1. Spirit Fanfics >
  2. O contrato de casamento >
  3. Paixão passa logo.

História O contrato de casamento - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Boa tarde queridos!
Eu sei que Harry não tem sido um bom marido, mas ele tem os motivos dele. Será mesmo?!
Boa leitura.

Capítulo 12 - Paixão passa logo.


Fanfic / Fanfiction O contrato de casamento - Capítulo 12 - Paixão passa logo.

Confesso que passei a noite me revirando naquela cama. Nenhum sinal de Harry até agora, o quarto dele fica ao lado do de hospedes e até agora não ouvi um sinal sequer de sua presença. O último contato que tivemos foi aquela ligação que ele me fez. Desci para enfrentar o meu quarto, Dona Kira veio até mim na ponta da escada.

- Bom dia Senhora Louise. - ela sabia que eu estava destruída.

- Bom dia Senhora Kira.

- O que vão querer para o almoço? 

- Na verdade eu não vou comer nada e acredito que Harry não voltará para casa tão cedo.

- o Senhora Styles está em seu escritório há algumas horas. - eu sai correndo até o escritório pensando que ela poderia e com certeza estaria enganada. Parei ao lado da porta e pude ouvir a sua voz, meu coração acelerou e senti uma enorme vontade de chorar. Ele estava em uma ligação.

- Como assim Zayn? Ela não pode ter feito isso!!! Onde ela está agora? Certo. Estou indo para aí agora mesmo. Droga! - ele desliga e eu corro para a sala novamente.

- Eu não sabia que estava em casa. - tentei disfarçar e parecer o mais normal que eu pude apesar da minha cara de destruída.

- Já estou de saída. Não passou a noite em casa? - ele procurou por mim?!

- Estava no quarto de hóspedes. - antes que ele me perguntasse o porque eu o fiz mais perguntas. - Está indo para empresa?

- Não. Vou ao hospital. - fico surpresa.

- Está com alguma problema? - ele tentava ser paciente, mas algo o incomodava mais do que o normal, já que esse menino nunca foi normal.

- Angel está no hospital. Eu tenho que ir, - ele simplesmente se vai, bem diferente da sua saída no dia anterior de casa.

Ela realmente não brinca em serviço. Eu tenho duas escolhas, ou eu me afundo nesse barco ou eu posso tentar me levantar e tratar esse casamento como ele é, apenas um contrato profissional. Decido não ir para o escritório, fico em casa. Leio um pouco, arrumo algumas de minhas roupas no closet, as roupas dele ainda estão ali, não sei por quanto tempo ainda, o tempo passa e eu não percebo que já está anoitecendo.

Peço a senhora Kira que me traga alguns petiscos para que eu assista um pouco de TV, preciso me distrair. Seria um bom momento para ver aquele filme que tem protelado a meses. Quando ligo a TV vejo na tela cara de Harry e...a minha!!!!! Na tela a notícia "Herdeiro do Grupo Styles, recém casado com Louise Raise, aparece em hospital com uma feição de preocupado atrás de Angel Finn."

Isso só pode ser mentira! Atrás de mim a porta se bate com força.

- Desligue a TV. - Harry está furioso.

- Eu vou assistir ao meu filme. - me virei novamente para a TV e fiquei apenas passando pelas imagens dos filmes tentando controlar essa enxurrada de sentimentos dentro de mim.

- Eu tive um dia horrível, apenas faça o que eu digo!

- Você teve um dia horrível? Você sai de casa dizendo na minha cara que vai atrás dela e depois me coloca nessa posição diante da mídia. O que acha que os investidores vão pensar? Muito egoísmo seu!

- Por que está tão ofendida se essa droga de casamento nem mesmo é de verdade?! - ele gritou, me fazendo pular no sofá.

- PORQUE EU ME APAIXONEI PELO IDIOTA DO MEU MARIDO!! - eu gritei de volta, a todo fôlego, sem ao menos pensar no que acabo de dizer. - Eu não vou ficar bancando a palhaça enquanto vocês ficam se divertindo as minhas custas.- meu tom era mais baixo, no entanto eu ainda estava furiosa.

- Eu não estava me divertindo, eu estava em um hospital PORRA! - ele voltou a gritar.

- Escuta bem Styles, eu posso ter me apaixonado por você, mas para minha sorte paixão dá e passa! - eu ia me retirando.

- Onde você vai? - dessa vez ele não gritou.

