1. Spirit Fanfics >
  2. O dia em que eu reencarnei como personagem de anime >
  3. A segunda prova! A final batalha da cavalaria!

História O dia em que eu reencarnei como personagem de anime - Capítulo 43


Escrita por:


Notas do Autor


Oi , oi ~
Sentiram saudade de um capítulo novo não foi?
aqui está para vocês!
E SOMOS + 350 FAVORITOS!
Gente, quem viu o meu aviso sabe que a fanfic pode acabar indo parar no wattpad por medo da minha conta ser banida. Eu já tenho uma conta lá que é @Ringoaka. Mas eu ainda irei continuar postando os capítulo normalmente por aqui mesmo, só vou recorrer ao wattpad caso meu perfil seja banido. Vamos torcer para que isso não aconteça.🙏🤣
E aqui estamos com a continuação da segunda prova e a final dela.
Espero que gostem ~

Capítulo 43 - A segunda prova! A final batalha da cavalaria!


Fanfic / Fanfiction O dia em que eu reencarnei como personagem de anime - Capítulo 43 - A segunda prova! A final batalha da cavalaria!

- Haha, Yuna-chan! Eu vou pegar os seus pontos! - Tooru falou usando a bandana acima da cabeça sem a blusa de educação física como estratégia para dificultar as outras equipes mas Sato e Koda estavam muito corados tentando não olhar muito para a garota embora ela fosse invisível. Todos os outros times começaram a correr em direção a garota dentre eles estava o time do Shinso que era movida por TetsuTetsu sendo o cavalo, e o Midoriya e Tokoyami na ala direita e esquerda. Pela forma como a expressão deles era vazia significa que Shinso havia usado sua individualidade de controle mental neles, a albina tinha que tomar cuidado para não deixar nenhuma palavra escapar da sua boca.

- Pessoal! Não importa o que aconteça, não respondam ao garoto de cabelos roxos bagunçados se não vocês vão cair no controle mental dele. - Yuna falou e a equipe da garota confirmou com a cabeça. Com as equipes se aproximando a garota tomou uma decisão. - Inasa! Vamos voar! 

Obedecendo ao seu comando, Inasa ativou sua individualidade de vento e toda a equipe flutuou embora não fosse uma altura muito alta, mas graças a individualidade de Uraraka que tirou o peso de todos foi fácil para Inasa erguê-los.


- Ela é a Mulher Maravilha? - Shinso falou surpreso vendo o time da garota passar por cima deles. Shinso começou a dar pequenas cotoveladas no prateado que ainda estava no seu controle mental. - Andem logo seus palermas! - Sabendo que não teria chance de pegar os pontos da garota nesse momento se concentraria por agora em pegar os pontos de outros times, no caso do time do Monoma porque a última coisa que o arroxeado queria era que o loiro passasse para a próxima fase sendo um pé no saco. 

- JIRO-CHAN! - Tooru gritou e os fones de Jiro reagiram por reflexo e voaram em direção à Yuna, mas graças a individualidade de Naty ela criou uma plataforma como uma espécie de escudo bloqueando o ataque da garota. 

Após sobrevoar quase todo o espaço do estádio, Inasa pousou em uma área menos movimentada e a equipe da garota voltou a correr tomando cuidado com as outras equipes que ainda estavam de olho na bandana de Yuna.

- Sua individualidade é perfeita nesse tipo de problema, Inasa-kun!

- Você confiou em mim para ajudar a guiar sua equipe até a vitória. Estou apenas provando o meu valor, ISSO FAZ MEU CORAÇÃO QUEIMAR DE PAIXÃO! - Inasa gritou animado.


- MINHA NOSSA! SÓ PASSOU APENAS DOIS MINUTOS DESDE QUE COMEÇAMOS E JÁ TEM GALO E GALINHA VINDO DE CADA LADO! - Mic gritava no microfone. - Desistir de perseguir os 10 milhões e fica no segundo ou no quarto lugar não é uma má ideia. 

