História O Deus e o servo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas, Mitologia Egípcia, Mitologia Grega, Mitologia Japonesa, Mitologia Nórdica, Mitologia Romana, Naruto, Noragami
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Nora, Orochimaru, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, Tsunade Senju, Yato, Yugito Nii, Yukine, Zabuza Momochi, Zetsu
Tags Casal Desconhecido, Culto, Deuses, Morte, Muitos Deuses, Naruto, Sasuke, Servo
Visualizações 35
Palavras 2.318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shonen-Ai, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Tava na hora, decidi por fim depois de muito tempo postar uma fanfic (Já postei uma em 2011 mas tenho vergonha absoluta dela kkkk) mas enfim, a história é do Naruto e o Sasuke(Mais Naruto do que Sasuke, porém o 1°capitulo vai ser do Sasuke)
Sobre o casal....... Mistério.......
Vai ter um sistema de poder um pouco complicado então nas notas do segundo capítulo eu explico direitinho.....
Bom, eu não sei o que dizer kkkk só que tenham paciência comigo, não faço ideia do que eu tô fazendo (Da história sim, mas...Ah vocês entenderem kkkk)

Capítulo 1 - Eu? Sou um Deus


Mundo humano, Cidade de Konoha

 

Mais um dia amanhecia, as pessoas acordavam e se preparavam para suas respectivas tarefas diárias, em certo lugar totalmente normal um jovem acordava, ele se levantou e foi direto pro banheiro fazer sua higiene particular, já saiu de lá totalmente arrumado ele tinha pele clara quase pálida, olhos ônix sem emoções e cabelos preto na altura do queixo. Seu cabelo é espetado nas costas com franjas penduradas em ambos os lados de seu rosto enquadrando suas bochechas, vestia uma camisa preta com o símbolo de um leque vermelho e branco na altura do peito e uma calça preta, seu tênis branco sem nenhuma mancha.

 

_Regras estupidas!_ Resmungou ele ao olhar para sua vestimenta. Aquele era o uniforme da sua escola, Uchiha School, uma escola militar com regras rígidas de vestimenta.

 

Após seu café da manhã, saiu de casa e foi em direção a escola, era um dia ensolarado parecido com qualquer outro.

 

_Tempo estúpido!_ Pensou mal humorado ao lembrar do que o esperava na escola. Depois de alguns minutos caminhando chegou na entrada e viu a mesma fila de sempre com vários seguranças revistando os alunos e olhando suas vestimentas.

 

_Mestre Sasuke!_ Falou um segurança ao reconhece-lo. Esse era o seu nome, Sasuke Uchiha, irmão mais novo do diretor da escola, seus pais morreram em um acidente de carro deixando a escola para seu irmão mais velho.

 

Mandou um cumprimento e seguiu em frente, sentindo os olhares de raiva e zombaria dos alunos na fila, seus olhos esfriaram imediatamente, esse era um problema que acontecia com ele, apesar de seu irmão ser o diretor ele não tinha nenhum direito a não ser passar pela segurança sem ser revistado, fora isso seu irmão o ignorava totalmente e os alunos aproveitavam disso para transformar sua vida em um inferno. Olhou em volta e percebeu o quanto o campus mudou em comparação ao ano anterior. A escola era imensa, principalmente o prédio principal que tinha 4 andares, ao lado esquerdo do prédio principal tinha um pequeno bosque onde no centro havia uma pequena fonte, fazendo daquilo uma linda visão, lá era o lugar de lazer da escola. Já atrás do prédio, diversos tipos de quadra onde era possível fazer todo tipo de esportes ou atividades, ja no lado direito, estranhamente havia um templo, ninguém sabia exatamente para que, mas havia um templo budista de 2 andares, ninguém era permitido lá. Apesar de alguns boatos de que algumas pessoas importantes da cidade se reuniam naquele templo e alguns juram ter visto uma luz vermelha incandescente brilhando dentro do templo. E o pior era as coisas horríveis que dizem ser feitas lá.

 

_Bobagem_ Murmurou Sasuke ao pensar na vez que ouviu que o seu irmão era um dos líderes desse culto estranho.

