História O despertar de um amor - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Homem Com Homem, Naruto, Naruto Uke, Romance, Sasuke, Sasuke Seme, Sasunaru
Visualizações 63
Palavras 2.838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então, irei postar a cada dois dias, esta estória já tá concluída.
Comentários são bem vindos. Obrigada aos favoritos..❤️

Capítulo 3 - Apaixonados?


"Eu não sei exatamente que sentimento é esse nascendo aqui dentro, nunca havia sentido isso antes por ninguém e não sei como explica-lo. É algo que mexe com todo meu corpo quando nossos olhares se cruzam e um sorriso bobo brota no meu rosto, desejo ser tocado por ele, quero sentir seus braços me envolverem em um forte abraço enquanto seus lábios distribuem beijos por todo meu rosto até tocar meus lábios num beijo avastalador, mas isso tudo é loucura além de tudo Sasuke é homem e eu tambem. Não posso me apaixonar por ele, sei que não devo, porém acho que já é tarde de mais pois o maldito culpido me acertou em cheio quando mirou aquela porcaria de flecha em mim.

Será que estava realmente se apaixonando pelo Teme?" Não conseguia parar de pensar enquanto descansava deibaxo de uma ernome árvore flor de cerejeiras.

Porém foi tirado de seus pensamentos ao ouvi uma voz muito conhecida lhe chamar.

— Oi Naruto, tudo bem ?— Uma jovem de lindos olhos pérolas e cabelos curto azulados, sorriu ao perguntar.

— Oh é você Hinata, estou bem sim. O que faz por aqui? — Naruto questionou curioso olhando pra colega de sala. O loiro ainda estava sentado sentindo a brisa do vento em suas madeixas loiras.

— Nada demais, é que eu estava em casa e vi o momento que você passou lá na frente — Hinata respondeu enquanto se sentava ao lado de Naruto embaixo da árvore — Hum, posso lhe pergunta algo ? — A joven disse ao sorrir docemente encarando os olhos azuis que lhe encarava curiosos.

— Mas é claro, o que foi ? — O jovem perguntou sem conter a ansiedade.

— Naruto, você ama alguem ? — A azulada perguntou na lata, fazendo o Uzumaki ficar pálido, parecia um fantasma.

A menina podia jurar que o loiro havia morrido, pois em um momento estava branco igual uma folha de papel e nem respirava, mas depois ficou vermelho parecendo um tomate.. e respirava tão rápido que até parecia ter corrido uma matarona.

Hinata sorriu diante a reação do amigo, estava tão nítido como águas cristalina a resposta para sua pergunta.

— Nani? — exclamou confuso, ainda tentando digerir a pergunta.

— Eu perguntei se você está apaixonado por alguem? — Hinata riu divertida, porém repetiu a pergunta de forma mais direta. Mas a resposta estava estampado em seu rosto.

— Mas por que está perguntando isso derrepente ? — gaguejou, céus havia esquecido como era falar corretamente. Ele tinha que falar um " Apaixonado? Eu? Até parece. Mas meio que tô arrastando um caminhão bitrem por um emo sabe? Porém não é amor, eu só quero vê ele chamar de largatixa ao me jogar contra a parede,. Mas isso não é nada .. não tem nada ver sobre amor ..tá mais pra brotheragem sacou? É isso pode crer.

— É que você mudou muito recentemente, está diferente ..tipo mas feliz sabe? Pela primeira vez consigo enxergar vida em você e não apenas como se você fosse um robô. Então pensei que tivesse se apaixonado por alguém — Hinata estreitou o olhar em direção ao loiro como se falasse " Eu sei que tô certa, não adianta mentir ", Naruto se encolheu contra a árvore e engoliu em seco, se sentia uma criança que foi pego no fraga por ter feito algo errado.

O Uzumaki colocou as mãos no rosto sentindo suas bochechas queimando de vergonha, dobrou suas pernas contra seu peito e abaixou a cabeça se escondendo todo.

— Bem, eu não sei te responder assim se estou apaixonado ou não, mas quando eu estou com essa tal pessoa eu me sinto meio sem geito, e parece que meu coração bate mias rápido, no começo pensei que estava doente e iria morrer, fiquei tão desesperado que fui no médico e ele descartou essa possibilidade e me deu o número de um psicólogo — O jovem confessou manhoso ao fazer um biquinho por lembrar do acontecimento — E tipo eu falo muito mais que o normal perto dele, assim tenho a chance de ficar mais tempo perto dessa pessoa. Tudo que quero é está ao seu lado, não sei muito bem que sentimento é esse tô sentindo — Revelou sincero meio sem geito, apesar da vergonha se sentia aliviado por se abrir com alguém.

