História O Date Perfeito - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Jeon Jungkook, Kim Taehyung, Você
Visualizações 610
Palavras 1.106
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Parte vinte e um


Fanfic / Fanfiction O Date Perfeito - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 21 - Parte vinte e um

Posso te fazer uma pergunta? — Toquei seu ombro, chamado sua atenção.

Entramos em uma loja e logo fomos atendidas. Jennie não queria ajuda de ninguém a não ser a minha. Ela caminhava pela loja sem se importar se eu estava a alcançando ou não. Ela era muito rápida, e parecia que a morena já tinha um vestido em mente.

— Seja rápida.

Jennie parou , olhou alguns vestidos e depois me olhou esperando minha pergunta. Ela estava impaciente e eu mais ainda. Não queria estar aqui, vir com Jennie não era o que eu pretendia. Ela me obrigou, me ameaçou, agora eu estava nas mãos da cobra. Como fui deixar isso acontecer.

— Como ficou sabendo do… 

— Seu segredinho com Jungkook? — Concordei. — No dia do jogo de lacrosse. Vi você e Jungkook debaixo das arquibancadas. Achei que seria interessante o assunto de vocês, e realmente foi. Olha que maravilha! — Apontou para um vestido meio rosa. Jennie o pegou e o colocou no seu corpo por cima das suas roupas. — O que acha?

— Ficaria melhor se eu visse você realmente vestida nele.

Jennie arqueou a sobrancelha e deu de ombros concordando comigo. Ela entrou no provador enquanto eu ficava a esperando. Suspirei derrotada e frustrada. Como pude deixar Jennie saber sobre Jungkook e eu? Como pude ser tão descuidada? Deveria ter tido pelo menos um pouco de atenção para ver se alguém estava nos ouvindo. Mas já era tarde, não tinha mais nada para eu fazer. Entregar a coroa e permanecer satisfeita. Esse era o único jeito de fazer Jennie ficar calada.

Caminhei pela loja , vendo cada peça de roupa. Minha mente estava avoada e mesmo parecendo calma por fora, eu estava apavorada por dentro. Espero que pelo menos Lisa ganhe a coroa, não quero que Jennie seja rainha novamente, seria horrível. Em minha frente eu vi um vestido bordado de flores com a tonalidade de pêssego. Era o vestido mais lindo que eu já vi. Mesmo não tendo um acompanhante para ir , eu queria ver Lisa ganhando a coroa.

Meu braço foi puxado fazendo meu rosto virar e olhar a tal pessoa que fez isso. Jennie estava vestida com o vestido e agora ela queria minha opinião. Não estava feio, Jennie não era feia. Mas o tom rosa do vestido não combinava nada com ela. Sua cor combinaria com um vermelho ou até mesmo um preto.

— Fala logo o que você acha. — Soltou-me , revirando os olhos sem paciência. Jennie colocou a mão na cintura e esperou.

— Por que quer minha opinião? Você me odeia e já está conseguindo o que quer. Você vai ser a rainha, me deixa em paz. — Disparei. Dei as costas para ela , pegando o vestido que me chamou atenção. Caminhei para longe de Jennie. Eu iria experimentar o vestido, mesmo não conseguindo a coroa de rainha, eu ia.

~

O banho me deixou mais calma. Estava mais relaxada e com a cabeça leve. Vesti uma roupa limpa e arrumei meu cabelo, deixando-os solto para secar. Meu cabelo estava maior desde a última vez que o medi para certificar se realmente estava crescendo. Os fios escuros batiam nos meus ombros, deixando algumas gotículas de água cair em minha roupa limpa e seca. Peguei meu celular para ver se tinha alguma mensagem das meninas. Lembrei de hoje, quando estava com Jennie no shopping, eu não devia ter a respondido de cabeça quente. Não foi uma boa ideia deixá-la sozinha. 

— Filha.

A voz da minha mãe ficou mais fácil de se escutar quando ela abriu minha porta e chamou meu nome várias vezes.

— Você tem visita, — Avisou de forma divertida. Seu olhar estava iluminado e seu sorriso grande não estava sabendo se conter. — Posso mandar subir?

— Depende de quem seja. — Coloquei o celular na cama. Minha mãe franziu a testa e me olhou de uma forma diferente. — Ok , pode mandar subir…

Ela sai do quarto fechando a porta. Me sentei na cama e me remexi , ficando mais para o meio. Tenho que mandar mensagem pra Jennie, tenho que me desculpar. Não quero que a faculdade toda fique sabendo do meu fracasso. A porta foi aberta novamente revelando a figura do Jimin ao lado da minha mãe. Em todas as pessoas que pensei, não se passou pela minha cabeça que seria o Jimin , me visitando. Afinal, o que ele estava fazendo aqui?

— Qualquer coisa é só me chamar, querido. 

— Obrigado. — Jimin entrou no meu quarto e olhou para minha mãe antes dela sair e nos deixar a sós. 

Jimin se aproximou da minha cama e sentou na minha frente com um sorrisinho torto, deixando seus olhos como risquinhos. Era muito fofo quando Jimin sorria. 

— Oi. — Coloquei uma mecha de cabelo atrás da orelha. — O que faz aqui? — Murmurei as últimas palavras, torcendo para Jimin não pensar que eu estava sendo rude com ele.

— Oi. Fiquei sabendo o que aconteceu. Jennie me contou tudo. Eu sinto muito. — Avançou um pouco para frente e seus braços me rodearam com um abraço reconfortante. — Eu sinto muito mesmo, S/N. Não queria que as coisas fossem assim. Não queria ter me afastado de você... Desculpa...

— Tudo bem, eu já descupei você...

Jimin me soltou. Sua mão tocou meu queixo, o que fez meus olhos encarem os seus. Ele sorriu pra mim esperando que eu sorrisse também, mas eu não tinha nenhum motivo para sorrir, só tinha motivos para chorar.

— Hei. Não quero que fique triste. — Seu polegar passou nas minhas áreas dos olhos, limpando qualquer vestígio de lágrimas. — Vai ao baile, não vai?! — Assenti chorosa. — Tem acompanhante?

— N-não. — Respondi a verdade, meneando a cabeça. 

Ouvi o riso de Jimin. Ele soltou meu queixo, pegando no meu rosto com as duas mãos.

— Agora tem! — Falou. Senti seu dedão fazer um carinho simples no meu rosto. — Quer ir comigo, S/N?

Toquei suas mãos e as tirei do meus rosto. Pausei sobre minhas pernas, sentindo que isso seria uma má ideia.

— Jennie vai saber que…

— Que saiba. Não quero ficar mais longe de você. — Desfez suas mãos das minhas. — Não sou amigo da Jennie, eu sou amigo da S/N Barrow. Somos amigos desde sempre, você sabia…?

Positivamente assenti. Jimin e eu éramos amigos desde sempre mesmo. Lembro que vivíamos grudados. Perder ele foi um grande choque pra mim, mas agora tudo mudou. Eu quero meu amigo de volta, quero ele apenas pra mim.

— Eu sei… eu aceito ser seu par, Jimin.





Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...