1. Spirit Fanfics >
  2. O depressivo (Jimin) >
  3. Photograph

História O depressivo (Jimin) - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


OIIIIIIIII AMORES
POSTEI E FUI
https://open.spotify.com/track/1HNkqx9Ahdgi1Ixy2xkKkL (Photograph - Ed Sheeran)
ENJOY!!!

Capítulo 12 - Photograph


Fanfic / Fanfiction O depressivo (Jimin) - Capítulo 12 - Photograph

Anteriormente...

Peguei a (S/N) no colo e corri até meu quarto, nós dois estávamos rindo. Deitamos na cama e nos cobrimos. Agarrei a cintura dela e ficamos de conchinha.

JM: - Boa noite pequena.

(S/N): - Boa noite Jiminie.

Agora...

(S/N) P.O.V.s ON – Manhã de quinta-feira (06:35)

Acordei com a luz do sol invadindo todo o quarto, estava deitada no peito de Jimin enquanto o mesmo abraçava minha cintura. Como alguém poderia ser tão fofo dormindo? Decidi deixa-lo dormir mais alguns minutinhos enquanto eu me arrumava.

Levantei e fui ao banheiro fazer minhas higienes matinais, mas quando fui trocar de roupa lembrei que não passei em casa para pegar o uniforme, então saí do local onde me encontrava e fui ver se tinha algo parecido no meu closet. Entrei e me deparei com um uniforme novinho em cima do sofá, não acredito que Jimin tinha comprado, ele é mesmo prevenido, peguei e me troquei lá mesmo.

Voltei para o quarto de Jimin e o mesmo ainda se encontrava dormindo, como eu já tinha me arrumado resolvi o acordar para agradecer o novo uniforme.

(S/N): - Jiminie acorda. – o cutuquei, mas ele só resmungou – Jiminie. – o chamei mais uma vez, porém agora dei um beijo na sua bochecha.

Ele abriu os olhinhos bem devagar e sorriu.

JM: - Gostei de ser acordado assim.

(S/N): - Não tinha outro jeito, você só dorme. – ele fez uma careta muito fofa – Ah, e obrigada pelo uniforme. – fui abraça-lo.

JM: - Ah, por nada minha pequena criaturinha fofa. – fiz uma careta.

(S/N): - Me chamou de criatura? – perguntei emburrada, ele riu e saiu correndo até o banheiro – Park Jimin volta aqui!

Ele trancou a porta e eu fiquei batendo do lado de fora.

(S/N): - JIMINNNNN ABRE ESSA PORTA AGORA! – conseguia escuta-lo rindo.

JM: - Não vou abrir porque se eu fizer isso você vai poder me bater.

Continuei batendo e tentando empurrar a porta, mas quando fui empurrar de novo a porta abriu e caí em cima de Jimin. Nos encaramos por um instante e quando percebi o estado em que nos encontrávamos, ficamos vermelhos e ele ao invés de me levantar me roubou um selinho. Tentei sair de cima dele, mas ele segurou minha cintura, me prendendo ali.

JM: - Você ainda vai bater em mim? – neguei com a cabeça – então me dá um beijo.

(S/N): - Por que?

JM: - Porque eu estou pedindo. – me olhou com uma carinha fofa.

(S/N): - Aish, tá bom então. – dei um beijo em sua bochecha.

JM: - Não era na bochecha (S/N).

(S/N): - Então aonde era? – fiz cara de inocente.

JM: - Aqui! – ele apontou para sua boca.

(S/N): - Você não tinha dito onde queria, então dei aonde achei que seria.

Ele deixou seus braços frouxos e foi o momento perfeito para que eu corresse até a cama.

JM: - Só não vou atrás de você porque daqui a pouco temos aula.

(S/N): - Vai se arrumar logo Jimin e não esquece as lentes.

JM: - Por que quer tanto que eu use lentes?

(S/N): - Porque achei que seria bom você mostrar para os que sempre te zoam, que você é perfeito. – o vi sorrir de lado.

JM: - Tudo bem, mas já aviso que é só por hoje.

(S/N): - Ebaaaaaa.