 

_Algum problema, Sasuke?_ Perguntou um homem de meia idade e de estatura média. Ele tem cabelo castanho que ele mantém em um rabo de cavalo, olhos castanho escuro e uma cicatriz em forma de linha que atravessa a parte de cima seu nariz.

 

_Nenhum Iruka-Sensei, só pensando alto._ Respondeu imediatamente ao sentir o professor o encarando intensamente.

 

_Sasuke, se você não gosta da minha aula não precisa vir assistir, só porque o seu irmão é o diretor eu não vou ignorar a sua falta de atenção nas aulas, fui claro?_ O professor falou com desgosto ao olhar para o aluno que ele achava ser um tipo de esnobe que pensava ser o rei do mundo.

 

_Sim Iruka-Sensei, alto e claro._ Falou em voz baixa ao sentir os olhares de divertimento dos alunos. Principalmente de 3 alunos em especial, Kiba Inuzuka, Neji Hyuga e Uchiha Shinki, seu primo que por algum motivo o desprezava.

 

Depois daquele pequena discussão, a aula seguiu silenciosamente e finalmente um som que para a maioria representava a liberdade, soou, o professor nem terminou de falar antes que todos já estivesse saindo da sala de aula, menos um certo moreno que nesse instante estava se preparando mentalmente para o que ia acontecer.

 

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

 

Pov's Sasuke On

 

Estava andando o mais rápido possível em direção ao bosque, evitando tudo e todos pois sabia o que ia acontecer se ficasse por ali. Ao longo do caminho me senti observado e já não tentei mais disfarçar, corri o mais rápido possível em direção ao bosque e entrei nele, mas a sensação de ser observado só se intensificava.

 

_Droga, tenho que despistá-los algum jeito..._ Pensei quando meus sentidos diziam que o perigo se aproximava, olhei em volta até que vi uma luz que saia do lado oposto do bosque, uma luz se acendeu na minha cabeça, e quando dei por mim corria em uma direção, o templo.

 

Depois de um tempo finalmente cheguei, e sem pensar duas vezes pulei o muro que impedia os alunos de entrarem e assim que eu passei os olhares sumiram da minha direção, mas algo me dizia que não por muito tempo, então achei algum lugar entre a mini floresta que tinha no templo e me escondi torcendo para não me acharem. Passou-se alguns minutos e suspirei aliviado ao não ver ninguém, me permiti relaxar por um segundo, o que se revelou meu pior erro, senti uma dor nas minhas costas e fui arremessado para frente.

 

_Argh...O quê?!?_ Balbucinei confuso com o que aconteceu.

 

_Hahaha, achou mesmo que ia fugir da gente?_ Uma voz carregada de zombaria falou e no mesmo instante entendi o que aconteceu, me descobriram. Na sua frente estavam três pessoas, um tinha cabelo comprido marrom escuro, o cabelo atingia o meio das costas, seus olhos azuis claros quase prateados e possuía uma expressão facial severa, dura e fria com um ar de nobreza. O outro era mais selvagem ele tinha cabelo castanho bagunçado, nítidos olhos negros com pupilas verticais, grandes dentes caninos, e suas unhas que pareciam garras, ele também tinha estranhas marcas vermelhas em suas bochechas e exalava selvageria, como uma besta sanguinária. Já o outro era inconfundível,era uma cópia sua, tinha cabelos escuros curtos, diferente do seu era totalmente arrepiado e possuía um ar arrogante e debochado. Todos eles vestidos com o uniforme da escola.

 

_Shinki, Neji e Kiba...O que vocês querem?_ Falei com uma voz carregada de ódio e fúria.

 

_O que você acha?_ Neji falou, e em um movimento rápido me deu um chute na altura do rosto, só deu tempo de colocar meus braços na frente para impedir o contato direto, mas mesmo assim fui arrastado para trás e meu braço ficou dormente.

 

_Haha ele defendeu o seu chute Neji, que patético._ Kiba zombou sem misericórdia e isso aumentou a fúria de Neji.

