História O destino - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Ayame, Inu no Taishou, Inuyasha, Izayoi, Jaken, Kaede, Kagome Higurashi, Kagura, Kikyou, Kirara, Kohaku, Kouga, Miroku, Myouga, Naraku, Personagens Originais, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou, Souta Higurashi, Toutousai, Youkai Satori
Tags Kagome
Visualizações 152
Palavras 2.536
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom mais um cap pronto
Espero q gostem😀😀😄

Capítulo 3 - Dias atuais!!!


Fanfic / Fanfiction O destino - Capítulo 3 - Dias atuais!!!

Mais um dia nascia na era feudal, e kagome e sua turma continuavam a busca pelos fragmentos da joia de 4 almas.  No inicio da tarde Tomando o caminho das terras do leste descidem parar para comer e descansar com um certo hanyo reclamando logo atras:

Inuyasha-Keh!!!! Mais que droga porque vamos parar se ainda nao encontramos um fragmento da joia?

Miroku- Pare de reclamar Inuyasha!!! Se tivesse algum fragmento por perto a senhorita kagome ja teria sentido( disse o monge ligeiramente irritado com a postura do amigo.)

Sango- Isso mesmo , e lembre se de que somos humanos e nao yokais entao precisamos descansar para repor nossas energias.

Inuyasha-Fehh!!! Voces humanos sao muito fracos( disse o hanyo em um tom superior, oque deixou zangada uma certa sacerdotisa que ate entao estava calada)

Kagome- Sennntaaa!!!!

Inuyasha-Aiiiiiiiii.

Kagome-Inuyasha pare de reclamar!!!( bradou a jovem morena deixando o hanyo para tras e de cara no chao).

Ao cair da noite o grupo esta sentado ao redor da fogueira ate que notam ynuiasha sumir floresta a dentro sem dizer aonde ia.

KAGOME-Haaaa!!!(suspira desanimada por inuyasha sequer pensar nos sentimentos dela).Aposto que sentiu a presenca de kikyo por perto!

SANGO- Nao fique assim amiga ele e mesmo um imbecil, por ficar atras do pote de barro.

Mesmo sem querer kagome acabou rindo com o comentario da amiga e agradeceu internamente por sempre te los ao seu lado.

MIROKU- E isso mesmo kah nao ligue pra aquele idiota nois sempre vamos estar do seu lado.

SHIPPO- E isso mesmo, mamae kagome.

Os olhos da morena ja se encontravam marejados, amava muitos seus amigos e seu menino nao podia se imaginar sobreviver sem eles. Entao em um grande abraco agradeceu a todos.

KAGOME-Obrigado meus amigos ea vc meu menino. Nao sei oque seria de mim sem vcs.

SANGO-Que isso kah nois sempre estaremos com vc!!!

Kagome apenas balancou a cabeca em concordancia com a jovem exterminadora. Mas com a demora de inuyasha resolveram ir dormir, pois a viagem nao poderia parar.

Ao amanhecer inuyasha ja havia voltado entao se apressou em acordar os outros.

INUYASHA-Vamos levantar logo nao se esquecam que temos um longo caminho pela frente e que o naraku nao dorme. Se quiser mos encontra os fragmentos antes dele temos que ir.

MIROKU- HAAAA...Minha nossa ele ja amanhece de mau humor.

SANGO- Ainda nao se acostumou com ele monge?

SHIPPO- E verdade Miroku ate eu ja acostumei com esse bobao.

INUYASHA- KEHH!!! Vamos logo.

KAGOME- AH, bom dia pra vc tambem inuyasha!( falou a sacerdotisa com uma magoa aparente na voz).

Mas fingindo nao ouvir o hanyo apenas os apressou novamente entao depois de fazerem suas higienes seguiram viagem rumo as terras do leste.

Durante a viagem kagome e inuyasha nao trocaram uma so palavra oque deixava a jovem cada vez mais triste e deprimida, no entanto o hanyo se encontrava a cada dia mais de mau humor por nao encontrar nenhum fragmento de joia entao buscava alivio em suas saidas noturnas em busca de kikyo.

No dia seguinte Kagome foi a primeira ha acordar  e notou que ynuiasha nao se encontrava no acampamento entao pegou seus produtos de higiene e se pos a caminhar em direcao a um rio que havia por por perto e por um breve momento teve a sencacao de estar sendo seguida. Olhou para todos os lados mas nao viu ninguem entao achou que fosse apenas impressao. Ao chegar ao rio se pos a fazer suas higienes e ao terminar depositou suas coisas na mochila sentou e se permitiu chorar por seu amor nao correspondido.

