História O diário do garoto Jimin - Capítulo 5


Escrita por: e yaegiyatae

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Colégio, Diário, Drama, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Love, Love Yourself, Lovely, Moontears, Namjoon, Namoro, Rap Monster, Relacionamento, Romance, Sex, Soft, Suga, Tae, Taehyung, Yoongi
Visualizações 134
Palavras 1.962
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Músicas: Let Go/Magic Shop
Espero que gostem!

Capítulo 5 - Escolhas; Reencontro


Fanfic / Fanfiction O diário do garoto Jimin - Capítulo 5 - Escolhas; Reencontro

18 de Março de 2012, domingo, 23:00hrs

 

Ando bastante ocupado ultimamente. Eu consegui realizar o meu sonho, sou um trainee da BigHit agora, e estou morando em Seul. Porém não sei se estou feliz. Vou fazer parte de um grupo chamado “¡Three-Way!”, com mais dois garotos, Kim Taehyung e Kim Namjoon. Durante esse tempo eu fiz escolhas, e não sei se essas escolhas foram as certas. Acho que o Namjoon hyung percebeu o quanto estou desanimado. E quem não ficaria como eu, ao ver o amor da sua vida te odiar e ir embora?  

Namjoon hyung conversou comigo. Eu estava chorando escondido em meu dormitório quando ele entrou. 

"Quer conversar?", ele se aproximou sentando na beirada da minha cama.  

"Eu a deixei ir, hyung!", disse desesperado. “Eu acho que não fiz a escolha certa"

"Jimin, não existe uma escolha certa ou errada. Tudo tem seu propósito! Se você a tivesse escolhido, ela ficaria se culpando por você não ter conseguido o que tanto queria. Sei que deve está sendo difícil para você, por isso, te dou todo meu apoio assim como também o Taehyung estará do seu lado. Não nos conhecemos há tanto tempo, mas agora somos uma família", me deu um abraço bagunçando meus cabelos e saindo do quarto. Fiquei pensando no que o hyung disse, no entanto toda vez que me lembro de sua expressão sinto meu coração doer.  

Eu a havia levado para sair naquele dia, porque eu queria que fosse um dos melhores momentos de sua vida junto comigo, e que assim a s/n teria mais lembranças felizes comigo do que lembranças más. Saímos cedo de nossas casas para um passeio de bicicleta, passamos nosso dia indo a todos os pontos turísticos, compramos algumas lembrancinhas para um lembrar o outro, e depois quando estava perto de anoitecer fomos para a minha casa na árvore. Um dia antes do nosso dia juntos, o CEO da BigHit havia dito para mim que eu precisaria terminar o meu relacionamento. Era a s/n ou o “¡Three-Way!”.  

"Jiminie, estou tão feliz por estarmos realizando o seu sonho! Se isso o faz feliz, é como se o seu sonho não fosse somente seu, mas meu também", ela deitou sua cabeça em meu colo enquanto admirávamos as estrelas. 

Quando eu ouvi aquilo senti meu coração quebrar e meus olhos arderam com as lágrimas que queriam sair. Acho que o Namjoon hyung está errado, porque eu fui egoísta na minha escolha. Eu só pensei em segui com o meu sonho, escolhi a minha carreira ao invés de escolher a pessoa que eu tanto amo. É, eu ainda a amo. E sempre a amarei.  

"S/n, preciso te dizer uma coisa...", minha voz vacilou. Eu queria que ela não tivesse ouvido, mas ela ouviu. 

"O quê, Jiminie?", perguntou levantando e ficando sentada ao meu lado me encarando com aqueles olhos grandes e lindos, tão diferente de todas as coreanas. 

"Eu...”, respirei fundo. S/n estava confusa e estranhava a minha hesitação. “Eu... eu... Acabou.”

"Acabou? Como assim 'acabou'?”, ela ainda continuava confusa.  

“Não existe mais um 'nós', eu vou seguir com o meu sonho sozinho. O que eu quero dizer, s/n, é que estou terminando o nosso relacionamento”, escondi a minha verdadeira emoção, sendo seco e grosso. Mas por dentro eu estava me dilacerando inteiro ao ver a lágrima descer pela sua bochecha, meu desejo era enxugar cada lágrima que ela havia derramado naquele dia.  

“Por que, Jimin?”, ela perguntou com a voz fraca por causa do choro. Ela não parecia acreditar naquilo, e nem eu. “Isso é uma brincadeira?"

"Não estou brincando, s/n...", respondi desviando meu olhar do seu e voltando a encarar o céu. 