 

_Foi apenas sorte._ Rugiu em fúria Neji e por um segundo eu pensei ter visto seus olhos brilharem prateado.

 

_Não pense que vai ter a mesma sorte, fracote._ Falou com uma voz fria e depois ele sumiu da minha frente, só senti uma dor no estômago e  o sangue subir na garganta, cai de joelhos no chão e tentei pegar alguma coisa no ar em uma falha tentativa de buscar o ar.

 

_Vai com calma Neji, não queremos matar ele, só maltratar um pouco._ Shiki disse com uma voz arrogante e caminhou calmamente na minha direção.

 

_Você está bem?._ Perguntou com ar inocente.

 

_Vai… Pro… Inferno!_ Disse com um o último fôlego que me restava e cuspi um pouco de sangue no seu rosto. Seu sorriso apagou instantaneamente.

 

_Não se preocupe, você vai primeiro._ Falou com certa frieza e me acertou um chute no rosto, depois disso não me lembro de mais nada, só da dor que eles me proporcionaram, depois tudo ficou escuro.

 

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

 

Acordei com um vento frio que fez os pelos do meu corpo se arrepiarem, tentei me mexer mas ao menor movimento uma dor surgia, cerrei os dentes e consegui me levantar mesmo com a dor tentando me impedir.

 

_Onde eu estou?_ Olhei em volta mas tudo que eu via era a escuridão, passou-se alguns segundos e minha vista finalmente se acostumou com o lugar e percebi onde estava.

 

_Merda, eu não deveria estar aqui, tenho que fugir._ Mas esse plano teve que ficar pra outra hora ao ouvir vozes se aproximando, me escondi o mais rápido possível.

 

_Vai ser hoje?_ Uma voz fria perguntou.

 

_Sim, ele virá hoje a noite._ Arregalei os olhos ao perceber de quem era essa voz.

 

_Itachi...?_ Os pensamentos correram na minha mente ao lembrar dos boatos que corriam sobre o templo.

 

_Não é possível…._ Murmurei infelizmente um pouco alto de mais.

 

_Quem está aí?_ Os dois gritaram ao mesmo tempo olhando na minha direção. Meu coração parou por um instante.

 

_Droga tenho que fugir._ Ao terminar o pensamento eu já estava correndo mato a dentro, sem nem olhar para trás.

 

_Zabuza, mate quem quer que seja._ Ouvi o meu irmão gritar e me assustei com o tom frio que ele usou, como se mandar matar alguém fosse algo normal, acelerei ainda mais, percebendo o perigo que corria, mas era tarde demais.

 

_Sim Itachi-sama._ A voz agora denominada Zabuza respondeu e a temperatura caiu imediatamente, uma névoa começou a se espalhar pela floresta inteira, por algum motivo senti que isso não era normal.

 

_Moleque, você não pode se esconder de mim, você está no meu território._ Falou aquela voz e para meu horror a névoa a minha frente começou a se juntar em uma velocidade incrível e tomou a forma de alguém, um homem alto e visivelmente musculoso com a pele pálida, cabelo preto curto espetado, olhos castanhos, e sobrancelhas pequenas, seu corpo coberto de bandagens, ele exalava uma presença de morte, era como se eu pudesse sentir a foice da morte no meu pescoço só esperando a ordem dele.

 

_O que diabos é você?_ Gritei em pânico ao perceber que aquilo não podia ser humano, nenhuma pessoa poderia fazer aquilo. Ele gargalhou com vontade ao ouvir minha pergunta.

 

_Não se preocupe, você não precisa saber, prometo que vou ser rápido._ Após dizer isso a névoa se juntou novamente e formou uma espada imensa, parecia uma faca de açougueiro, a lâmina em si tinha dois recortes, um círculo próximo ao topo e um semi-círculo mais perto da alça.

 

_O que diabos?_ Pensei em pânico e tentei correr mas as minhas pernas não se mexiam, não sabia se era a aura assassina ou a névoa que me impedia, tentei gritar mas a minha voz não saia. Vi ele vindo na minha direção com a espada na mão, como se me matar fosse um passeio no parque.

