História The day the wolf fell in love - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Chapeuzinho Vermelho, Lobo Mau, O Caçador, Personagens Originais, Vovó (Granny)
Tags Chapeuzinho Vermelho, Floresta, Literarura Feminina, Lobo, Romance
Visualizações 67
Palavras 268
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


🙃

Capítulo 33 - Um pequeno susto!


Fanfic / Fanfiction The day the wolf fell in love - Capítulo 33 - Um pequeno susto!

Acordo de manhã e me deparo com uma criancinha chorando. Me levanto as pressas. Ele repetia várias palavrinhas.

- mamã... Mamã... Mamã... Telo mamã!

Entretanto uma palavra dele faz meu coração acelerar de uma forma intensa!

- mamã li! Li! Mamã!

Creio que essa Li! Poderia ser a Lis! Pode ser que não... Ela tem um filho? Por que não me contou? Um filho! De três anos eu acho... Três anos! TRÊS ANOS! Esse moleque é filho de outro cara! Com a Lis... A criança não parava de chorar. Então ouço um barulho de estômago( fome?) ele coloca a mão na barriga após o barulhinho.

- está com fome?

O garotinho balança a cabeça em sinal positivo. Ele é um gato... Será que gosta de peixe?

- você gosta de peixe?

Outro sinal positivo! É isso! Eu seguro sua mãozinha pequenina, e o levo até um Riozinho.

- não pense que vai ser moleza! Aprenda a pegar sua própria comida!

Ele olha pra mim sem entender nada.

- vem! – o puxo até a água. Uma parte rasa. Onde passava a correnteza- fique ai!

O deixo no local. E quando me viro... Meu kami Sama! Essa criança é feita de que? Penas? Ele foi LEVADO pela correnteza!

O neném tenta nadar contra a água que o carregava. Mas se afogava. Pensei em deixa-lo lá... Essa criança é filho de outro...

No entanto não sou tão mal assim! Por mais que já tenha matado crianças...

Pulo na água. Estava frio! Coitado do menor! Nado até ele com dificuldade. Puxo seu capuz. E o trago comigo para a margem do Rio.


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...