- HEY YUNINHA ~ QUE TAL ME DAR ESSA BANDANA? - Yuna virou para o lado e viu Shoji correr em direção a eles, pelo tom de voz de criança provavelmente era Mineta que se escondia por debaixo dos seus braços múltiplos assim como Tsuyu. 

- O Shoji está sozinho? Mas não é uma batalha em equipe? - Uraraka falou confusa vendo o time se aproximar rapidamente.

- Não se deixem enganar! O Mineta e a Tsuyu-chan estão escondido por debaixo dos braços múltiplos do Shoji-san. Precisamos manter distância dos ataques contínuos da língua da Tsuyu e as bolas grudentas do cabelo do Mineta que saírem dali! - Yuna alertou e a equipe se manteve alerta, previndo as bolas grudentas tentarem lhe atingir Yuna ativou sua individualidade lançando uma rajada de gelo onde os cachos de uva grudento congelaram numa rocha de gelo. Como previsto, a língua de Tsuyu tentava pegar a bandana acima da cabeça da garota que desviava com um pouco de dificuldade. 

- Bons reflexos Yuna-chan, me dê logo sua bandana gero! - Tsuyu falou voltando a lançar sua língua assim como Mineta que disparava várias das suas bolas. "Quanto mais ele poderia disparar continuamente até sua cabeça começar a sangrar?" Essa foi a pergunta que Yuna se fez tentando desviar desesperadamente dos ataques, sem outro caminho de escapatória Inasa usou seu poder sobrevoando mais uma vez as equipes, porém como foi uma situação de desespero Inasa acabou fazendo a equipe voar mais além.

- Vocês estão bem? Usei meu vento para nos ajudar a escapar mas como foi uma decisão de última hora não consegui avisar vocês a tempo. - Inasa gritou se desculpando com as três garotas do seu time, Ochaco foi a única a ser pega desprevenida por isso seu corpo estava um pouco trêmulo com o susto. 

- O que importa é que conseguimos fugir deles! - Yuna falou olhando para as duas equipes que haviam acabado de escapar porém seu cu trincou com todas as forças quando viu Katsuki vir em sua direção usando suas explosões para voar. - KATSUKI O QUE VOCÊ QUER AQUI EM CIMA? LUGAR DE SATANÁS NÃO É NO CÉU NÃO! 

- NÃO FIQUE SE ACHANDO, YUNA! ME DÊ SUA BANDANA AGORA! - Bakugo gritou se aproximando da albina com a mão ameaçando usar sua explosão o que assustou Uraraka. Sem opção Yuna estava prestes a tirar seu sapato para tacar na cara de Katsuki como um ataque de defesa porém Naty, que já estava estranhando o loiro não ter feito nenhum movimento até agora, usando sua individualidade criou mais uma plataforma mais resistente comparada a última para o loiro não conseguir quebrar com as suas explosões. Graças a proteção de Naty eles conseguiram se esquivar da explosão do Katsuki o que irritou o loiro mais ainda em relação a albina de cabelos curtos que debochou com um sorriso em seu rosto. Bakugo foi puxado pela fita que saía dos cotovelos de Hanta e foi trazido de volta ao solo pela sua equipe. A equipe de Yuna conseguiu pousar depois de Inasa diminuir a força do vento em seus pés. 


- VAMOS AGORA OLHAR O PLACAR E… Que?! - Present Mic travou por segundo e tirou seus óculos de DJ para ter certeza de que não estava vendo coisas, muitos times estavam com 0 pontos, inclusive o time do Bakugo também ficou depois que Monoma roubou a bandana e claro, o loiro perdeu a paciência com o tijolinho oxigenado cara de drogado. 

