1. Spirit Fanfics >
  2. O coração negro.(Melizabeth.) >
  3. Prólogo.

História O coração negro.(Melizabeth.) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Primeiro capítulo,espero que gostem meus anjinhos ❤ Boa leitura a todos 😊

Capítulo 1 - Prólogo.


Fanfic / Fanfiction O coração negro.(Melizabeth.) - Capítulo 1 - Prólogo.

Futuro distante. 

Autora on

O pássaro flamejante passava no campo de batalha incinerando tudo ao redor,parecia uma chuva de cinzas aos olhos dos que ainda estavam vivos.

-Isso precisa acabar agora.-Diz Elizabeth se levantando do chão com dificuldade pelos ferimentos em seu corpo.

A calça que a mesma usava estava repleta de furos e com partes rasgadas,seus cabelos pontilhados com sangue de seus amigos enquanto seu rosto estava sujo pela queima de tudo ao redor.

A espada da pureza estava sobre repouso no chão a qual flamejava,chamava a atenção da garota que agora era chamada de deusa por sua antiga encarnação. 

-Tantas mortes que foram causadad por sua culpa,a guerra do submundo!-Grita a platinada em puro ódio e ressentimento. 

A mesma tomaria a espada em sua mão e começaria a correr até a Fênix que chegava voando rapidamente em sua direção.

-Elizabeth não!-Grita uma voz a qual ela conhecera muito bem.

-Desculpe-me Meliodas.-Diz Elizabeth ajeitando a espada em sua mão e a apontando contra o peito da fênix.

-Somos das trevas a luz e não deixarei a ti pois seria como deixar a mim mesmo.-Diz Meliodas relutante ao aparecer em cima da fênix com uma lâmina forjada de fogo celestial.

-Não é da vontade dos anjos que os dois Shadowhunters da profecia morram!-Argumenta Elizabeth. 

-Não vamos morrer,vamos viver.-Diz Meliodas sorrindo.

Uma explosão eclode quando as trevas do loiro e a luz da platinada se unem contra aquela criatura mitológica.

Yin Yang.

Dias de hoje.

-Essa guerra entre as raças está definitivamente me matando.-Diz Meliodas coçando o ombro esquerdo.

-Está havendo uma revolta de vampiros na St.Washington Mews.

-O que significa.-Diz Diane tirando de uma bainha presa em sua coxa que carregava uma adaga serafim.

-Diversão.-Fala Meliodas sorrindo de forma maldosa.

-Primeiro nós precisamos de permissão da clave.-Fala Zeldris alegando que seria errado irmos sem a permissão dela.

-Que se foda a Clave,pra que pedir pra ir resolver os problemas trazidos pela arrogância dela? A gente vai resolve e ela fica agradecida,simples.-Argumenta Meliodas enquanto caminha até o lado de fora do instituto.

Os três sempre foram uma equipe dinâmica e inseparável,eram perfeitos juntos,Diane e Zeldris eram parabatais enquanto Meliodas era conhecido como o melhor Shadowhunter após os famosos Jace e Clary.

Ao chegarem no covil de vampiros Zeldris escala até em cima onde se esconde para não ser visto assim preparando um ataque surpresa.

-Como eles podem se achar melhores do que nós? Pelo sangue de anjo? Nós somos filhos da noite e nos foi dada a força de lutar e não de se esconder por medo!-Argumenta uma mulher que continha uma voz rouca e forte.

A mesma possuia cabelos loiros e cacheados,utilizava uma blusa preta colada que acompanhava uma saia rodada de cor marrol aveludada,seus cabelos caiam sobre o decote que mostrava seus seios. 

-Não pensei que você fosse tão revoltada Lauren.-Diz Meliodas num tom de sarcamo enquanto passa na multidão de vampiros.

-Você nunca perguntou.-Diz a Vampira abrindo sua boca e mostrando suas enormes presas.

Uma flecha atinge o coração do líder daquele clã assim o matando.

Zeldris continua a atingir os demais com flechas enquanto Diane utilizava dois sais para lutar no meio da multidão acompanhando a super velocidade deles pela ativação de sua runa de agilidade.

Lauren usa sua super velocidade na tentativa de fugir quando e jogada ao chão por Meliodas que prende o pescoço da mesma com a mão. 

