1. Spirit Fanfics >
  2. O destino nos uniu 2 - amor em chamas >
  3. Restroom

História O destino nos uniu 2 - amor em chamas - Capítulo 41


Escrita por: beauany_stan

Notas do Autor


Oii galera!! Gente, não me xinguem. Meus planos não ficar dois dias sem postar, mas acontece que a luz acabou aqui em casa e a internet foi junto, só que como a luz acabou do nada, quando ela voltou a internet quebrou 🤡 então teve que chamar o povo pra arrumar, e enfim estou aqui kkkkk perdão de verdade

Mas enfim, boa leituraa ✨❤️

Capítulo 41 - Restroom


✧Any Gabrielly

– eu sabia que você viria atrás de mim - dou de ombros, um pouco nervosa

– ótimo, assim não preciso dar explicações - ele sorri

– mesmo que eu já esperasse, não quer dizer que está certo - me apoio na bancada da pia atrás de mim

– você me conhece o suficiente para saber que eu não vou embora, Any - ele sorri

– Você só pode estar louco, Joshua. Esse banheiro é feminino, se te pegarem aqui… - ele me interrompe girando a chave da porta, trancando nós dois aqui

– eles não vão me pegar aqui. Quer dizer, se você não contar, eu também não conto - ele sorri e vem andando na minha direção. Merda, a água não adiantou de nada, eu estou fervendo novamente - sabe, você não respondeu minha pergunta.

– que pergunta? Pare de graça Joshua, abra aquela porta - peço fingindo firmeza, mas no fundo eu estou por um fio de atacar esses lábios.

– eu não abro aquela porta até você responder minha pergunta - ele dá de ombros e eu reviro os olhos

– ok, se isso vai fazer você me deixar em paz - sorrio forçado - qual é a pergunta?

– realmente somos apenas amigos, Gabrielly?! - ele repete a pergunta que tanto me assombra.

Não é fácil dizer com todas as palavras que somos amigos, nos sentimos algo forte um pelo o outro e isso é visível nos olhos de qualquer ser humano, mas somos o que exatamente? Essa é a pergunta

– espera, qual o seu problema em me perseguir em banheiros? Essa não é a primeira vez que isso acontece, eu posso te denunciar por isso, sabia? - mudo o rumo da pergunta mantendo firmeza na voz e no olhar

– qual o seu problema em fugir para os banheiros? Bom, sabemos que você gosta dos banheiros, principalmente quando está na minha companhia - ele se aproxima relembrando o acontecido no avião

– não seja ridículo, Joshua - falo segurando o riso e ele sorri

– vamos Elly, você vai responder a minha pergunta ou teremos que ficar presos aqui para sempre? - ele apoia na bancada ao meu lado

– o que isso vai mudar na sua vida? - pergunto olhando em suas belas iris azuis

– muitas coisas, você não sabe o quanto - ele ri fraco - eu só queria te entender um pouco melhor, as vezes você é um enigma inexplicável. Essa resposta desvendaria 30% do mistério que você é - ele me olha sorrindo e eu suspiro

– sim somos apenas amigos, mesmo na maioria das vezes eu não querendo apenas isso. É tão difícil - ele me olha parecendo confuso - não tente me entender, nem eu me entendo

– talvez isso tenha piorado 70% do mistério - rimos juntos - eu não entendo, se você não quer ter apenas a minha amizade, por que caralhos você me evita? Por que você foge de mim?

– eu tenho medo de me machucar, Josh - suspiro

– mas eu não machucaria você, você sabe disso muito mais que qualquer outra pessoa nesse mundo. Você não confia em mim? - ele fica em minha frente

– confio, é claro que confio, é só que… as vezes minhas inseguranças falam mais alto - suspiro

– não fale isso, você é perfeita da pontinha do pé até a ponta do nariz e eu gosto de você assim - ele passa a mão em meu rosto e eu sorrio - eu sei que as vezes eu sou muito apressado e quero te colocar na minha cama, mas eu posso mudar isso, por você - ele sorri - eu te prometo que não vou insistir em transar com você

– não ousa fazer isso - ele me olha confuso - sua insistência é o que me deixa ainda mais excitada. Eu só nego porque não acho que eu esteja preparada pra me envolver emocionalmente com outro alguém agora, sabe?!

– claro, eu entendo perfeitamente. Quando você foi embora, eu achei que não teria mais ninguém nesse mundo que completasse o vazio que você me deixou, e fiquei quase um ano sem beijar outras garotas ou ao menos dormir com alguém, eu também não estava preparado emocionalmente para conhecer ninguém. Mas então o Noah me disse uma coisa que eu vou guardar pra sempre aqui comigo - ele tocou em meu peito, indicando o coração

– o que foi que ele disse?

