História O corrompido - Jikook ABO - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Jikook, Yaoi
Visualizações 167
Palavras 710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só pra constar,eu ñ faço ideia do nome dessa flor mas ela foi minha inspiração pra muitas coisas nessa fic então....

Capítulo 13 - Lua 13


Fanfic / Fanfiction O corrompido - Jikook ABO - Capítulo 13 - Lua 13

-A gente só vai dar uma volta.. -revirei os olhos ao ouvir os sermões de Namjoon.

-Vocês tem noção de que há milhares de demônios nos caçando? -cruzou os braços e nos encarou.

-Temos sim e vamos tomar cuidado. Prometo!

-Hoseok?

-Eu não vou ficar correndo por aí.... -repetiu o que Yoongi sempre lhe falava.

-Tudo bem então. 30 minutos no máximo,entenderam?

Assentimos e puxei Hoseok pelo pulso até a porta.

-Jimin! -Jungkook me chamou- Se cuide,sim?

Sorri e fiz que sim com a cabeça.

-Jimin,será que podemos conversar um pouquinho? -Hoseok pediu quando nos afastamos da casa.

-Claro.

Andamos por alguns minutos e voltamos ao início da estrada de terra. O cheiro de Hoseok estava cada vez mais forte e hoje pude ver Taehyung encarando fixamente o pescoço do ômega. Pensei que Yoongi fosse ficar com ciúmes mas não,ele apenas sorriu para os dois e suspirou. Nem parecia um alfa.

Fomos até algumas árvores e sentamos em um tronco que estava junto à folhas no chão.

-Pode falar,Hobi. -sorri observando as bochechas do mais velho ficarem rubras.

-É que...eu e o Yoongi,decidimos...

-Ficar com o Taehyung?

O ruivo me olhou surpreso.

-Como sabe?

-O Yoongi já havia me falado antes de chegarmos nessa cidade. Quer dizer,não sei se pode ser considerada uma cidade...

Hoseok sorriu.

-Ele é tão...especial... Eu sinto o aroma forte dele e meu corpo inteiro parece esquentar. O mesmo acontece com o Yoon.

Me abaixei para pegar uma pequena flor amarela.

-Sabe o que é isso?

-Cio?

-Amor.

O ruivo fechou os olhos e com certeza ele estava pensando nos dois alfas.

-Você é realmente sortudo. Tem dois caras babando por você.

-Não se faça de santo! -apontou o dedo na minha direção- Eu vejo suas trocas de olhares com o Jungkook.

Minhas bochechas ficaram quentes e senti vontade de me esconder no chão.

-Não tem troca de olhar nenhuma!

-É claro que tem! Não venha disfarçar.

Ri da forma como Hoseok jogava as verdades na minha cara.

-Eu acho essas florzinhas tão bonitas...

-Não mude de assunto! -fez um bico adorável.

-Aish! Tá bom! Eu olho sim de outra maneira pra ele mas é só.

-Pelo menos assumiu.

Dei de ombros e coloquei a flor presa sobre minha orelha.

-Que tal? -faço um bico e Hoseok me olha como se estivesse tendo um momento de nostalgia- O que foi?

-Posso te mostrar uma coisa?

Assinto com a cabeça e o mais velho retira a flor para segurá-la entre os dedos.

-Eu nunca mais fiz isso. Desde o dia em que me culparam no terceiro ano por criar uma jaula com plantas.

-Como assim?

-Eu tinha 7 anos. Um garoto me perseguia por todos os lugares. Ele me atacava de todas as formas possíveis e me fazia chorar quando falava que eu nunca iria conhecer a minha mãe. Um dia,quando estávamos fazendo uma aula de campo em um bosque,esse menino começou a fazer piadas de novo. Eu me sentia abandonado quando isso acontecia. E não pensei duas vezes. Desejei que ele ficasse preso dento de uma jaula feita com os galhos grandes das árvores e imediatamente,aquilo se realizou. Ele gritava pedindo socorro enquanto a jaula se erguia cada vez mais e eu só queria que ele morresse. -sorriu triste- Quando os professores perceberam,me culparam por ter tentado me defender e me enviaram pra um internato. Anos depois de viver isolado,Heechul apareceu lá.

Rimos levemente lembrando da personalidade única de Heechul.

-Ele cuidou de mim mesmo de longe e me dizia coisas lindas como por exemplo,"sua mãe é a rosa mais linda do jardim mais belo","você é tão especial quanto sua mãe é para nós","não chore por que senão sua mãe chora também". Aquilo me deixava tão feliz... Acho que ele não deveria ter noção do apreço que eu tenho por cada gesto.

Limpei uma lágrima que me escorreu por minha bochecha e Hoseok alisou uma pétala da flor.

-Eu vou mostrar algo que eu escondi durante minha vida inteira.

O ruivo segurou o caule e com a outra mão,cobriu o botão,permanecendo assim durante alguns segundos. Ao retirá-la, a flor se transformava em rosa,depois em orquídea,margarida e por último,em uma muda de árvore que Hoseok colocou delicadamente no chão e vimos as raízes se alongarem até adentrarem a terra batida. A mini árvore começou a crescer à medida que Hobi erguia uma das mãos e assim foi até que atingisse uma altura consideravelmente alta. Ergui o rosto observando o quão maravilhosa era a copa da árvore e sorri.

-Você é muito especial,Hobi.


Notas Finais


No próximo cap. contaremos com a ilustre presença de Laziel que veio pra seduzir o Jimin e levar ele pro mal caminho.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...