1. Spirit Fanfics >
  2. O dia em que eu criei um harem(Hentai) >
  3. Yandere

História O dia em que eu criei um harem(Hentai) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor



Capítulo 4 - Yandere


[ ] P.O.V Ryuji [ ]


Eu estava no intervalo junto com Misore e Cathy, eu estava provando algumas comidas Chiques que Cathy queria que eu provasse,


-Cathy: Diga Aaah!- A loira entrega um takoyaki na boca de Ryuji, que o saboreia


-Ryuji: Isso é muito bom! Misore quer provar- ele repete os atos de Cathy só que com Misore o que deixa a loira Enfurecida mas ela tenta disfarçar


-Misore: Hmm! Isso é tão bom- A loira estava prestes a fazer um comentário sobre o ocorrida mas ao se virar ela vê Ryuji oferecendo um para ela também 


-Ryuji: Você precisa comer Também- ela sem pensar duas vezes come o takoyaki inteiro e fica o saboreando


Hehe! Eu nunca me canso de ver a cara de inveja dela


-???: eh!  Com licença- uma garota Ruiva aparece atrapalhando o momento do trio- Por acaso você é o irmão da Lillie- ela tinha uma voz meio tímida que lembrava um pouco misore


-Ryuji: Sim sou eu, por que a pergunta?


-???: Ela pegou um meu caderno emprestado, e ela disse que esqueceu e que era pra eu te procurar


-Ryuji: Ah lillie Sempre jogando seus problemas pra mim, Certo pode passar na minha casa depois da aula


-???: Ah tudo bem, obrigada- ela saiu andando rapidinho do local


-Cathy: Você vai deixar ela ir na sua casa?- os olhos da loira estavam lacrimejando um pouco


-Ryuji: é uma situação de emergência


-Cathy: Mas eu ia te convidar para passar o dia comigo, Eu achei que você ia me fazer companhia- Misore ao ouvir fica com uma leve inveja


-Ryuji: Já sei, Misore pode te fazer companhia- A garota de inveja passa para confusa e Cathy também não entende muito- Essa é a chance de vocês se conhecerem melhor!- O garoto arruma suas coisas e sai rapidamente do local sem dar muitas explicações- Divirtam-se


-Cathy: Ryuji- Ela dá um leve suspiro de decepção mas logo Misore a oferece um takoyaki na boca


-Misore: Aaaah!- a loira abre a boca e come a bolinho e volta a sua feição normal


[ ] Depois da aula; casa de Ryuji [ ]


-Ryuji: Ah droga- o garoto arrumava seu quarto rapidamente escondendo todas suas revistas eróticas


-Mimi: Você está bem?- A gata surge vendo todo o desespero do rapaz


-Ryuji: Uma garota vai vir aqui e eu não posso deixar ela ver isso- ele ouve a campainha de sua casa tocar- Ah droga, Já vai!, o que eu faço?- ele vê que ainda havia muitas coisas a esconder e com pouco espaço 


-Mimi: Deixa comigo- os olhos da gata brilham e magicamente os objetos se arrumam


-Ryuji: Legal!- ele ouve a campainha novamente- já tô indo, Fico te devendo essa Mimi- o garoto desce as escadas muito apressado e abre a porta era a garota ruiva de antes


-???: Olá, posso entrar?


-Ryuji: Sim claro- ele abre a porta e a garota entra e passa um tempo olhando o local


-???: Sua Irmã não está?


-Ryuji: Não, ela saiu com a minha mãe pra uma academia aqui perto, Minha mãe começou com uma mania de querer ficar em forma e ela acabou levando a lillie junto nessa- A garota ri de leve


-???: Sua família deve ser bem animada


-Ryuji: Eh! Pode se dizer que sim- quando ele fala isso a gata aparece no canto da sala


-???: Own Quem é essa?- Ela fala colocando a gata em seu colo e fazendo carinho


-Ryuji: Essa é a Mimi a nossa gata, nós temos ela a pouco tempo- ao olhar mais de perto ele nota que a gata estava mais calma do que o normal- Acho que ela gostou de você 


