1. Spirit Fanfics >
  2. O Diabo se apaixonou por mim?! >
  3. A mudança. - Capítulo 1

História O Diabo se apaixonou por mim?! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Mais uma história kkkkk ;w;

Capítulo 1 - A mudança. - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction O Diabo se apaixonou por mim?! - Capítulo 1 - A mudança. - Capítulo 1

Olá. Eu me chamo Julliette, tenho exatamente 118 anos de idade, e meu pai é um dos demônios mais poderosos do mundo. O seu nome.. É Zalgo. Muitos odeiam meu pai, mas ele tem um alvo principal. O SlenderMan.. Bem.. Meu pai sempre me mijou muito, mas eu nunca fui de aceitar muito bem as coisas, digamos que eu sou um tanto... Rebelde.

Sábado a noite, 23:35.

Zalgo: JULLIETTE! ABRA ESTA PORTA!

Julliette: Abra você, meu caro papai.

Eu estava dentro do quarto, havia aprisionado uma das putas do meu pai. Eu estava a torturando faz um tempo.. Os gritos me satisfaziam mais do que tudo. Não conseguia parar de rir, enquanto a via amarrada, e implorando por ajuda. Seu olhar era desesperado, havia feito cortes pelo corpo dela, que não paravam de sangrar.

Julliette: Ah. Para com isso. Nem está tão fundo assim..

Gulia: Aaaaaah!! Socorro!

Julliette: Você quer mais cortes? Okay.. Desta vez.. Vou caprichar.

Eu cortei mais forte a coxa dela, deixando a carne a mostra. Mas.. Meu pai conseguiu abrir a porta selada com magia, com a ajuda de Neffey, o mago do castelo, o mais fiel amigo de meu pai. Ele era bonito, não era tão mais velho que eu.

Zalgo: GULIA!

Ele a pegou no colo e a entregou para Neffey, seu olhar era um tanto amargurado, e cheio de repugnância.

Zalgo: Saiam daqui.

Ri um tanto alto.

Julliette: Ora pai.. Por que se importa tanto com uma vadiazinha dessas?

Ele me deferiu um tapa na face. Desta vez, por mais incrível que pareça.. Doeu mais.

Zalgo: Eu já te falei milhares de vezes. Não coloque elas no meio! Elas não tem culpa de sua MÃE TER MORRIDO, ELA ERA INSIGNIFICANTE.

A raiva me tomou conta, e o sangue ferveu. Meus olhos ficaram brilhantes, com uma cor vermelha mais forte.

Julliette: O QUE DISSE?! MINHA MÃE ERA O QUE?!

Zalgo: EU JÁ ME CANSEI. VOU LHE DAR UM BELO CASTIGO DESTA VEZ!

Julliette: E QUAL SERIA?! LAVAR OS SEUS PÉS?

Zalgo: Você vai para a Mansão Creepypasta. Eu preciso de um espião lá.

Eu arregala os olhos, espantada.. Ele havia ido longe demais.

Julliette: O.. que..?

Zalgo: Eu já me cansei das suas palhaçadas. Você já esgotou a minha paciência. Nem sei se posso te chamar de filha mais.

Eu comecei a tremer, não de medo, nem de raiva. De tristeza. Estava me contendo para não chorar.

Zalgo: Eu me cansei de você, Julliette. Faça as suas malas. Vou te dar uma nova aparência amanhã.

Eu saí correndo do meu quarto, e fui para o jardim. Comecei a pensar em tudo que poderia acontecer se eu fosse para lá.. Senti um carinho na minha cabeça. Era Neffey..

Neffey: Hey. Não chore..

O abracei, com força..

Julliette: Ele quer me mandar para o lugar que eu mais odeio.

Ele logo segurou o meu queixo e me beijou. Era um beijo intenso, como se fosse sentir falta daquilo. Ele logo me pôs em seu colo, e nos beijamos mais ainda, paramos, ofegantes.

Neffey: Vou sentir tua falta.

Julliette: E eu a sua..

No dia seguinte, 07:30 da manhã.

Havia feito as minhas malas, e estava com a pior aparência possível.. Um cabelo azul, e olhos verdes.

Julliette: Mas que porra..

Zalgo: Você vai me obedecer, senão..

Julliette: Senão o que?

Zalgo: Eu vou colocar fogo no túmulo de sua mãe.

Levantei da cadeira.. Estava séria, meu pai abriu um portal, logo abriu os braços. Apenas o ignorei e entrei no portal.

Julliette: Aqui vamos nós..

Andei um pouco e senti uma mão cobrir meus olhos. Ouvia um sussurro, que me deu arrepios.

???: Você vem comigo, gatinha.


Notas Finais


Tchau tchau. Logo sai O Filho de Slenderman, bbs. -3-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...