1. Spirit Fanfics >
  2. O Deus do meu amor. >
  3. A procura

História O Deus do meu amor. - Capítulo 1


Escrita por: Jk-shi

Notas do Autor


Fic reativada, também está lançado no Wattpad

Capítulo 1 - A procura


-Pai, ele já entrou em contato?

-Nada, Afrodite, hoje fazem 15 ano que seu irmão Apolo foi para o plano dos humanos e não mandou mais notícias. Sinto muito.

-Não! Pai, deixe-me ir atrás dele, o mal está na Terra a anos, pai não dá mais, esse ano é o ano da profecia, o grande mal vai olhar para nós do Olimpo e o céu escurecerá, se Apolo não agiu até agora ele pode..ele pode está morto.

-Não seja tola, seu irmão tem todos os poderes com ele.

-Nem todos, quando vamos para Terra perdemos a maioria deles, e se.. pai ele deveria ter achado o grande mal e matado ele.

-Ele está disfarçado na Terra, nem um Deus o enxerga.

-Não importa pai, o bem sempre atrai o mal, eles estão mais próximos do que pensa. Me deixe ir, pai, eu sou forte, os outros deuses não se importam com os humanos, mas Apolo liga pra eles e eu..eu...

Você se importa com Apolo, não é?

-É... pai eu preciso ir.

-Filha, tudo o que posso fazer é colocá-la para cair perto dele, mas você sabe, deuses mudam a aparência, eu não sei se você o encontrará, além disso, o mal é esperto, filha, ele pode te enxergar, seu irmão também, não sei seu irmão ainda está vivo.

-Nem eu pai..nem eu, mas tenho esperanças. Eu juro que voltarei para a casa se não o achar, me dê um tempo e eu acharei.

-Está bem... ajude no que puder. Eu te amo, filha, leve as suas armas, sabe qual é a de Apolo, não é? Está no quarto dele, vá pegar as armas, eu prepararei o portal, tomara que seu irmão não esteja longe de onde caiu.

-Tomara. Eu já volto.

Eu fui em direção aos quartos, mas não o dele, a lança de apolo está junto a minha..no meu quarto. Foi onde ele deixou na nossa última vez. 

Eu e apolo estamos juntos a 50 anos, eu sei que não é muito tempo, mesmo assim..a gente se gosta a dois mil anos, os deuses não podem se relacionar porque somos todos irmãos, a linhagem pura não permite a mistura, então somos condenados a ficarmos sós, por isso, os deuses têm o costume de ir para a Terra se divertirem, transar com humanos e humanas, todas as vezes nós tomamos formas diferentes, não controlamos, podem ser homens, mulheres, não sabemos o quem seremos...ao menos é o que ouvi, eu nunca saí do Olimpo, isso porque sempre fui apaixonada por Apolo, desde pequena, ele é meu herói, sou deusa do amor, da fertilidade, ingenuidade, da beleza, da sexualidade, eu tenho que me manter em paz para manda o meu amor a Terra e permitir que o amor reine onde posso, faço isso por Apolo que sempre amou o mortais..eu ouvi as suas histórias quando ele não me amava, algumas me deixavam com ódio e os mortais ficaram sem o amor... mas quando Apolo me amava, quase nenhuma morte acontecia no reino dos mortais, eu os inundava de amor e prazer, e Apolo lhes enviava calor e desejo, alegria e satisfação...eu sou o amor...Apolo é paixão... Sei que o que fazemos é pecado aos olhos dos deuses mas para nós é muito mais. Antes a gente fazia hora ou outra...mas então, finalmente ele se apaixonou por mim, a 50 anos me pediu em namoro,,,mas a 15 anos, meu pai nos revelou sobre o mal..e eu perdi o meu irmão.

O grande mal. Meu pai nos explicou sobre ele, não sabemos o seu nome, pelo o que sei, é um semideus, o primeiro da linhagem, filho de Hades com uma bruxa, meu Tio Hades.. ele odeia meu pai Zeus, como um dos três reis, Hades não pode ir a Terra, mas sempre se sentiu péssimo por Zeus lhe designar o mundo dos mortos, isso o deixa preso na maior parte do tempo no submundo, ele não pode vir ao Olimpo porque os mortos não podem ficar a solta...Com raiva, Hades convenceu seu filho a vingá-lo, lhe deu tantos poderes, desde então ele ameaça soltar os Titãs, monstros que carregam os elementos naturais nas veias, Zeus os prendeu por estarem destruindo os dois mundos e tomou Olimpo deles, era justo que ele virasse o Deus dos deuses. Mas meu tio não entende, e não pode desafiar Zeus, então, quando a criança nasceu a mais de dois mil anos, Hades previu que isso, a tomada dos poderes pelos Titãs aconteceria esse ano, os dois não podem matar meu pai, mas os titãs quase conseguiram uma vez, imaginem agora que estão com raiva.