KAGOME- Ele a ama! Nao posso fazer mais nada alem de me contentar com sua amizade.( desabafou ali mesmo sem notar a presenca de olhos dourados que assistiam o sofrimento da miko).

Se recuperando kagome voltou ao acampamento onde inuyasha ja estava de volta e todos estavam a sua espera.

KAGOME- Desculpem a demora!!!

SANGO- Sem problemas kah( lancando um sorriso lindo para a jovem)

INUYASHA- Da proxima vez te deixamos pra tras kagome!!!

Por mais que nao demonstrasse aquelas palavras feriram a miko profundamente que muito triste abaixou a cabeca. Shippo ao notar a tristeza da morena se por a falar.

SHIPPO- Cale a boca seu idiota nos nunca deixariamos a mamae kagome pra tras.

INUYASHA- KEH!!! VAmos .

KAGOME-Obrigado meu menino( pegando o pequeno filhote de raposa eo aconchegando em seus bracos).

Ja se completa  o 4 dia que estavam viajando a procura de fragmentos eo caminho para o leste parecia nao acabar. Toda noite inuyasha saia a procura de kikyo e kagome se encontrava cada vez mais triste e abatida, e  assim os dias iam se passando sem muitos desafios para o pequeno grupo nada alem de yokais fracos atras dos fragmentos que kagome possuia. Depois de dias de caminhada o grupo de se aproxima das terras do leste e no percurso notam que kagome esta um tanto inquieta e sango resolve perguntar.

SANGO- Kah vc esta bem?

KAGOME-  Sim amiga nao se preocupe( mentiu ela pois a cada passo que davam em direcao ao leste ela sentia seu coracao bater descontrolado e doer profundamente, mas resolveu deixar pra la para nao procupar seu amigos.)

Caminharam por mais algumas horas adentrando as terras do leste e se deparando com oque parecia ruinas de um antigo vilarejo que la existia, entao ao presenciar tal cena kagome sente seu coracao apertar fortemente e cai de joelhos no chao.

KAGOME- AHHHH...

TODOS- KAGOOOMEEE...

Por mais que quisesse responde los ela nao conseguia estava ouvindo vozes em sua cabeca como se fossem lapsos de memoria, ouvia vozes de pessoas gritando, fogo queimando casas e plantacoes ouvia o bater de espadas uma nas outras , parecia que uma guerra acontecia em sua cabeca mas do mesmo jeito que as vozes apareceram elas sumiram e num sussuro kagome ouviu a voz doce de uma mulher dizer " Eu te amo minha filha" antes de perder a conciencia por completo. Algum tempo depois com o seus olhos semi serrados a miko desperta e percebe que esta em seu saco de dormir com seus amigos e seu menino a sua volta a olhando com preocupacao.

SANGO-KAGOMEEEE... que susto vc nos deu.

KAGOME-Oque foi que aconteceu? Nao me lembro de nada.

MIROKU-A senhorita desmaiou quando entramos nas ruinas daquele vilarejo. Ficamos muito preocupados.

SHIPPO- E Verdade mamae a sesnhora estava gritando como se sentisse muita dor.

KAGOME-Sim agora eu me lembro, senti uma dor forte e  um aperto no coracao e nao aguentei. Nao sei dizer oque realmente aconteceu mais quando voltarmos falarei com a vovo kaede.

SANGO- Sim kah mais por enquanto nao se esforce muito ta .

KAGOME- Sim minha amiga. A proposito onde esta o inuyasha( a pobre miko ainda tinha esperanca de que seu amor estivesse por perto)

MIROKU-Sentimos muito kagome mais o inuyasha....

KAGOME- Tudo bem...(sorriu amarelo ao cortar a fala do monge). Afinal ele nao se importa.

A miko se encolheu em seu saco de dormir e se pos a pensar que nao importa o quanto se esforcasse nunca seria escolhida pelo hanyo. Os amigos notando que ela estava mergulhada em pensamentos resolveram deixa la descansar entao todos foram dormir. Sem notar a presenca de um certo yokai que vinha os seguindo por todo o caminho que  a cada dia se enfurecia mais ao ver o sofrimento da miko.

Mais um dia surgia e a caminho do centro das terras do leste o grupo para ao sentir a energia maligna de Naraku. 

NARAKU-KUKUKU vejo que vcs ainda nao desistiram.

YNUIASHA-Naraku maldito eu vou mata lo FERIDA DO VENTOOO( Grita o hanyo completamente enfurecido). 

Mas a frente de Naraku surge um yokai desconhecido e que repeliu o golpe da tessaiga.

NARAKU-KUKUKU Lhes a presento minha nova cria este e MORYUMARU.

YNUIASHA- Maldito nao me importa quem e ele ,vai morrer junto com vc ONDA EXPLOSIVAAAA.