-???: Você acha mesmo? Bem eu tenho uma Cadelinha então eu acho que tenho jeito com animais


Ou talvez seja por que essa "gata" adore ser mimada


-???: Olha! Acho que ela dormiu- A gata estava totalmente enrolada enquanto dormia


-Ryuji: É assim mesmo ela é bem preguiçosa- A Ruiva ri novamente- Vamos seu caderno deve estar no quarto meu e da lillie- ao subir as escadas e entrar no quarto eles começam a procurar enquanto conversam 


[ ] Um tempo depois [ ]


-Ryuji: Nossa a lillie escondeu bem esse caderno


Que droga por que eu fui pedir pra Mimi arrumar o quarto?


-???: O quarto de vocês parece estar bem organizado, parece até…


-Ryuji: Ah é por que a Lillie é bem perfeccionista e sempre gosta de tudo organizado- ele interrompe a ruiva


Eu não posso deixar que ela saiba que foi mágica, mas essa desculpa foi péssima 


-???: Entendo


-Ryuji: *suspiro bom, eu vou no banheiro e já volto


-???: Ok eu vou continuar procurando


[ ] No banheiro [ ]


-Ryuji: Quando eu penso que a Mimi vai me ajudar- Ao terminar suas necessidade, o garoto estava prestes a sair quando ele ouve a porta sendo destrancada- Hmm- Ao se virar ele a garota ruiva-  como você?…- ele nem termina sua frase e é surpreendido quando ela se ajoelha e começa a chupar seu pau


Que? O que essa garota está fazendo? Aliás eu acabei de notar que nem tinha perguntado o nome dela


-???: *hmm *hmm você gosta disso Ryu- o garoto soltava alguns leves gemidos de prazer


-Ryujin: Eu não aguento mais-O garoto  goza na boca da ruiva que engole boa parte


-???: Ah sua porra é melhor do que eu pensei- O garoto tenta ler a mente da ruiva mas falha


Que estranho por que a eu não consigo ler a mente dela


-???: Ryu pode brincar com eles se quiser- ela fala enquanto abre seu moletom


-Ryuji: Uou você está mesmo no primeiro ano- Ryuji não resiste começa a apalpar os peitos da ruiva que dá leves gemidos


-???: Ah! Que bom que você gostou, eles são apenas para o Ryu- ele começa a chupa-los o que faz os gemidos aumentarem- Desculpe mas eu ainda não produzo leite


-Ryuji: Não se preocupe eles são bons mesmo assim- Ele fica perto do rosto dela e a beija eles ficam um tempo assim até que se separam


Mesmo já tendo perdido a virgindade essa é a primeira vez que eu beijo uma garota assim


-???: Ryu, eu quero te dar uma coisa- ela se levanta e começa a tirar toda sua roupa- Por favor aceite minha virgindade 


-Ryuji: Sim! venha vamos para o meu quarto- ele a puxa pelo braço e a leva até seu quarto, lá ele também retira sua roupa e vai até a ruiva que estava de quatro na sua cama


-???: Pode vir- o garoto vai até ela e coloca seu pau dentro e começa com os movimentos 


-???: *ah! *ah! É incrível eu acho que eu nunca vou sentir nada igual com outro pau além deste


Mesmo sendo virgem ela não sangrou, parando pra pensar Cathy e misore também não, Depois eu tenho que perguntar pra mimi toda a lista de poderes


-???: Incrível seu pau está moldando meu interior


-Ryuji: Você é bem apertada é quase como se estivesse puxando me pra dentro- os dois já estavam dando altos gemidos a esse ponto 


-???: Venha, Venha- ela começa a ficar mais intensa chega até a assustar Ryuji


-Ryuji: Então você quer ficar intensa- logo eles mudam de posição rapidamente com Ryuji atrás pegando em seus peitos e mordendo levemente sua orelha enquanto continua com os com os movimentos dentro dela 


-???: Ah Ryu! Isho é t..tão bom!, minha mente está em um branco t..total!, eu sinto que algo está vindo!


