História O diário 2 - Novas Aventuras - Capítulo 76


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Personagens Originais, Rosé
Tags Blackpink, Bts, Comedia, Drama, Jennie, J-hope, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Rap Monster, Romance, Rose, Suga, Taehyung
Visualizações 23
Palavras 647
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 76 - Algo inesquecivél..


Fanfic / Fanfiction O diário 2 - Novas Aventuras - Capítulo 76 - Algo inesquecivél..

Lá estava eu, na calçada, cansada e sem esperanças, mais eu não iria desistir do meu grande amor assim, teria que continuar andado. Até um certo momento, eu achei que nunca chegaria no aeoroporto, deveria ter pedido á Rosé ter me levado lá, mas estava tão preocupada, que acabei me esquecendo. Uma moça estava quase chegando perto de mim e decidi pedir informação:

Jisoo - Oi, desculpe, mas pode me ajudar?

- Claro!

Jisoo - Eu preciso urgentemente chegar ao aeoroporto, mais eu não faço ideía de como chegar até lá!

- O de voôs internacionais?

Ixi, eu nem sabia ao certo pra onde Taehyung estava indo, mais pensei bem e lembrei da avó dele, que mora em Xangai, China. Óbviamente iria morar com ela.

Jisoo - Sim.

- É só você continuar andando nesta rua e chegará lá.

Jisoo - Obrigada! 

Dei um abraço bem forte na moça, que ficou feliz e eu sai correndo feito uma maluca.

[...]

Depois de poucos minutos, eu já estava no aeroporto. Entrei depressa e comecei a olhar por todos os lados, na tentativa de encontrá-lo. Desesperada, comecei a correr novamente, até que cheguei ao lugar onde os viajantes costumavam fazer check-in e novamente, olhei para todo o ambiente e consegui vê-lo. Ele estava perto de algumas malas, que provavelmente era dele e esperava sentado em uma cadeira. E me aproximei:

Jisoo - Taehyung, porque está fazendo isso comigo?

Taehyung - Jisoo, o que você está fazendo aqui?

Jisoo - Eu vim te impedir! 

Ele se levanta, tentando se afastar de mim. Mas eu entro em sua frente, o impedindo de qualquer forma:

Taehyung - Me deixe passar!

Jisoo - Você me disse uma vez que nunca iria me abandonar, e olha o que você está fazendo! Indo embora, nem ao menos me avisou.

Taehyung - Jisoo, isso será melhor pra nós dois, principalmente pra você!

Jisoo - Não é! Eu não estou cansada de ter que te ver triste ou sendo ignorante comigo!

Taehyung - Se você ainda quer estar com o seu coração intacto, me deixe entrar na fila de check-in!

Jisoo - Kim Taehyung, você me ama de verdade ou tudo o que me diz até hoje, é mentira?

Ele se vira, para não me olhar.

Jisoo - Antes de virmos pra cá, a procura da sua irmã, eu amava o Jin desde da faculdade. No meu quarto tinha milhares de fotos dele, que eu tirava no meio das aulas. Mais quando você havia me beijado no hospital, eu senti algo que eu nunca tinha sentido pelo Jin. 

Ele se vira pra mim e pega na minha mão:

Taehyung - Eu não quero mais te magoar, você se preocupa tanto comigo, que ás vezes se esquece de você mesma.

Jisoo - Quando que você me magoou? Eu sempre entendi seu lado. Por favor, não vá embora!

Taehyung - Eu já decidi isso.

Ele pega as malas do chão e começa a caminhar até a fila:

Jisoo - Se você for, irá me magoar e eu acho que não quer fazer isso.

Taehyung dá meia volta, joga as malas no chão e me beija, como nunca havia me beijado. Naquele instante era como se estivesse somente eu e ele. 

Taehyung - Isso é golpe baixo! Como consegue me fazer mudar de ideía?

Jisoo - Não sei.

Taehyung - Me desculpe por tudo o que eu disse!

Ele me abraça.

Jisoo - Claro, então quer dizer que você não irá embora?

Taehyung - É.

Eu o abraço de volta, totalmente mais aliviada e feliz. 

[...]

Ficamos tanto tempo fora, que acabamos voltando umas 23:00 Aproveitei e tomei um banho, logo em seguida fui até a cozinha. Até que acabei sendo puxada pelo o braço ou jardim:

Jisoo - Ei, porque fez isso?

Taehyung - Para fecharmos essa noite, teria que ser algo bem legal e inesquecivél, certo?

Jisoo - É, porque?

Taehyung me levou até a van, que estava ficando próximo da onde estavámos:

Jisoo - Porque estamos aqui?

Ele pega em minha nuca, me fazendo ter arrepios e começa a me beijar. Depois acabamos indo pros enfins.

JISOO OFF



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...