História O destino - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Orphan Black
Personagens Alison Hendrix, Cosima Niehaus, Dra. Delphine Cormier, Elizabeth "Beth" Childs, Felix "Fee" Dawkins, Sarah Manning, Siobhan Sadler "Sra. S"
Tags Cophine Romance
Visualizações 60
Palavras 2.863
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 31 - UNO


Fanfic / Fanfiction O destino - Capítulo 31 - UNO


Pov Delphine :

3 Dias para o casamento : 

Acordei de barriga para baixo com Cosima dormindo em cima de mim , como ela era menor os nossos corpos se encaixam perfeitamente, ela estava em cima da minha escosta com a nossas pernas entrelaçadas.

C - Como eu vim parar aqui ? - falou ainda em cima de mim 

D - Eu não sei - eu ri - Só sei que eu gostei 

C - Aqui em cima é bom 

D - aqui em baixo também 

C - Mais é sério eu não me lembro de ter subido em cima de você 

D - nem eu , eu não sei como consegui dormir de bruço - falei ainda de bruço com os olhos fechados 

C - Essa cama é enorme e a gente tem que dormir uma em cima da outra na ponta da cama , eu adoro 

D - Eu também , deixa eu me virar - falei virando - gosto de olhar esse seu lindo rosto - me virei e ela continuou em cima de mim com as nossas pernas entrelaçadas e com um sorriso lindo nos lábios - O teu sorriso me faz sorrir - falei sorrindo e colocando a mão na bunda dela 

C - Eu conheço uma música que fala isso - falou olhando para mim 

D - Talvez eu tenha pegado isso de uma música , mais é verdade - falei sorrindo com a mão na bunda dela 

C - Eu amo essa música , não sabia que conhecia  já que ela é mais antiga - falou em cima de mim 

D - Vamos cantar ela ? Você no violão e eu cantando? - Nessa hora Meu celular tocou e eu olhei para o lado e Cosima também .

Ela pegou o celular na cabeceira e atendeu 

C - Senhora Comier Niehaus daqui 3 dias - falou imitando o meu sotaque francês, ainda em cima de mim me encarando e sorrindo - Tá bom vou colocar no viva-voz já que ela está perto , para ser Mais exata em baixo de mim - colocou no viva-voz - Pode falar Felix 

F - Olá meninas 

D - Oi Fe 

F - Quería Chamar voces para vim aqui na casa da Sara tomar banho de piscina e jogar algum jogo só de bobeira

C - Vamos ? - falou olhando para mim 

D - Mais e seus pais ? 

F - Trás eles também 

C - Então tá combinado , daqui 1 hora estamos aí 

F - Tá bom , beijos minhas noivas lindas 

D - Beijos 

Quando ela desligou o celular eu puxei ela mais para mim e coloquei minhas pernas prendendo ela em volta do seu quadril

D - Bom dia Thuthuquinha - falei olhando para ela com as nossas bocas quase e cortadas 

C - Bom dia loirinha - Me beijou várias vezes até a mãe dela bater na porta 

S - Meninas vem tomar café - falou batendo na porta 

C - Já estamos indo mãe - falou gritando 

D - Vamos levantar então - falei querendo ficar mais na cama 

C - Antes deixa eu só fazer mais uma coisa - falou me beijando 

D - Gostei dessa coisa - falei sorrindo 

C - Agora vamos - falou levantando e eu fui atrás dela 

Tomamos banho juntas e fomos para a cozinha 

N - Bom dia meninas 

D - Bom dia - falei sentando na mesa 

C - Bom dia - falou sentando do meu lado 

S - Bom dia 

C - Hoje vamos na casa da Sara , e vocês vão ir com a gente - falou sorrindo

S - Que horas ? 

