História O diário de uma suicida e o amor de um psicopata - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Cl, D.O, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 54
Palavras 555
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa postar essa hora, criatividade só vem de madrugada kkkkk

Capítulo 1 - História de SN


Fanfic / Fanfiction O diário de uma suicida e o amor de um psicopata - Capítulo 1 - História de SN

Meu nome é s/n tenho 16 anos, sou brasileira mas meu pai morreu antes de eu nascer, vamos dizer que ele se matou quando soube que minha mãe estava grávida de mim....quando ela estava com 7 meses ela conheceu um coreano aí e ele quis me assumir, bom ele gostava muito dela mas ela não sabia que ele estava apenas visitando Brasil. Ele ficou no Brasil por 5 meses o suficiente para eu nascer e ele se casarem, e quando eu nasci ele me assumiu, então ganhei dupla nacionalidade isso mesmo ele nem era meu pai de sangue mas era de coração e eu podia viver na coreia e no Brasil, ele abriu uma empresa na coreia que fez bastante sucesso e lá podíamos ter uma vida melhor, por algum motivo minha mãe não quis viajar com agente, ele insistiu mas ela rejeitou, então ele pediu a minha guarda, foi aí que abriga começou, eu tinha 3 anos não podia escolher entre "papai ou mamãe" queria os dois minha mãe ganhou minha guarda. Mas 3 anos se passaram e no dia do meu aniversário eu queria apenas uma festa simples mas ela não pode dar, ate pq a condição que vivíamos piorou, os dias se passaram e 5 meses depôs minha mãe adoeceu e antes de parti pediu para que eu ficasse com meu pai, dps de 4 meses ela morreu e meu pai me levou para coreia, bom começar uma vida nova sem entender oque as pessoas estavam falando ao meu redor era difícil, meu pai me colocou em uma escola e um curso de línguas para eu pode aprende a falar coreano, quando eu fiz 7 anos ganhei minha primeira festa foi lindo mas não tinha muitas crianças...pelo fato deu ser brasileira e ter um jeitinho diferente, mas as pessoas que estavam presente era as que mas me agradava, meu pai e minha tia Rita bom ela era a empregada mas era uma pessoa maravilhosa, bom tinha uns 15 amigos meus e minha melhor amiga está lá, então para mim estava ótimo. Os dias se passaram, e meu pai me colocava em vários cursos eu era super inteligente com apena 8 anos, sabia fala francês, inglês,coreano,chinês e japonês, e minha língua nativa.

(De todos esses eu só seu falar a minha língua nativa kkkkk "portugues")

Minha melhor amiga foi embora, foi morar em outro país, eu comecei a sofre bullying na escola e meu pai não dava muita atenção para mim, minha vida começou a ficar difícil, eu comecei a sentir falta da minha mãe, ja n acreditava no amor foi aí que eu conheci a gilete e sua ajudante navalha, bom ela foi minha única amiga na aqueles momentos de dor e sofrimento, sim aos 8 anos de idade eu me cortava, meu pai quando viu queria me matar, mas não adiantava brigar comigo, quanto mas brigavam mas eu fazia. Os anos se passaram, meu pai me colocou em uma nova escola de 07:30 as 18:00,seria meu primeiro dia, e eu estava surtando, meu pai tentou um psicólogo para mim mas não deu muito certo, então todo domingo eu anoto como foi minha semana sofrida em um diário azul e roxo, faço isso a mais ou menos 6anos, olha que sofrimento lindo isso q eu chamo de 7 anos de sofrimento 



Continua???


Notas Finais


Gente não se cortem pelo amor de mim, bjs da bunny até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...