1. Spirit Fanfics >
  2. O diário de um anjo >
  3. Sete

História O diário de um anjo - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Sete


17/11/2006

Dia 6

Oi diário, eu acordei primeiro que o Sakakibara e comi o resto de algumas frutas que ainda tinha. Ontem... Ontem asas saíram das minhas costas

É loucura, eu sei

Sabe o lobo cinza que eu te falei? O Sakakibara é o lobo, eu vi ele se transforma diante dos meus olhos 

Foi muito estranho

E também vinheram atrás dele, acho que aquele imundo que me amarrou na árvore tinha amigos bem revoltados, tentaram nos matar, atiraram várias vezes.

Vc já acordou?- Ele se levanta lentamente esfregando os punhos nos olhos- Sim, eu costumo acordar bem cedo- Fecho o meu diário e o coloco ao meu lado- Vamos para o riacho, vc precisa lavar essas roupas- Ele dobra os cobertores e me ajuda a levantar do chão- Vc está bem? Suas cortas não doem?- Ele pergunta parecendo está realmente preocupado- Estou bem sim, vamos logo

______________________________________

Eu lavo as suas roupas, não se preocupe- Ele se aproxima de mim e tira a camisa revelando um belo abdômen- Vista isso, não quero que fique só com roupas íntimas- Ele se vira de costas e eu tiro a minha roupa vestindo aquela camiseta preta que mas parecia um vestido em mim- Pronto, já pode se vira- Ele se vira para mim novamente e posso perceber que o mesmo ficou um pouco corado quando me olhou- Oq foi?- Pergunto confusa- Vc.. ficou muito fofa- Senti minhas bochechas esquentarem e olho para o chão imediatamente- Não diga besteiras- Ele ri e pega as minhas roupas. Sento na verde grama e observo algumas formigas que estavam a caminho do formigueiro enquanto o Sakakibara lavava as minhas roupas. Ontem realmente foi só uma tempestade normal, não teve nenhum floco de neve e hoje o dia está até que bem quente.

Viro a minha atenção para o acastanhado que estava saindo da água e vindo em minha direção. Ele é realmente muito bonito e sexy, parece até cena de filme porno... Não que.. eu já tenha visto algum.- Botei a suas roupas em cima de uma árvore para secar mais rápido- Ele se deita na grama ao meu lado- Obrigado- Sorrio mínimo- Posso te fazer uma pergunta?- Oq será que ele quer agr?- Sim!?- Me viro para ele- Qual é a do tapa olho?- Ah é, o tapa olho, nem no meu diário eu falei sobre isso- Bom... Quando eu era mais nova eu tive uma doença na qual eu quase morri, essa doença atingiu esse meu olho e tiveram que tirar se não se espalharia para o meu outro olho e tbm para o resto do meu rosto e aí eu morreria. No lugar do meu olho a minha mãe colocou um olho de boneca que faz parecer que eu sou normal apesar de ter a cor diferente do meu olho original- Ele parecia bem atento a minha história- Posso ver?- Balanço a minha cabeça em movimento de sim e tiro o meu tapa olho- Uau- Ele se senta e se aproxima- É bem estranho, eu sei- Digo um pouco cabisbaixa- Não! É lindo.. pq vc usa o tapa olho?- Ele foi a segunda pessoa que elogiou.. a primeira foi meu pai. Ele dizia que era uma coisa linda e única em mim, aquilo me fazia ser eu- Eu uso pq sempre me zuavam e diziam que eu devia está morta pois era uma doença bem grave e não tinha como eu sobreviver- Ele coloca a mão no meu rosto se aproximando mais- Vc não deveria ligar para essas pessoas. Esse olho te torna única e isso é maravilhoso! Quando estiver cmg, por favor, não use o tapa olho- Os meus olhos enchem de lágrimas, mas me recuso a soltar alguma, não quero parecer fraca na frente dele- Agr vamos, vc vai almoçar na minha casa- Ele me ajuda a levantar- O-Oq?- Ele pega a minha roupa e me entrega- Já disse, vc vai almoçar na minha casa, vamos logo 

...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...