Hinata sorriu e colocou suas mão no rosto de Naruto, e fez um leve carinho no rosto do amigo.

—Naruto parece que você está realmente amando essa pessoa, e isso que está sentindo é o sentimento mais lindo que o ser humano pode sentir por alguém — ela falou carinhosamente encarando os olhos azuis que estavam marejados — Amar .. e ser amado é algo tão mágico, que nos fazem sentir sensações inexplicáveis, por isso não precisa te medo ou temer, só se joga de cabeça e viva esse sentimento lindo que tá nascendo aí dentro — falou sincera limpando as lágrimas que descia pelo rosto do loiro, esse estava emocionado pelas palavras da amiga.

— Isso não é possível, não posso me apaixonar por essa pessoa,seria um amor impossível — Nauto diz abaixando a cabeça pensando na possibilidade de está apaixonado por Sasuke, isso é impossível, o Uchiha é um homen e mesmo que eu esteja amando ele jamais me corresponderia .

Porém não ia mentir que estava com medo, era tudo muito novo..

—Naruto, escuta bem o que vou te dizer, quando é amor verdadeiro não existe isso de certo ou errado, se é impossível ou não, seja proíbido ou deixa de ser, mas quando a gente ama ficamos mais forte e lutamos por esse amor. Fazemos de tudo pra vê quem amamos feliz — Hinata falou ao se levantar e limpa as gramas que ficou grudada nas sua veste — Então agora vou indo, pense nisso com carinho Naruto , toda forma de amor é válida — Disse ao se despedir e indo embora. Deixando o amigo sozinho novamente, enquanto travava uma guerra com os próprios pensamentos.

Ouvir aquilo foi tão bom, pois lhe fez entender que aquele sentimento que estava sentindo não era errado, não tinha razão de temer afinal ele era um Uzumaki e Uzumakis nunca desistem, mesmo que tivesse que enfrentar o mundo ao menos lutaria e se não desse certo, ele ficaria tranquilo pois havia tentado.

Naruto se deitou e começou a pensar no que sentia por Sasuke, respirou fundo e deu um largo sorriso, já havia decidido que iria lutar por esse amor, mesmo não sendo correspondido só ficar ao lado de quem amava era o suficiente, faria de tudo por quem amava até mesmo dá sua vida. Mesmo que para isso tivesse que esconder esse amor que sentia crescer cada vez mais dentro dele.

Estava treinando mas não conseguia me concentrar, só pensava no dono dos olhos cor de onix a cada segundo. A cada oportunidade sempre ia vê lo treinar e ficava o observando de longe, era impossível não se admirar com a garra do moreno para alcançar seu objetivo e ele não ia ficar pra trás, tinha que se manter focado e ficar mais forte ou não poderia proteje-lo e nem as outras pessoas importante na sua vida.

Numa tarde ensolarada estava praticando os golpes para a competição que teria logo em seguida, mas acabou perdendo a concentração e se machucou ao torcer o tornozelo " Céus como posso ser tão descuidado só por ouvi a voz dele ? " pensou ao ir mancando devagar, na direção de onde vinha a voz do Uchiha.

— Você tem andado muito com o Naruto ultimamente, não é Sasuke? — A rosada perguntou ao irmão mais novo lhe provocando.

—Isso não é da sua conta — Sasuke respondeu friamente, afinal não devia explicação a ninguém muito menos a irmã.

— Vocês viraram amigos não é? — A rosada ainda insistiu no assunto sorrindo sarcasticamente, pois não era tola já havia notado o clima que existia entre os meninos.

Porém Sasuke preferiu não responder ou com toda certeza falaria merda.

— Irmãozinho não me diga que você está gostando de verdade do Naruto? — perguntou, ato que fez o Uchiha corar da cabeça aos pés, porém é lógico que ele tentou disfarçar.

Naruto levou um susto ao ouvi a conversa escondido, não que ele fosse esse tipo de pessoa mas acabou acontecendo de ele está lá na hora e pá, seu coração perdeu o controle novamente e batia a mil km/h, estava tão nervoso que até esqueceu a dor insuportável que sentia no pé.