A equipe de Yuna aproveitou aquela chance para fugir do time de Bakugo que iria causar a maior chacina, já que Monoma foi decidir irritar justamente o cara que tem o pavio curto da classe. A maior parte das equipes que eram da B estavam distante da equipe da garota e pareciam estar mais concentrados em pegar os pontos da equipe do Monoma e dos mais próximos. Yuna sabia que em "briga de marido e mulher não mete a colher" mas o provérbio que se encaixaria melhor seria "Não se mete com o capeta". Com o olhar concentrado nas outras equipes a sua esquerda, Yuna levou um susto e quase se desequilibrou quando sua equipe simplesmente parou. A razão foi o time de Todoroki diante deles.

- Pelo visto fugir não é mais uma opção. - Yuna suspirou mantendo a expressão séria em sua feição e começar uma troca de olhares com o bicolor. Todoroki endureceu suas sobrancelhas acertando o olhar sobre a figura da garota diante dele fazendo a albina sentir um arrepio subir sua espinha. 

- Eu vou pegar isso. 


- Parabéns Yuna, por causa do seu harém desastroso esse picolé de pimenta está aqui pra pegar sua bandana. - Naty reclamou lançando um olhar irritado para a equipe do bicolor.

- Sua aparência encantadora atraiu o Todoroki! - Inasa elogiou. 

- Isso não tem nada a haver com a minha aparência! E pare com essa conversa de harém, Naty! - Yuna reclamou tentando manter a compostura. - Neste momento não podemos ficar parados. 

- Iida, avance! - Todoroki falou, Iida ativou os motores das suas panturrilhas e começaram a se aproximar da equipe da grisalha. - Yaoyorozu, prepare a defesa para conduzir a eletricidade. - A morena obedeceu criando uma estrutura de carbono saindo do seu braço e uma caixa de fusível sair da sua barriga,  assim Kaminari conseguiria utilizar sua individualidade em uma grande potência para conseguir atingir as equipes próximas, e uma capa isolante para proteger a equipe de ser atingida pela eletricidade do loiro elétrico. 

- Kaminari.

- Já sei o que devo fazer. - Kaminari respondeu e pequenas faíscas sendo liberadas do seu corpo, Yuna não tinha que se preocupar com os outros times que se aproximavam pois seriam atingidos pela eletricidade de Kaminari. Eles não tinham Tokoyami para proteger da eletricidade, mas eles tinham um escudo mais seguro.

- Se eu fosse você procurava se defender Akane. - Todoroki falou passando o cobertor criado por Yaoyorozu por cima de toda a equipe. 

- CHOQUE INDISCRIMINADO! 1,3 MILHÕES DE VOLTS! - Kaminari gritou e todas as equipes que estavam próximos levaram uma enorme carga de choque, Naty ativou sua individualidade como um escudo para protegê-los porém parte da carga de energia desviou atingindo Yuna que resmungou de dor. 

- Yuna-chan! - Uraraka gritou preocupada com a amiga.

- KAMINARI SEU PIKACHU ALOPRADO! - Jiro gritou irritada com a voz trêmula devido ao choque assim como todos os outros, Todoroki, Iida e Yaoyorozu estavam protegidos do choque graças à capa isolante, Todoroki encostou sua mão direita na estrutura de carbono o congelando, e congelando o chão e o pé das pessoas que seguravam o cavaleiro mantendo eles parados no lugar.

- VEJAM SÓ, TODOROKI PAROU TODAS AS EQUIPES QUE SEGUIAM AKANE DEIXANDO O CAMINHO ABERTO SÓ PARA ELE! CIÚME QUE FALA NÉ? - Yamada, Present Mic, gritou no microfone animado.

- Ele os congelou enquanto o choque do Kaminari os parou, ele levou em consideração o tanto de gente que conseguiu passar pelo seu gelo na primeira prova da corrida de obstáculos, então usar Kaminari foi uma ótima estratégia para contê-los. - Aizawa falou. 

- Bom comentário! - Yamada concordou.

- Aliás homem, porque que tu tem que gritar tão alto? Eu tô do seu lado, TABACUDO! - Aizawa reclamou dando outro tabefe na cabeça do loiro. 