– nem sempre as coisas acontecem como queremos, e sim, como precisamos. Temos sim que ter nosso momento para por as coisas no lugar, mas não podemos deixar de lembrar que o mundo ainda continua rodando e nosso tempo não é eterno. Viva o hoje, porque o amanhã só pertence a Deus - ele sorri emocionado como se estivesse revivendo tudo novamente

– isso é lindo, mas o que quer dizer? - sorrio

– não deixe o passado te abalar. Eu sei que você terminou recentemente, mas o mundo não vai parar para que você arrume no seu tempo o que ele bagunçou aí dentro do seu coraçãozinho. Não se prive das coisas Any, me deixe tentar tirar esse trauma que você tem do amor e eu te prometo que nada nem ninguém vai me impedir de ficar do seu lado a todo momento. Por favor - ele pede e eu suspiro. É tanta coisa pra processar de uma vez, ele tem toda a razão, mas é difícil

– Josh, eu não sei… - suspiro e ele me olha desanimado

– me desculpe, ok? Na real, eu nem sei porquê eu fiz isso. Eu vou abrir e vou… - interrompo o garoto colando meus lábios no dele, fazendo o que eu tanto esperava a tempos

– não me peça desculpas novamente - falo com nossas testas coladas após separar nossos lábios

– Elly, o que isso quer dizer? Eu não quero criar expectativas novamente para que do dia para a noite você simples se afaste de mim - ele diz se afastando o rosto um pouco para me olhar - esclareça as coisas, por favor

– eii baby, isso quer dizer que não somos apenas amigos. Eu estou disposta a tentar, eu só preciso de um tempo para raciocínar um pouco, mas enquanto penso podemos voltar a nos beijar de vez em quando - sorrio boba acariciando seu rosto e ele sorri abertamente antes de me encher de selinhos

– então estamos juntos?

– espera, não confunda as coisas. Sempre deixei claro que não temos nada - dou de ombros

– eu te conheço mocinha, e na minha cabeça estamos juntos sim, você querendo ou não - ele da um toque no meu nariz e eu abro a boca abismada, e então ele gargalha e me dá um beijo intenso novamente

– só não confunda as coisas, eu não deixei de ser uma mulher difícil. Nunca se esqueça que eu quero estar com você, mas não preciso de você - falo elevando meu ego novamente, até porque não posso parecer tão derretida por esse garoto, mas mesmo assim e ele teve a audácia de gargalhar na minha frente

– ah claro Gabrielly, pode ter certeza que eu acredito. - ele gargalha mais uma vez e eu semicerro os olhos - bom, eu sei que você é essa mulher difícil que tanto fala, mas esse papinho de que quer estar comigo e não precisa, é tudo mentira. Você não vive sem mim dona Any, não é atoa de que de várias opções que você teve, me escolheu novamente - ele agarra minha cintura que até o momento estava encostada na pia

– quem parece não viver sem mim é você, que me segue até dentro de um banheiro - sorrio satisfeita - e sim senhor Joshua, eu apenas quero estar com você, até porque você não é a melhor opção da minha lista, só é a mais fácil - faço pouco caso do garoto que entende a brincadeira

– bom, já que sou tão fácil, acho que não irá fazer tanta falta eu sair por aquela porta e convidar qualquer outra garota lá fora para sair comigo, não é?! - ele se afasta ameaçando sair, mas eu lhe puxo para mim novamente

– não ousa fazer isso. Você pode ser até a opção mais fácil, mas não deixa de ser o mais gostoso - arranho levemente sua nuca e logo após começamos um beijo quente cheio de amassos.

Bom, se achamos que se beijar dentro do banheiro seria a nossa melhor opção, estávamos completamente enganados. Duas batidas forte na porta ecoou por todo o banheiro, nos fazendo assustar

– senhorita Soares, por favor abra a porta. - ouço uma voz desconhecida, mas muito grave, o que me dava medo

– Josh, e agora? Se nos pegarem aqui estamos fudidos para todo o sempre - olho desesperada pro garoto que olhava cada canto desse banheiro

– eu tenho uma idéia. Enrola eles - ele diz se afastando.

– senhorita Soares nos responda, sabemos que está aí!! Recebemos um alerta de que você entrou a alguns minutos com o senhor Josh Beuachamp dentro desse banheiro, e isso não é permitido. Por favor, se retirem - ouço a voz mais uma vez

Merda, eu não tenho um dia de paz?


Notas Finais


Kkkkkk se acharam que não teriam suspense hoje, desculpa estavam enganados kkkkk

Juro, esse eu amei escrever esse capítulo kkkkk

Já que vocês pediram TANTO esse casal, ta aí galera kkkkk chorem

Enfim, bye galera. Amanhã tem mais hihi💖✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...