1. Spirit Fanfics >
  2. O Destino do Amor (TaeKook) >
  3. Acróstico

História O Destino do Amor (TaeKook) - Capítulo 8


Escrita por: myuniversetk

Capítulo 8 - Acróstico


(03 anos antes – Grécia)

Será que Kim Taehyung e Jungkook precisarão adiar os planos de férias maravilhosas na Grécia diante da iminente ameaça?

Enquanto tenta, rapidamente, encontrar uma solução para fugir, já que pelo nervosismo de Tae algo terrível está para acontecer, Jeon Jungkook pergunta:

-Se é algo tão ruim, vamos sair correndo agora, Tae! Vamos??? - Diz Jungkook, pronto para correr.

-Tarde demais, Jeon, eles já nos viram...  - Diz Tae, desolado.

-Quem? –Pergunta Jeon.

Antes que Tae respondesse, a própria “ameaça” se pronunciou:

-Meu casal do ano!!!! Não acredito no que estou vendo!! I love you até aqui,  no fim de mundo lindo que é este hotel! - Diz a “ameaça”.

-Nãoooo!!! Eu não acredito no que eu estou vendo!! O que eu, o que nós fizemos para merecer isto? - Pergunta Jeon ao Tae, incrédulo com o que vê e continua:

-Jin, o que vocês estão fazendo aqui!!!??? - Pergunta Jeon.

Ambos, Tae e Jeon Jungkook pareciam atingidos por um raio ao identificar o risco que suas férias estavam a correr nesse momento, enquanto a, aliás, as ameaças se dirigiam até eles.

-Mas o que é isso, Tae? Uma bomba, um raio? - Pergunta Jungkook.

-Um não, três! Veja! - Tae responde apontando para três ilustres amigos que ao que parece, estão hospedados no mesmo hotel.

-Saudades da gente, pombinhos? - Pergunta Namjoon, gargalhando de satisfação pelo estado de total surpresa que acomete Tae e Jungkook.

-Oláaa!! Eu estava com saudades de vocês! - Diz Jimin, uma das três partes do trio ameaçador.

-Como vocês adivinharam que nós estamos aqui??? Podem nos dizer? - Pergunta Jungkook, indignado com as “visitas”, ao mesmo tempo que olha para Tae, numa mistura de desconfiança e desespero já que os caros amigos e colegas de banda, certamente irão atrapalhar os planos do casal de uma estada romântica e tranquila naquele resort perfeito, na costa grega.

-Não me olhe assim! Não fui eu! Eu não sou o culpado!  Eu não disse nada pra eles sobre onde estávamos! Não sou louco! - Diz Tae, defendendo-se do olhar acusador de Jungkook.

-O plano perfeito foi meu! Vocês acham que sou apenas um rosto bonito??? Naoooo! Eu tenho cérebro! Pensei assim: para onde será que eles foram viajar? É, porque mal-educados com a gente vocês sempre foram, desde que sequer compartilhavam a playlist de vocês, lembram? Mas eu lembrei de nossas últimas conversas sobre lugares lindos e o casal de mel para o qual estou olhando agora, disse que gostaria de conhecer a Grécia. E que gostariam de ficar em um lugar lindo e isolado! Então....

Jin nem terminou a frase e Tae o interrompeu.

-E como vocês escolheram justamente este hotel entre dezenas que há na Grécia?? - Pergunta Tae ainda incrédulo com o fato de eles terem ido para o mesmo resort que eles.

-Esta parte coube a mim, que tenho um QI de mais de 150 hoje em dia, o que me torna praticamente um adivinho. - Responde RM, orgulhoso de sua renomada inteligência.

-Por que será que vocês não nos querem aqui? Acha que vamos atrapalhar a décima lua de mel de vocês? - Pergunta Jimin, com uma cara de anjo da paz.

-E por favor, pare de nos chamar de “casal do ano” em público, Jin. Já lhe pedi isso! - Diz Jeon, indignado e pegando seus objetos pessoais para sair de onde estão e voltar para a suíte dele e do Tae.

-Pegue suas coisas, Tae, vamos dar o fora daqui! - Diz Jungkook para Tae.

-Qual o problema, Jk? Você acha que aqui alguém fala coreano? As poucas pessoas que estão por aqui nem sabem o que eu falei. - Diz Jin.

-E vocês ainda não se acostumaram a não se esconder? Vocês são um segredo a vozes no mundo todo!  Do que estão fugindo? - Pergunta RM.