- Eles vão nos alcançar! - Uraraka falou assustada com a distância do time do bicolor ficar cada vez menor, Inasa tentava pegar mais velocidade mas não era suficiente contra o Recipro Burst de Iida. 

- Vou tentar interceptar! - Naty falou ativando sua individualidade avançando na direção deles, mas graças a reação rápida de Yaoyorozu ela criou algo parecido como um mata moscas defendendo Todoroki do ataque, o que fez Naty morder o lábio inferior de frustração pelo seu ataque ser interrompido. 

- A criação da Yaoyorozu é um problema. 

- Eu acho que o Recipro Burst do Sonic ali que é o verdadeiro problema. - Naty falou se referindo a Iida que continuava a correr em direção ao time da garota. - O Iida-san é o cavalo do time, o tendão de Aquiles e nós somos a flecha, se dermos um jeito no seu Recipro Burst teremos a vantagem. 

- Mas como vamos fazer isso? A proteção deles é impenetrável. - Uraraka falou.

- Esse é o problema. 

A equipe da garota foi surpreendida quando chegaram nos limites da arena e suas únicas rotas de fuga foram bloqueadas pelo gelo do bicolor.

- O TIME DA AKANE NÃO TEM MAIS PARA ONDE IR! A ELSA DO INFERNO QUER OS 10 MILHÕES SÓ PARA ELE! - Yuna estava tendo um conflito consigo mesma na mente procurando alguma rota de fuga, enquanto o time do Todoroki se aproximava. Naty usava sua individualidade como guarda para proteger a equipe de qualquer ataque mas ela não podia continuar a usar sua individualidade por mais tempo pois aquilo gastava sua vitalidade, Inasa também já se encontrava esgotado e não conseguiria usar seu vento para erguê-los sobre aquela muralha de gelo. 


Yuna sabia que Todoroki não usaria seu lado esquerdo por nada, então ela desviava pelo lado esquerdo para evitar o seu ataque de gelo do lado direito, o que deixou Todoroki numa situação complicada pois se ele usasse seu lado direito correria o risco de acabar acertando Iida e Yaoyorozu. Mas Yuna sabia que não conseguiria manter seus dez milhões, pois Iida usaria o Torque Over para ir mais rápido e Todoroki conseguria roubar seus dez milhões. Entretanto, Yuna já tinha bolado um plano nesse meio tempo e ter sua bandana de dez milhões roubada por Todoroki fazia parte dele. 


- Incrível. Yuna está conseguindo evitar o time do pequeno Shoto dentro daquela barreira já faz cinco minutos. Mas é estranho, porque será que ele não está usando suas chamas? - Yukio perguntou confuso enquanto olhava para o bicolor que parecia estar ficando irritado com a garota que se distanciava cada vez mais. O grisalho mais velho desviou o olhar para as arquibancadas quando uma figura em destaque de um ruivo coberto de chamas, um velho amigo, Enji Todoroki, mas conhecido pelo nome, Endeavor. 

Yukio não tinha muito contato com a família Todoroki como de costume desde a morte do seu filho mais velho e o incidente com a sua esposa, Rei Todoroki. Todavia, Yukio podia ter uma ideia a respeito de que a aura daquela família não era nada agradável. Eri, que estava sentada entre Yukio e All Might observava a albina através do enorme telão. A pequena notou a perseverança e a determinação em seu olhar e ela acreditava na sua vitória e torcia para a garota não se machucar durante essa prova. 


- Ela está te prevendo, idiota. - Enji falou olhando de longe de pé com os braços cruzados e seu corpo coberto pelas suas próprias chamas, seu olhar estava vidrado em Shoto desde o início do festival até notar a albina. Ele conhecia você, o ruivo tinha a certeza de ter visto o mesmo olhar em seus olhos em algum lugar. Aquela garota era forte e esperta, aparentemente mais que o seu Shoto. - Use suas chamas Shoto. 


- Pessoal, nós não temos muito tempo sobrando, eu irei ficar sobrecarregado depois disso e não serei mais útil depois de usar. Conto com vocês. 