C - Pra almoçar 

N - Tá bom - falou sorrindo 

S  - Já escreveram os votos ? - nós duas se olhamos - Nao me diga que esqueceram 

C - Talvez 

D - Como a gente pode ter esquecido, ainda bem que lembrou - falei fazendo eles rirem 

N - Os votos são a parte mais importante do casamento 

S - Não é tão difícil escrever , é só colocar no papel o que está no coração 

N - Para mim foi difícil,eu queria falar coisas que naquela situação não podia ser falada - a gente riu 

S - A é ? E qual coisas ? 

N - que sua...- Cosima interrompeu

C - Gente estamos aqui 

S - o que que tem ? 

C - Que ele ia falar , e eu ia imaginar coisa que não queria imaginar , e não ia ser legal - falou fazendo a gente rir 

N - Deixa mais tarde eu te falo 

C - Pai 

N - O que filha ? 

C - Nada 

D - Você podia levar o seu violão , e agente ficava cantando na beira da piscina 

C - Combinado 

Ficamos conversando e depois fomos para a casa da Sara 

K - Tia Del - Falou correndo para me abraçar - tia Cos - Falou indo abraçar ela 

C - Kira que saudades - falou desfazendo o abraço - Você está melhor ? 

K - Estou ótima - falou sorrindo - Vi que trouxe o seu violão

C - Claro

K - Vamos ir cantar então - falou puxando Cosima 

C - Vamos - falou sorrindo 

Nós fomos para a piscina e Cosima e Kira estavam cantando e sorrindo e eu estava sentada observando elas 

S - Não sei como ela não quer ser mãe , olha isso - falou sentando do meu lado 

D - Confesso que fiquei um pouco triste, quando soube , por que meu sonho é ser mãe, mais por ela eu não me importo se não conseguir realiza-lo - Falei olhando para Cosima que estava tocando violão

S - Você a ama mesmo né ? 

D - Muito , com ela eu não tenho medo de enfrentar o mundo 

S  - Sei como é , esse é o efeito dos Niehaus sobre nós - eu ri - ela seria uma boa mãe - falou olhando para Cosima 

D - Seria mesmo - falei olhando para a Cosima e sorrindo , ela olhou para mim 

C - Hei vem cá - falou me chamando - Vamos cantar aquela música que você queria hoje de manhã 

D - Vamos - falei levantando e sentando do seu lado e Sara , Félix e os pais da Cos sentaram junto com a gente, Kira sentou no meu colo 

C - Começamos juntas , depois você canta a primeira parte e eu a seguda 

D - Tá bom 

Ela começou tocando violão 

C e D - Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí. Pra ver sorrir, eu posso colorir o céu de outra cor.Eu só quero amar você .E quando amanhecer eu quero acordar Do seu lado - falei olhando para ela e sorrindo 

D - Vou escrever mais de um milhão de canções pra você ouvir

Que meu amor é teu, teu sorriso me faz sorrir
Eu vou de marte até a lua, cê sabe, já tô na tua
E não cabe tanta saudade, essa verdade nua e crua
Eu sei o que eu faço nosso caminho eu traço
Um casal fora da lei ocupando o mesmo espaço. Se eu tô contigo não ligo se o sol não aparecer
É que não faz sentido caminhar sem dar a mão pra você
Teu sonho impossível vai ser realidade
Sei que o mundo tá terrível, mas não vai ser a maldade que
Vai me tirar de você, eu faço você ver
Pra tu sorrir, eu faço o mundo inteiro saber que eu

C e D - Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí. Pra ver sorrir, eu posso colorir o céu de outra cor.Eu só quero amar você .E quando amanhecer eu quero acordar Do seu lado

C -Pra ter o teu sorriso, descubro o paraíso

É só ver sua boca que eu perco o juízo por inteiro
Sentimento verdadeiro eu e você ao som de Janelle Monáe
Vem, deixa acontecer
Me abraça, que o tempo não passa quando cê tá perto
Dá a mão e vem comigo, que eu vejo como eu tô certo
Eu digo que te amo, cê pede algo impossível
Levanta da sua cama, hoje o céu está incrível- falou sorrindo para mim 

C e D - Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí. Pra ver sorrir, eu posso colorir o céu de outra cor.Eu só quero amar você .E quando amanhecer eu quero acordar Do seu lado - Acabamos de cantar é todo mundo sorriu e aplaudiu

Paramos para almoçar e continuamos cantando 

F - O que acha de jogarmos UNO agora? - falou quando a música acabou 

Sa - Vamos 

Fomos todos para a mesa e começamos a jogar uma 

C - Uno ! 