Será que Sasuke também gostava dele? pensava mas achava a idéia absurda demais.

— Cala a boca Sakura, não diga besteiras — Sasuke gritou de raiva ao ouvir tal pergunta . Isso era impossível "Eu apaixonado pelo Naruto? Jamais ", não tinha obrigação e nem vontade nenhuma de responder nada a ela, pensou ao se virar pra sair dali.

Ao ouvi aquilo Naruto não pode controlar as lágrimas, como se seu coração houvesse sido partido em milhares de pedaço, a dor no pé não era nada comparado as palavras que saíram da boca do moreno.

Sabia que era impossível Sasuke gostar dele.. porra é lógico que sabia disso , mas ouvir as palavras da boca dele já era outros quinhentos e isso doía pra caralho, as porcarias das lágrimas desciam livramento por seu rosto de uma forma incontrolável, saiu daquele lugar o mais rápido possível pois sentia seu pé latejar de dor, não queria se visto e ainda mais por Sasuke.

Ele havia aceitado serem amigos e isso já era mas que o suficiente, não poderia ser egoísta e querer outra coisa.

— Espera Sasuke, eu só estava brincando — diz Sakura gritando pelo irmão na tentativa de se desculpar, já que acreditava ter passado dos limites.

— E uma coisa, o que eu sinto pelo Naruto é problema meu, então por favor não se intrometa — Sasuke falou de forma fria deixando a irmã de boca aberta com a resposta.

Não estava esperando por aquilo..

—Mas o que ? — Sakura falou dando um leve sorriso de lado, estava melhor do que ela pensava.

Era um sábado de manhã, Naruto estava sentado perto de uma cachoeira da redondeza, seu pé ainda doía muito, o pequeno havia passado a noite inteira chorando que até se esqueceu que tinha se machucado, precisava esconder ou não poderia participar da competição pois caso alguém descobrissem ele seria desclassificado. Apesar de tudo que houve iria ser forte pra ficar ao lado do Uchiha, até agora estava tudo bem e ninguém havia percebido que tinha lesionado o pé, teria que aguentar só por mais uma semana e se fosse por quem amasse aguentaria qualquer dor.

Até que sentiu alguém chegar do seu lado, sem nem mesmo olhar quem era já sabia que se tratava de Sasuke, pois seu coração traíra lhe fez o favor de avisar. Naruto abaixou a cabeça escondendo o rosto entre o joelho, não queria encarar Sasuke naquele momento, ainda não estava preparado mentalmente.

— Naruto o que houve com seu pé? — sasuke perguntou preocupado sentando-se ao lado do Uzumaki. Havia percebido que Naruto não estava bem, o menino tinha chorado e ainda estava com o pé machucado. Sasuke notou na hora, assim que seus olhos encararam Naruto ele soube que seu loiro estava diferente.

— Eu estou bem — Naruto respondeu baixinho ainda escondendo o rosto nos joelhos.

— Por que você estava chorando? Eu sei que não está bem, ta sentindo dor e ainda chorou a noite inteira. Eu te conheço não tem como mentir pra mim ou esconder algo — Sasuke falou suavimente olhando pra Naruto que estava de cabeça baixa — Eu gosto que me olhem nos olhos enquanto estou falando— advertiu sério erguendo a cabeça de Naruto para que pudesse encará-lo.

— Não me olhe desse jeito — Naruto pediu sentindo suas bochechas corar, tampou os olhos azuis que estavam vermelho de tanto chorar.

— Não tampe seu rosto, deixa-me te vê — Sasuke ordenou tirando devagar as mão do Naruto da frente do seu rosto e olhando aqueles maravilhosos olhos azuis inchados pelo choro — O que aconteceu, por que está chorando?— perguntou sem disfarçar a preocupação em sua voz, enquanto acaraciava os cabelos loiros de Naruto.

— Não foi nada, só não fica tão perto se não irão pensar coisas erradas de nós e eu não quero lhe causar problemas — falava em meio a soluços. Quando havia começado a chorar de novo?

— Do que você esta falando? — Sasuke perguntou com uma expressão confusa no rosto.

