1. Spirit Fanfics >
  2. O diabo veste Louis Vuitton >
  3. Prólogo: Sonho ou pesadelo?

História O diabo veste Louis Vuitton - Capítulo 1


Escrita por: blueing

Notas do Autor


Oioi, maybes! Como vão vocês? Se hidratando direitinho? Bom, as férias estão acabando e eu não poderia atrasar mais ainda a estreia dessa fic, uma vez que estou devendo há um bom tempo a postagem a maravilhosa @beckinstale pela capa perfeita que ganhei, muito obrigada, meu bem, e me perdoe pelo atraso. É a minha primeira história nesse perfil e obrigada a você por estar lendo e dando o seu apoio por aqui, você não sabe o quanto pequenos gestos como favoritar uma fanfic estimula o avanço de um autor anônimo como eu. Espero que gostem da história, estou aberta a teorias em!

(⚠️)Vale lembrar que não tenho nenhuma intenção de ofender a nenhuma religião/crença ou negridir a imagem de ninguém citado aqui, todo e qualquer personagem presente aqui é inteiramente fictício e foi criado com o intuito de proporcionar entretenimento de fã para fã!

Boa leitura, maybe!❤️‍🔥

Capítulo 1 - Prólogo: Sonho ou pesadelo?


Onde há escuro, há luz. Convenci minha mente relutante que haveria de ter alguma forma de luz ao fim daquele lugar escuro, desconhecido, frio. Flexionei os joelhos pronto para ir à procura de qualquer mínima fagulha de claridade que me fizesse chegar a algum lugar, conhecido de preferência, e ao tentar levantar do chão gelado minhas pernas falharam, a queda fora inevitável, me amaldiçoei baixo por minha fragilidade, debruçado ao piso. Se as pernas não colaboravam me restava rolar sem rumo, foi quando dei de costas certeiro em um dos diversos pilares com uma estatueta bizarra de anjo, não havia notado a quantidade incontável de elementos angelicais como aquela, não senti dor, apenas encarei a face gélida da escultura branca, sua expressão dura e firme, tentando compreender o porquê de ter sido criada de tal maneira, com tal postura.

 Como eu presumia, um clarão surgiu e pude constatar com clareza os detalhes sórdidos do lugar, as estruturas sem cor do palácio demonstravam o quão sem graça o alvo poderia ser, sem móveis, aparentemente fazia um considerável tempo que ninguém vinha dar sequer uma olhada. O ar se infestou de brasas, e sem entender o que estava acontecendo, como desde que despertei nesse lugar, permaneci sentado.

 O piso xadrez infinito começara a girar em sentido anti-horário, a velocidade o tornava hipnótico, alucinógeno, logo o branco das paredes incolor derretia dando lugar ás trevas do que me pareceu o inferno de Dante. Gritos ensurdecedores vinham do que me acreditava ser as imensuráveis obras de concreto divinas, imploravam por misericórdia, ardiam no fogo do pecado, agonizando em dor o sacrilégio de piedade, chamavam por seu Deus com toda a fé que tinham, mas o único retorno que ecoava era a risada diabólica do tinhoso.

 Perplexo por tamanha crueldade emanada dos fatos, o ar de fogo queimava minha vias respiratórias, fazendo meus olhos lacrimejarem. Contudo, o contraditório derivava quando um sorriso ladino surgiu em meu rosto, maníaco como nunca antes, eu ria sadicamente da dor, me divertia do sofrimento alheio sem remorso algum. E como se a clemência das orações fosse minha energia renovada, me pus de pé com êxito, forte feito um touro, absorvi o máximo de fé que aqueles pobres coitados podiam emanar, me alimentando com uma fome insaciável, desumana. Quando surgiu um reflexo pude perceber quem eu era, um demônio com todas as letras. Mas, desde quando o diabo veste Louis Voitton?


Notas Finais


Eita, eita! ❤️‍🔥
O primeiro capítulo promete! O que será que o nosso Mr. Taehyung vai aprontar?

Nós vemos em algum dia aleatório, espero que em breve. Boa noite, e muito obrigado mais uma vez!

~ Com carinho, autora anônima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...