D - Não por muito tempo - Falei jogando um 4 para ela 

C - A Não - falou fazendo um biquinho- Mais o que você não sabe o meu truque - colocou o 4 na mesa encima do meu - Desculpas 

F - Já tá chato já 

Sa - Ja é a terceira vez que você ganha 

D - Você é sem graça - falei puta 

C - Calma , quem sabe dá próxima você ganhe - Falou colocando a mão na minha coxa 

D - Não vou jogar mais - falei de birra 

N - Cansei também , só Cosima que ganha 

C - Chora gente - falou zoando 

Kira se espriguiçou de sono 

Sa - Acho que ja está na hora de alguém ir dormir né ?! - Kira foi para o colo dela - Vamos a mamãe vai colocar você na cama 

K - Boa noite gente - falou com a gente é a gente falou com ela 

Pov Cosima : 

Fomos todos sentar no sofá , eu sentei do lado da Delphine e coloquei as minhas pernas em cima das dela , e ela colocou os braços em volta do meu ombro , felix sentou no chão e meus pais em outro sofá 

F - Como vocês estão ? - falou se referindo ao casamento 

D - ansiosa eu diria 

C - Acho que também 

F - Ouvi falar que Veneza é lindo , e é bom para trepar bastante - ele colocou a mão na boca - Delculpas - Falou com meus pais 

N - Não tem problema - falou sorrindo - Eu e S já fomos lá , e é muito bom mesmo

S - E como - falou sorrindo 

C - é muito estranho vê vocês falando isso 

S - E como você acha que nasceu ? - falou fazendo do a gente rir 

C - É difere - falei fazendo eles rirem 

Ficamos conversando mais uns 30 minutos e depois fomos em bora . No carro veio Delphine dirigindo , eu do lado dela e meus pais atrás . Chegamos em casa tranquilos e fomos deitar .

D - Tá quase - falou deitada olhando para mim 

C - Quase - falei olhando para ela 

D - Essa é a melhor escolha da minha vida 

C - A minha também .

D -. Sobre filhos - o telefone dela tocou e eu se Graças a Deus nos pensamentos por que não queria discutir agora - É a minha mãe -Falou olhando para o aparelho

C - Atende 

D - Não , hoje não , não quero dormir de mal humor - falou desligando a chamada

C - Mais ela te ligou o dia todo , e se ela quer te falar alguma coisa ? 

D - Ela fala outra hora 

C - Delphine Ela é a sua mãe 

D - Mais nunca agiu como uma 

C - Mais ela está te ligando será que ela não está tentando falar nada ? 

D -  Até Parece que você sabe alguma coisa e não está me contando - falou olhando para Mim e eu fiquei queta - Não sabe né ? 

C - Não - eu menti 

D - Você me contaria , não guardaria segredo né ?! 

C - Aham - menti de novo 

D - Por isso que te amo - Eu sou uma babaca mentindo para ela 

C - Eu também te amo - Falei sorrindo

D - Boa noite - Falou chegando mais perto e me dando um beijo  e me  abraçando para dormir 

C - Boa noite - Falei fazendo cafuné nela 

Pov Delphine : 

9:30 da manhã :

1 dia para o casamento

Puta que pariu eu vou me casar amanhã, agora eu entendo quando a Alison falou que dá vontade de chorar de rir , é muito frio na barriga , ansiedade , e medo . Mais só de pensar que eu vou me casar com Cosima Niehaus , com a mulher que eu quero passar o resto da minha vida , que eu quero dividir tudo , eu fico mais calma , por que a única certeza que eu tenho que eu quero aquela mulher toda para mim , quero que as pessoas saibam que ela é a minha esposa. Eu a amo tanto , ontem quando eu fui tocar no assunto de filho o celular tocou e parece que ela ficou aliviada.