De vocês, claro, de que quem mais? Vamos, Jeon.  - Responde Tae, enquanto vai se afastando rapidamente com Jeon, para retornarem  à suíte.

Só que... os três amados hyungs resolveram acompanhá-los no percurso de  volta ao quarto.

-Qual é a de vocês? Vão ficar com a gente no quarto? Vão procurar outro hotel, por favor! - Diz Jeon, muito aborrecido.

-Continuam mal-educados e eu não gosto disso! - Responde Jin, fingindo decepção.

-Jin, da última vez que nós nos encontramos em um hotel você fez uma com a gente que jamais esqueceremos, então por favor, vão embora! - Diz Tae, já no seu modo raiva.

Tae e Jungkook tem razões de sobra para não querer aquele trio de hyungs ali, especialmente Jin, que os encontrou certa vez em um hote  há meses atrás onde passavam alguns dias e simplesmente fez uma cena inesquecível fingindo ser, supostamente, um namorado traído ao encontrá-los juntos no restaurante do mesmo, o que gerou, claro, uma grande confusão.  E, evidentemente, Tae e Jk tem medo de que ele apronte outra vez com eles.

-Eu juro que não atentarei contra a lua de mel de vocês.! A menos que não queiram sentar com a gente para bebermos um pouco e comermos algo.

-Jin você não pode ser normal, tenho certeza! - Responde Jeon, se dirigindo para o elevador do hotel com Tae, seguidos pelo trio de amigos.

-Vamos lá, eu garanto a segurança de vocês. Apenas uma hora, ok? - Pede RM.

Tae e Jungkook se entreolham sem direito de escolher outra opção a não ser ceder à chantagem de Jin, já que querem evitar situações constrangedoras.

-Está bem, mas prometam que vão nos deixar em paz, depois disso ou nós é que iremos sair desse hotel. - Diz Tae, que já passou do modo “raiva” para o “quase ódio”.

-Disso, me encarrego eu, podem deixar. Só queremos conversar um pouco e matar as saudades. - Diz Jimin, tentando criar um clima sociável.

-E eu que pensava que o mundo era grande... sério, ainda não acredito que vocês nos encontraram.  - Diz Tae.

-Jungkook, você não vai dizer nada? - Pergunta RM para Jungkook que fechou a cara e não quer conversa de jeito nenhum.

-Está bem, Jimin, cumpra sua promessa, ok? E os leve daqui logo que  terminarmos de beber. - Diz Jugkook para Jimin, que reafirma o compromisso de os levar dali logo após beberem e comerem.

-Nunca me senti tão humilhado! E rejeitado! - Diz Jin, enquanto todos estão sentando-se à mesa do restaurante do hotel.

-Como será que seu cérebro funciona, Jin? - Pergunta Jungkook.

-Ei, esta pergunta não se faz, JK!  Isso foi o que você perguntou durante uma live para Jimin há alguns anos atrás só porque ele não conseguiu ler o que estava escrito em um papel bem na frente dele!! - Jin, outra vez, fazendo comentários sarcásticos, só para se divertir, o que é uma de suas habilidades preferidas.

-Hyung Jin, você está de que lado? - Pergunta Jimin.

-Nenhum membro mais velho de uma banda de kpop é tão desrespeitado como eu!  - Diz Jin fazendo uma cena de indignação.

-Você nunca vai ser sério mesmo, Jin? - Pergunta Tae, impressionado  com o fato do Jin nunca ter deixado de ser brincalhão e pregar peças.

-Sério, como vocês nos descobriram aqui?  Eu realmente estou curioso. - Pergunta Jungkook.

-E se eu lhes disser que foi só uma coincidência??  - Diz RM, rindo, juntamente com Jin e Jimin.

-O que? - Pergunta Jungkook.

-Ele não tem mais QI 148, muito menos 150! - Diz Jimin, rindo e caindo da cadeira, como sempre, para não perder o costume e preservar a tradição.

-Ele agora é burro!!!!! - Complementa Jin diante das caras sérias e incrédulas de Tae e JK.

-EU NÃO ACREDITO!! - Falam Tae e Jk, simultaneamente!

-Assim que vocês acreditarem nisso, nós poderemos pedir comida? Estou morto de fome.  - Diz RM.

-Ok, vamos escolher rápido e comer mais rápido ainda. - Diz Jungkook.

