1. Spirit Fanfics >
  2. O Diário de Pac - Mitw >
  3. O reencontro

História O Diário de Pac - Mitw - Capítulo 37


Escrita por:


Notas do Autor


Awebooo pandinhas!!!
Tudo bem? Espero que sim!!!
Mary falando!!!

Cês vão mim mata? Vaum TwT

Boa leitura 😝

Capítulo 37 - O reencontro



--- P.V.O's Mikhael ---


Tarik: O-oque? - precisei ficar o segurando, já seria a segunda fez que ele quase caia quando aquela frase saiu da boca da garota.

Rezende: Acho melhor vocês não voltarem para lá tão cedo - o maior tentava achar alguma coisa para falar além daquilo, andando de um lado para o outro com um certo receio, enquanto eu fazia Tarik se sentar ao meu lado.

Sophie: Ele mandou entregar para você - diz esticando um papel para Tarik, mas eu que o pego, abrindo o mesmo, lendo em voz alta, para que Rezende também pudesse ouvir.


Tarik Pacagnam

Pac Álvares

Queria lhe informar que não poderá ficar fugindo de mim durante toda sua vida, queira me encontrar na mansão "abandonada" hoje às 19:00. 


Assim que terminei, o olhar de ambos estavam para mim, e percebo o olhar de Sophie que não sabia o que estava acontecendo, mas apenas ouviu atentamente.


Rezende: Você não vai Tarik - Rezende indaga sério, como se aquilo lhe causasse a vida ou a morte.

Mike: Ninguém vai - continuo com a frase do garoto.

Tarik: Mas e...

Mike: Mas nada Tarik - interrompo a fala dele, que logo me abraça, e logo olho para Rezende - Pedro, a gente realmente tem que voltar, a gente está mais seguro lá, quiser pode ir junto, é que quanto mais gente em um lugar só melhor, e lá a gente divide a casa.

Rezende: Okay, vou junto. Mas não prometo que irei ficar.


--- Quebra de Tempo ---


Já era 12:46, todos da casa já haviam almoçado, estávamos na sala assistindo um filme, Felps, Pk, Mavi, Kamy, Mary, Yuko, Luana, entre outros, estavam TODOS, completamente na casa. Aquele filme de terror já estava virando de comédia, mas eu nem se quer quis saber do filme, apenas olhava para Tarik que estava sobre meu ombro, parecendo estar quase dormindo, ou apenas derramando lágrimas.

Aproveitei que estavam todos consentrados no filme e conversando, puxei Tarik para nosso quarto, onde assim que entramos, apenas encostei a porta, e o encarei.


Mike: Tarik... - caminho até o mesmo que estava sentado sobre a cama, tristonho, logo me sentando a seu lado - ... Está tudo bem?

Tarik: Ta-ta sim - diz ele com um sorriso no rosto, que de longe já dava para ver a falsidade nele.

Mike: Tarik... Eu te conheço muito bem, bem de mais para saber todas as suas feições, e não, você não tá bem - digo passando minhas mãos pelas suas bochechas gordinhas.

Tarik: Mike... Eu tô com medo... Mas ao mesmo tempo eu acho que preciso ir conversar com ele - ele fala caindo sobre meu peito, com lágrimas já em seus olhos, liberando uma por uma.

Mike: Não, você não precisa falar com ele - falo autorário.


--- Quebra de Tempo --- (de novo por que sim TwT)


--- Narração On ---


Mikhael saia do banheiro já arrumado, com uma toalha entre os braços, jogou a mesma em sua cama, estranhando que Tarik não estava ali, pois depois de si quem iria entrar no banheiro era ele, mas preferiu não ligar. Desceu as escadas em direção a sala, estranhando novamente a ausência do menor, não só dele, mas também de Rezende e Sophie.


Mike: Onde estão os outros? - questiona.

Yuko: Rezende subiu para o quarto do Cellbit tomar banho - fala olhando o maior.

Phoenix: E a Sophie foi com a Mavi para o quarto - fala malicioso, e assim Mike percebe que a garota também não estava lá.

Mike: E Tarik?

Batista: Ele disse que tinha alguma coisa pra resolver, e saiu daqui com uma mochila nas costas - assim ouvindo isso, o coração de Mike parece disparar.

Mike: OQUE? - o mesmo saiu correndo, para porta a fora, imediatamente sem pensar nas possibilidades de ainda encontrar Tarik. 


Correndo pelo caminho sem volta, Mikhael acaba tropeçando algumas vezes, pela sua velocidade até a floresta, podia se ver que estava correndo até mais rápido que um carro ou uma moto, faria de tudo para que nada acontecesse com o menor, pois somente pelo ato, já todos sabiam a aproximação que um tinha pelo outro.

Já na entrada da floresta, pos a correr um pouco mas devagar.


--- P.V.O's Tarik ---


Tarik: Fala de uma vez o que quer comigo - dizia entre as lágrimas que já escorriam de meus olhos, com um certo desprezo pelo mais velho a minha frente.

Lúcio: É dessa maneira que você trata seu pai? - ele começa a andar em volta de mim, onde eu estava sentado em uma cadeira amarrado no centro de meu antigo quarto.

Tarik; Você não é meu pai - grito com raiva - NUNCA FOI.

Lúcio: Sempre teve algo inconformado em você - ele saca a arma de seu cinto, a posicionando em minha cabeça. - Talvez seja o sofrimento pela perda da mãe, não acha?

Tarik: Ela ainda está viva - começo com uma forma mais bruta com o maior. - Sempre acreditei que há havia matado. Ela ainda voltara aqui.

Lúcio: Que pobre coraçãozinho é o seu - ele passa a arma sobre meu peito, já imaginei meu fim mas próximo. - Não pode duvidar de documentos falsos.


Após ouvir isso, parecia que meu mundo havia acabado de desabar. Estava acreditando nesse tempo em um certo cadáver estar vivo? Começo a chorar mais ainda, algo que eu feriu muito em mim.


Lúcio: Você realmente acredita nisso? Acredita nas possibilidades dela estar viva? Me poupe Tarik, todos aqueles documentos sempre foram falsos, seu nome nunca se originou ao meu, nem ao menos o nome de sua mãe, que por sinal, não vive mas. Você nunca, nunca vai saber como é ter um amor materno, quanto mas paterno...

Tarik: PARAA - grito entre soluços e lágrimas. - Se é para me matar, me mata, tira minha vida, mas não quero mas ouvir isso, não quero sofrer com essas suas palavras, então por favor, aperte esse gatilho de uma vez.

Lúcio: Como preferir Paczinho - após ouvir isso, sinto uma bala ser disparada, mas não contra minha cabeça, mas quanto minha costa, que em instantes, só lembro de ter caído no chão, e ver três pessoas entrando na sala...


Continua... :3 



Notas Finais


R.I.P eu +_+

Um beijo 😘
Um queijo 🧀
E um Cookie 🍪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...