-Ryuji: Eu Também, Eu sinto que eu vou gozar em breve


-???: Então f...faça junto comigo, por favor, despeje tudo Dentro!- logo os dois gozam juntos


-???: Ah! porra do Ryu dentro de mim! Eu nunca senti algo igual


-Ryuji: Desculpe mas eu preciso de mais


-???: Hã?- Ryuji joga a garota que se apoia na parede e logo ele vêm enfiando novamente em outro buraco- Ryu! AAH! AAH! Ryu está tirando a minha outra virgindade, Eshe é o m...melhor dia da minha vida- A ruiva geme cada vez mais alto tornando suas palavras totalmente incompreensíveis 


-Ryuji: Desculpa mas meus quadris estão se movendo sozinhos, Seu corpo é realmente o melhor! eu já vou gozar de novo


-???: Dentroa, Por favor dentro!- garoto solta seu segundo jato de porra dentro da ruiva


-???: Incrível eu nem consigo sentir minha bunda- ela cai no chão ainda com uma cara de prazer 


[ ] Um tempo depois [ ]


-Ryuji: desculpa eu peguei muito pesado com você


-???: Não, tudo bem, meu corpo serve apenas para sua satisfação Ryu


Pera eu só conheço uma garota que me perdoaria por isso


-Ryuji: Rei!?


-Rei: Ah eu fui descoberta- ela tenta se fazer de boba 


Rei akabane ela minha amiga de infância, no passado eu defendi ela de alguns bully's que zoavam com ela, haha no final eu sempre apanhava deles


-Ryuji: Eu Nem te reconheci Sem seus óculos 


-Rei: eu não preciso mais deles, minha visão se curou de repente foi quase como mágica, ou apenas sorte- ela pega de sua bolsa um par de óculos, e os coloca- eu ainda guardo eles como uma lembrança de quando você me defendeu


-Ryuji: Ah então você se lembra


-Rei: Sim mesmo que os aqueles garotos tenham batido em você, eu sempre vou me lembrar de você como meu salvador


-Ryuji: Ei pare com isso, isso é constrangedor- ele fica levemente vermelho


-Rei: mas é verdade, eu também vou fazer de tudo para te deixar feliz- ela se aproxima de Ryuji com uma feição levemente assustadora e passa seu dedo pelo corpo do garoto que fica com um leve arrepio


Eu devo admitir que ela mudou um pouco


-Rei: Afinal como eu já disse antes, meu corpo só serve para sua satisfação- Ela levanta e faz um símbolo de coração com suas mãos em seu peito, fazendo Ryuji esquecer do seu lado macabro 


-Ryuji: Tão linda- ele puxa seu celular que estava perto e tira uma foto


-Rei: Hã? Ryu guardou uma foto minha? Ah esse definitivamente é o melhor dia da minha vida- ela estava bem vermelha, com as mãos em seu rosto


-Ryuji: Tá, bom vamos nos vestir logo, minha mãe e irmã devem estar chegando


Nós colocamos nossas roupas e fomos para a frente da casa para nos despedimos 


-Rei: Até mais Ryu


-Ryuji: ei espera, e o seu caderno


-Rei: Ah sua irmã não pediu meu caderno foi só uma mentira que eu contei pra você me convidar, então até mais nos vemos amanhã na aula - ela se despede pela última vez e então Ryuji entra em casa


-Ryuji: Essa garota hein, mas ela até que ficou mais fofa


-Mimi: Já acabou? vocês estavam bem animados, Hein!


-Ryuji: Ah mimi eu acabei de me lembrar de algo, eu tentei ler a mente da Rei mas eu acabei não conseguindo, você não saberia o porquê né?


-Mimi: O que!? Isso é estranho, bem o único jeito disso acontecer seria…- antes dela falar o celular de Ryuji toca


-Ryuji: Alô 


-Misore: Ryuji, a Catherine ela…- a garota faz uma pausa na fala


-Ryuji: Misore, Aconteceu alguma coisa?


-Misore: A Catherine vai ser expulsa


-Ryuji: O que!?



[ ] Fim do capítulo 3 [ ]





Notas Finais


Nada aqui .-.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...