Enquanto eles escolhem a comida, Jin pergunta para o Jungkook:

-Jungkook, como você está aguentando com tanto homem bonito aqui na Grécia? Você já deve ter morrido de ciúmes do Tae, várias vezes aqui, não é? Pergunta Jin, em tom provocador.

-Eu não sou mais ciumento. - Responde secamente Jungook.

-Nãooo??? - Pergunta Tae para Jungkook, já que o mesmo continua ciumento como sempre.

-Eu também sou bonito. - Diz Jeon, sério.

-Sim, você é lindo, Jeon!!! - Diz Tae, com seu olhar apaixonado.

-Uiiiiiiiii!!!! Tem mel escorrendo pela mesaaaa!!! Ai aiaiaaiai!! - Diz Namjoonnn!

É muito amor envolvido em docinhosss! - Brinca Jimin.

-Vocês são insuportáveis! - Diz Jeon, abrindo agora um leve sorriso pra eles.

-E depois tem homens bonitos em Seul e em todos os lugares. Mas somente um me interessa. - Diz Jeon, olhando para Tae.

-Sim, claro, como eu!! O mais lindo do mundo, direto da Coreia!! - Conclui Jin

-Nossa, vou comer e beber bastante hoje. Só tenho trabalhado nas últimas semanas. Estou cansado. - Diz RM.

Por favor, Namjoon, seja um bêbado alegre! Não faça como esses dois aí, que são mal humorados. - Diz Jin, apontando para Tae e Jungkook.

-Não somos assim, Jin. Planejamos muito esta viagem, adiantamos nossas gravações com a equipe para podermos viajar antes da tour e não contávamos com a presença de vocês aqui hoje, muito menos com  a sua chantagem. -Responde Tae.

´-Também isso não é o fim do mundo, gente! Só ficaremos uma semana aqui!! - Diz Jimin assustando Tae e JK.

-Uma semana??? Nunca! Vocês não cansam de ver a nossa cara? - Pergunta Jeon.

-Já estou enjoado de vocês hoje só nessa meia hora que vocês chegaram. - Diz Tae.

-Tae, você é sempre tão terno.... - Ironiza Jin.

-Não tenham medo. Não vamos demorar. Vamos apenas curtir esse momento. No próximo ano não teremos tempo. - Diz Jimin.

Os cinco amigos fazem a sua refeição agora em um clima de relativa paz já que Jungkook e Tae estão menos bravos.

Após a refeição, Jungkook faz menção para subir para sua habitação com Tae:

-Bem, agora que nós bebemos e comemos, já  podemos ir para o nosso quarto? 

-ÔBAAAA! Vamos, vamos, viva  o poliamor! - Diz Jin.

-Jinnn!!! Alguém pode ouvir!! - Diz Jungkook.

-A gente convida pra vir também!!! - Diz Jin.

-Meu Deus, você é incontrolável, Jin. - Diz Tae.

-Eu ainda não terminei de comer, Jungkook, nem o Jimin.

-RM, nós não podemos nos tornar um casal para não ficarmos chatos como esses dois. Tão lindos, tão apaixonados e tão chatos! - Diz Jin se referindo a Tae e Jungkook.

Durante a comida  todos aproveitam para por em  dia as novidades, já que estão de folga por um mês,  antes de começarem a nova tour mundial e Tae e Jungkook estão mais calmos.

-Hyung, você não está comendo quase nada. Perdeu o entusiasmo? Não está nem bebendo! O convite-chantagem partiu de você e agora é o que está menos animado... - Jungkook  faz esta observação sobre Jin que parece ter perdido repentinamente o entusiasmo.

-Você está voltando a ser bonzinho comigo, JK??? - Pergunta Jin tentando brincar outra vez, mas seu semblante parece triste agora.

-O que foi, Hyung?  E vocês dois, por que estão tão calados agora? - Tae pergunta estranhando o silêncio que se fez presente nos últimos minutos.

-Está tudo bem, rapazes. Fiquem tranquilos. Vamos fazer o brinde final, ok? E não se preocupem. Nossa estada neste hotel é de apenas um dia. Ainda vamos passar pela Itália e Suécia antes de voltarmos  para Seul.

Após a comida, RM é escolhido para fazer o brinde final. Ele ergue a taça e todos fazem o mesmo.

Todos erguem suas taças e esperam por suas palavras, mas RM permanece em silêncio.