- Iida? - Todoroki perguntou e Yaoyorozu e Kaminari ficaram com a mesma reação confusa, o garoto de óculos e cabelos azulados se curvou ficando numa posição de corrida ativando os motores das suas panturrilhas. 

- Segure firme, pegue Todoroki-kun! - Iida falou e seus motores ativaram a turbina máxima. 


- Isso é mal… Temos que desviar!

- Não! Fiquem aqui!

- Mas assim eles vão pegar a bandana. 

- Deixem que pegue. 

- Huh?! Ta ficando doida Yuna?! - Naty perguntou a garota que ainda mantinha um sorriso em seu rosto, Naty não teve outra opção a não ser confiar seja lá no que a garota estivesse planejando. 


- Torque Over! - Iida falou e o time inteiro foi arrastado numa velocidade rápida que nem mesmo a própria equipe entendeu o que tinha acabado de acontecer diante dos seus olhos. Como esperado, Yuna sentiu Todoroki pegar a bandana acima da sua cabeça e plateia inteira gritou com aquela cena inesperada. 

- O QUE?! O QUE ACONTECEU? FOI MUITO RÁPIDO, NUNCA NEM VI! SE PODIA FAZER ALGO ASSIM TÃO INCRÍVEL PORQUE NÃO MOSTROU ISSO NAS PRELIMINARES IIDA?! 


- Mas o que foi isso? - Todoroki perguntou amarrando a bandana no pescoço juntos com as outras bandanas. 

- Forçando o torque e rotações maiores, criei um poder explosivo. Com o coice meus motores param por um tempo. É um golpe secreto que eu não mostrei para ninguém da turma ainda. - Iida falou com o vapor escuro saindo das suas turbinas. 

- MAS QUE PLOT TWIST FOI ESSE?! O TIME DA AKANE PERDEU SEUS DEZ MILHÕES!! 



- E agora o que faremos Yuna? 

- Vamos pegar os dez milhões de volta!

- O QUE?! MAS VOCÊ TINHA DITO QUE ERA PRA DEIXÁ-LOS PEGAR E AGORA QUER PEGÁ-LOS DE VOLTA?! - Naty gritou confusa após a fala contraditória da garota. 

- Eu tinha que deixar o Iida-san usar o seu Recipro Burst nos últimos minutos. Ele não consegue mais usá-los por agora, a oportunidade para recuperá-los é essa! - Yuna falou e seus olhos azuis penetraram com os heterocromáticos do bicolor fazendo ele sentir um arrepio percorrer pelo seu corpo.

- VAMOS PEGAR OS PONTOS DE VOLTA YUNA! COM TODA CERTEZA! - Uraraka gritou começando a correr com Naty em direção ao time de Todoroki que estava parado, Yuna sabia que a castanha estava dando tudo de si e disposta a arriscar tudo para vencer aquela prova em nome do seu objetivo de poder ajudar os seus pais, não só a garota mas todos do time estavam confiando nela e perder não era uma opção para ninguém do time. 


Todoroki sentiu a pressão, algo inexplicável vir da garota. "Força de vontade?" Não sabia ao certo, mas ver a albina tão próxima dele involuntariamente Todoroki ativou suas chamas para proteger os seus pontos, Yuna que esperava por aquele golpe ela desviou seu braço mudando a direção dos pontos que estavam em seu pescoço para os que estavam na sua cabeça, a agilidade foi rápida que nem mesmo Todoroki conseguiu acompanhar. 

Inasa usou seu vento uma última vez para um impulso onde a equipe manteve uma certa distância do time do bicolor. Todoroki pela primeira vez mudou sua expressão de indiferença para uma perplexa e assustado quando viu a garota segurar a banana que estava na sua cabeça á alguns segundos atrás.


- "Ela não estava atrás dos dez milhões?" 