Acordei e olhei para o lado e lá estava ela minha musa , dormindo serena , calma , com um sorriso nos lábios . Então desfiz o abraço e me virei para ela e entrelacei as nossas pernas e fiquei observando ela dormir por um tempo , passei minha mão no seu rosto fazendo carinho 

C - Bom dia amor - falou ainda de olhos fechados com um sorriso bobo nos lábios

D - Bom dia Thuthuquinha - falei dando um beijo em sua bochecha

C - é amanhã - falou olhando para mim 

D - Amanhã - falei olhando para ela 

C - Hoje eu vou passar a tarde inteira escrevendo os votos 

D - Eu também 

C - Eu quero falar tanta coisa e ao mesmo tempo nada , eu sinto que a gente é melhor demonstrando com gestos 

D - Eu também acho , mais fazer o que né ? Não podemos quebrar as regras - Falei fazendo ela ri - Seu sorriso é tão lindo - falei sorrindo 

C - O sua bunda também - falou colocando a mão na minha bunda , e eu ri 

A gente ficou de olhando até levarmos um susto 

A - Quem são as noivas mais lindas - Alison falou entrando no quarto e correndo abraça a Cos 

C - Alison que susto menina - falou ainda abraçada nela 

A - Oi cunhada - Falou me abraçando em cima da Cosima - Eu estou tão feliz 

D - Oi Ali - falei ainda abraçada nela 

A - levantem meninas tenho que contar uma novidade para voces todos , to esperando voces na cozinha -Falou saindo do quarto

D - Você e sua irmã são tão iguais e diferentes , ela é mais .... Como eu posso falar 

C - elétrica - falou levantando e indo para o banheiro

D - Isso , essa palavra mesmo -Falei levantando e indo atrás 

C - Ela sempre foi a mais que fala e eu a mais queta - falou colocando pasta na escova e me dando a pasta 

D - Como é ter uma irmã ? - falei colocando a pasta e sentando no vazo 

C - É chato e legal , depende , tem dias que você quer matar ela , tem dia que vocês estão de bem , depende muito , varia para cada irmão - Falou quando acabou de escovar os dentes 

D - Eu sempre tive Fe e Sara como meus irmãos , e a gente sempre estava brigando , mas depois sempre um estava lambendo o outro 

Acabamos de nos arrumamos e fomos para a cozinha 

A - Então família quero aproveitar que está todos aqui , eu e Donnie queremos falar com vocês 

S - pode falar filha - falou sorrindo 

A - Estamos grávidos - falou alegre 

N - Que notícia ótima queria - falou indo abraça-la 

S - Eu vou ser avó - falou rindo 

C - Ali que bom - Falou Abraçando ela 

D - Parabéns - falei indo abraça-la - Você será uma ótima mãe

Do ( Donnie ) - Estamos muito felizes 

A - Agora o próximo é vocês - falou com a gente 

C - Não Sei Ali - Ela não queria filhos , já estava descidido

N - quantos meses esta ? - o pai dela mudou de assunto 

A - 2 meses 

Ficamos conversando até o almoço , almoçamos juntos e eles foram passear , eu e Cosima ficamos em casa escrevendo os votos , eu na cozinha e ela no escritório dela.

C - E aí como está ? - falou chegando na cozinha - Posso ver ? 

D - Não senhora só amanhã - falei tapando o papel - o que está fazendo aqui ? 

C - Só vim pegar um leite que estou com fome , e estou voltando já - falou abrindo a geladeira e pegando o leite 

D - Você não quer ter filhos né ? 

C - Melhor a gente deixar essa conversa para outra hora , tenho que voltar para escrever os votos - falou me dando um selinho e saindo da cozinha

E eu continuei escrevendo a tarde toda.












Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...