História O demonio supremo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias High School DxD, Naruto
Personagens Naruto Uzumaki
Visualizações 295
Palavras 1.193
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E ai bando! Saudades?
Então, to aqui pra conversar.
O que acontece é que eu literalmente parei de escrever fanfics, inclusive, minha pasta de fics no pc já foi pra lixeira há algum tempo.
Eu estou focando num projeto de livro que eu estou escrevendo, então acabei ficando sem tempo para fanfics.
Sei que muitos gostavam de minhas fanfics e eu nunca me senti tão famoso quanto como me senti cheguei a 190 seguidores duiaijdas
Eu deixei muitas fics para trás e até me sinto triste por isso, afinal, foi por causa das fanfics que aperfeiçoei minha escrita e hoje tenho condições de escrever um fucking livro do zero.
Agora quero saber. Vocês gostariam que eu voltasse com as fics?
Tipo, aos poucos, poucos capitulos e tals, mais quando eu ficasse sem ideia pra continuar o livro naquele momento, então escrever um ep das fics só pra dar uma animada.
E digam quais fanfics gostariam que eu continuasse primeiro, por que não sei se vou continuar todas elas agora.
Obrigado pela atenção <3
(Esse post será apagado amanhã 20:00)

Capítulo 2 - Inicio duma nova vida.


 Eles aparecem dentro duma enorme casa, era literalmente uma mansão desnecessariamente grande.

- Chegamos?

- Sim, Naru -Kaguya se afasta, sentando num dos sofás da sala- Estou cansada, lutar numa guerra cansa.

 Naruto solta uma pequena risada dando um beijo leve em Mei e vendo pelo canto do olho Kurenai ficar um pouco corada, talvez de vergonha, talvez de ciúme, descobriria mais tarde.

- Eu também estou cansado. Quero descansar um pouco.

- A casa tem cinco quartos. Vocês podem dormir em qualquer um. O do final do corredor é o maior e o que eu vou dormir com o Naru -Kaguya diz sorrindo olhando para Naruto que retribui o sorriso.

- Eu também vou dormir com ele! -Mei defende sua posição de amante de Naruto com fervor.

- E-Eu também… -Todos olham para Kurenai que estava extremamente corada.

- Tudo bem -Kaguya diz sorrindo- A cama é enorme, cabe quantas pessoas o Naruto quiser.

 Naruto solta uma risadinha olhando pela janela e vendo que já era de noite.

- Vamos dormir então?

- Sim. Amanhã logo de manhãzinha você tem colégio Naruto.

- Oi?

- É, colégio. O que você aprendeu na academia ninja é muito mais do que você vai aprender nessa escola, mas é bom para você conhecer pessoas, começando seu império dai.

 Naruto solta uma risada sem graça.

- Droga. Sempre tem alguma coisa para estragar.

 Kurenai solta uma risadinha, abraça Naruto por trás e sussurra no ouvido dele:

- Vai pro colégio direitinho que todo dia vai ter uma recompensa.

 Naruto sorri ainda mais.

- Então vamos dormir que estamos enrolando demais.

 Os quatro vão para o quarto principal, um quarto enorme onde tinha uma cama que caberia pelo menos umas 10 pessoas, na parede tinham várias guitarras penduradas e skates também, uns posters de bandas de rock e alguns rappers, além de várias action figures, com direito a action figure do próprio Naruto e da própria Kurama.

 Já na manhã seguinte, Naruto acordou com um delicioso cheiro de lamem. Estava sozinho na cama e, ao ir para a cozinha, teve uma bela visão. Suas três mulheres preparando lamem de café da manhã. Cada uma cuidava de uma coisa para deixar o lamem delicioso.

- Ohayo.

- Ohayo!

 Todas param o que estão fazendo para dar um selinho em Naruto, até mesmo Kurenai que estava tímida até o dia de ontem.

 Elas terminam o lamem e põem a mesa, se sentando todas juntas de Naruto e começando a comer conversando descontraidamente.

- Naruto. Depois da aula você vai ter academia e depois aula de guitarra aqui em casa. Se prepare.

- Mas como vou para a escola e para a academia sem o endereço?

 Kaguya bufa.

- Está aqui -Ela entrega um papel para Naruto.

- Aproveite para tentar conhecer amigos de verdade na escola Naruto -Agora foi a vez de Kurenai falar.

- Hai!

- Ah, amanhã temos compromisso -Kaguya diz dando um abraço em Naruto sendo seguida pelas outras.

 Naruto rapidamente se trocou depois de conversar com as garotas, vestiu uma camisa de manga longa preta, um colete jeans sem mangas por cima, uma calça jeans preta e um tênis que tinha no armário que tinha em seu quarto.

- Estou indo! -Naruto diz dando um beijo em todas suas mulheres e saindo com calma.

 A escola não era tão longe, apenas algumas quadras da grande mansão onde agora ele morava. Para quem morou a vida toda num pequeno apartamento, estava amando a mansão.

