1. Spirit Fanfics >
  2. O Dia em que a Terra Parou >
  3. Dia 2

História O Dia em que a Terra Parou - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Kira, Thanos e Thomas tinham suas razões, mas a minha... esta é a teoria que todos vão aceitar...

Capítulo 2 - Dia 2


Fanfic / Fanfiction O Dia em que a Terra Parou - Capítulo 2 - Dia 2

- É isso! É isso!!! – Eu gargalhava descontroladamente no quarto. Deitado sobre e sob inúmeros papéis que anotei durante toda manhã.

- O que foi Thiago? – Meu pai parado ao lado da porta, parecia confuso, mas ria junto à mim. Ou de mim...

- Nada pai... – Continuei a pensar:

“Tudo fez sentido agora.”

“China é um país que sofre quando é necessário uma grande demanda de alimento! Doenças como H1N1, H5N1 e agora o mais novíssimo nCoV-2019, surgiram próximo as datas cuja a China está em festa, como: O Ano Novo Lunar. De certa forma, disseminar uma doença para evitar tais tipos de comemorações, colabora para uma estabilidade econômica no país.”

Ligo o celular e continuo a pesquisar:

“Enquanto a bolsa chinesa aumentava 0,3%, eles mantinham a cura em segredo. Agora, que despencou 13,5%, uma cura surge imediatamente sem nem possuir testes prévios, e já está sendo utilizada em humanos... isso é muito estranho, muito estranho mesmo...”

- Vocês viram isso? – Disse minha mãe na cozinha – Mais 3 mortes confirmadas em Santa Catarina, número de contaminados no Brasil sobe para 600.

Olho pela janela, alguém está passando na rua. Mesmo em meio a quarentena, tem pessoas andando na rua... com biquíni e maio.

“Eu não acredito no que vejo, essas pessoas estão indo à praia? Em meio a uma pandemia?”

- 3000 mortos na Itália – Minha mãe, alarmada, roía a unha enquanto mexia no celular – Eles estão sendo massacrados, a doença se espalha rapidamente e mata cada vez mais pessoas de idade avançada.

Sento-me no sofá da varanda. A rua deserta pela primeira vez em 16 anos, de alguma forma, me alivia e tranquiliza todos os pensamentos paranoicos. O céu, cada vez mais iluminado e reluzente, brilha de forma incandescente no seu azul mais puro.

- A natureza está retomando a ordem – Ouço pássaros cantando. Parecem felizes e alegres. – Talvez, os 18 meses nos quais tínhamos para salvar a Terra, foram glorificados agora... Talvez, uma praga que elimina milhões não é tão ruim assim... um novo mundo está para se erguer! E nós seremos aqueles que vamos ver uma nova geração de vida.

Lugares nos quais os céus estavam enegrecidos pela poluição, hoje, encandecem com lágrimas do sol, iluminando casas que só viam chuva e nuvens negras. Rios cuja peixes enojavam-se, agora, são abençoados por espécies múltiplas que alegram-se ao nadar nas águas cristalinas limpas da poluição.

Nossos céus estão mais limpos, nossos bosques tem mais flores, nossas matas tem mais vida e nossa vida ganha novos valores...

“Extinguir a humanidade não é algo que muitos consideram bom, mas uma renovação, isso pode ser considerado valoroso. A Terra, é um planeta como qualquer outro, e como qualquer outro, tem um limite máximo para a vida. Somos quase 8 Bilhões, quando irão perceber que um dia, tudo não passará de favelas amontoadas umas nas outras com pessoas se atropelando em meio as calçadas? Por um breve minuto, por um breve segundo, eu penso que: Talvez, o verdadeiro vírus somos nós...”

- Pensando bem... – Começo a pensar mais afundo – Criar uma “resistência” contra a cura pode ser uma boa ideia até que haja uma menor população... Acho que estou ficando louco... mas um louco com razão...

Ligo o celular, começo a pesquisar e anotar rapidamente. Fontes, dados, tudo o que encaixa-se aos meus pensamentos sobre está nova geração. Me deparo com uma teoria que engloba tudo o que já pensei. A teoria populacional malthusiana, propõe tudo o qual havia pensado... reduzir ou controlar nosso povo, para que então possa-se ter uma melhor vida. Nossa espécie está reproduzindo e destruindo sem parar, um dia, nosso mundo não terá mais lugar para abrigar tanta gente. E ai que entro com minha proposta... deixar de forma simples e formal, que a doença não seja curada, deixar que ela escolha suas vítimas e leve-os daqui. Somos 8 Bilhões, em breve fome e falta de moradia serão nossos maiores problemas... Precisamos de uma redução... Nosso planeta está doente, doente de humanos, e sua febre, são nossas pragas, que aos poucos, tentam livrar-se dessa infecção conhecida como humanidade.

- Preciso fazer alguma coisa – Começo a escrever tópicos nos quais irei tomar – Se existe uma teoria que define minha teoria, então existem pessoas que pensam como eu penso...

- Tá falando sozinho moleque? – Meu pai, mais uma vez, escorado à porta.

- Nã... Sim pai – Lhe encaro fixamente, ele parece desconfiado mas me recordo, que, ele sempre foi assim.

Vejo ele sair. Vou até a porta e a fecho dizendo:

- Eu penso melhor quando estou em silêncio!

Continuo minha pesquisa. “Está certo, estou correto? Alguns vão me chamar de louco, mas minha teoria tem no que se apoiar.”

- Thanos pensava assim, Thomas Robert pensava assim... – Me vem à cabeça algo peculiar. Todos que pensaram assim, tinham como iniciais dos nomes T e H assim como eu. – Limpar a humanidade sempre foi um plano de grandes pessoas... como disse Light Yagami em Death Note: “Esse mundo está podre...”

Entro em meu Facebook. Memes e mais Memes sobre nCoV-2019. Pessoas sem juízo que tiram sarro de algo tão perigoso.

- Thanos, Thomas, Kira – Começo a sorrir – Cada um deles tinha seu jeito de salvar a humanidade... mas pessoas com falta de intelecto tiraram de suas vidas, a fórmula dessa salvação... Cabe à mim, agora, mostrar as pessoas que talvez, um vírus não é a doença, e sim, a cura...

Enquanto crio uma página no Facebook, meus dedos dançam sobre a tela enquanto pronuncio meu discurso:

- Posso não ser o pioneiro nessa ideia, mas serei o primeiro a pô-la em prática e propagação. nCoV-2019 é a maneira na qual esse mundo pode ser restaurado. Reduzir a população de acordo com a escolha do vírus é a minha salvação... e quando a poeira abaixar, os poucos bilhões de pessoas que restarão irão olhar para este novo mundo e clamar a mim... pois serei o Salvador deste novo mundo... À pouco minutos eu odiava a China pelo que fez... mas agora, vejo que a natureza também está a favor dela!

 Minha perturbadora risada soa de forma psicótica e ecoa pela casa. Aos ouvidos de quem me escuta, pareço um maníaco que tem o prazer em torturar suas vítimas.


Notas Finais


Novamente, obrigado à todos que leram e gostaram... hoje acordei mais tarde então demorei um pouco mais para o desenvolver da história... até amanhã


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...