Enquanto Jimin estava no banheiro se arrumando, eu fui ligar para a minha omma. Embora eu não tivesse avisado a ela aonde e com quem passei a noite, ela não se importa muito porque diz que preciso viver como se cada minuto fosse o último, ou seja, para aproveitar a vida antes que ela acabe. Ser pobre me ensinou muitas coisas e uma delas é que não precisamos de muito, apenas aqueles que amamos.

LIGAÇÃO ON

(S/N): - Bom dia omma!

O: - Bom dia minha filha!

(S/N): - Omma você viu no jornal o que aconteceu comigo, não viu?

O: - Sim eu vi, fiquei preocupada! Te liguei várias vezes ontem e você nem atendeu, nem sei onde passou a noite, com quem ou...

(S/N): - Eu estou bem omma, passei a noite na casa do Jimin, ele é muito gentil de ter me deixado dormir aqui e foi ele que me salvou do RM.

O: - Minha filha está toda apaixonada, o Jimin é um bom garoto, consegui perceber isso no momento em que o vi pela primeira vez. Eu sei que se ficar com ele, você vai ser feliz.

(S/N): - Você estava certa quando disse que eu gostava dele mais do que um amigo, só tive medo de admitir.

O: - Filha, lembra do que eu sempre te dizia? Que não importa o quanto de dinheiro que você tem e sim o amor, que sempre vence qualquer situação. Eu sei quem é o appa do Jimin, sei que ele é um dos CEOs mais importantes do mundo, sei que eles tem muito dinheiro, mas se você prestar atenção no garoto de quem gosta, vai ver que ele não é tão feliz só porque é rico.

(S/N): - Você tem razão omma, ele tem depressão e nessas horas o dinheiro não pode fazer nada, apenas piorar a situação. Omma, volto para casa hoje, mas só não sei que horas.

O: - Tudo bem, boa aula e tenha cuidado, sei que o RM foi preso, mas nunca se sabe.

(S/N): - Obrigada omma, vou ter cuidado e te amo muito.

O: - Também te amo.

LIGAÇÃO OFF

Jimin saiu do banheiro bem na hora em que eu havia terminado de falar com minha omma.

JM: - Vamos descer para tomar café. – concordei com a cabeça, mas aí me lembrei que não sabia onde estava minha mochila.

(S/N): - É...Jimin você sabe onde minha mochila pode estar?

JM: - Está ali junto com a minha, pedi para o hyung Lee buscar lá na escola.

(S/N): - Ah, obrigada Jiminie.

Ele pegou minha mão e me levou escadas abaixo, deixamos nossas coisas na sala e fomos rumo a cozinha. Tinha uma senhora cozinhando, que parecia ser muito simpática e, como não a conhecia decidi me apresentar.

JM: - Bom dia noona!

(S/N): - Bom dia senhora, sou a (S/N), uma amiga do Jimin. – ela sorriu para mim.

SZ: - Bom dia meus queridos, sou a Suzy, cozinheira da mansão Park. É um prazer conhece-la.

(S/N): - O prazer é todo meu senhora. – sorri para a senhora.

SZ: - Ora essa, me chame apenas de unnie e fiquem à vontade para se sentarem.

(S/N): - O cheiro está maravilhoso.

JM: - Não é só o cheiro, a comida dela é a melhor de todas.

SZ: - Aqui está. – ela disse colocando tudo na mesa – comam.

Comi um pouco de tudo o que tinha na mesa, estava realmente perfeito. Jimin ainda estava terminando quando eu levantei para lavar a louça que tinha sujado.

SZ: - Minha querida, o que está fazendo?

(S/N): - Só lavando a louça. – ela negou com a cabeça.

SZ: - Ah, mas nem pensar. Você é convidada, pode deixar comigo.

(S/N): - Mas é que... – ela me interrompeu.

SZ: - Entendo que queira ser gentil, mas vocês tem aula, já para a escola, os dois.

(S/N) e JM: - Sim senhora! – fizemos pose de militar e nós três estávamos rindo.

SZ: - (S/N), será que você poderia esperar o Jimin na sala? – assenti – Preciso conversar com ele.