"EU TE ODEIO, PARK JIMIN", s/n gritou enraivecida e saiu do meu lado indo para sua casa. Chorei mais por ela do que quando havia chorado pela Hyuna. Não havia conseguido nem dormir e eu não tinha coragem de ver a minha mãe e muito menos ouvir suas perguntas, então passei a noite na casa da árvore e no dia seguinte fui para a minha nova casa. Eu não abandonei somente o meu gato Jungkook, eu abandonei a s/n. Dias depois eu soube que ela havia retornado para seu país de origem, foi morar com o pai e nunca mais tive nenhuma notícia dela. Eu me pergunto agora, como ela está. Se ela achou um cara melhor do que eu, e se esse cara está a fazendo mais feliz do que eu a fiz. No mesmo dia que eu fui chamado para uma reunião com o CEO da BigHit, eu fiz uma música para ela, mas nem tive chance alguma de cantar. Eu lembro que estava sem o caderno por perto e tinha feito em um guardanapo. Encontrei esse guardanapo ontem... 

 

"Antes do nosso adeus

Deixe ir

Mas eu estou perdido

No labirinto do seu coração

De estéreo para o mono

Nossos caminhos se dividem

 

Se o meu destino é desaparecer assim, então esta é a

Minha última carta

Palavras escritas, então apagadas

Eu tenho tantos sentimentos por você

Desconecto meu lego

Em um nível onde não posso retornar ao meu antigo eu

Que assim seja, não chore

Eu deixarei você ir e voar

 

Todo dia é cheio de trabalho

Continuo me mantendo ocupado

Me distraindo com uma agenda lotada

Mas não há como eu esquecer

Está gravado em minha mente como uma tatuagem

Não podemos voltar para aquele tempo

Se eu pudesse, eu chamaria seu nome

Não, mas pelo menos aceite sua responsabilidade

É realmente hora de dizer adeus

 

Vou esperar por você, vamos começar de novo

Para que no futuro eu possa encontrá-la novamente

Com um sorriso

 

Estou pronto para partir"

 

xxxxx

 

14 de Julho de 2018, sábado, 00h00min

Uau! Faz mais de anos que não escrevo aqui, não é mesmo? Eu havia parado de escrever porque sempre me lembrava da s/n quando pegava nesse caderno e eu estava tentando esquecer o vacilo que cometi anos atrás. Durante esse tempo muitas coisas aconteceram. ¡Three-Way! virou um grupo bastante popular, ganhamos vários prêmios e fomos convidados a vários eventos. Fizemos o nosso primeiro show que foi um sucesso total, eu ganhei inúmeras fãs pelo mundo todo. Mas não estou escrevendo aqui para me gabar da minha escolha e dizer que escolhi o certo, de modo algum. Semanas atrás ocorreu um fansing em Busan, uma ótima oportunidade para as fãs nos verem de perto, falar conosco, e nos dar presentes. Eu estava morto de cansado e apressado para aquele fansign acabar, foi então que eu a vi e me despertei totalmente. Na minha mente dizia que era apenas uma ilusão minha ou que era apenas uma garota parecida. Porém no momento que ela parou bem na minha frente e abriu aquele sorriso, meu coração soube que era ela. 

"s/n?”, perguntei sem acreditar. 

"Não, sou o Yoda", ironizou revirando os olhos continuando com o sorriso nos lábios. Lábios que eu quis tanto provar durante todos esses anos, e agora ainda mais. 

"O que está fazendo aqui?", peguei seu presente que era um coração enorme. 

“Ué, vim ver meu ídolo”, respondeu como se fosse óbvio. 

"Mas eu achei que me odiasse", franzi a testa enquanto assinava meu nome nos álbuns para ela. 

“Odiei o fato de você não ter me dito a verdade naquele dia", disse séria cruzando os braços. A staff sinalizou que o tempo dela comigo havia acabado. 

"Espere o fim do fansing para podermos conversar", disse antes de s/n ir até o Namjoon. Passei o fansign dando olhares discretos em direção à s/n, vendo o quanto ela mudou fisicamente e parecia que ela estava bem mais linda do que antes, talvez por está mais velha e não uma pirralha de quinze anos. Quando eu finalmente terminei, fui até ela que me esperou pacientemente.  

"Que tal irmos a uma lanchonete?", perguntei. 

"Acho que seria uma ótima ideia se você não fosse famoso", disse sorrindo. Eu tinha esquecido aquele detalhe, o nervosismo estava alterando minhas ações e tudo o que eu falava. Decidimos então conversar em meu dormitório, na van ninguém ousou perguntar quem era ela porque os garotos sabiam.  

“Eu não sei por onde começar", disse sentando em minha cama e s/n ficou vagando pelo quarto olhando tudo. Curiosa sempre foi e sempre será pelo visto.  

