1. Spirit Fanfics >
  2. O Depois >
  3. Seguindo a vida

História O Depois - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


"Nem todo ponto final indica fim de história, pode ser só o começo de um novo parágrafo."

Capítulo 13 - Seguindo a vida


Fanfic / Fanfiction O Depois - Capítulo 13 - Seguindo a vida

 

Então aproveitei a noite com minha família, fomos para o quarto de volta e resolvemos tudo, banho, cama, roupa para o dia seguinte, isso me fez lembrar de uma velha lembrança da outra vida que eu tive, era onde todos faziam as coisas por nós, sei que se eu falasse isso alto agora, iria ser repreendida. “Nárnia é lembrança Susan” o diria se eu comentasse.

Era noite e nos preparamos para dormir, nessa eu e ele tivemos nosso memento depois que nossos filhos foram dormir, ele resolveu falar:

_ Amor, isso é um momento único para nos ter uma intimidade agora, eles foram dormir, então...

Depois do nosso namoro, descansamos e eu até fiquei mais feliz, nos beijamos mais e estava com saudades disso desde que chegamos.

_ Você continua sendo sexy, amor.

_ Obrigado. Diz ele me beijando mais, nossas bocas estavam sedentas disso depois de tantos problemas. Esse momento posso registrar para sempre, mesmo que as coisas estão assim nos amamos.

Dormimos bem, foi uma noite gostosa e no dia seguinte, nos arrumamos para o passeio juntos, fomos ao central parque, estavam todos andando com suas crianças e cachorros, foi muito gostoso. Rilian e Lila correram e foi só risadas, e Henry comentou comigo:

- Na minha infância costumava gostar de correr junto com meus amigos, chegamos a ganhar algumas competições na escola, era muito bom. Vendo nossos filhos, espero que eles sejam campões assim como eu fui.

 

- Pode ser que Rilian seja da natação, nesse semestre ele ganhou ouro na escola nos 100metros.

- Uau! Então a família será de medalhistas.

- Vamos ver, espero que venha. Pode ser que eles vão as olimpíadas.

- Espero, será uma honra.

Na hora que eu disse isso, Lila deu um show na corrida, Rilian foi mais engraçado, tentou chegar sem sucesso. Mas isso não deixa de ser um campeão para mim.

Durante minha infância eu costumava nadar e ganhei competições na escola e brincava de bola com meus irmãos enquanto Lúcia lia os livros dela... oh tempo que não volta mais, queria que eles tivessem aqui comigo. Esse local está muito agradável agora que é verão.

E logo Henry decide comprar sorvetes, as crianças vem até mim, estão suadas e logo falo:

É, pelo visto teremos que vir mais, amei ver vocês correndo.

- Ah mãe, é maravilhoso. Diz Lila.

_ Você quase me matou- Reclama Rilian.

-Rilian, o importante é que vocês estão se divertindo. Digo.

_ Mae, ela me fez correr!

_ Isso é bom filho, espero que tenhas mais dias como esse.

_ Rilian, você precisa gostar. Argumenta Lila.

_ Então, sei que você vai conseguir.

Nessa ele fica quieto e não discute mais, sei que ele queria ir piscina e logo falo:

_ Amanhã iremos ao clube depois, que tal?

Na hora que eu disse isso, ele se animou todo. Esse é meu garoto.

Narradora on

Assim eles seguiram os dias, dividiram entre o central parque e foram ao clube, não esqueceram dos outros lugares, olharam tudo com muita atenção, cada detalhe era importante para eles, era uma hora de ter as férias mais legais possíveis. Não tinham a câmera mais só de aproveitar era a chave, tiraram foto nos lugares, mesmo sendo um pouco caro, mas não ligaram. Ela pretendia montar um quadro com toda essa viagem na sala deles, decorar como se fosse a volta ao mundo.

Susana e Henry namoraram nas horas que as crianças descansavam e assim foi até a volta para casa, escreveram suas memórias e tudo ficou no outro local. Seria mais uma confusão para eles falar das terras mágicas, Henry baniu isso. Mas isso não fez com que ela esquecesse de novo, pelo contrário, respeitasse o momento.

Aslam sabia dessa situação e não esqueceu dela, sabia que ela tinha a família dela, mas que não iria prolongar o tempo dela, logo ela iria ter a hora dela. Sabemos que nossa vida aqui nesse mundo é um sopro.

Na volta da viagem, ainda tinham muito tempo de férias, então viajaram para outros países dentro da Europa: Irlanda, Escócia e País de Gales. Nessa as crianças foram a casa de um professor, mas não era parecida com a que Susana foi quando era menor. Tomaram banho de cachoeira, colheram frutos da época, amavam pomares, era um conhecimento divertido para eles, além dos sucos diferentes.

Sabemos que é difícil curar o que foi “tirado” de nós, mesmo que foram para um lugar melhor que esse mundo, sabemos que aquele tempo foi 15 anos, não podia ser mais, era o destino. Essas viagens eles se aventuraram em países não mais onde ela era chama de Rainha. Aquela guerreira se foi, ficou uma mulher séria com sua família e momentos que precisavam ter. Ela presenciou os momentos dos filhos nadando na piscina, correndo, olhou as lojas com a família, além de comprar algumas coisas para recordar.

Voltando para sua rotina normal, contou ao gerente da loja tudo, deram boas risadas, quando foi ver as vendas da loja, estavam todas normais, sabia que podia confiar nele.

Ela viu que as vendas aumentaram, então teve a ideia de encomendar mais coisas, principalmente maquiagens e abriu uma loja de lingeries. Nessa foi trabalhoso, mas deu certo, pois seu estabelecimento de beleza estava lucrativo e apostou nessa outra área.

Essa etapa da vida dela, não era só agregar era mais uma direção ao crescimento como empresária, foi ganhando outros clientes e as coisas estavam um sucesso só, até outras lojas pediam para revender a marca da Susan Pevensie. Chegou a ganhar prêmios e inspirar outras pessoas no ramo dos negócios, principalmente seu gerente que abriu um negócio também, mas no ramo das roupas.

Diante de tudo isso, as vezes preferia ficar sozinha, pensar nas coisas e decisões que tomou, na vida que ela tem com a família, tudo é precioso, passou a ver que a futilidade afastou ela de seis pessoas preciosas da vida dela, mas deu a segunda chance de ter com o marido e os filhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...