-O que foi? Por que agora parece que há algo que não sabemos? Namjoon, está tudo bem? - Pergunta Jungook percebendo um estranho silêncio entre os  três.

-Há algo que vocês queiram contar? Vocês realmente não sabiam que nós estávamos aqui, nesse hotel? - Pergunta Tae, também sentindo uma  estranha atmosfera triste no ar.

-Jimin, você pode nos contar o que está havendo ou vamos ficar com as taças erguidas no ar para sempre sem ninguém falar? - Pergunta Jungkook, apreensivo.

 -Gente, por favor, há algo que não sabemos? Espere, aconteceu algo com nossas famílias??? - Pergunta Tae, aflito.

-Ok. Vamos sentar. - Diz RM em tom calmo, mas muito sério. E revela:

-Na verdade não estamos viajando só para passar férias. E sim, foi uma coincidência incrível encontrar vocês aqui. Saibam que as famílias de vocês estão  bem. Mas, a mãe do nosso hyung Jin, faleceu logo depois que vocês viajaram. - Diz RM

-Por isso, eu e o Namjoon tivemos a ideia de viajar com Jin hyung para ajudá-lo a passar por esse momento. - Diz Jimin.

-Não posso creeerr! Hyung, eu sinto muito. - Diz Jungkook, abraçando Jin que está chorando.

-Meu Deus, Jin, eu sinto muito. Mas como você pode estar rindo se está tão triste? Por isso percebi você um pouco nervoso... parecia uma alegria forçada... - Diz Tae.

-O hyung estava rindo para não chorar. - Diz Jimin. 

-Por que vocês não nos avisaram?  - Pergunta Jeon.

-Eu não poderia fazer isso com vocês. Justamente porque trabalhamos como loucos durante o ano inteiro.  E como temos  apenas um mês de férias  antes da nova tour e vocês, como todos nós, precisávamos  descansar, eu  não achei justo interromper as férias de vocês. Então pedi aos membros para não avisá-los.  Foi tudo muito rápido. Minha mãe teve um infarto fulminante.

- Tanto Jin como nós não podemos parar nossa  agenda. Temos apresentações no mundo inteiro a partir do próximo mês. Então,  precisamos recarregar as baterias rápido porque em breve teremos que levar felicidade para o army. E precisamos estar bem. - Diz RM.

-Sim. Eu sei o que você está passando hyung. Vocês  sabem como foi difícil pra mim também quando perdi os meus entes amados. É uma dor tão grande que parece que vamos morrer a cada instante. - Diz Tae, relembrando de seus momentos difíceis.

-Nós estamos aqui, Jin. Acredite, essa dor passará. Vou lhe dizer o que digo para o Tae: Por maior que seja a tristeza, deve haver algum motivo para que as coisas que não podemos controlar aconteçam e todo o resto se acomode. - Diz Jeon, agora pleno de ternura para seu hyung.

-Você cresceu tanto, Jeon. Tenho muito orgulho do homem que você se tornou.  Eu te amo, Jeon!! E Tae, não fique com ciúmes porque eu também amo você! - Diz Jin abraçando Tae e Jungkook enquanto  chora.

-No que isso se transformou, agora?? Por favor, vamos ter calma para que as coisas não fiquem mais tristes do que já estão, ok? - Diz RM, tentando trazer tranquilidade para todos.

-Acho que bebemos demais, Namjoon e aí as lágrimas caem ainda com mais facilidade. Vamos, bebam um pouco de água. - Diz Jimin.

-Eu não bebi, Jimin. Apenas pensei que este momento não chegaria agora. Eu estava na casa da minha mãe quando isso aconteceu e  pelo menos eu pude passar alguns dias com ela antes dela falecer. Então eu senti muito a falta de todos vocês e RM e Jimin tiveram a ideia da gente viajar. - Diz Jin.

-Vejam,  continuamos tão ligados apesar do tempo e do nosso cansaço... sei que já falamos em disband algumas vezes e isso será inevitável um dia, mas isso aqui, esse laço que nos une jamais terá fim. - Diz RM.

- Só esses desunidos aí que nos deixaram. Quase não vemos eles. Só no  trabalho. - Diz Jin, retomando seu tom de brincadeira se referindo  ao Tae e ao Jungkook.