-Filho da mãe.-Diz Lauren repleta de ressentimentos ao chutar a barriga do loiro e se levantar.

Meliodas se esquiva mas logo salta passando por cima da vampira e vira-se para atingir o rosto da mesma com a lâmina serafim.

-Ninguém vai me deter.-Diz Lauren saltando e dando um chute giratório do rosto de Meliodas.

Logo a mesma se vira usando sua super velocidade e eleva a mão em direção ao pescoço do seu oponente.

Meliodas corre até ela e segura a mão alheia a torcendo enquanto enfia a espada serafim no seio esquerdo da vampira que grita enquanto sua boca goteja sangue.

-N-Não pode me matar,somos amantes a meses,vai me dizer que não sente nada ao me machucar assim?-Diz Lauren silabando as palavras com dificuldade pela adaga enterrada em seu seio que jorrava sangue por cima de sua blusa.

-Não,não sinto nada.-Diz Meliodas olhando indiferentemente nos olhos avermelhados da garota que estavam repletos de ódio e dor.

Meliodas gira a espada e a enfia por completo atravessando o corpo da vampira enquanto encosta o pé na barriga dela a empurrando com o pé,Assim o corpo da mesma se separa da espada e cai no chão já sem vida.

-Revoltas acabam nisso e esse é o seu pecado,Lauren.-Diz Meliodas colocando a espada apoiada no ombro e relaxando.

Logo o mesmo se agacha e coloca as mãos no chão para dar um chute em um vampiro que estava a fim de o matar de costas.

Após o vampiro perder equilíbrio pelo chute,Meliodas ativa sua runa de força antes de chutar o joelho do vampiro o quebrando enquanto arranca sua cabeça com a espada serafim.

O chão estava repleto de corpos mortos e de sangue e perante isso aqueles três Shadowhunters permaneciam calados apenas vendo se realmente haviam matado todos.

-Não acha errado isso de matarmos exatamente todos aqui?-Indaga Diane um tanto conturbada. 

-Errado é,mas já não faz diferença porque estamos em uma guerra de raças.-Diz Meliodas sem se importar enquanto anda por cima dos corpos.

-Tudo culpa do maldito Victor Aldertree que antes de morrer revelou o segredo que a clave escondia sobre a real missão dos Shadowhunters ser apenae cumprir a profecia de matar a fênix.-Diz Diane cerrando os punhos com certa raiva.

-Bem,se o que ele revelou for mesmo verdade,quando a filha do anjo e o filho do demônio nascerem como Shadowhuntes eles vão encontrar a lendária espada da pureza que foi escondida pela própria fênix e depois vão a matar.-Diz Zeldris pensativo. 

-Não existe um "se for verdade",Zeldris, como ele inventaria uma história dessa? O medo da Fênix ser real e dizimar tudo fez a quebra quebra dos acordos com todas as raças,claro que isso é real.-Argumenta Diane. 

-Talvez o verdadeiro caos seja o fato de uma mentira ter causado essas guerras,eu não acho que seja possível que a fênix ou a espada sejam reais,Ninguém nunca viu e nem leu algo que contasse isso.-Fala Meliodas enquanto arqueia a sobrancelha direita.

Ao chegarem no instituto Zeldris é chamado para uma conferência em vídeo com a Clave,provavelmente pra falar sobre a missão não autorizada a qual Meliodas fez.

Zeldris e Diane sempre ficavam de fora das reclamações pois eram de famílias honradas e sempre cumpriam a lei que lhes era dada,já Meliodas nunca seguia regras assim sendo um alvo para reclamação da Clave.

Diane saiu para se encontrar com um de seus namorados submundanos,ele era King o lobo que liderava a maior alcateia de NY.

Após um longo banho Meliodas vai até o Starbucks na intenção de comprar um latte para aliviar seu estresse diário. 

Ao entrar no local o mesmo se dirige até o balcão e faz seu pedido logo o recebendo.

Uma brisa leve entra naquele lugar quando uma garota incrivelmente linda entra e fecha a porta atrás dela.

Ela caminha calmamente enquanto seus fios finos e platinados decaiam sobre suas roupas.

Meliodas se vira de uma vez e acaba esbarrando na garota que acaba se desequilibrando e quase caindo no chão. 