- Deixar você curtir a sua vida bem distante de mim.

Fui até o meu quarto peguei algumas coisa e coloquei dentro de uma mala pequena, ele me viu indo até a porta e não disse nada. Ele estava sentado em uma das cadeiras do pequeno bar com um copo na mão. Ficar em casa com esse maníaco agora realmente daria muito errado. Fui em direção ao meu antigo apartamento. Niall estava ficando por lá, ou era o que eu achava. Ele passava mais tempo na casa de Mary do que o próprio namorado dela.

Sentei no sofá com uma boa taça de vinho na mão e ligo a TV. Em todos os canis estão noticiando sobre ele, fotos e fotos dele de mãos dadas a Angel espalhadas por todo lugar. Isso vai virar um pesadelo. Preciso dormir! Meu pai me manda uma mensagem avisando que amanhã teremos uma reunião com os dois grupos para assinarmos alguns termos importantes e lá vamos mais uma vez ter a certeza de que esse casamento é bem profissional mesmo.

Na manhã seguinte eu chego em cima do horário da reunião propositalmente, não quero dar de cara com ele antes da reunião começar, o que será inevitável ao final dela. A reunião durou um pouco mais de duas horas! Eu estava exausta, odeio reuniões financeiras, os executivos acabam prolongando essas reuniões sem necessidade. Saio sem perceber que Harry tinha saído antes. Vou até a minha sala para pegar algumas papeladas para ter o que fazer em casa.

- Você não voltou para casa ontem a noite e não estava com NIall e Mary. Onde foi? - Harry estava sentado na minha cadeira em minha sala.

- Fingir que está com ciúmes agora de sua esposa de mentira não faz sentido algum. - coloquei meu casaco e minha bolsa em cima da mesa e me sentei de frente para ele.

- Louise, eu não tenho a miníma intenção de ficar discutindo com você. Só acho que depois das notícias de ontem deveríamos ficar mais juntos.

- Deixa eu pensar. Você me deixa sozinha depois da noite incrível que tivemos juntos para ir atrás daquela patricinha de vitrine e agora você quer que eu lhe ajude a consertar a besteira que você fez? É isso? - eu cheguei o mais perto dele que conseguia sentada do outro lado da mesa. - O que você tem com a Angel afinal?

- Angel é minha desde sempre. - ele agora mantinha uma postura totalmente diferente. - Eu ficava com outras com outras mulheres e ela em nenhum momento se opôs, mas com você é diferente. Ela tomou muitos calmantes depois que eu disse a ela que não poderíamos mais ter um relacionamento, porque tecnicamente agora eu era um homem casado. E foi por isso que ela foi parar no hospital. Entenda, eu simplesmente não podia.... - ele se calou.

- É a promessa que fez a ela?

- Como você sabe sobre isso?

- Ela me disse, mas não me contou qual é a promessa.

- Louise...eu não posso.... - ele me olhou, parecia querer chorar pelos olhos avermelhados.

- Nem eu posso. - nós ficamos ali nos olhando, perdidos.

- Eu te entendo. - ele respirou fundo. - Posso pelo menos saber onde está caso eu precise encontrar você? - Harry estava destruído, mas não por minha causa.

- Não que precise de mim, mas estarei em meu antigo apartamento. - ele levantou os olhos em minha direção.

- Só lembre de não fazer nada, ainda somos casados. - eu ri.

- Por acaso se lembrou disso quando foi atrás da Angel no hospital? Ou de quando ela veio até o meu escritório para me ameaçar com essa promessa louca de vocês? Ou de como preferiu ficar com ela no dia seguinte em que ficamos juntos? - dessa vez eu não conseguir segurar o choro entalado em minha garganta, mas de raiva e indignação.

- Ela veio aqui? Eu não sabia disso. Não consigo fazer nada agora, eu prometi a ela. 

- Que bom. Portanto cumpra. Agora por favor saia da minha sala, eu preciso trabalhar.

Harry se levantou e eu percebi que ele não queria ir, eu também não queria que ele fosse e por muito pouco não fraquejei. relutante ele foi. E eu fiquei ali me sentindo a pior de todas, mas convicta de isso era o melhor para minha sanidade.

 


Notas Finais


Por um pequeno momento achei que ele não queria fazer as coisas que faz por Angel, mas não sei se a única vilã nessa história toda é ela!
Bom...nos vemos em breve para descobrir.
Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...