História O cupido e a conselheira - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Kentin
Tags Alexy, Amor Doce, Armin, Castiel, Docete, Kentin, Nathaniel, Rosalya
Visualizações 36
Palavras 663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que estejam gostando!
Boa leitura~

Capítulo 3 - Eles se amam


Achei que não existia ninguém mais burro no mundo inteiro do que eu, mas conheci Emily Davis. Apesar de achar que às vezes ela se faz de idiota, isso nem vem ao caso. Eu perdi a conta de quantas vezes eu tive que explicar a situação para ela até ela entendesse direito. Pelo menos depois de entender ela pareceu super empolgada em ter que me ajudar e até começou a falar sem parar, ela é muito elétrica, sinto que não ficarei no tédio se depender dessa mortal.

Agora ela estava sentada na cama juntamente a mim.

—Você pode juntar uns casais que eu shippo nas séries, né? Já vai dar uns cinquenta casais. — A garota de cabelos castanhos e rosa disse eufórica e eu arqueei a sobrancelha.

— Shippo?... deixa pra lá. Tem que ser coisa real, não fictícia. Não vivemos em uma ficção! — Expliquei sério após entender um pouco e ela suspirou derrotada.

Parou e pensou um pouco enquanto eu observava cada detalhe do seu rosto. Não que eu estivesse interessado em ficar olhando pra ela… mas ela era a coisa mais bonita dentro daquele quarto.

— Você está me encarando muito, pare com isso. — Ela falou me olhando enquanto ria e eu acabei encarando qualquer outro ponto fixo.

— Não estava olhando você! Estava olhando a porta, que porta bela! — Falei gaguejando e ela riu mais ainda.

— Tudo bem, eu também te encarei bastante hoje. Sabe eu gosto do seu cabelo castanho, eu sempre achei que o Cupido fosse loiro, mas você realmente fica bem com o cabelo assim. — Ela falou e eu acabei rindo de nervoso.

— Obrigado, eu acho. — Falei ainda olhando a porta.

— Bom, o amor é algo complicado, às vezes as pessoas se amam e vivem dizendo que se odeiam, tudo para não aceitarem a verdade, tudo porque estar apaixonado nem sempre é bom. — A garota falou pensativa e eu apenas a escutava. Ela parecia entender bem do assunto. — Amanhã você irá comigo para o colégio! Acho que vai render bons casais! — Falou novamente animada e eu acabei por concordar depois que ela implorou mais de cinco vezes.

No dia seguinte ela disse que eu teria ir de uniforme, foi um sacrifício para conseguir um, mas o importante era que havíamos conseguido. Depois nós saímos sem que a mãe dela visse e fomos até a escola. Eu reparava em todos ao nosso redor e ela cumprimentava a maioria, acho que Emily é amiga de muita gente e talvez isso me incomode um pouco, mas tanto faz. Paramos em frente ao que ela disse ser armário dela e enquanto ela guardava algumas coisas lá eu encarava cada ser humano que passava por ali, tentando ver se havia alguém apaixonado, mas estava difícil. Logo a garota de cabelos castanhos e rosas fechou o armário e então alguém veio falar com a mesma.

Ela alto e tinha cabelos pretos. — Mily! Chegou cedo hoje. — Falou e eu o encarei.

— Armin! É porque eu precisei vir mais cedo… Ah, esse aqui é um primo distante meu, Kentin. — Emily disse enquanto me apresentava e o moreno estendeu a mão para que eu o cumprimentasse.

— Olá! Você por acaso está apaixonado?! — Perguntei direto e eles arquearam a sobrancelha.

— Ele está tentando dar em cima de mim ou algo do tipo? — O moreno perguntou e Emily riu de nervoso.

Suspirei. — Não é nada disso. É só que você parece estar apaixonado, seus olhos dizem isso. — Falei calmo e a garota me deu uma cotovelada discreta.

— Tchau, Armin. Depois a gente se fala. — Emily disse e me arrastou para longe.

Até onde a cabeça oca da Emily me explicou, Armin é perdidamente apaixonado por alguém, entretanto ele nunca diz quem é, apenas fica fazendo mistério. Também havia um tal de Castiel que era apaixonado por uma tal de Ambre, ou era o contrário… não dava para entender direito com o jeito rápido que Emily dizia. De qualquer forma, eu vou formar estes dois casais, ou não me chamo Kentin Charron!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...