-Eu e o Jeon sempre conversamos sobre a finitude das coisas em nossa vida. É muito difícil o desapego em relação às pessoas que amamos, e ao mesmo  tempo precisamos delas para vivermos felizes. Só que... quando elas se vão para sempre... parece que iremos com elas também. É como se elas levassem um pouco de nós também.  Mas, depois de um tempo, sentimos a vida voltar, Hyung.  Eu sempre tive o Jeon comigo o tempo inteiro e vocês também me ajudaram. - Diz Tae, segurando as mãos do seu hyung Jin.

-Obrigada, Tae. Agora vamos parar de chorar, certo? E vocês não perguntaram, mas Suga e J Hope não puderam vir porque viajaram com a família. - Diz Jin.

-Ah, nem deu tempo de perguntar mesmo. - Responde Jeon.

-Então, vamos beber mais um pouco? Chega de lágrimas! - Diz RM.

-Sim. E não se preocupem que não vamos atrapalhar  vocês! - Diz Jin para Tae e Jungkook.

-Jin, é claro que você não vai atrapalhar, você precisa da gente agora! - Responde Tae.

-De verdade??? Podemos ficar aqui s durante toda a décima lua de mel de vocês??? - Pergunta Jin, alegre.

-Bom... nós... – Jeon volta a se preocupar porque ele e Tae tem outros planos para o restante das férias.

-Não se assustem, bebês enamorados dourados! Nós vamos deixar vocês em paz ainda hoje! Estou melhor. Só precisava disso aqui. De nós!  - Jin reúne as mãos de todos sobre a mesa. E continua:

-Como quando vamos iniciar um show:   Bangtan, Bangtan, Bangtan, Bangtan! Todos falam.

-E para finalizar, um  poema acróstico com amizade? - Sugere Jin.

-Sim, vamos. - Diz Jungkook.

-A de admiração. - Fala RM.

-M de mimos. –Diz Jimin.

-Mimos, Jimin??? Você não pode ser só um pouco não fofo??? - Pergunta Jim e todos riem.

-I de inspiração. - Diz Tae e complementa;

- Sim, precisamos nos inspirar uns nos outros.

-Z de zoom! - Diz Jungkook, fazendo todos gargalharem.

-Zoom, JK???? Por que? - Pergunta RM.

-Zoom porque precisamos ver de perto cada um de nós. - Responde, orgulhoso.

-A de amor. - Diz Jin.

-Tae e JK, completem o poema, por favor. - Diz RM.

-D, de diário. - Diz Jungkook.

Todos riem, exceto, Tae.

-Diário, JK??? Por que? - Pergunta Jimin.

-Porque diariamente precisamos cultivar nossa amizade! ÔOOOOO!!! - Ele responde feliz.

-Tudo bem. - Responde Jimin.

-E de eterno! Que esse laço seja para sempre. - Diz Tae, comovido.

-Estão vendo, Taekook? Não foi tão ruim assim a nossa tarde! E vocês queriam expulsar a gente! - Diz Jin.

-Acho que eles queriam nos jogar no mar quando nos viram. - Diz RM..

-Nos veremos em Seul! Byeee!!! Bom amor pra vocês!!! - Os três amigos se despedem de Tae e Jungkook depois de uma tarde emocionante.

**

É noite na costa grega. Tae e Jeon jungkook, caminham pela bela praia do hotel, apreciando a beleza de um lindo céu estrelado.

-Está ficando frio, Jeon. - Diz Tae.

-Quer voltar para o quarto? - Pergunta Jeon.

-Sim. - Responde Tae.

-Você está muito calado depois que os membros foram embora. - Observa Jeon.

-Nós dois estamos calados, não acha? - Pergunta Tae.

-Sim, A conversa de hoje com os membros nos tocou de um modo diferente. -Responde Jeon.

 -Eu estou silencioso, mas meu coração, não. Hoje percebi algo muito estranho em mim, Jeon. - Diz Tae.

-O que? Sentiu medo? - Pergunta Jeon..

-Como você sabe? - Pergunta Tae.

-Porque estou sentindo o mesmo. Hoje eu olhava para os membros e por alguns momentos fiquei pensando em  como estamos há tanto tempo juntos, sem pensar nisso no dia adia. E de repente, um belo dia, estamos com quase trinta anos!  Eu ainda lembro de todos nós tão jovens...  - Diz Jeon.

Também senti algo assim Jeon. E eu Fiquei com muito medo que a vida acabe de repente. Estou falando de nós dois.

Jungkook, para de repente e o olha assustado.

