claro, assim que a porta se abre meu coração bate forte, minhas pernas tremem e minhas bochechas ficam vermelhas.

- Loki: Pai e Ellie

É impressão minha mas ele fala" Ellie" lento e deixando a voz sexy, eu tento fingir que não notei mas é impossível pelo fato de eu não controlar as emoções.

- Odin: Loki eu irei lhe dizer o motivo de te-lo chamado você. Você e a Elizabeth vão se casar, isso é somente um contrato entre os reinos, não será preciso nada da parte do casamento.

- Loki: então eu terei que casar com uma criança, essa é boa Pai, vamos você bebeu e não está se sentindo bem.

- Ellie: é verdade.

- Loki: tá bom noivinha, eu mal posso esperar por esse "casamento" de mentira.

O casamento 

Á noite chega em Asgard, anunciando o meu casamento, todos já se encontram presentes falta somente a noiva, Selena Elizabeth se mostrava pronta para o que viria, seu vestido era branco, seus cabelos estavam presos em um coque com trança, foi acompanhada de Thor que deu seu braço para levar ela aonde seria o local da cerimonia, chegando lá olhos estavam nela admirando a sua beleza e coragem, Loki olhava admirado com a sua beleza e um pouco com ciumes de Thor está perto dela, assim que ela já estava ao seu lado a cerimonia iria se iniciar, Odin e Frigga olhavam para os jovens de forma apaixonada, Siff estava com medo da sua amiga não ser feliz.

- Odin: aqui diante de mim Pai de todos rei de asgard, se encontra duas pessoas prestes a começa a nova vida um ao lado do outro, aceitando a morrer um pelo outro proteger um ao outro, ajudar sem pensar em mesmo nos riscos eu concedo a união de Loki meu filho, com a princesa Selena Elizabeth, aceitam viver juntos e construir um amor acima de tudo?

- Selena e Loki: sim aceitamos. 

- Odin: seus votos por favor um para o outro.

- Loki: Eu não imaginava a minha vida com você, porém eu lhe prometo lhe manter segura, e proteger você acima de tudo, mesmo se precisar morrer eu morro para lhe salvar, aceito passar o resto da minha vida de agora a diante até eu morrer, aceito como minha esposa e como minha lady.

- Selena ou Ellie: eu selena lhe prometo escuta-lo amar você, lhe dar coragem e lutar ao seu lado, meu coração lhe pertence agora, eu irei lhe amar até os dias da minha vida, eu aceito como meu esposo e como meu senhor de hoje até o dia que não me quiser.

-Odin: Pode beijar a lady!

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...