- Pela sua cara você deve estar se perguntando, "Ela não pegou os dez milhões?" ou algo assim? É verdade que os dez milhões podem nos garantir a vitória, mas deixar que a gula nos dominasse devido ao valor dos pontos seria um problema. Para Katsuki, ele quer ser o primeiro em tudo. Mas eu não, pra mim não importa se não conseguirmos ficar em primeiro lugar. - Yuna falava amarrando a bandana de valor 615 na sua cabeça durante os segundos finais da batalha da cavalaria. - VENCER A PROVA JÁ É O SUFICIENTE! 


- DUPLO PLOT TWIST! YUNA NÃO CONSEGUIU PEGAR OS DEZ MILHÕES DE VOLTA, MAS CONSEGUIU SER COLOCADA DE VOLTA NA CLASSIFICAÇÃO DOS TOP 4! - Present Mic gritou e todos da plateia começaram a aplaudir. 

- YUNA! ME DÊ SEUS DEZ MILHÕES! - Bakugo gritou voando usando suas explosões para se aproximar de Yuna. 

- VAI FAZER UM KIBE KATSUKI! OS DEZ MILHÕES NÃO ESTÃO MAIS COMIGO! - Yuna gritou ameaçando jogar um sapato na cara do loiro. 

- MALDITO PAVÊ! - Bakugo gritou mudando a trajetória das suas explosões em direção ao Todoroki. Como Iida estava incapacitado de usar seus motores devido ao seu golpe secreto, Todoroki gritou chamando pelo nome da Yaoyorozu onde a morena criou uma barra de ferro e a congelou por completo para usar como lança. 


"TIME UP!"


Present Mic gritou e o alarme ressou em seguida dando fim a segunda prova da batalha da cavalaria. Bakugo deu de cara no chão , a plateia inteira gritou animada mesmo que a maioria não tenha compreendido os segundos finais da prova. O time inteiro, exceto Todoroki suspirou aliviado que o jogo tenha acabado antes que o loiro estressado tivesse chegado até eles, conhecendo Bakugo por serem colegas de classe e por terem experiência própria de como era conviver com o loiro sabiam que o resultado daquela batalha não seria nada agradável. Como já dizia o ditado, “Salvo pelo gongo”.


- Droga… - Todoroki resmungou frustrado. 

- Bakugo, você tá legal? - Kirishima perguntou vendo o loiro começar a dar pequenos soquinhos no chão como uma criança birrenta quando não compravam o brinquedo que ela queria.

- Ele vai ficar bem. - Yuna falou aparecendo subitamente atrás do ruivo que se assustou com a sua presença que estava concentrado olhando preocupado pro loiro que parecia irritado. - Ele só deve estar bravo porque não conseguiu o primeiro lugar nessa prova também. 

- Akane, seus pontos. O que houve com os seus dez milhões? - Kirishima perguntou.

- Ah, o Todoroki conseguiu pegar. - Yuna falou e Kirishima ficou confuso devido o tom de voz pleno que a garota havia usado, pelo visto ela não parecia nem um pouco decepcionada. 


- AGORA O JOGO ACABOU, VAMOS DAR UMA OLHADA NO PLACAR! EM PRIMEIRO, TODOROKI TEAM! - A plateia gritava de alegria enquanto Todoroki permanecia com o seu olhar monótono em direção ao chão. - EM SEGUNDO, BAKUGO TEAM!

- Foi quase! - MIna falou balançando as mãos de alívio e frustração por estarem tão perto de pegarem os dez milhões

- O segundo lugar não é tão ruim.

- Sim mas... Acho que o Bakugo não está satisfeito com isso. - Kirishima respondeu o comentário de Hanta com o olhar sobre o loiro que estava passando por um surto da raiva que deveria manter distância.

- AAAAAAAAAAH! MERDA! - Bakugo gritou irritado enquanto os três olhavam estranho para sua direção. 


- EM TERCEIRO… UÉ?! ATÉ TU FILHO MEU? O TEAM SHINSO!