(S/N): - Tudo bem, até unnie!

SZ: - Até, minha flor.

Fui esperar Jimin na sala enquanto ele conversava com a unnie. Fiquei pensando no que a gente tem, não sei se somos amigos, colegas, amigos coloridos...Aish, que confusão, a gente se beijou, mas não sei o que isso significou para nós dois, para mim foi muito importante, é claro, mas para o Jimin, eu não sei.

JIMIN P.O.V.s ON – Na cozinha

SZ: - Então o senhor aparece com uma garota do nada e nem me conta?

JM: - Nos conhecemos há pouco tempo e somos apenas amigos.

SZ: - Sei, sei. Park Jimin, eu te conheço faz muito tempo e você vem falar para mim que você e a (S/N) são só amigos. Consigo perceber que vocês dois se amam só pelo modo que se olham.

Corei um pouco nessa hora, ainda mais porque o hyung Lee apareceu para entrar na conversa.

L: - A Suzy tem razão Jimin, vocês se amam e não podem continuar negando esses sentimentos.

JM: - Aish, eu sei, mas olha para mim, sou só um nerd que é zoado todos os dias, por todo mundo. Vocês mais do que ninguém sabem que eu preciso de tempo para entender meus sentimentos, sabem que a minha depressão já está num estado crítico, então só me deem um pouco de tempo.

L: - É claro.

SZ: - É que faz tanto tempo que não vemos você tão alegre e feliz, sabe? Essa garota é a causa de toda essa sua felicidade.

JM: - Talvez, mas ela não iria querer namorar um perdedor com eu. Quero que ela namore alguém bom o suficiente e não que esteja sempre se cortando ou chorando...

L: - Sabemos que sua vida não tem sido fácil, mas acredito que com a (S/N) você vai encontrar a felicidade.

SZ: - Olha, depois a gente conversa melhor porque agora você tem que ir para a escola. Seu appa saiu hoje bem cedo e pediu para avisar que volta de Londres na próxima semana.

JM: - Tudo bem, tchau.

SZ e L: - Tenha um bom dia!

(S/N) P.O.V.s ON – Na sala

Vi que Jimin estava voltando, então peguei a minha mochila e ele pegou a dele.

JM: - Vamos?

(S/N): - Sim.

Peguei meu celular e os fones, coloquei um lado e Jimin o outro, decidi colocar a música Photograph, do Ed Sheeran, uma das minhas preferidas e fomos caminhando até a escola.

A música acabou quando chegamos, passamos pelo portão e muita gente olhou para o Jimin, confesso que fiquei com ciúmes, tinha muitas garotas o admirando e não gostei nem um pouco.

Fui deixar algumas coisas no meu armário e pegar outras, Jimin fez o mesmo, já que nossos armários eram um do lado do outro.

JM: - (S/N) você está bem? – perguntou preocupado.

(S/N): - Sim. – respondi seca.

JM: - O que foi?

(S/N): - Nada não.

JM: - (S/N) olha para mim. – disse sério.

(S/N): - Pra que?

JM: - Você está chateada, me conta o que foi.

(S/N): - É que desde a hora que você passou pelo portão, as garotas só olham para você e...

JM: - Ciúmes dona (S/N)?

(S/N): - Uhum. – confirmei com a cabeça.

JM: - Quer que eu coloque meus óculos?

(S/N): - Você decide, afinal é seu corpo.

JM: - Como eu sei que você vai continuar emburrada se eu não colocar os óculos de volta, eu vou por.

(S/N): - Tá, mas vamos logo para a sala se não o professor não vai nos deixar entrar.

O puxei pela mão e fomos rumo a sala de aula. Sentamos nos mesmos lugares e o professor apareceu.

PROF: - Bom dia alunos! Hoje quero que o aluno novo se apresente por favor.

Um garoto levantou e foi até a frente da sala.

JN: - Sou o SeokJin, tenho 17 anos e fui transferido de Daegu. Espero me dar bem com todos.

Aquela voz me parecia familiar, mas deve ser coisa da minha cabeça.

Continua?


Notas Finais


OBG POR LEREM
AMO VCS
BJS >3<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...