Com medo da profecia, Zeus então contou aos filhos, precisava de um deles para deter o grande mal, mas zero se interessaram... só o meu amor, porque se os Titãs descerem a Terra, eles traram o Olimpo abaixo e isso mataria os humanos, eu fiquei tão triste, ele sabia que me deixaria sozinha quando fosse, ele sabia que eu tinha medo da Terra, que não amaria ninguém além dele, mesmo assim, ele foi...ele tem o poder do fogo, eu não poderei deter o mal sozinha, eu preciso de Apolo comigo. Com a lança dele e a minha nas mãos eu fui até Zeus, meus irmãos estão espalhados, não terei tempo de dizer adeus. Meu irmão tem a lança do fogo, eu tenho a lança da luz, sou mais fraca que ele em poder, mas sou muito boa na luta, ele me ensinou tudo o que sei, o que sei basta para me proteger sozinha, principalmente quando meus irmãos brigam comigo e ele não está.

-Pai, eu estou pronta.

-Filha, boa sorte. Eu amo você, por favor, traga-me meu menino de volta.

-Depois que matarmos o mal, voltaremos pai.

-Eu confio em você, filha.

-Pai..meu irmão ainda tem nossa marca?

-Tem filha, mas eu não sei onde está já que o corpo de vocÊs muda, mas ela estará lá.

Todos os deuses tem nossa marca de nascença, o símbolo da chave da eternidade, nossa marca imortal.

-Está na hora. Te amo, pai. Até.

-Até, filha, boa sorte.

Eu saltei pelo portal, sabia que cairia e iria doer, eu não estarei mais com todos os meus poderes, não sei quais eu estarei, é minha primeira vez na Terra. Apolo, estou indo, amor. Tudo o que sei da terra é o que Apolo me contou, sei o suficiente.... eu acho.

----------------------------

Meu nome é Jeon Jungkook, estou em mais um dia irritante por aqui, tive que aprender muita coisa pra me virar nessa vida, eu estou no meu carro que eu não bati umas três vezes na última semana...digamos que eu sou meio .. nervosinho, é que, as vezes, perco a cabeça, mas nada de grave.

-O SEU FILHO DA PUTA! VAI MAIS RÁPIDO O CACETE! O SINAL TA ABERTO!!!!!!!

Eu gritei com o terceiro velhinho da fila na frente do meu táxi, eu não tô com nenhum passageiro ainda, porra é assim que eu ganho meu sustento, nesse trânsito fica difi-

-AAAAAAAAAAAA!

Eu gritei quando seilá o que caiu dentro do meu carro, de onde essa porra veio? Estragou o meu teto do carro, mas o que-

-HUm... ai minha cabeça.....minha perna..

-A! O treco fala! É.. tem alguém aí?Vivo pelo menos?

-Ai.. Desculpa..você é um humano?

-Hum?

-O que....é essa coisa onde estou?

-Meu carro?

-O que é carro?

-Cara, você bateu a cabeça forte mesmo, vou ter que te levar pro hospital.. de onde você veio?

-Não preciso de hospital... Me curo rápido, eu to..me sentindo tão estranha, meu corpo está estranho. Minha visão tá um pouco turva. Eu..vim de..hum...eu..tentei me matar, é isso, eu acabei caindo aqui..

-A..nossa, mas cara, porque? Quer dizer, você parece ser boa pinta,é limpo e..com todo respeito, é bem gostoso.

-HUm? Cara? Porque está me chamando assi- Ai meu Zeus, não me diz que.. não.. a não pode ser...

Estranhamento o cara enfiou a mão no meio das pernas, bem em cima do pau dele, fez um "o" perfeito com a boca e perguntou a pergunta mais esquisita que eu já vi um cara perguntar na vida.

-CADÊ A MINHA BUCETA!???

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...