 Ele em pouco tempo chegou no colégio, não deu nem dois minutos no pátio quando o sino tocou. Procurou a diretoria e facilmente achou. Sua sala era a 3-A (Não lembro a sala do Issei e da Rias e pá) e seu lugar era logo atrás duma ruiva chamada Rias Gremory.

 Ao entrar na sala a aula toda parou, a professora sorriu ao ver todas as garotas sussurrando por causa de Naruto.

- Minna, esse é o aluno novo.

- Prazer minna, meu nome é Naruto Uzumaki, espero que cuidem bem de mim.

 Todos gritam um “Bem-Vindo!” e Naruto se senta em sua carteira, dando continuidade à aula.

 O sino depois de três aulas bate, finalmente intervalo.

 Naruto pega um Bentō que Kaguya havia preparado para o mesmo e foi para o terraço.

 Já no terraço, Naruto sentiu algumas presenças o observando, eram três para ser mais exato. Duas delas eram extremamente poderosas enquanto a ultima era um tanto fraca.

- Saiam de onde se escondem -Naruto diz em voz alta e clara se sentando na beirada do terraço enquanto come o Bentō.

- Droga. Como você nos descobriu? -UM garoto de cabelos castanhos diz enquanto sai de seu esconderijo junto da ruiva que sentava na frente de Naruto e junto de uma morena que, na opinião de Naruto, era linda.

- Vocês têm uma aura muito forte e eu tenho capacidades sensoriais acima da media.

- Você não é humano, não é? -A ruiva diz se aproximando.

- Mais ou menos. E você?

- Eu sou um demônio, meu nome é Rias Gremory. Prazer em conhece-lo.

- Você conta que é um demônio para qualquer um que perguntar?

- Não. Eu apenas acho que posso confiar em você.

 Os três se sentam ao lado de Naruto.

- Pode mesmo. Não sou de relevar segredos.

- Entendi… -Rias dá uma pausa- Você é novo aqui, não é?

- Sim. Meu nome, como eu já disse, é Naruto Uzumaki. Não te explico o que eu sou pois daria muito trabalho. Apenas saiba que eu posso ser tão poderoso quanto um deus.

- Misterioso, gostei -A morena diz com um tom malicioso.

- Qual seu nome, morena-chan?

- Akeno Himejima loirinho-kun.

 Naruto sorri se levantando e deixando o bento no chão, se aproximando de Akeno por trás e abraçando ela, aproximando sua boca de seu ouvido.

- Moreninha-chan, garanto que gostará de mim por inteiro.

 A brincadeira acaba quando o sino toca e Naruto se afasta de Akeno que bufa brava.

- Naruto, nos encontre no clube de ocultismo depois da aula, quero te fazer uma proposta.

- Depois da aula não vai dar, tenho academia.

- Então depois da academia, pode ser?

- Claro.

 Eles voltam para a sala e esperam as ultimas aulas passarem, até que o sino que os liberava toca e Naruto vai embora para a academia.

 Ele nunca havia visto aquelas maquinas que haviam na academia, para ele tudo era muito novo, por isso precisou da ajuda de um instrutor, mas facilmente pegou o jeito e surpreendeu por já levantar mais de cem quilos em cada braço. Muitos da academia achavam que ele tomava bomba, mesmo que ele sequer soubesse o que era isso.

 Ele ficou até umas quatro horas da tarde na academia até que decidiu sair e ir para o clube de ocultismo. Já na rua, ele foi abordado por três homens.

 Um era baixo, extremamente gordo e fumava um cigarro. Outro era bem alto, musculoso e tinha uma cara de quem não estava nada feliz. O ultimo era alto, esguio e com braços extremamente longos.

- Entregue todos os seus pertences e ninguém sairá machucado.

Continua…


Notas Finais


E ai bando! Saudades?
Então, to aqui pra conversar.
O que acontece é que eu literalmente parei de escrever fanfics, inclusive, minha pasta de fics no pc já foi pra lixeira há algum tempo.
Eu estou focando num projeto de livro que eu estou escrevendo, então acabei ficando sem tempo para fanfics.
Sei que muitos gostavam de minhas fanfics e eu nunca me senti tão famoso quanto como me senti cheguei a 190 seguidores duiaijdas
Eu deixei muitas fics para trás e até me sinto triste por isso, afinal, foi por causa das fanfics que aperfeiçoei minha escrita e hoje tenho condições de escrever um fucking livro do zero.
Agora quero saber. Vocês gostariam que eu voltasse com as fics?
Tipo, aos poucos, poucos capitulos e tals, mais quando eu ficasse sem ideia pra continuar o livro naquele momento, então escrever um ep das fics só pra dar uma animada.
E digam quais fanfics gostariam que eu continuasse primeiro, por que não sei se vou continuar todas elas agora.
Obrigado pela atenção <3
(Esse post será apagado amanhã 20:00)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...