 

_Droga, por que? Por que eu? Eu não quero morrer, não ainda, eu não cumpri minha promessa, por favor, qualquer um, me ajuda, eu faço qualquer coisa, por favor... Alguém me ajuda!!!!_ Pensei desesperadamente a primeira parte mas depois algo surgiu no meu coração e minha voz saiu. Eu vi ele parando um pouco surpreso por eu ter conseguido falar, mas  só foi issso,logo depois ele veio e senti a lâmina do ceifador apertando cada vez mais, ele ergueu a espada e no instante em que eu fechei os olhos ouvi uma voz.

 

_Com todo prazer!_ Uma voz alegre soou e ouvi o barulho de uma explosão seguido de árvores caindo, não ousei abrir os olhos com medo do que eu poderia ver.

 

_Ei, até quando vai ficar de olhos fechados, garotinho assustado?_ Falou uma voz brincalhona e por algum motivo estranho senti que podia confiar naquela voz, e quando abri os olhos vi a névoa a minha volta se afastar, olhei em volta e vi árvores caídas em linha reta como se um trem tivesse atropelado elas, e olhando diretamente pra mim um homem alto e loiro, de olhos azuis celestiais, com três riscos em forma de bigode de raposa olhando pra mim, ele vestia uma roupa esquisita como se fosse aquelas dos deuses gregos antigos, e para meu espanto flutuava.

 

_Oi, meu nome é Naruto, é você que pediu ajuda?_ Perguntou ele olhando para mim como se tivesse ganhado um presente. Mas eu só consegui dizer.

 

_O que é você?_ Ele deu um sorriso alegre como se esperasse a pergunta e respondeu divertido.

 

_Eu? Sou um Deus._ E neste instante eu sabia que o meu mundo tinha mudado de vez.

 

_Deus? Você? Impossível_ Perguntei descrente, ele me olhou com uma cara surpresa e perguntou.

 

_Por que? Depois de tudo isso você ainda não acredita?_ ele me perguntou genuinamente curioso e um pouco confuso.

 

_Eu sou ateu!_ Respondi sem pensar, eu não tinha um argumento realmente bom para o que eu tinha visto. Ele me mandou um sorriso cínico e seus olhos brilharam em vermelho vivo. Eu senti que se ele quisesse ele poderia me matar com um pensamento, foi uma sensação horrível.

 

_Não é mais._ Fiquei sem palavras com aquela resposta. E nesse pequeno momento de perplexidade um rugido furioso soou.

 

_Quem é o verme que ousa me impedir de matar a minha presa?_ Para meu total espanto quem falou foi o homem da névoa que quase me matou a poucos segundos atrás, ele se levantava da trilha de árvores derrubadas e andava na nossa direção, sua aparência neste momento não era das melhores, as bandagens que cobriam seu peito foram cortadas em um rasgo sangrento que saia um sangue estranhamente roxo, ele emitia uma aura feroz, sua boca agora descoberta mostrando seus dentes em formato de tubarão, tornava tudo mais assustador.

 

_Ainda está vivo? Não sabia que um pequeno cultivador poderia sobreviver a um ataque de um Deus. _Falou o loiro intitulado Naruto olhando um pouco surpreso para o homem ensanguentado.

 

_Se voce fosse um verdadeiro Deus eu certamente morreria, mas a julgar pela força que você me atingiu, você não passa de um patético Sem Domínio._ E quando ele disse isso a face sorridente do meu “salvador” escureceu, seus olhos brilharam em vermelho vivo e uma fenda negra como  de uma besta primordial apareceu em seus olhos, e nesse momento eu posso dizer que o inferno caiu sobre terra.

 

Pov's Sasuke Off


Notas Finais


Bom é isso, esse primeiro capítulo foi uma pequena introdução, no próximo o Naruto vai transformar gente em pho e vou apresentar alguns conceitos sobre os poderes(Ah e vai explicar porque ele estava ali e salvou o Sasuke também)
Bom praticamente é isso, se tiver algum erro de português me desculpe não deu muito tempo pra revisar, escrevi na faculdade ;-;
Comentem se possível e favoritem também isso me deixaria feliz :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...