- Obrigada pela ajuda de vocês. Inclusive a sua Midoriya Izuku. - Shinso falou desativando sua individualidade fazendo, Tokoyami, TetsuTetsu e Izuku saírem do seu controle da mente.

- EM QUARTO, POR UM DUPLO PLOT TWIST, AKANE TEAM! ESSES QUATRO TIME IRÃO PASSAR PARA RODADA FINAL! Agora vamos para um intervalo para o almoço antes de começar a última prova, porque se alguém desmaiar de fome teremos problemas… Opa! O microfone ainda tá ligado? Vixe maria, Eraser vamos comer.

- Eu vou é dormir e aproveitar esses minutos de silêncio sem você gritando no meu ouvido. 

- As vezes tenho dúvidas sobre suas demonstrações de afeto por mim, Shota. 


- Que frustrante! - Tsuyu falou irritada. - Parabens pela vitoria MIna-chan, Ochaco-chan!

- O Bakugo apenas me escolheu porque minha individualidade podia derreter o gelo do Todoroki, eu não acabei fazendo quase nada. 

- Mas caramba, eu não entendi nada daquele final. Nem eu previ que a Akane-kun fosse fazer algo tão arriscado. - Iida comentou ajeitando seus óculos e Uraraka, Naty e Inasa concordaram com o azulado. 

- Ela é amiga de infância do Midoriya-chan. Já era de se esperar gero. - Tsuyu falou. 

- Nem mesmo entendemos ela, nós apenas seguimos ela porque ela parecia ter certeza do que estava fazendo. Pareceu que ela havia previsto também o golpe rápido do Sonic quatro olhos. - Naty falou apontando o dedo indicador ao rapaz e Iida percebeu que o apelido se referiu a ele. 

- Porque Sonic? 

- Ah, porque os dois são rápidos e tem cabelo azul. 

- Mas isso não é razão para chamar alguém disso. 

- Sem contar que eu acho o Sonic muito fofo também. - Naty falou mostrando um sorriso fazendo as bochechas do rapaz de cabelo azulado tomar uma coloração avermelhada. 

- HMMM… IIDA CORADINHO! - Mina em questão de segundos, apareceu do lado de Iida farejando o cheiro de amor vir de dentro do rapaz. 

- Ashido-kun! Mas que atitude mais desagradável com a minha pessoa!

- Nem tente fugir do amor Iida! A tia Ashido aqui entende do assunto! Eu sou a guru do amor. 

- Ah, Deku-kun! - Uraraka falou apontando ao garoto de cabelos esverdeado que saía do estádio e tinha uma expressão confusa em seu rosto. - Deku-kun?

- Uraraka-san? O que houve?

- Eu fiquei te chamando mas você não estava me escutando. Parecia que estava no mundo da lua. 

- Desculpa. Fiquei distraído com algumas coisas mas não era nada importante… - Izuku falou despreocupado coçando a nuca mas o olhar em seu rosto significava outra coisa. - Vocês viram a Yuna-chan? Queria falar com ela. 

- A gente não viu ela. 

- Parando pra pensar, a gente não vê ela desde que fomos classificados. - Uraraka falou preocupado após se lembrar da última vez que haviam visto a garota.

- Antes da Yuna-chan sumir eu vi que o Todoroki-kun foi o último a falar com ela. - Inasa falou brotando e entrosando no meio do grupinho, o que assustou o pessoal devido a sua enorme altura igual a de uma geladeira eletrolux de duas portas. 

- É mesmo, o Todoroki-kun também não está aqui. - Iida falou olhando para cada lado sem encontrar a figura bicolor.  


- Porque estou com uma sensação ruim disso? - Midoriya sussurrou. Bem longe da saída do estádio, Todoroki estava recostado sobre a parede enquanto observava diante dele a figura da garota de longos cabelos brancos, encarando no fundo dos seus olhos azuis escuros que retribuiu com um olhar inocente, pois sabia que rumo aquela conversa iria tomar. 


- O que você queria falar comigo, Todoroki-kun?




Notas Finais


Até mais ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...