MAS  Novamente o golpe do hanyo e repelido e Moryumaru o ataca sem dar tempo de se defender fazendo com que o hanyo caia desacordado

TODOS- YNUIASHAAAA...

NARAKU-Bom Moryumaru mate a todos e pegue os fragmentos que estao com a kagome. ( a voz fria de naraku faz com que kagome paralise no lugar)

E varios yokais saem do corpo de naraku indo pra cima do grupo.

SANGO-OSSO VOADOOR!!!

MIROKU-Buraco do vento.

So que ao utilizar o buraco do vento Miroku suga tambem os insetos venenosos que o fazem quase perder a conciencia.

SANGO-MOONGE!!!! 

MIROKU-Pro..teja a kagome( assim perdendo a conciencia de vez).

A exterminadora somente concorda com a cabeca e continua a matar os yokais que saiam de naraku e ao notar Moryumaru se aproximar a jovem lhe lanca um ataque.

Mas Moryumaru desvia facilmente quase alcancando a miko e surpreendido por um novo ataque que o faz se afastar.

SORYUHAAAAAA!!!

NARAKU- Ora ora se nao e o lorde do oeste.

SESSHOUMARU-Hum

NARAKU-KUKUKU Moryumaru mate a todos.

Entao a cria de naraku parte pra cima do lorde que desvia facilmente de seus ataques.

MORYUMARU-Um yokai defendendo uma humana isso te lembra alguma coisa sesshoumaru( referiu se ao pai de sesshoumaru)

SESSHOUMARU-Cale se e lute maldito....SORYUHHHAAAA.( Acertando moryumaru em cheio fazendo o yokai se desconcertar).

Entao Kagome vendo que moryumaru nao teria a oportunidade de defender Naraku lancou lhe uma flecha com todo poder espiritual que conseguio acumular o deixando gravemente ferido.

NARAKU-Ma..mal..dita( disse com dificuldade).

Sesshoumaru vendo a que Naraku estava ferido partiu pra cima do yokai mais Moryumaru o atacou fazendo com que ele recuasse. Naraku se aproximou de Moryumaru libertando uma cortina de miasma fazendo todos se afastarem para que ele pudesse fugir.

SESSHOUMARU-Hum Covarde. (Guardando sua espada de volta na cintura).

Enquanto isso...Shippo tentava a todo custo despertar seu amigo hanyo...

SHIPPO-Inuyasha acorde vc esta bem?

YNUIASHA-Sim estou, onde esta o Naraku e aquela sua cria? 

SHIPPO- Eles fugiram depois que kagome e sesshoumaru conseguiram feri los.

INUYASHA-KEH!!! O Sesshoumaru eu acredito mas a Kagome nao e forte pra isso.Pensando bem...OQUE VC QUER AQUI SESSHOUMARU SEU MALDITO(Gritava o hanyo em plenos pulmoes).

SESSHOUMARU-Nao e da sua conta Bastardo.

Entao se pos a andar parando em frente de kagome notando o quanto a sacerdotisa ficou abalada com as palavras do irmao, aquilo o enfureceu mesmo nao sabendo o real motivo de se sentir assim ou talvez soubesse mas nao queria admitir. Entao a encarou por uma ultima vez antes de sumir floresta a dentro.

Depois desse acontecimento o grupo resolveu voltar para o vilarejo para tratar de seus ferimentos e cuidar de Miroku que havia sido envenenado pelos insetos. Depois de alguns dias de viagem o grupo ja se encontrava perto do vilarejo, e Miroku que estava sendo carregado por kirara piorava cada vez mais oque estava preocupando muito seus amigos.

SANGO-Aguente monge ja estamos chegando.

Mais algumas horas andando eo  pequeno grupo ja se encontrava no vilarejo onde correram em busca de Kaede.

KAGOME-Vovo Kaede por favor ajude o miroku ele sugou os insetos venenosos do Naraku.

KAEDE- Certo levem ele pra cabana.

Assim adentraram o local e depositaram o monge em um futom e auxiliaram Kaede com as ervas para os cuidados de Miroku.

KAEDE-Muito bem agora e so deixa lo descansar que logo estara melhor.

TODOS-Certo( falaram em unissomo)

SANGO-Kah vc tambem esta ferida.

KAGOME-Nao foi nada nao se preocupe.(disse sorrindo amarelo pra amiga, pois seu ferimento nao estava doendo mais que seu coracao ao notar que inuyasha acabara de sair em busca de kikyo). Ele nao se importa mesmo( suspirou triste para si mesma).

Ao cair da tarde Kagome ve que esta sem mantimentos e medicamentos para ela e seus amigos entao decide ir a sua era para busca los e tratar de seus ferimentos.