"É... nem eu", respondeu após pegar um retrato de nós dois, ela me fitou. "Um amigo seu me contou sobre o contrato"

“Um amigo meu?”, cocei a cabeça, confuso. Então lembrei que havia contado tudo para o Namjoon hyung.  

“Jimin, você podia ter me contado toda a verdade. Eu iria te entender, eu realmente queria que você realizasse seu sonho”, se aproximou de mim se agachando entre minhas pernas e pegou em minhas mãos.  

“Me perdoa, s/n", pedi tocando em sua bochecha e acariciando-a com o polegar.  

"Eu já te perdoei há muito tempo, Chimchim", fechou os olhos e sorriu. E então eu a beijei. Foi um beijo cheio de saudades. Senti aqueles lábios macios nos meus novamente, saborear o sabor de sua boca e matar a enorme saudade depois de tantos anos.  

“S/n, você aceita namorar comigo?”, perguntei após interromper o beijo e encostando nossas testas. 

“Sim, Jiminie. Mas, prometa que sempre me contará a verdade.", fez um carinho em meu braço. 

"Eu prometo", e voltei a beijá-la. 

Bem, acho que não devo escrever em detalhes o que aconteceu em meu quarto. S/n está aqui ao meu lado, dormindo que nem um anjo. O CEO permitiu o nosso namoro, então anunciei em meu Twitter que estava namorando, claro que algumas fãs não gostaram. Mas o que eu posso fazer? Eu amo a s/n! Irei protegê-la de qualquer ofensa ou perigo. Porque s/n, é a mulher com quem eu quero passar o resto da minha vida, com quem terei vários filhos. 

Acho que essa será a última vez que escrevo algo aqui. Admito que minha mãe esteja certa ao dizer que escrever sobre a nossa vida em um diário seria uma boa. 

Tchauzinho!


“Eu sei que você está hesitando, porque mesmo que você diga com um coração sincero

No final, tudo volta como cicatrizes

Não vou dizer nada evidente como: Seja forte

Ao invés disso, vou compartilhar minha história com você

O que eu disse?

Eu disse a você que iríamos ganhar

Eu não conseguia acreditar (sério)

Que nós seríamos capazes de ganhar

Esse milagre que não é um milagre

Nós fizemos isso?

(Não) eu estava aqui

E é você que veio até mim

Eu acredito na sua galáxia

Eu quero ouvir sua melodia

Como as estrelas da sua Via Láctea

Estão embelezando o seu céu?

No final do meu desespero

Não esqueça que finalmente te encontrei

Você é a última razão para mim

Que estava parado na beira do penhasco

Viva!

Nos dias em que você odeia ser você, nos dias em que você quer desaparecer para sempre

Vamos fazer uma porta em sua mente

Assim que eu abrir a porta e entrar, esse lugar vai esperar por você

Está tudo bem você acreditar na Loja Mágica que vai te confortar

Como rosas quando florescem

Como flores de cerejeira quando esvoaçam

Como ipomeias quando murcham

Como aquele momento lindo

Eu sempre quis ser o melhor

Eu também estava impaciente e ansioso

Comparações com os outros se tornaram rotina

E minha ambição, que costumava ser minha arma, se tornou minha coleira que me sufoca

Mas então, olhando para trás, na verdade

Sinto que, não é que eu queria me tornar o melhor

Eu queria confortar e comover seu coração

Eu quero tirar seu sofrimento e dor

 

Nos dias em que você odeia ser você, nos dias em que você quer desaparecer para sempre

Vamos fazer uma porta em sua mente

Assim que eu abrir a porta e entrar, esse lugar vai esperar por você

Está tudo bem você acreditar na Loja Mágica que vai te confortar

 

Você me deu o melhor de mim

Então você dará o melhor de você

Você me encontrou, você me notou

Você me deu o melhor de mim

Então você dará o melhor de você

Você encontrará a galáxia dentro de você

 

Então me mostre (eu vou te mostrar)

Então me mostre (eu vou te mostrar)

Então me mostre (eu vou te mostrar)

Te mostrar, te mostrar”



Notas Finais


Eu fiquei muito feliz por ter conseguido entrar para o projeto! E amei muito de escrever essa fic, não sei se vcs gostaram… Porém eu fiz de coração. Nunca escrevi algo tão fofinho assim hahaha

Me sigam aqui no Sprit: ~yaegiyatae (https://www.spiritfanfiction.com/perfil/yaegiyatae) e fiquem a vontade de olhar minhas obras, talvez eu não seja a melhor escritora do mundo, mas vale a pena dá uma olhadinha rs <3

Muito obrigada!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...