-O que você pensou extamente, Tae? - Pergunta Jeon.

-Eu pensei em muitas coisas. Mas pensei principalmente em nós. Em nossa vida, Jeon. Percebi que a vida está passando. E sabe por que? Porque é como se ela fosse renovando todo mundo no universo. ´Não sei explicar... algumas pessoas nossas simplesmente deixam de existir e a vida continua, silenciosamente como esta noite, enquanto nosso coração grita de dor ou de felicidade com o passar de novos dias, acabamos nos acostumando de tal forma com essa rotina da nossa existência que esquecemos às vezes de realizar os nosso desejos... mesmo quando podemos fazer isso. Enfim...  no fim, somos mesmos apenas  meros passageiros, Jeon. E cheguei á conclusão que eu gosto dos meus sonhos. Eles me fazem crer na realidade, Jeon

Jeon o olha muito sério enquanto Tae fala.

Tae pega as mãos de Jeon com amor as passa suavemente sobre o próprio rosto.

-Hoje estou com muito medo que você morra, Jeon. - Diz Tae.

-Tae, você  já teve esse medo antes.  E eu sinto o mesmo em relação a você. Nunca confio que você use facas na cozinha para não se cortar. Que você beba e queira dirigir...

Tae o interrompe.

-Não, não é isso. O que eu senti hoje foi diferente. Senti... senti... que... - Tae não consegue terminar a frase.

-Sentiu medo que eu adoeça? - Pergunta Jeon.

-Não. Que você morra logo. Jeon. Como um pressentimento, quase uma certeza... –Jungkook o interrompe outra vez.

-Tae, Tae... você ficou impressionado com a conversa de hoje. Só isso. Foi um pouco tumultuado, depois a tristeza do Jin.... enfim...só foi isso.  Você  está muito sensível. - Jeon tenta acalmar Tae.

-Pode ser. Tomara que seja só isso. Mas quero que façamos algo logo que voltemos para Seul. - Diz Tae.

-O que? - Pergunta Jeon.

-Vamos começar a procurar casa, apartamentos para nós. Vivemos adiando esse plano e quero fazer isso logo. - Responde Tae.

-Faremos sim. Mas como teremos tempo se  entraremos em tour? - Pergunta Jeon.

-Não precisaremos estar em Seul pra fazer negócios, Jeon. Não quero mais adiar nenhum plano nosso, ok?

-Tudo bem. Eu também fiquei pensando em muitas coisas hoje depois que os membros  saíram. Sinto o mesmo que você. É como se a vida trocasse a pele da nossa existência de tempos em tempos. E... muitas vezes não percebemos e aí... quando menos esperamos, vem o tempo e o destino se faz cumprir. - Reflete Jeon.

-Jeon, esta será nossa última tour. Como grupo. Quando voltarmos vamos partir em carreira solo. Estamos chegando perto dos trinta anos e não quero que o destino nos surpreenda antes de termos vivido tudo o que queremos, você concorda? Isso você mesmo já me disse algumas vezes.

-Sim, eu concordo, Tae. Quando voltarmos da tour, vamos fazer uma nova borda na costa do nosso destino. - Diz Jeon.

E nos anunciaremos para o mundo também, enquanto um casal que se ama e não tem que se esconder mais.  Estou muito cansado desse jogo hipócrita onde todos fazem de conta que não sabem de nós e nós fazemos o jogo sujo da mídia. - Diz Tae,

-Eu  também estou cansado de alimentar rumores infundados fazendo o jogo da empresa e da  mídia para que tirem  os olhos da gente.. Um jogo insano, sem razão de ser. - Diz Jeon

-Você  me disse uma vez que quando deixamos o  destino sem motivos para nos guiar, ele nos punirá com dias ruins, lembra, Jeon? - Pergunta Tae

-Lembro, falei da punição dos dias! Dos dias que não nos  deixamos existir. Nós não  permitiremos mais isso. - Responde Jeon.

Nessa noite, o céu e o mar testemunham mais uma vez as juras de  amor de dois enamorados de toda uma vida.

-Jeon, você jamais poderá partir antes de mim, promete? - Pede Tae.

-Você sabe que eu sou bom em tudo, então vou tentar ser o melhor em cumprir promessas também.  - Responde Jeon.

-Eu te amo, Jeon! Eternamente, eu te amo!

-Eu te amo, Kim Taehyung e estarei aqui para sempre!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...