1. Spirit Fanfics >
  2. O Corno >
  3. Capítulo I

História O Corno - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction O Corno - Capítulo 1 - Capítulo I

Naruto subiu as escadas do condomínio do melhor amigo com uma rapidez surpreendente. Com os dedos longos tirou os fios dourados dos olhos e sufocou um gritinho na garganta quando parou em frente à porta de Sasuke, mal esperando o homem abrir para gritar: 

— Sasuke — espalmou as mãos grandes em seu ombro, sacudindo-o levemente para frente e para trás. —, a sua namorada está te traindo!

O Uchiha arqueou a sobrancelha esquerda em deboche e retirou as mãos do melhor amigo de seu ombro. 

— Qual é, Naruto? — riu, balançando a cabeça em negativo. — Acho difícil ela me trair. Eu amo ela e Sakura também me ama. — hesitou, mas logo continou: — Além do mais, Sakura postou no facebook que iria buscar um familiar no aeroporto. Pode ver lá! — rebateu, já pegando o celular para mostrar ao amigo a publicação da namorada. — Então quer dizer que ela deve estar provavelmente em casa com ele! E não em um shopping com outro cara! 

— Pois ela traiu, cara! — o loiro quase gritou. — Eu vi com os meus próprios olhos! — apontou para os próprios olhos azuis. — Eu juro para você! Olha, vamos até fazer o juradinho de dedinho! — levantou o pequeno dedo e tentou enlaçar-o com o dedo do amigo. 

— Para, Naruto! Calma! Calma! E você está falando sério mesmo? — perguntou, completamente desconfiado. 

— Estou! 

— Hum, então entra e me conta o que você viu. — Sasuke respondeu, a voz em um misto de dúvida e hesitação. 

O loiro entrou na espaçosa sala do moreno e acomodou-se no grande sofá de couro preto, seguido de Sasuke. 

— Vamos, conte-me logo. 

— Tudo bem. — o rosto do loiro escureceu e Sasuke temeu pelo o que estava por vir. — Ai, mas pode me trazer um lanchinho antes? 

— Hã? — Sasuke fechou as pálpebras, respirando fundo. — Não. 

— Argh, grosso! Mas bem... lembra que eu disse que iria dar uma volta no shopping do centro no treino de ontem? — começou e Sasuke assentiu, hesitante. — Eu decidi de última hora ir lá em um outro shopping perto do... espera, qual era o nome mesmo? Sabe, é aquele que estava com reforma na parte hidráulica e na... 

— Naruto — Sasuke gemeu de raiva. —, para de embromar, pelo amor de Deus. 

— Desculpe-me, Sasuke! — riu sem graça, coçando a nuca sem jeito. — Você sabe bem como eu sou para contar histórias... ah, e lembra daquela vez que...

— Naruto. — o homem se controlavapara não pular no pescoço do melhor amigo. 

— Certo, certo, vamos voltar ao foco. E eu decidi ir lá no shopping que estava em reforma e, aproveitando a deixa, você precisa ir lá comigo um dia desses! — disse animado, recebendo de volta o olhar acusatório de Sasuke. — E bom, foi lá... foi lá que eu vi. — murmurou, abaixando gradativamente o tom de voz. 

— Viu o quê? — Sasuke murmurou de volta, nem sabendo o porquê de estar falando daquele jeito. 

Naruto fez um sinal com a mão para o Uchiha se aproximar. Sasuke aproximou o rosto dele e esperou ansiosamente pelo o que o Uzumaki diria. 

— Eu vi a Sakura de mãos dadas com outro homem! — Naruto gritou, exagerado, aumentando o timbre de sua voz e assustando o pobre jovem

— Porra, Naruto! Para de gritar, seu animal! — acertou um leve soco em seu braço, e Naruto se encolheu no mesmo momento.

— Ai! Credo, Sasuke! — gemeu de dor, encolhendo-se e levantando os braços longos para cima. — Precisava disso tudo, hein? — choramingou manhoso, acariciando o braço levemente machucado e com uma pequena mancha roxa na parte superior. 

— Termina de contar o que aconteceu, Naruto! — mandou, erguendo as sobrancelhas e crispando os lábios avermelhados. 

— Certo, certo. Aí eu vi a Sakura de mãos dadas com outro cara. 

— E como era esse outro cara? — quase gritou. 

— Ele era muito alto. Cheguei a me assustar. — admitiu. — Sei lá, mano, ele deve ter uns dois metros de altura, no mínimo. É até mais alto que você. 

— Hum. — resmungou. — Continue.

— E o corpo dele era gigantesco também. Não é que nem os nossos que por causa dos treinos criam músculos, sabe? Ele tinha músculo para tudo quanto é lado, parecia que malhava dia e noite, sem nenhuma pausa. 

— Nossa... — Sasuke franziu o cenho. 

— Pois é. Continuando, ele também tinha cabelos ruivos. A Sakura e ele começaram a andar pelo shopping de mãos dadas, ela estava agarrada no braço dele e o homem abraçando ela pelos ombros. — contou. — E eu segui eles pelo shopping inteiro. Eles primeiro pararam na praça de alimentação e, bem, a Sakura se sentou praticamente no colo dele, mano! Com uma perna por cima da dele! 

— Sério? — Sasuke perguntou, não acreditando que a namorada que tanto amava estava aparentemente o traindo. 

— Infelizmente, sim, cara. — suspirou, apertando de leve a mão do melhor amigo que tremia. — E depois os dois começaram a conversar. O homem chamava ela de princesinha e pequena.

— Mas que porra! — esbravejou. Só ele podia chamar a namorada por esses carinhosos apelidos. 

— A Sakura chamava ele de grandão ou algo do tipo e dizia que morria de saudade dele o tempo tod...

— Mas que porra! — Sasuke repetiu o xingamento, levantou-se do sofá e começou a andar em pequenos círculos imaginários no chão. — Eu não acredito que ela fez isso comigo... — sentou-se no chão, escondendo o belo rosto entre os joelhos. 

O loiro se levantou e se agachou na sua frente. 

— O que você faria se estivesse no meu lugar? — perguntou em um fio de voz. — Mas que droga, eu estou sentindo os chifres nascendo! — tocou o cabelo negro, tendo certeza que havia duas elevações na região. 

— Olha, meu irmão, você deve terminar com a Sakura o mais rápido possível! É o que eu faria se a Hinata me traísse. — disse, sábio. 

Sasuke concordou com a cabeça, sem conseguir reagir. Não conseguia acreditar que Sakura havia mentido na publicação no facebook, para sair com um sujeito qualquer no shopping. A sua garota o traiu. Ele era um corno, boi para os íntimos, mas ainda sim, um corno. 

— Mas primeiro eu vou perguntar o porquê dela ter feito isso. — concluiu, ainda abalado. — E depois vou querer conversar com esse tal grandão. E você vai me ajudar. — disse e Naruto confirmou com a cabeça.


Notas Finais


É um plot que escrevi no início do ano em uma outra conta, e decidi repostar aqui. Ele é uma two-shot, ou seja, têm dois capítulos (o outro é bem mais longo).

Então, Sakura traiu o Uchiha ou não? Naruto louco? Será que o Naruto na verdade é apaixonado pelo Sasuke e inventou tudo? (mentira, não é isso, ok) HAHAHAHA

Gostaria de agradecer à @Luiza77 pelo design incrível (que faz parte do @Projnaruto)!

Muito obrigada por terem lido até aqui ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...