KAGOME-Sango eu vou a minha era buscar mantimentos e medicamentos e vou aproveitar pra ver minha familia. Vc pode avisar aos outros pra mim? Eu volto amanha.

SANGO-Claro amiga pode ficar tranquila e trate de seus ferimentos.

Kagome concordou com a cabeca ese despediu da amiga com um abraco e pediu que ela cuidasse de seu menino que se encontrava dormindo no momento. Sango concordou entao a miko seguio seu caminho em direcao ao poco come ossos, e acabou notando que estava sendo observada mais resolveu nao se importar estava muito cansada e preocupada porque desde de que retornou das terras do leste sente seu coracao bater apertado e seu corpo doer, entao ao chegar ao poco kagome pula sem demora mais durante a viagem entre as eras ela torna a escutar aquela mesma voz de mulher que ouviu no leste " Eu te amo minha filha".Sacudio a cabeca pros lados achando que fosse somente sua imaginacao e ao chegar a seu tempo saiu a passos largos do poco e entrou em sua casa:.

KAGOME-Mamae, Vovo; Souta, cheguei.

SOUTA-Mana que saudade( correu abracar a irma).

HITOMI MAE DE Kagome- kah minha filha que bom que voltou

KAGOME-Oi mamae tambem estava com saudades( correu beijar e abracar a mae)

VOVO- Kagome minha neta que bom q esta de volta.

A miko correu pra abracar a familia e depois de matarem a saudade a miko ajudou sua mae com o jantar e em seguida se retirou para o seu quarto onde tomou um longo banho para relaxar os musculos e cuidar de seus ferimentos em seguida deitou em sua cama perdida em pensamentos.

KAGOME-Oque sera que o inuyasha esta fazendo agora? Ahh.. provavelmente esta com ela, como eu sou idiota( e permitiu se chorar ali sozinha ate dormir)

No dia seguinte a miko ja havia reposto os medicamentos de sua mochila e estava preparando os doces de seu menino as batatas de inuyasha( É por mais que ele a maltratasse ela nunca se esquecia dele) e outras coisas que levava pra seus amigos.

KAGOME-Pronto... Mamae eu ja estou indo!!!

HITOMI- Esta bem minha filha,  volte logo pra nos visitar.

KAGOME-Certo.

Depediu se da mae e foi em direcao ao poco pulando logo em seguida. Assim que chegou a era feudal a miko viu inuyasha adentrar a floresta e descidiu segui lo para falar com ele. E depois de uma longa caminhada viu o hanyo parar em frente a arvore sagrada mas quando ia se aproximar viu que kikyo estava la a espera do mesmo.

KIKYO- Inuyasha meu amor( correu para beijar o hanyo).

INUYASHA-OI Minha kikyo.

Kagome ja nao conseguia mais conter as lagrimas que rolavam sem parar por sua bela face, queria correr mais seu corpo nao obedecia, por mais que seus sentimentos nao fossem correspondidos ele sabia que ela o amava eo quanto sofria por isso. Ver seu amor com outra fez seu mundo cair, virou se para sair mais parou ao ouvir Kikyo falar.

KIKYO- Inu meu amor vc ama aquela menina kagome?

INUYASHA-Nao minha kikyo, quem me ama e ela mais pra mim ela so serve pra detectar os fragmentos que precisamos para te trazer de volta a vida. Alem do mais ela e muito fraca nao sabe se defender sozinha, miroku ficou gravemente ferido tentando protege la de alguns yokais e dos insetos do naraku

KIKYO-Se e assim eu acredito em vc( fala o abracando pelo pescoco eo baijando em seguida).

Kagome ja nao aguentava mais ouvir aquilo, juntou suas forcas e correu o maximo que pode sem se importar com os galhos q lhe feriam a pele pois nada lhe machucaria mais do que aquilo que acabara de ouvir. Correu ate chegar em uma clareira de arvores de sakura se sentou em um tronco e ali mesmo desabafou suas dores.

KAGOME- PORQUE INUYASHA, PORQUE FEZ ISSO, EU NAO AGUENTO MAIS....

A noite ja havia caido ea miko ja nao tinha mais lagrimas para chorar mas novamente se sentiu observada e descidiu se pronunciar.

ĶAGOME-Quem esta ai? Eu sei que tem alguem me observando. Se for me matar... fassa logo( disse num fio de voz onde se notava toda sua tristeza e amargura ,entao logo seu observador se revelou e se pos a sua frente).

KAGOME-VO...VOCE?

????- Ainda sofrendo por aquele hanyo miko????


Connntinua.









Notas Finais


Enfim chegamos ao final de mais um capitulo..... Quem sera o observador secreto???kkkk Somente no proximo bjbjbs!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...