1. Spirit Fanfics >
  2. O Diabo veste prado ( Jungkook ) >
  3. Chapter one

História O Diabo veste prado ( Jungkook ) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Escrevi essa fanfic porq gosto de vampiros e coisas medievais.
Espero que gostem.

Capítulo 1 - Chapter one


Fanfic / Fanfiction O Diabo veste prado ( Jungkook ) - Capítulo 1 - Chapter one

Erice, Italia - XVIII

Chapter one

Tens a pele mais clara, Unhas afiadas, Olhos mais claros, quando em presença de sangue suas presas ficam evidentes e seus olhos ficam vermelhos. VAMPIRO

- Olha isso Aurora - Fala minha amiga

- Chloe isso só passa de histórias para crianças mal criada.

- Mais Auro...

- Por favor isto não existe, agora va pra tu casa mocinha estás muito tarde.

- Ok

Pego o livro que Chloe estava é leio alguns parágrafos.

Espiritualismo eslavo

Durante este tempo acreditava-se que a alma tinha a capacidade de reentrar no corpo do defunto. Tal como os espíritos atrás mencionados, a alma passageira tanto podia abençoar como causar destroço entre a sua família e vizinhos durante os quarenta dias que duravam a passagem. Após a morte do indivíduo, era feito um esforço considerável na correcta execução dos ritos funebres por forma a assegurar a pureza e pacificação da alma durante a sua separação do corpo.

Destas crenças profundamente arreigadas sobre a morte e alma deriva a invenção do conceito eslavo do vampir. O vampiro era a manifestação de um espirito impuro em possessão de um corpo em decomposição. esta criatura morta-viva era considerada como vingativa e ciumenta em relação aos vivos, e sedenta do sangue dos vivos, essencial para suportar a sua existência corporal.

Fecho o livro já assustada com cada palavras terríveis, não acredito que exista espiritos ruins.

Sinto uma pontada forte em meu coração e não sabia oque era, esqueço tal dor, poderia ser coisa da minha cabeça saio dos pensamentos pego minhas coisas, fecho a pequena biblioteca e sigo meu caminho.

A noite estava um breu so a luz do luar estava no ceu, comecei a lembra de varias palavras de Chloe, que existia uma coisa vampiresca feminina que gosta de meninas virgens, senti calafrios em meu corpo.

A estrada estava escura não conseguia encherga nada, resolvo acender minha lamparina, e consigo iluminar um pouco o caminho, e acabo tropeçando em algo e caindo.

Levato me e aponto a lamparina para tal coisas que me fizeste cair.

Olho para o lugar, e sinto meus olhos marejarem, era o corpo de chloe, desvata ela estava com suas roupas rasgadas, me aproximei e vi seu pescoço estrangulado. Me ajoelho e começo a chorar e rezo.

-Credo in unum deum

Patrem omnipotentem

Factorem cæli et terræ

Visibilium omnium et invisibilium

Sinto uma brisa forte me atingir, o ceu começou a se fechar, não  havia mais a luz do luar, escuto uivos, e me estremeço, fecho meus olhos e rezo com mais força, abro os meus olhos, levanto meu rosto e vejo os vermelhos em minha frente, me levanto e começo a dar passos para trás, vejo o tal ser de olhos vermelhos se aproxima e saiu correndo o mais rápido possível, entro na floresta negra tentando me esconder, mais logo sinto meu pequeño corpo sendo arremeçado contra um pinheiro, gemo de dor, e com a visão ainda embaçada vejo o ser de olhos vermelhos se aproxima e apago.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...