1. Spirit Fanfics >
  2. O Diário de uma paixão >
  3. Floresta Proibida

História O Diário de uma paixão - Capítulo 4


Escrita por: SevPotter

Notas do Autor


Bom dia! Mais um capítulo fofinho para voces❤🌈

Capítulo 4 - Floresta Proibida


Fanfic / Fanfiction O Diário de uma paixão - Capítulo 4 - Floresta Proibida

DIARIO DE REMUS LUPIN
11/04/1977
"Querido Diário,
Quando amanheceu eu estava uma pilha de nervos, eu não conseguia ficar parado. Sirius se divertiu acreditando que eu estava enojado de ir para floresta com Severo, Já James achava que era meu lobo por ficar na floresta, um lugar selvagem. Até para mim era estranho como eles não percebiam como eu estava alucinado por Severo, mas estava agradecido por isso.
Eu escolhi uma roupa que era mais justa do que eu costumo usar. Claro que eu acho que Severo não se importaria com o meu físico já que vivia somente entorno dos livros  e deveria preferir o intelecto , mas também não custava nada eu tentar. Passei o perfume que Lilian me deu de presente e quando eu já estava a caminho para ir de encontro a Severo , Lily me parou na sala comunal " Remus?"
Eu respondi " Oi Lily..eu tô correndo aqui, Severo pediu para eu encontra-lo na floresta proibida..Sabe o projeto de poções."

Lily riu " E você está nas nuvens não é?"
Eu arregalei meus olhos " Do..Do..- gagueijei - Do que você tá falando Lilly?"
Lilly" Somente eu que percebi, Certo? É claro que aqueles três nunca perceberiam " - Revirou os olhos " Remus, não é porque minha amizade com Severo não deu certo que posso te desencorajar . Severo no fundo é uma boa pessoa só quw ele passou por muito e não sabe lidar com isso.  É muita bagagem que não consegui mais lidar.  Eu só espero que vocês não se machuquem ainda mais , no entanto"
Eu assenti o que eu mais queria era cuidar de Severo, mas eu sempre soube , na verdade,  que meus sentimentos não eram correspondidos " Eu não acho que Severus me veja dessa forma Lilly.. na verdade, eu acho que ele não me considera nada em especial, só talvez o menos detestável dos Marotos e além de tudo nem sei se ele é gay, ele pode ter uma namorada na sonserina e eu nem saber..ele é tão misterioso"
Lilly riu " Com certeza, você é o melhor deles para Severo . E quanto a sexualidade dele,Severo é definitivamente muito gay- Ela gargalhou- Mas é melhor você ir, ele odeia atrasos"
Eu estava tão entusiasmado com a ideia de que poderia ter uma chance com Sev que quase não ouvi a última parte " Você jura??...Oh Meu Deus!!! Deixa eu ir! tchau Lilly!!"
Lilly estava gargalhando quando eu saí praticamente voando da sala comunal.
Quando eu estava perto da floresta, avistei o Severo..ele estava mais lindo que o normal, o uniforme mostrava todas suas curvas e seu cabelo parecia mais sedoso do que o normal.
Eu o chamei gaguejando " Severo?"
Severo se virou para mim eu juro que o vi me olhando de baixo a acima e que ele corou, definitivamente corou , isso não tem como ser coisa da minha cabeça.
Severo" Olá, Re..Lupin! Você esta atrasado 5 minutos "
Eu me senti muito culpado por decepciona-lo " Me perdoe, Severo. Li- e eu pensei melhor e  não queria mágoa- lo falando mais uma vez de uma amizade acabada - Me pararam no caminho"
Severo estreitou os olhos " Tudo bem , não foi tanto atraso assim e eu acho que é melhor eu  ser mais compreensivo com você já que trabalharemos juntos "
Eu fiquei é claro encabulado por ele ter me perdoado tão facilmente assim, mas não iria reclamar nunca, estava muito feliz que estivéssemos bem de novo. Então somente assenti e agradeci.
Severus então me chamou para ir logo e  essa realmente foi uma manhã muito divertida com ele, eu amei escutar sua voz me contando sobre cada erva e me ensinando como a colher e preserva-las.

 Depois de algum tempo só falando sobre poções, ervas e ingredientes diversos. Severo resolveu também perguntar sobre mim. O que eu acabei gostando porque também queria conhece-lo melhor.
Severo" Você parece também muito familiarizado com a floresta..intrigante,pensei que era só eu que gostava de passar o tempo fazendo poções as escondidas" - Ele deu um risinho tímido.
Eu so queria colocar uma mecha do seu cabelo atrás da orelha e dizer como ele fica mais lindo ainda quando está tímido, mas controlei minha mão dentro do bolso. E tentei de fato ser sincero, ou pelo menos o máximo que poderia sem assusta-lo. Então disse " Não, eu gosto de poções mas não tão quanto você. Mas eu gosto de vir para cá, me sinto em casa..Não sei é difícil explicar, eu me sinto em casa aqui. Acho que se fosse para sonhar com uma casa ideal seria uma cabana no meio da floresta" -Eu ri- "  Eu sei, loucura "
Severo me olhou com um olhar admirado, como eu tivesse dito a coisa mais maravilhosa do mundo " Não, não é louco..Eu entendo,  seria um bom lugar para fazer poções também "- Ele corou forte então olhou para chão.
Eu não sabia se havia entendido certo ou se ele me disse o que disse de maneira intencional mas arrisquei " Você pode vir morar comigo "-brinquei  não querendo que ele se assustasse comigo e funcionou porque ele riu e revirou os olhos             " Bobo".
E eu já estava o respondendo que está falando sério quando ouvi um barulho estranho vindo em nossa direção. Então com desespero de salvar Severo eu o empurrei contra meu corpo em uma árvore e quando o olhei ele estava corado respirando com dificuldade. O que eu mais queria era beija lo nesse momento. Será que ele aceitaria se eu tivesse sido tão ousado?
Nesse momento, Frienze com sua manada de centauros apareceu.
Frienze então nos olhou profundamente  " Remus, Severus passeando juntos?" -Frienze estranhou nós  estarmos juntos na floresta porque tanto eu quanto Severo tínhamos costume de ir para lá  sozinhos.
Eu fiquei muito envergonhado de como reagi com Severo, ainda mais sabendo de como meu corpo reagiu também perto dele.Não sei se Severo me achou um pervertido ou  não porque ele fingiu , naquele momento,que não percebeu nada, o que era definitivamente impossível. Eu com certa relutância me afastei de Severo e 
respondi então a Frienze " Estamos preparando um trabalho escolar"
Frienze então nos olhou " Estava na hora mesmo das estrelas reunir pessoas tão compatíveis "
Eu e Severo nos entreolhamos sem entender nada. Severo então decidiu que era hora de irmos e disse " Remus, Temos que ir está quase no horário da aula de Feiticos"
Eu amei tanto ele me chamando pelo primeiro nome que demorei até para entender o que ele estava falando " Certo, certo..Vamos?" - Segurei sua mão.
Severo olhou para nossas mãos unidas  e corou mas me acompanhou. Frienze estava nos olhando com alegria nos olhos enquanto caminhávamos de volta ao Castelo.
Então,  Diário foi um dia maravilhoso com meu Sev, não vejo a hora dos próximos dias que passaremos juntos, me sinto tão completo junto a ele como se ele fosse minha alma gêmea.
Obrigada por me ouvir Diário, Boa noite"



Notas Finais


Até logo mais❤💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...