1. Spirit Fanfics >
  2. O crime à solta >
  3. Ferro velho

História O crime à solta - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Ooiiieee, voltae

Eu tô de quarentena por conta do corona vírus, não tô tendo aula e tal, então vou ter mais tempo livre pra escrever a fanfic.
Eu tô quarta e quinta (hj) sem internet, tô usando a internet do vizinho kkk, e minha internet volta amanhã 🎉.
Enfim, boa leitura

Capítulo 3 - Ferro velho


Ao chegarem na farmácia, um garoto alto de cabelos bem arrumados, estava terminando de pagar por um remédio e estava pegando alguns preservativos que ficavam ao lado do caixa. 

Byeongkwan no mesmo momento se lembra que Kim Jong-in estaria ali para comprar preservativos, então nos aproximamos mais:

__ Kim Jong-in! Parado!! 

O mesmo olha para trás com um olhar desinteressado, mas ao perceber que nossas roupas estavam escrito Police, ele arregala os olhos e corre.

__ Atrás dele!! - Ordeno correndo atrás do mesmo também.

Quando estava me aproximando de Jong-in, vejo ele ir ao chão, e Byeongkwan encima dele o algemando:

__ Uau, essa foi rápida! - Falo com um sorriso vitorioso, como se fosse eu quem teria pegado o provável autor do crime.

__ Já trabalho como policial à dois anos e meio, então eu sou ótimo nisso. - O mesmo pisca para mim e leva Jong-in para a viatura.


Um tempo depois estávamos de volta a delegacia. 

Então passando pela recepção em direção a sala de  interrogatório, deixo a sacola de remédio e de preservativos que Jong-in havia comprado, encima do balcão e digo:

__ Leve essa sacola para a sala de análise, e peça para ver para que serve esse remédio.

__ Pode deixar policial. - Responde uma mulher, uma das recepcionistas da delegacia, saindo de seu posto e levando a sacola para aonde havia mandado.


Adentrando a sala de interrogatório, Jong-in se senta em uma cadeira, e nos olha com uma expressão de tédio:

__ Como você já deve estar imaginando, vamos te interrogar sobre o assassinato de Kim Jennie. - Fala Byeongkwan se sentando em uma das cadeiras à frente de Kai.

__ Pode fazer, não tenho nada a perder.

__ Já estou até vendo que vai ser uma merd* interrogar esse cara. - Byeongkwan cochicha em meu ouvido e eu apenas rio.

__ Bem, o que você era de Kim Jennie antes da mesma morrer?

__ O que eu era daquela vaca?... Bem, ex namorado.

__ Por que o relacionamento acabou? - Pergunto olhando sério para o mesmo.

__ Por que ela era uma vadi* que não se decidia o que queria da vida. - Revira os olhos. _ Só namorava comigo por que eu tinha dinheiro, ela se aproveitava de mim.

__ Isso te trouxe um sentimento de vingança? Como querer matá-la? 

__ Claro que não, eu só queria que ela tomasse outro rumo na vida dela. 

__ Uhum. - S/n suspira e se levanta. _ Vocês se encontravam sempre em algum lugar?

_ Não. Mas ela e uma "amiga" - Faz sinal de aspas com os dedos. Sempre se encontravam num ferro velho aqui da cidade.

__ Okay, está liberado. Aliás, qual o nome da "amiga"?

__ Lalisa Manoban, ou Lisa. - Dá de ombros e sai da sala.

__ Vamos logo S/n! - Se levanta e sai. S/n vai atrás.



×-Ferro velho-×

Quando chegamos no ferro velho, ele era bem como um lixão.

Havia bastante ferro como já diz o nome, mas também havia lixo. Tinha umas caçambas ali, e um cheiro forte de chorume se fazia presente logo na entrada, quem se encontraria ali?

Ao andar mais um pouco ali dentro, achamos a tal casinha que Jong-in havia falado a minutos atrás. 

Ao entrar, havia algumas fotos de Jennie e uma outra garota desconhecida presas pela parede. 