-Oh seu filha de uma puta,me leva junto caralho.-Disse a garota claramente irritada. 

-Ah é?!-Indaga o loiro irritado pelo Latte quente que fora derramado em sua blusa.

-A culpa foi sua,idiota.-Grita o loiro. 

Ele observa uma runa de Iratze no pescoço da garota assim notando que ela é uma Shadowhunter.

-Me erra,infeliz.-Diz ela batendo o ombro no dele bruscamente ao passar pelo mesmo o ignorando.

Meliodas dá de ombros e sai com o resto de Latte que havia sobrado no copo,o mesmo sequer olhou para o rosto da garota pelo seu estresse.

Quebra de tempo... 15:30.

Meliodas iria até a sala de informações que ficava praticamente a frente da porta de entrada e saída do instituto,o mesmo acabara de chegar de mais uma missão não autorizada pela Clave,agora estava em busca de informações sobre seu passado.

Dessa vez ele pesquisava sobre seu pai que tinha traído os Shadowhunters e feito um massacre em alicante antes de fugir ao se aproveitar do tumulto da guerra,ele era um dos muitos Shadowhunters que não aceitava de forma alguma o fato de que após o cumprimento da profecia toda criatura com sangue Nelphim na terra seria morto.

A porta do instituto é aberta por alguém. 

Meliodas olha pra quem havia entrado e era aparentemente seu pai e isso o faz reagir rapidamente arrancando a espada serafim de dentro da bainha que a guardava em suas costas.

Logo o mesmo arremessa uma adaga que havia retirado de uma bainha em sua perna esquerda e atira contra seu pai enquanto corre até o mesmo pronto para o matar.

O seu oponente segurava a adaga a poucos centímetros de seu rosto e antes de Meliodas chegar até o mesmo ele pegava uma estela e passava em cima da runa de transformação .

Aquela ilusão se desfazia e mostrava que o oponente de Meliodas não era seu pai.

-Vocês foram péssimos,deve ser por isso que tem dificuldade em lidar com os confrontos daqui,exceto você Meliodas.-Diz uma voz doce e suave que envolvia Meliodas em um tipo de êxtase o fazendo parar de andar e ficar imóvel enquanto a olhava.

Pele clara,cabelos brancos que iam até sua cintura,um de seus olhos era dourado e o outro era como um espelho do próprio oceano,lábios finos e vermelhos num tom claro.

A mesma utilizava uma jaqueta de couro de cor vinho e abaixo dela uma blusa preta colada desenhando as curvas de seus corpo completamente perfeito,seu quadril tinha uma espesso que combinava bem com sua bunda que não era nada pequena,coxas ligeiramente turvas que eram apertadas por uma calça preta,um par de botas com saltos que a deixavam mais alta do que era.

A mesma elevaria sua mão a repousando no próprio pescoço de forma charmosa,seu olhar era intenso e isso perfurava o coração de Meliodas que sentiu uma sensação que o Resfriava por dentro,algo que ele nunca havia sentido.

-Meu nome é Elizabeth Henrolade,eu diria que é um prazer conhecer o famoso Meliodas.-Diz a platinada brincando um sorriso ladino em seus lábios. 

A mesma retiraria a mão do lado de seu pescoço e começaria a andar até a tela que o loiro usava para pesquisar e começando a ler o que ele olhava.

-Você foi enviada pela clave para me vigiar?-Indaga Meliodas indignado.

-Fui sim,não apenas isto mas também para garantir que você não faça mais missões não autorizadas.-Diz a garota mechendo na tela com o dedo sem olhar para o mesmo.

-Ouça,sua voz é a mesma que a da garota no Starbucks então seria ruim a realeza dos Shadowhunters ser tida como alguém que fica discutindo com os outros sem nem saber se sa o ou não mundanos.-Diz Meliodas seguro de si ao chantagear Elizabeth.

-Você está tentando me coagir do jeito errado, Senhor quebra regras.-Diz Elizabeth cruzando os braços abaixo de seus seios e voltando o olhar para Meliodas.

-Você não vai me dominar.-Sussurra Meliodas no ouvido dela enquanto encosta o rosto no dela.

-Fica olhando então.-Responde Elizabeth de forma desafiadora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...