História A História De Braille Hatter: Em Busca Do Passado Perdido - Capítulo 10


Escrita por:

Visualizações 36
Palavras 686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 10 - A Feiticeira, Kitsunes


Fanfic / Fanfiction A História De Braille Hatter: Em Busca Do Passado Perdido - Capítulo 10 - A Feiticeira, Kitsunes

Katie Pov

A menina é poderosa, ela vai ser uma emperatriz da magia quando crescer, ela é meio bobinha e inútil, mais tem muito poder e potencial, o mundo mágico vai tremer com a chegada dessa garota, a única que pode derrotar a rainha das bruxas e nós libertar desse inferno, ela deve ser treinada, a única que tem magia no sangue e garra no coração, ela é uma bruxa muito poderosa, sendo filha de quem é, essa menina deve ser vigiada e cuidada com uma deusa, Braille Hatter é agraciada com o poder, ela nasceu com o sangue de Hecate nas veias, com certeza a mais poderosa, ela é muito mais do que uma simples humana, ninguém pode com ela, será essa garota que junta- rá o coração despedaçado da bruxa, ela é que vai lutar, mais isso é um segredo, ninguém deve saber da existência da menina, pois se souberem ela vai ser caçada e morta, eu como a conselheira da magia, devo por uma das minhas parceiras mais competentes para vigiar- lá e garantir que nada aconteça com minha garotinha preferida

Katie: Marie, minha preciosa companheira de combate, você poderia fazer um grande favor à sua grande amiga?? 

Marie: claro que sim, pode falar minha grande amiga 

Katie: quero que vigie uma garota para mim, Braille Hatter o nome dela, a menina é muito poderosa e será ela que vai nós libertar desse lugarzinho horrível, então que nada aconteça a ela, confie em você para proteje- lá 

Marie: sim, claro, já ouvi falar dessa menina, ela é um dos seres mais poderosos, só que ainda não sabe

Katie: sim, ela precisa ser treinada.. Te envio hoje mesmo para a floresta, ela está ns casa de Anneliese, minha tão querida amiga 

Marie: sim, ela precisa ser treinada, os poderes dela serão despertados quando ela ficar com muita raiva 

Katie: sim, aí ninguém poderá a parar.. Você vai amanhã para a floresta e cuidar dela 

Marie: sim, eu cuidarei dela com muito carinho, mesmo que de longe 

Katie: é por isso, que te considero minha irmã 

Marie se retira do local 

Longe dali 

Natie Pov 

Natie: MÃEEEE O IDIOTA DO MATTEO PEGOU MEU LIVRO DE ALQUIMIA 

Martiria: Matteo, meu amor devolve o livro para sua irmã - disse ela calma 

Matteo: ok, toma aqui, dona chatice 

Natie: muito obrigada senhor inútil 

Natie foi para seu quarto treinar seus poderes, ela era tratada como uma princesa por sua mãe, ela era proibida de praticamente tudo, não podia nem sair para encontrar com seu amigo que era apaixonado por ela Miguel, a menina o amava muito, mais não podia ficar com ele, pois ele era um lobisomem, então sua mãe pensava que Miguel a machucaria, por isso ela não podia sair com ele, mais eles se encontram sempre que o amanhecer pairava

Longe dali

No reino das Kitsunes 

Uma princesa estava brincando com sua raposa de estimação, enquanto sua mãe reinava perto dali, ela gostava de desenhar e brincar, a garotinha sempre estava correndo por ai, ela era um espirito livre, seu nome era Liliana, a garotinha dos olhos roxos e vestido rosa choque, ela gostava muito da liberdade, de dançar e pular pelos ares

Rianne: Liliana, minha filha, não pule assim, vai acabar caindo 

Liliana: mais mamis, eu amo pular e correr pelos ares, é tão divertido 

Sua mãe balança a cabeça e a pega no colo


Liliana:mãe, posso te fazer uma pergunta?? 


Rianne: claro, minha pequena raposinha 


Liliana: cadê o papai?? 


Rianne fica perplexa com a pergunta da filha


Ainda no mesmo reino 

Na casa de Samilla 

Samilla: ETTORE, VOCÊ NÃO ME PEGA - disse ela correndo 

Ettore: volta aqui garota, você não tem o direto de correr por ai com minha coelha  de estimação 

Samilla: você é louco, isso sim, coelha  de estimação?? Só um doente mesmo

Ettore: eu não sou doente, você que é sua patricinha de segundo grau

Samilla: primeiro: patricinha é sua vó, segundo: eu não devolvo, eu não devolvo - disse ela correndo com suas caldas à vista 



" Uma Filha Da Magia e Uma Luz Serão à Responsável Pelo Fim Do Mundo"

Já dizia uma antiga profecia à muito esquecida 












Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...