História O Diário da Solidão - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 774
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem de mais uma história original de minha autoria^^
ੈBoa Leitura༄

Capítulo 1 - 02 de Janeiro de 1994


"Era uma terça-feira fria e sem graça, o primeiro dia de aula não foi como eu imaginava. Aquela escola era muito diferente da antiga, minha nova casa tinha cheiro de arroz queimado, isso tudo era tão diferente.

Agora são 04:00Am e não consigo dormir mais. Só digo que tudo isso mudará minha vida pra pior, aquele relógio carrilhão que fica na sala, sempre bate no mesmo horário... isso me assusta."

Aurora escrevia no seu diário ainda com sono, dizia ela que tinha medo do relógio da sala, mais agora não tinha como ela ocupar a cabeça com besteiras de mudanças, ela estava focada era com o segundo dia de aula.

O primeiro dia foi uma decepção, no intervalo ela derramou macarrão no uniforme da escola e todos começam a rir pelo descuidado da menina.

" Ontem na escola foi horrivel! Todos zombaram de mim quando derrubei aquele macarrão na minha roupa. Eu sai correndo e fui para minha sala. Ainda bem que não tinha ninguém, mimha sombra era minha melhor amiga na quele momento. Será que eu tenho problema? Ser anti-Social é uma doença?"

A menina escrevia sem perceber na noção do tempo, logo o despertador tocava e ela precisava ir para a escola.

Aurora levantou-se de sua cama, guardou seu diário na mochila da escola, se arrumou e desceu para cumprimentar os pais, logo depois ela se despedia e saia de casa indo para a escola a poucas quadras da li. A vizinhança não era uma das melhores, era um quarteirão muito acinzentado, só tinha uma única árvore, que ficava na frente de sua casa. Mais a árvore já estava se envelhecendo, logo, logo tiraria ela.

A menina caminhava com vários pensamentos em sua cabeça, que nem percebeu que esqueceu o livro de História na sua casa.

Ao chegar na escola ainda olhando o horário, Aurora logo foi para seu armário e pegou o matérial necessário, abriu a bolsa e percebeu que tinha esquecido o dever.

⏰TRRIIMMMM!!!

Assim o sinal da escola bateu, tarde demais para voltar para casa. Ela logo pegou o matérial e subiu a escada correndo o mais rápido que podia, assim, ao chegar no topo ela se esbarrou com um garoto e seus livros se espalharam pelo chão.

- Uurg! Eu estou atrasada, quem é o peste que ne atrapalhou? - Falou Aurora ainda sem olhar para o rosto da pessoa.

- Hm, Hm, sou eu me desculpa. - Falava o garoto se abaixando para pegar as folhas.

Aurora olha para ele, e ajuda ele a pegar os materiais espalhados pelo chão

- Ah, me desculpe ter sido rude com v-você. Prazer me chamo Aurora.

O menino ainda abalado com o jeito que a menina ágil, se levantou e foi embora. Mais Aurora nem se preocupou com o acaso, porque o último sinal acabava de tocar. Ela correu mais rápido ainda, e logo chegou na sua sala de aula, o Professor ia fechando a porta quando a avistou correndo. Quando ela chegou na sala, ele disse:

- Bom... Senhorita Aurora, atrasada, de novo. Seu primeiro dia de aula não foi lá uns dos melhores. Agora, me diga, quer estragar o seu segundo também?

- Não senhor. - disse Aurora ofegante da corrida.

O professor abriu a porta, e a menina se sentou no seu lugar.

- Bem... eu passei uma lição de casa, e suponho que todos aqui fizeram ela. Mais, se vamos começar a aula com os deveres, que tal começarmos com os deveres que opinem os alunos a não chegarem atrasados pela segunda Vez! Como a Senhora 'atraso' chegou, vamos começar com ela, me diga Aurora, me mostre seu dever de História.

- E...eu esqueci e...m ca..sa senhor.

O professor logo levanta de sua cadeira e vai até a mesa da menina.

- É nisso que da quando alunos atrasados vem para a escola, além de chegar atrasados, não fazem o dever, e tiram nota 0.

Aurora sem palavras para se defender, se oprime na cadeira, e aguarda até o final da aula. O tempo passa cada segundo mais de vagar, mais finalmente a aula acaba. A menina pega seu material e sai da sala de aula, logo passando pela escada novamente e saindo da escola. Mais em frente ela encontra o tal menino, ela faz um sorriso simpático, mais o garoto finge que não olha e continua seu caminho.

Aurora chega em sua casa, e vai para o seu quarto, pega seu diário em sua mochila e escreve nele:

"Hoje também não foi um dia muito fácil, espero que amanhã seja um dia mais feliz, só queria ter conhecido melhor aquele garoto, ele aparenta ser tão legal. Admito que fui muito arrogante com ele, ele só poderia ter falado o nome dele...."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...