Não havia muita coisa ali, mas procurando mais um pouco, encontramos um cigarro:

__ Kim Jennie fumava? - Pergunto colocando o cigarro em um saquinho para análise.

__ Esse cigarro pode ser tanto de Jennie, quanto da garota estranha. - Responde Byeongkwan olhando para fora.

__ Pode ser. - S/n responde tirando fotos das fotos (;-;) que estavam presas na parede.


__ EI QUEM É VOCÊ!? - Byeongkwan grita e eu me assusto, guardo o celular e olho para fora.

Uma garota parecida com a da foto, para no mesmo instante que ouve o grito do Kim.

Nos aproximamos da mesma:

__ Quem são vocês? O que estavam  fazendo na "nossa" casa?

__ Somos da polícia como já dá pra ver. - O Kim responde em uma maneira seca. __ Estamos aqui para investigar melhor o caso do assassinato que Kim Jennie.

__ O- O QUE!? A JENNIE FOI ASSASSINADA!!? 

__ Sim, você não sabia? - Pergunto me aproximando.

__ N-não... 

__ Bom, agora sabe. Você é Lalisa Manoban? 

__ S-sim, sou eu. - Responde a mesma secando a lágrima que escorria pela sua pele.

__ Ótimo, precisamos que venha conosco para a delegacia.

__ T-tudo bem. - A mesma suspira e anda atrás dos policiais.



__ Está se sentindo melhor? - S/n pergunta se sentando em uma das cadeiras à frente de Lalisa.

__ Sim. 

__ Bem, você era melhor amiga de Jennie?

__ Sim, 10 anos de amizade...

__ Então você vai ajudar muito aqui, até por que você conhece muito bem Kim Jennie.

__ Acho que sim.

__ Por que vocês se encontravam ali?

__ Por que ali era um local calmo, ninguém iria nos incomodar.

__ Mas também é um local bem longe da cidade, ótimo para assassinar alguém. O que acha dessa hipótese Lalisa? - Pergunta Byeongkwan mordendo o lábio inferior.

__ O que!? Não!! Eu sou melhor amiga dela! Nunca mataria minha própria melhor amiga! - Lalisa de repente aumenta o tom de voz arregalando os olhos.

__ Tudo bem, era só uma hipótese. - Responde Byeongkwan de uma forma irônica.

__ Você sabe de alguma coisa que poderia levar a morte de Jennie?

__ Na verdade sim... Ela iria sair pra resolver uns problemas com um cara, que eu não sei quem é.

__ Ele era meio misterioso? - S/n pergunta cruzando os dedos.

__ Sim. Jennie nunca me Falava sobre ele, e quando "começava", ela mudava de assunto.

__ Sabe se ela manteve contato com ele?

__ Acho que sim. Se quiserem saber, o celular dela está guardado na casa dos pais dela, no endereço ****, em Busan.

__ Okay, você ajudou muito. Pode sair.

Lalisa sai.


Kim Seungmin, o cientista que estudava digitais e outras coisas do tipo na delegacia, aparece na porta de interrogatório:

__ E então Seungmin? O que descobriu?

__ Aquele remédio, na verdade é para controlar a pressão alta.

__ Pressão alta... Okay, obrigada pela ajuda Seungmin. Aliás, o cigarro era de alguém?

__ Sim, achei a digital e pesquisei por quase meia hora nos resgistros, e a digital é de um tal de HueningKai.

__ Sabe onde ele pode estar?

__ Pesquisei nas redes sociais, e ele está em uma viagem, volta hoje a tarde.

__ Sabe onde ele mora?

__ Não. Mas vou dar uma pesquisada, e já falo com vocês. 

__ Uhum. Obrigado pela ajuda. - Sai indo para o refeitório.

__ ESPERA BYEONGKWAN!! - S/n sai correndo atrás do mesmo.

Enquanto isso, Seungmin dá as costas e volta para sua sala.












Notas Finais


Continua??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...