— Eu ouvi sua conversa com a Sakura ontem, me desculpe não foi por querer eu juro, mas acho que causarei problemas se continuar ao seu lado, por isso decidir me afastar assim evitarei mais dor de cabeça pra você — Falou gaguejando sem conseguir evitar as lágrimas que escorria como cachoeiras por seus olhos.

Sasuke sorriu de lado entendendo o que realmente tinha acontecido, ele se aproximou do pequeno e envolveu seu pescoço num abraço apertado, sussurou bem próximo ao ouvido do loiro causando arrepios em lugares inimagináveis .

— Não pense nessas tolices, eu já lhe disse que você não me atrapalha em nada, e não se importe com o que os outros pensam, afinal somos amigos - afirmou sério, com uma de suas mão puxou a cintura de Naruto e o apertou contra seu corpo enquanto a outra acariciava as madeixas loiras.

— Mas mas — Naruto estava vermelho de vergonha e seu rosto completamente corado, malemar conseguia pronunciar uma palavra sem gaguejar ou ter uma pane — Mas .. mas eu vou acabar te atrapalhando em algum momento e eu não quero isso e..ee — Porém antes que o Uzumaki pudesse dizer só mais uma palavra. Sua boca foi calada quando os labios finos de Sasuke tomaram os seus em um beijo.

Beijo esse que acabou na mesma velocidade que começou, ou seja, rápido demais na opinião do loiro.

— Você fala de mais Naru — Sasuke sorriu ladino ao se afastar dos lábios de Naruto observando a forma que o outro ficou imóvel e vermelhinho.

"Tão fofo" pensou acariciando o rosto que possuía três risquinho de cada lado.

— Eh ?— Foi a única coisa que Naruto conseguia falar, ainda se sentia aéreo tentando entender o que havia acontecido ali.

— Não me entenda errado, mas eu não sabia o que fazer para você ficar quieto, essa foi a única maneira mais eficaz que pensei e deu certo — O Uchiha explicou sério e com o tom frio que sempre usava com todos, mas não conseguia esconder o pequeno sorriso de quanto que insistia aparecer em seus lábios, a reação do loiro era impagável.. Naruto com toda certeza era o ser mais fofo que conhecia.

— Tudo bem, desculpa — Naruto pediu tentando controlar o máximo que podia suas emoções que estavam em estado de ebulição, e tinha certeza que a qualquer momento ele acabaria explodindo, por um instante achou que Sasuke o havia beijado por que lhe desejava também ou algo assim, mas pelo geito estava completamente errado, o beijo não passava de uma forma pra calar a merda de sua boca.

Custava ele gritar como sempre gostava de fazer.. tipo "Naruto cala a porra da boca" ..mas não, ele tinha que me beijar, grande ideia Uchiha, quem é Einstein perto de você? Moreno Idiota.

— Mas me fala, por que não disse que havia se machucado? — Sasuke perguntou preocupado enquanto passava a pontas dos dedos nos pés machucado de Naruto, que acabou dando um gemidinho de dor.

— Não é nada grave, eu posso aguentar até o dia da competição — Naruto deu de ombros, ainda estava puto com a atitude do moreno. Sua vontade era de se virar em direção ao Uchiha enquanto encarava aqueles lindos olhos negros e aquele corpo esculpido pelos deus de tão gostoso que era .. Epaa FOCO.. continuando, sua vontade era de encarar bem o Uchiha e dizer " Atá, agora eu lhe devo explicação da minha vida pra você ? Virou meu dono por acaso? Pensei que éramos apenas AMIGOS que se BEIJAM .. mas é lógico que não teria coragem de dizer, por isso optou por ficar emburrado.

— Você é idiota ou se faz ? — Sasuke perguntou bravo, já estava começando a se estressar com a infantilidade do Uzumaki que do nada havia ficado emburrado, por isso não pensou duas vezes ao pegar Naruto no colo e levantar com ele em seus braços.

— Mas que porra você está fazendo ? Eu já disse que estou bem, então me coloque no chão agora — Ordenou em meio aos protestos, mas Sasuke se importou com o escândalo do menino? É lógico, que não.

Sasuke não disse nada apenas continuou a andar com Naruto em seus braços até seu quarto.

Já o loiro não sabia onde enfiar a cara, por isso resolveu esconder seu rosto no vão do pescoço do Uchiha. Se ele era bobo? Nenhum pouco.


Notas Finais


Até sexta-feira ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...